JoseCarlosMarques

Membro
  • Posts

    2,503
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    86
  • Country

    Portugal

Everything posted by JoseCarlosMarques

  1. Se o meu aquário entretanto recuperar, vai ser essa a espécie que vou lá introduzir. Só ainda não o fiz porque estou com medo de ter que refazer tudo, e como não tenho outro aquário grande para colocar os bichos, seria um gasto arriscado. Mas é uma boa escolha, essa. E num aquário como esses, um cardume de 50 ou 60 peixes deve causar uma bela imagem. Procura na Internet vídeos sobre como evitar que isso aconteça. Geralmente o que se faz (e que eu fiz também) é adicionar umas tiras de plástico nos sítios onde o substrato está muito elevado. Podem ser aqueles cartões multibanco (ou do género) cortados em pedaços. Eu arranjei umas tiras de plástico na MaxMat, com cerca de 1 metro e 3 ou 4 cm de espessura. Até mais ver, funcionaram lindamente. Outra coisa que poderias ter feito, era um dry start, para que as raizes começassem a crescer e segurassem o substrato. Mas isso fica para uma futura montagem 🙂 . Há de se compor. Tem paciência. E não te preocupes em esfregar as rochas tantas vezes. Quando as plantas começarem a crescer a sério, uma equipa de limpeza trata-te disso num instante. Continuação de bom trabalho!
  2. Mete mãos nisso moço! Fico à espera de ver o resultado!
  3. Muito boas escolhas. Pessoalmente prefiro os Tetras, e qualquer uma das tuas sugestões podia ser minha também, mas ultimamente tenho andado a pesquisar mais um bocadinho e, acima de essas, colocaria os Black Phantom ou os Silver Tip (estes últimos não seriam esteticamente a minha primeira opção, mas tem um comportamento super-engraçado, quando pões um dedo no vidro. Procura em vídeo 😉 ).
  4. Muito bem, Vasco! Para além de estares a fazer um óptimo trabalho, também és daqueles que mais actualiza o post do desafio. Só por aí devias receber um prémio!
  5. Bela montagem. Ainda não tinha visto esta, mas é mais uma para dificultar a decisão do júri. Parabéns! Como se porta esse substrato? E os produtos da 2HR? Vejo que também usas os da Tropica... notas grande diferença entre as duas marcas?
  6. Ok... ok! Tratar de manter as coisas limpas desde o dia 1. Muito bem!
  7. Só para terem uma ideia de como isto está (e já esteve bem pior!) fica aqui uma imagem que mostra a diferença de cor de uns potes de Monte Carlo que plantei hoje em relação à Monte Carlo mais antiga. E na fotografia a diferença não é tão notória como ao vivo. O verde dos novos pés é muito mais vivo que o verde mais antigo (ao fundo, na imagem). Espero que estes novos tufos enraizem e ajudem na recuperação do tanque. Uma coisa que notei ao plantá-los é que, mesmo nos sítios onde a Monte Carlo quase desapareceu por completo, é muito difícil enfiar a pinça. Raizes antigas talvez... o que não me parece que seja muito bom. Terei razões para ficar preocupado com tanta matéria orgânica concentrada debaixo do solo? Não liguem muito ao substrato acumulado junto ao vidro... ando sempre a aspira-lo e a repo-lo mais em cima, mas os camarões teimam em espalhá-lo por todo o aquário.
  8. Eu sei disso. É apenas um consolo. Eheh. Mas olha que há aquascapers de topo a usarem ainda as velhinhas luzes tubulares! Por alguma razão ainda as encontras à venda em lojas do hobby.
  9. Nop. Não funciona de maneira nenhuma. Tentei a aplicação que referiste e nem sequer identifica a calha. Essa descrição que eles fazem também já li, mas basta ver o vídeo que eles têm na página da WEEKAQUA no Youtube para perceber que isso é só para calhas mais recentes. Segundo eles, quando o modo B1 (ou lá o que é) está identificado com o "pontinho vermelho", a calha não aceita esse modo. E é o modo que permite o efeito de nascer e por do sol. É absurdo... não faz qualquer sentido... mas é o que é. Encontrei (imagina!!!) um gajo na Internet que diz que esta é a melhor marca que conhece neste momento no mercado para aquários de água doce, mas que a APP fica muito aquém do esperado. Não estou a brincar. Podes ver aqui: https://www.youtube.com/watch?v=j--sJe89qYI. Enfim. Para meu consolo... é esta calha que usa o vencedor do IAPLC deste ano. Mesmo com todos esses defeitos da APP, parece que a coisa resulta. Ou resultará, no meu caso. Vamos ver.
  10. Azar o teu. Eheh. Eu vivo na Póvoa de Varzim, e a uns 5 Km da minha casa temos a Zona Industrial da Varziela onde temos a maior comunidade chinesa do país. Aliás... por umas imagens que vi recentemente, uma das maiores lojas de produtos para aquários em Portugal (se não a maior, mesmo) fica lá. Pena ser o armazém da JIX 🙂 . Mas vê lá isso. Se não encontrares as escovas, eu compro aqui na Póvoa e ofereço-te como prenda de Natal.
  11. Não 🙂 ! Isso queria eu. Há quem tenha conseguido fazer isso com esta calha, mas o que acontece é que ela desliga entre as diferentes "ordens". Ou seja... de apagada até à máxima intensidade em que está, ia parecer uma árvore de Natal a acender e apagar. Estamos na época disso, mas não acho que os peixes fossem gostar da brincadeira.
  12. Aquilo que vemos na fotografia nem sempre é o que parece ao vivo. Por isso há que ter muito cuidado na fotografia final. Mas em tudo o que foi dito não há qualquer razão para te preocupares. O que interessa é que a tua visão final da coisa esteja bem presente, porque com pequenos ajustes chegas lá. Já encontraste as escovas de metal?
  13. Foi como te disse. Trabalhando isso na fotografia final, tenho a certeza que conseguirás um bom resultado, até porque é a primeira vez que vejo a UG ser cultivada com tanto sucesso aqui no fórum.
  14. Nem tinha reparado nisso, mas tens toda a razão Vasco.
  15. Permite regular a intensidade de cada cor (RGB) e o horário a que a luz liga e desliga. Apenas isso. Deveria ter também um período de subida e descida de luz, mas não tem. É aquilo que o pessoal aponta como falha.
  16. Pela fotografia não chegava lá! Eheh. Mas já consegui perceber qual é. Microrasbora... Danio... é tudo a mesma coisa. Danio Erythromicron! Estou mais acostumado a ver os Margaritatus, mas estes também são muito engraçados.
  17. Eu acho que merecia e acho que vou ter mesmo! Este aquário tem-se revelado um verdadeiro teste à minha paciência, e só ainda não o desmontei porque ele me acompanhou numa fase muito difícil da minha vida e durante a mesma prometi que ele ia personificar tudo aquilo que tenho ultrapassado. Se não for desta, desmonto e volto a montar exactamente da mesma forma para começar tudo de novo... já decidi! Isso de saber o quanto estás a meter com cada bombada agora é mais fácil, com os documentos que estão um pouco atrás na conversa. Mas as marcas são muito resilientes a colocar nos seus produtos as quantidades exactas de cada nutriente. A exceção são os novos produtos da 2HR Aquarist, que trazem no rótulo de cada frasco a sua composição. Estou a pensar se mudo ou não para essa marca, mas agora com o tanque a recuperar (aparentemente, mais uma vez!), vou ver o que acontece nas próximas semanas. Se acertar com os produtos da Tropica, continuo com eles. Outra coisa é que, independentemente da fertilização que optes por usar, existe sempre a possibilidade de erro. Pelas rochas que usas, pelas plantas que compras, pelo substrato, pela água que sai da tua torneira... as variantes são tantas que, mesmo fazendo tudo como mandam as regras, a coisa pode continuar a dar para o torto. Tens razão, Vasco. As calhas de hoje em dia estão preparadas para tudo o que queiras tirar delas. Nomeadamente, montar e ter plantas adultas num espaço extremamente reduzido, como é o caso das pessoas que se preparam constantemente para os concursos. Cabe-nos a nós perceber o que cada um quer, e foi isso que eu não soube fazer. O meu aquário estava mais ou menos bem até ter mudado de calha. E como esta é muito mais potente que a que tinha, não tive mãozinhas para ela. Foi como trocar um Fiat por um Ferrari e continuar a conduzi-lo no limite máximo. Claro que ia dar m***da... eu é que fui ingénuo e não avaliei bem no que me estava a meter. Não me arrependo da compra que fiz, até porque sei que tenho calha para tudo o que quiser fazer, mas se na altura tivesse optado pela série Slim, da Chihiros, julgo que agora estaríamos a falar de coisas completamente diferentes. Fica a aprendizagem! A iluminação há de chegar às 8 horas diárias, em meia intensidade, como referes. Mas por enquanto tenho o tanque estabilizado e acho que vou avançar devagar. Esta calha tem uma APP muito fraca. Não permite esses tais 5% antes e depois das luzes subirem ao máximo. É o único senão que lhe encontro. Pode ser que entretanto se actualizem, até porque quase todas as criticas que leio na Internet são nesse sentido. Um abraço aos dois!
  18. Olá Carlos! O tanque está excelente, mas acho que está na altura de começares a podar essas plantas de forma a defini-las. Neste momento a "mistura" dá-lhe um ar confuso. Com umas aparadelas aqui e ali, para definir as zonas de crescimento de cada uma, acho que vais ter um óptimo resultado. Os caracóis fizeram realmente um milagre nessa rocha. Se continuarem a trabalhar assim, não vais precisar de escovas para nada. Eheh. De qualquer maneira, e como disse o Rui, devias encontrar essas escovas em qualquer loja china, na zona das ferramentas. Aqui na minha terra encontrei em todas as que fui. São muito baratas, e desde que as comecei a usar já nem quero saber da elétrica. Têm uma desvantagem... as pedras devem estar minimamente estáveis, e tens que ter muito cuidado a escova-las, porque se calhas de colocar força a mais em cima delas, corres o risco de dar cabo de toda a montagem. Em relação aos peixes... acabas-te por não dizer qual é a espécie, e porque os escolheste. Continua o bom trabalho!
  19. Está excelente, Vasco. Só tenho algumas dúvidas em relação à cor da UG. A planta é lindíssima, e não tenho qualquer reparo ao trabalho que aparentemente tens feito para mantê-la, mas ao lado das outras parece ficar com um amarelo esquisito. Vais ter que trabalhar muito bem isso na fotografia final.
  20. Toda gente diz o mesmo. "Antigamente é que era!". Eheh. É como em tudo... quantos mais anos de experiência, mais se aperfeiçoa a técnica. Antigamente com livros e fóruns... hoje com vídeos e influencers.
  21. Ainda tenho algum. Passei a fertilização para 3 bombadas por dia (0,6ml) e estou a alternar entre Specialized e Premium. Também aumentei a quantidade de luz diária em mais uma hora... são agora 7, mas continuo com a calha numa intensidade baixa. Tirei do tanque a maior parte das flutuantes, para evitar que elas consumam muitos nutrientes. Ainda pensei em tira-las do aquário por completo, mas decidi deixar meia-dúzia de pés porque quero manter a planta. Verifiquei o desaparecimento quase total das algas. Ainda estão presentes a um canto, mas mesmo aí também já começaram a definhar. Pensei que teria que cortar as folhas onde as mesmas estavam alojadas, mas depois de terem "morrido" (mudaram de cor de um verde escuro para branco), os Otocinclus e os Amano acabaram por tratar delas. É notório o crescimento da Glossostigma, com novas folhas por todo o aquário, e de alguns tufos de Monte Carlo aqui e ali, mas na maioria do tapete a Monte Carlo teima em continuar com folhas muito pequenas, um crescimento muito lento e com pés a soltarem-se do substrato todos os dias. Na próxima sexta-feira vou ao Porto e espero comprar 2 ou 3 potes dessa planta. Custa-me estar a gastar dinheiro numa coisa que já tenho, mas talvez assim ajude a uma recuperação mais rápida. A minha teoria é que estes pés que estão a soltar-se são pés "mortos" ou que não conseguem desenvolver raiz, por terem estado tanto tempo desnutridos. Talvez com novos pés, saudáveis, a coisa comece a melhorar. Regra geral, acho que as coisas parecem-me estar no bom caminho. As pedras continuam limpas, e noto algum desenvolvimento no aquário. Vamos ver o que acontece nas próximas semanas, mas estou confiante. Obrigado pelas dicas, Vasco. E por te teres lembrado de perguntar como estão as coisas. Um abraço.
  22. Então tens olho para a coisa 🙂 .
  23. Boas. Que bela surpresa, aqui no fórum. Os meus parabéns! Este é o meu género de montagem, e apesar de desafiar algumas das supostas "regras" de composição, julgo que o resultado não poderia ser melhor. Não faço ideia de quantos anos de experiência tinhas antes dos 15 que estiveste "parado", mas só pelas especificações percebe-se que entendes muito do assunto. Isto é tanque para custar uns bons milhares de euros. Espero que tenhas melhor sorte que eu com as algas e com a Monte Carlo. Eheh. Vou acompanhar de perto, para ver como evolui. Não te esqueças de fazer actualizações 😉 . Um grande abraço! E já agora fica aqui uma dica... limpa essas mangueiras, homem! Na luta contra as algas, não lhes podes dar qualquer hipótese de sobrevivência, e parece-me que algumas delas podem estar "escondidas" aí.