O Rei morreu… Viva o Rei!...


C Mocho

Recommended Posts

@C Mochoque regalo ler tudo isto que escreves, dá para perceber toda a azáfama do processo mas ao mesmo tempo a tranquilidade de um bom texto em bom e suave português! 

Pontos a reter, o planeamento é uma das, senão a mais importante das fases de construção de um aquário, isso tu fá-lo muito bem e meus caros aquariofilistas que nos acompanham no fórum, metam os olhos nisto por favor! Primeiro bebam uns bons canecos e depois siga para o aquário, já o Pessoa se entornava em absinto e deu no que deu! 

Outro ponto, resiliência! Não importa o quanto nos doam as costas, se é para começar é para acabar! 

Terceiro ponto e não menos importante, o fórum está repleto de boa informação, façamos este exercício de leitura e boa pesquisa, as imagens são mero acessório que materializam a informação! 

 

Quanto ao aquário, queremos ver isso verdinho e fulminante de saúde mas mais importante, queremos acompanhar a par e passo cada etapa do que vivencias com essa caixa de água, como lhe chamas! 

 

Abraço 

  • Like 1

Cumprimentos, Ismael Figueira

Projectos correntes - FenrirSkogen / Laurento

Projectos terminados - Ephemeris / Wind Of Change / Woods Stream / Little Nature / Rainforest Reborn - video / Primeiro plantado 300L 'rainforest' - video

Link to comment
Share on other sites

Até que enfim, caraças! Não fosse a qualidade da fotografia, e estava pronto para o CPA 😛 . Brincadeiras à parte... não tenho nada a apontar a este tanque. Acho que, até agora, segue muito dentro do caminho certo. Vou ficar à espera de ver a sua evolução.

Gosto desta altura aqui no fórum... é só pessoal a apresentar novos projectos. Eheh. Mas uma coisa que me ficou a fazer comichão, foi esse "Panorâmico" que referiste. Onde está o tópico desse tanque?

Já o encontrei! Peço desculpa por ter perguntado. Mas um link para ele não faz mal 😛 .

https://www.aquariofilia.net/forum/topic/256050-panorâmico-140/

Link to comment
Share on other sites

há 15 minutos, JoseCarlosMarques disse:

Já o encontrei! Peço desculpa por ter perguntado. Mas um link para ele não faz mal 😛 .

 

Está na minha assinatura @JoseCarlosMarques! LOL

Link to comment
Share on other sites

Então aqui vai uma tentativa de foto menos horrorosa... Os meus cães comeram-me o carregador da máquina fotográfica, agora estou a aprender a tirar fotos com o telemóvel!

large.O-rei-morreu!-2023-10-16.jpg

Mudei os lilly pipe de sítio para que as plantas possam crescer acompanhando o movimento dos troncos. Também mudei a posição da Blixa à esquerda, pois iria ocupar muito rapidamente todo aquele canto e "comer a Lilaeopsis.

Como o filtro nunca parou de trabalhar, tenho os nitritos a zero e os nitratos a oscilar entre os 15 e os 25ppm, mesmo com a lixiviação que o Aquasoil produz...

Agora é esperar que apareçam as "amiguinhas" do costume e depois correr à loja para comprar uns amano e uns clithon (desta vez gostaria de tentar criar a equipe sem recorrer aos otos, eu sei que eles são fixes, mas quero experimentar outra coisa).

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Os otos são muito mariquinhas. Prefiro uma equipa só de amanos. 

Link to comment
Share on other sites

O problema dos ottos é que são seres muito frágeis, estão a ver aqueles copos de pé alto para o vinho finésse? Assim são os ottos, à mínima coisa são os primeiros a visitar o eden dos peixinhos, especialmente em aquários recentes com bastantes oscilações de parâmetros. Não digo com isto que não são um bom elemento a adicionar em montagens já maturadas e por sua vez mais estáveis. 

Continuo a dizer que para as algas não há melhor do que gambas sejam elas de que género forem!

Ainda à uns tempos tirei uma foto de um Amano raro no meu aquário!34718404_1992637440767520_896895974356549632_n.png

 

Abraço

  

  • Haha 4

Cumprimentos, Ismael Figueira

Projectos correntes - FenrirSkogen / Laurento

Projectos terminados - Ephemeris / Wind Of Change / Woods Stream / Little Nature / Rainforest Reborn - video / Primeiro plantado 300L 'rainforest' - video

Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, ismael_figueira said:

Ainda à uns tempos tirei uma foto de um Amano raro no meu aquário!

😄

Eu encontrei a carcaça de um Amano agora durante a mudança de casa. Estava no meu quarto, atrás de um móvel. Sendo que o aquário estava no corredor, a uns bons 5 metros do sitio onde encontrei a carcaça, devia ser desses que fotografaste.

Mas, já agora, e concordando contigo em relação à fragilidade dos Otos... existe alguma alga que um Oto ataque e os Amanos não?

Edited by JoseCarlosMarques
Link to comment
Share on other sites


Eu encontrei a carcaça de um Amano agora durante a mudança de casa. Estava no meu quarto, atrás de um móvel. Sendo que o aquário estava no corredor, a uns bons 5 metros do sitio onde encontrei a carcaça, devia ser desses que fotografaste.
Mas, já agora, e concordando contigo em relação à fragilidade dos Otos... existe alguma alga que um Oto ataque e os Amanos não?


GDA e GSA principalmente, os Amanos gostam mais de algas filamentosas. Atenção, ressalvo que não há nada de científico no que afirmo apenas falo por experiência pessoal!

Cumprimentos, Ismael Figueira

Projectos correntes - FenrirSkogen / Laurento

Projectos terminados - Ephemeris / Wind Of Change / Woods Stream / Little Nature / Rainforest Reborn - video / Primeiro plantado 300L 'rainforest' - video

Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, ismael_figueira said:

GDA e GSA principalmente, os Amanos gostam mais de algas filamentosas. Atenção, ressalvo que não há nada de científico no que afirmo apenas falo por experiência pessoal!

Então a combinação das duas espécies continua a ser a melhor opção!

Link to comment
Share on other sites

há 47 minutos, JoseCarlosMarques disse:

Então a combinação das duas espécies continua a ser a melhor opção!

Vê lá este artigo @JoseCarlosMarques, acho que está muito completo: https://aquariumbreeder.com/types-of-algae-best-algae-eating-team/

Link to comment
Share on other sites

13 hours ago, C Mocho said:

Vê lá este artigo @JoseCarlosMarques, acho que está muito completo: https://aquariumbreeder.com/types-of-algae-best-algae-eating-team/

Obrigado pelo link, Mocho. Está muito claro, sim senhor. Só tenho pena de não gostar de caracóis, por estarem sempre a remexer o substrato 🙂 .

Link to comment
Share on other sites

Boas José Carlos

Dos caracóis mais comuns dos aquários,são (Physa) (Planorbis) (Trompete da Malásia)este ultimo é que tem amania de se enterrar durante o dia e sair há noite,este eu aqui há muitos anos tive num aquário uma praga que tive que desmanchar tudo.

Sobre as outras espécies de caracóis as ( Clithon) ou ( Neritinas) ou as (Vittina)não sei se alguma tem essa mania de se enterrar,uma coisa elas tem de mau,ovos por tudo quanto é citio,o bom não se reproduzem sem ser em água  salobra.

Isto tudo para dizer-te que teres os Planorbis ou ate as Physas uma ou outra,não mexem no substráto.

  

Abraço

Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, Alvaro Silva said:

Boas José Carlos

Dos caracóis mais comuns dos aquários,são (Physa) (Planorbis) (Trompete da Malásia)este ultimo é que tem amania de se enterrar durante o dia e sair há noite,este eu aqui há muitos anos tive num aquário uma praga que tive que desmanchar tudo.

Sobre as outras espécies de caracóis as ( Clithon) ou ( Neritinas) ou as (Vittina)não sei se alguma tem essa mania de se enterrar,uma coisa elas tem de mau,ovos por tudo quanto é citio,o bom não se reproduzem sem ser em água  salobra.

Isto tudo para dizer-te que teres os Planorbis ou ate as Physas uma ou outra,não mexem no substráto.

  

Abraço

Agradeço a explicação, Álvaro. A experiência que tive foi com Neritina Pulligera, e essas estavam sempre debaixo do substrato. Só saíam à noite. Como é óbvio, remexiam aquilo tudo, mas mantive-as até ao fim. Fui-me habituando. Agora que gosto de ter os meus aquários mais "direitinhos" não quero arriscar. 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Afinal eu bem queria acreditar que montar um aquário numa sexta-feira, dia 13, não era nada de especial, mas tem sido… Oh se tem sido!

Devo antes de tudo esclarecer que das 21 plantas que usei nesta montagem, 15 são novas para mim… eu sei que isto é pouco sensato, mas é assim!

 

Primeiro de tudo foi o melt, muito melt. Nem sei por onde começar a contar:

Logo ao fim de 3 dias começou com a blixa e com a miriophyllum. A blixa lá se foi aguentando e até acho que já superou o choque, mas a miriophyllum coitadinha, derreteu toda! A minha sorte é que tendo também colocado esta “plantinha linda” no meu velho low teck, ela sobreviveu e tem ali crescido o suficiente para eu ir transferindo uns pezitos, repovoando a coisa aos poucos (agora, parece que já não derrete).

Suponho que o choque de amónia do solo da ADA, com o choque de CO2, foi demasiada alteração do meio. Creio mesmo que embora o filtro estivesse ciclado foi a amónia, mas não tenho provas disso! Julgo que o Ph está muito baixo, mas como os meus cães me comeram os testes todos, estou apenas a guiar-me pelos testes de fitas, que como sabemos, não são muito exatos.

Logo de seguida foram as buces, pareciam manteiga de um dia para o outro… A ‘mini red’, como não era 1-2-Grow, aguentou-se mais ou menos, mas as outras… suponho que não tenham volta a dar. Ainda não as mandei sair do caixote, quero ver o que vai acontecer, pois ainda não decidi se as irei replantar ou substituir por outras espécies.

As crypto, invejosas, quando viram as outras todas derretidas também as quiseram imitar, mas são muito mais lentas e já sabemos que com as crypto é mesmo assim. (no stress)

Alguns pés da ‘super red’ também derreteram mais tarde. Nestes aproveitou-se o novo crescimento, pois apenas derreteu a base.

Por último foram a eliocharum e a marsílea. Estas não me preocupam muito, pois sei que recuperarão, só não estou seguro com a ‘montevidensis’, nunca a tive antes e não sei como reagirá!

No final de contas, só a lilaeopsis e a willisii parecem ter gostado da nova casa. Até o feto tem melt numa folha! A willisii então, parece-me estranhamente surpreendente, cresce a uma velocidade louca! (e eu que temia que fosse ela a dar-me mais dores de cabeça… talvez se esteja a guardar pra mais tarde). Ah e a salvínia, estou farto de deitar salvínia para o lixo, pois ela reproduz-se como louca!

Ao fim de 10 dias introduzi a primeira fase da equipe de limpeza, pois como o filtro nunca parou de funcionar, não tinha amónia nem nitritos. Entraram 5 Amano e 2 Clithon (muito dentro em breve pretendo duplicar esta população, mas ainda não tive tempo).

 

E não, as desgraças não acabam aqui! Não se esqueçam que isto foi montado numa sexta-feira, dia 13…LOL

Tenho andado muito devagar com a luz (comecei com 6h e agora estou nas 7h, que isto é para andar com calma) e feito TPA, muitas TPA, talvez por isso as nossas amigas ainda não revelaram a sua força. Tal como dizem os manuais, costumo desligar o filtro antes da TPA, pois então… a porcaria da patilha de bloqueio da água do meu Eheim 4+ resolveu achar que andava a trabalhar demais e “encravou/partiu”… ficou apenas um fiozinho de água muito ténue a correr. Se calhar vou recomeçar a fazer as TPA sem parar o filtro, neste momento, com a quantidade de água que mudo de cada vez, já não há o perigo do filtro desferrar!

Tudo bem, isso acontece com qualquer material, mas como fui “abençoado pela sexta-feira, 13”, tinha de acontecer numa segunda-feira, de manhã! Quem é da zona sul sabe que nas segundas-feiras quase todas as lojas de aquariofilia desta zona estão fechadas… a minha sorte é que a Casa dos Discus que é das poucas que abre à segunda tem lá o Sr. Viegas que é uma pessoa formidável… (Obrigado Viegas, mais uma vez observei uma grande amabilidade e um profissionalismo fantástico). Agora espero que o novo OASE não venha a dar dores de cabeça.

 

Ainda não satisfeito com todos estes dissabores, achei que aproveitando a mudança do filtro e já que estava com as mãos dentro do caixote, podia “encurtar” um tronquinho que me estava a fazer um bocadito de confusão no layout…. Agarrei na tesoura de podar, apertei, apertei ainda mais… e:

O estafermo do tronquito ainda lá está e quase que arranquei todo o hardscape da sua posição inicial!... LOLOL

 

Enfim, depois destas desgraças todas, isto ainda promete ficar giro, pelo menos na minha cabeça. Se eu tiver mãos e tempo para ir controlando os crescimentos, ficará porreiro. É um tipo de aquário muito diferente de tudo o que tive até agora… só espero não vir a ter muitos mais episódios deste género para vos contar.

Afinal, era sexta-feira, dia 13!

large.O-rei-morreu!2023-11-01-1.jpg

large.O-rei-morreu!2023-11-01-2.jpg

Edited by C Mocho
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

On 01/11/2023 at 18:58, C Mocho disse:

Primeiro de tudo foi o melt, muito melt. Nem sei por onde começar a contar:

Logo ao fim de 3 dias começou com a blixa e com a miriophyllum. A blixa lá se foi aguentando e até acho que já superou o choque, mas a miriophyllum coitadinha, derreteu toda! A minha sorte é que tendo também colocado esta “plantinha linda” no meu velho low teck, ela sobreviveu e tem ali crescido o suficiente para eu ir transferindo uns pezitos, repovoando a coisa aos poucos (agora, parece que já não derrete).

Há aí um factor que podes ter esquecido e com a alteração de alguns parâmetros pode ter potencializado o melt: 

Qual a Dureza da tua água?

Link to comment
Share on other sites

Curiosamente estava a ver o Zezinando... Gosto imenso. Parabéns! 😊

há 2 minutos, Ricardo Gil disse:

Qual a Dureza da tua água?

Pode ser isso, não sei porque como disse acima, o cães comeram-me os testes todos. Tenho as fitinhas ,que valem o que valem...

A dureza (Gh) parece estar nos 6; os carbonatos (Kh) parecem estar perto dos 4. São valores consistentes com anteriores montagens (no tempo em que eu ainda tinha testes). Só o Ph é que me parece muito baixo, talvez lá para os 6, não sei!

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Olá pessoal! Já é tempo de eu vos ir contando as minhas desventuras por aqui!

 

De uma forma geral, após o infortúnio do filtro, isto tem andado razoavelmente bem e sem percalços inesperados. Contudo, como normalmente, nem tudo são rosas. Vamos lá a ver se eu consigo apresentar o relatório por temas, respeitando a ordem cronológica das coisas…

 

MELT

Como já vos tinha dito, logo ao fim de 3 ou 4 dias comecei a observar melt em algumas plantas. A primeira a dar sinais foi a Blixa, logo a seguir as Buces e ao fim de uma semana foi a  Montevidensis e a Guyana. A Blixa restabeleceu-se rapidamente, mas a Miriophylum derreteu toda e as Buces não se quiseram ficar atrás, embora tenham derretido mais devagar. Em primeiro lugar derreteu a “Needle Leaf”, pois era "in vitro", mas embora com menos pressa, a “sp. Red” (que não era "in vitro") também ficou uma porcaria. Acabei por removê-las porque aquilo que restava já não tinha salvação!

Como tinha sido obrigado a encomendar mais potes de Miriophylum do que o necessário, acabei por colocar alguma no meu low tech… ainda bem, pois passado 15 dias estava a voltar a colocar a plantinha no seu sítio e ela começava a dar sinais de se aguentar.

Suponho que isto se deveu à libertação de amónia que o ADA Amazónia nos reserva nos primeiros tempos de montagem. Sem dúvida que na próxima vez, se puder arranco com um “Black Start”. Isso aliado talvez a um baixo valor de Gh e Kh, como sugeriu o @Ricardo Gil, e consequentemente um Ph muito baixo! Pois, como já havia dito, os meus cães comeram-me os testes e eu já os encomendei, só que ainda não chegaram (deve estar para muito breve).

 

ALGAS

Surpreendentemente quase não tive algas (ainda…) e já lá vão 6 semanas! Suponho que o facto das médias filtrantes estarem cicladas, pois nunca pararam de trabalhar embora eu tenha sido obrigado a mudar de filtro, foi um fator determinante. Isso aliado ao facto de ter feito 2 TPA’s diárias na 1ª semana, 1 diária na 2ª semana e depois dia sim, dia não… etc., etc. De cada vez que faço TPA não mudo mais do que 33% do volume líquido do aquário, pois acho que uma TPA maior, se bem que melhore a qualidade química da água, não é nada favorável ao estabelecimento do equilíbrio biológico que se deseja.

O fotoperíodo começou numas tímidas 6 horas diárias, agora já vai numas loucas 7h30… Como veem, isto é para andar com muita calma e disfrutar cada minuto!

Mas elas apareceram, tímidas, mas apareceram! Lá para o meio da 3ª semana começaram a aparecer no Feto, primeiro discretamente, mas rapidamente ganharam força. A minha sorte é que estavam razoavelmente localizadas. Inicialmente pareceram-me Staghorn, mas depois fiquei na dúvida se seriam Thread… Para mim fazia muito mais sentido serem filamentosas, mas cada vez mais me pareciam Staghorn fininhas! Enfim, fosse lá o que fosse, optei por começar a remover as folhas mais afetadas, embora as minhas amigas se tenham alastrado para a maioria das folhas velhas das plantas de crescimento mais lento (Pusila, Lileopsis e Cryptos)… Pois então, lá fui arrancando folhinha a folhinha e mantendo a coisa "controlada" (à Pusila não lhe dei hipótese, podei-a quase violentamente!). Se na altura tivesse tirado uma foto geral do aquário, talvez só se fizessem notar no Feto, mas ao vivo era fácil constatar que por ali andavam (e ainda andam, mas agora muito mais discretamente). Foi quando as vi começar a aparecer no meio da Ricardia que concluí que devia fazer algo mais do que simplesmente removê-las manualmente. Iniciei hoje o tratamento com Flourish Excel… vou aplicá-lo muito progressivamente até ver bons resultados, (não conheço a maioria das plantas com que estou a trabalhar e não sei como reagem ao Excel), mas sei que vai demorar um bocadito, no entanto não estou minimamente pressionado com datas, por isso estamos tranquilos! Claro que vou continuar com a remoção manual.

 

SURPRESAS e DÚVIDAS

As primeiras surpresas foram as flutuantes. Nunca tinha tido flutuantes, mas consciente do problema da amónia com as montagens novas de Amazónia, resolvi experimentar. Nem imaginam a quantidade de plantas que tenho deitado fora, em 3 ou 4 dias tenho de fazer limpeza para não ficar sem circulação na superfície. Não sei ainda se serão para ficar ou se serão temporárias.

Talvez a que mais me surpreendeu tenha sido a Willissii… eu esperava uma plantinha muito propensa a algas, muito delicada e exigente, e não é que ela cresce que se desalma. É mesmo uma rotala!

A Deccanensis é uma planta interessante. Tem um crescimento mais lento do que eu pensei que iria ter, contudo é muito curioso observar que numa primeira fase se desenvolve um potente sistema raticular e só depois é que se começa a observar o crescimento da planta. Fiquei dececionado quando vi o pote apenas com 4 ou 5 pés, mas ela está a desenvolver bem e já tenho muito mais.

A Guyana foi a minha grande deceção! Para além de ter derretido nos primeiros dias, agora ainda lá está e vai crescendo devagarinho, mas parece que está com dificuldade em enraizar. Volta e meio, lá tenho de replantar um pézito que se soltou do substrato… Ainda lhe vou dar mais um tempo de hipótese, mas possivelmente irei acabar por substituí-la por outra espécie.

A Albida Brown, é uma crypto com a qual eu nunca me dei muito bem, ou seja, ela é que nunca se deu muito bem comigo, pois eu adoro-a, mas para lograr o efeito pretendido (se tudo correr bem), fui obrigado a reforçá-la com mais um pote.

Por último, a Super Red no início também derreteu junto ao substrato. Não arrancou com a facilidade que eu esperava, mas agora parece que já está adaptada.

 

PLANOS

Vou naturalmente voltar a tentar com as Buces. Desisti da Bukit Kelam, pois acho que embora no início ela tenha um tamanho adequado, depois de crescer ficará com a folha um pouco grande para esta montagem. Para além disso no meu plano inicial aquele espaço era para o Fissidens Fontanus

Tenho um pouco de repulsa pelos musgos, não porque os ache pouco belos, mas porque confio pouco na minha capacidade de os conter, mas creio que terei de ir por aí!

A Needle Leaf só existe “in vitro”, não é? A Pangolino talvez também fosse adequada, mas como vai apanhar com bastante luz não sei ainda pelo que optar.

Talvez venha a ter de substituir a Guyana… e possivelmente uma crypto Parva ou uma Lutea Hobit podem vir a ser adequadas para colmatar um vazio ou dois…

Depois vem a fauna! Os Amano começaram a entrar a meio da 2ª semana. No final da 3ª semana entraram todos os outros invertebrados (Amano, Red Fire e Clithon). Agora será a vez dos peixinhos! Estou a pensar colocar 20 Galaxy e 15 Kobutai, será que devo introduzi-los todos ao mesmo tempo ou devo fazê-lo progressivamente?

Após olhar para a foto, acho que tenho de procurar uma rocha um pouco mais alta para substituir aquela na frente esquerda... se encontrar fixe, senão ficará assim, pois ao vivo nota-se uma presença mais efetiva!

 

Por fim, embora a Rotala do lado esquerdo não se veja porque foi podada, a Decanensis e a Montevidensis só agora comecem timidamente a aparecer e a Guyana, nem sombras mostra, aqui vai uma foto de como isto está de momento. O tronco está nú e existe aquele vazio na parte traseira central porque a Guyana não cresce!... Eu sei que devia apresentar muito mais fotos e escrever muito menos, mas é o que temos!... LOL

large.O-rei-morreu!2023-11-26.jpg

 

PS: Se acham que os vidros laterais estão sujos, é impressão vossa! Deve ser da qualidade da foto, porque eu juro que os limpei antes de montar o aquário! 😇

Edited by C Mocho
ortografia e gramática
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Muito bom texto como sempre! Nunca é demais uma boa e detalhada descrição dos acontecimentos, pois é aqui que se potencializa a absorção do conhecimento.

Que relato!

Neste momento a calma é o foco principal, nesse aspeto estamos descansados porque pressa não é coisa que abunde por esses lados, ainda bem!

Resiliência, outro fator fundamental. Nunca desistir, mesmo que as adversidades pareçam querer levar a melhor, devemos sempre aliar à calma a força de continuar.

Creio que podemos reter aqui três pilares importantes na aquariofilia, o Estudo, a Calma/Paciência e a Resiliência! O resto acaba por ser resultado da junção destes ingredientes.

Só faltou, na minha opinião, umas fotos em detalhe das algas que mencionaste. Isso iria ajudar outras pessoas daqui da comunidade a perceber e identificar situações semelhantes que possam estar a experienciar nos seus aquários.

Força aí!
Abraço

  • Like 1

Cumprimentos, Ismael Figueira

Projectos correntes - FenrirSkogen / Laurento

Projectos terminados - Ephemeris / Wind Of Change / Woods Stream / Little Nature / Rainforest Reborn - video / Primeiro plantado 300L 'rainforest' - video

Link to comment
Share on other sites

Tens toda a razão @ismael_figueira. Não me ocorreu antes, mas já aqui estão elas:

large.O-rei-morreu!-Staghorn-1.jpg   large.O-rei-morreu!-Staghorn-2.jpg  

Obrigado pelo feed back!...

Edited by C Mocho
Link to comment
Share on other sites

Boas, pessoal.

As staghorn estão a recuar, devagarinho, mas estão. Optei por ainda não fazer overdose de Excel. Estou a aplicar na dose recomendada e não vejo novos surgimentos!

Parece-me que isto começa a insinuar a forma, mas definitivamente as Buces fazem aqui muita falta... as buces e uns apontamentozinhos de Fissidens. A Guyana ainda está quase paralisada lá atrás, mas não sei se é por me estar a habituar, acho que afinal ela até não faz grande falta. Veremos nos próximos episódios.

Hoje não falo mais, que vocês gostam é de imagem... 🤗

large.O-rei-morreu!2023-12-01.jpg

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Começa a compor-se, sim senhor! Pela experiência que tenho com o Excel, não vale mesmo a pena sobredosar... já o fiz, porque os resultados imediatos são muito positivos, mas depois as plantas começam todas a queimar. O melhor é, mais uma vez, ter paciência. Usar a dose recomendada e esperar. Gosto bastante do "tapete" deste tanque. Quando essas plantas começarem todas a misturar-se, tenho a certeza que vai ficar com uma aparência muito natural. Boa escolha de plantas!

Lá atrás... não sei o que te dizer... gostava de ver plantas mais altas, mas também gosto da transparência. Já pensaste nuns apontamentos de uma coisa tipo Valisneria, ou Vivipara?

Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, JoseCarlosMarques disse:

Já pensaste nuns apontamentos de uma coisa tipo Valisneria, ou Vivipara?

Pois sim, Valisneria num aquário deste tamanho ficaria porreiro se eu quisesse remontá-lo daqui a muito pouco tempo. É muito bonita, mas muito invasiva e com a ginástica que tenho de fazer por entre o tronco, acho melhor não ir por aí. Vivípara, já lá a tenho, mas noutro local. Não se vê porque derreteu quase toda, agora já começa a notar-se, mas muito timidamente e em foto é mesmo muito difícil vê-la.

Julgo que talvez ficasse gira a Gratiola, mas é como dizes, a transparência também é interessante! Não sei, acho que tenho de dar tempo ao tempo para descobrir o que fazer. Neste tipo de projeto é fascinante ir deixando que o tanque nos vá insinuando o que precisa para que nos diga o que fazer...

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Tens de ter em atenção às rochas, 

Se nada for feito perdes o layout todo, engolido pela flora. Começar a dar tesoura nisso.

Continua o bom trabalho.

Link to comment
Share on other sites

há 2 horas, Vasco Ferreira disse:

Se nada for feito perdes o layout todo, engolido pela flora

Layout @Vasco Ferreira? Qual layout?

Isto são apenas meia dúzia de pedras e um tronco... As plantas é que vão dar forma e volume... Mas sim, compreendo o que dizes, nalguns locais tenho de andar atento e não só por causa das pedras, também pela própria escala das plantas e dos crescimentos desiguais. Algumas terão de ser desbastadas mais periodicamente que outras.

Aliás já comecei a fazer isso e parece-me que começou a tomar forma, mas como estou maioritariamente a usar plantas que nunca tinha tido antes, tem estado a ser uma experiência interessante! A pedrita lá detrás, no lado direito é que eu acho que tem um peso exagerado relativamente às restantes, no entanto a Blixa vai crescer e "suavizá-la" (espero).

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.