Prpmd

Margem Sul

Recommended Posts

Não há duas sem três,

  

Apresentação:

Não estava na minha ideia montar tão rapidamente mais um aquário (fico com 3 de “aquascaping”, mais 2 de “selvajaria”).

Mas a sorte… o destino… ou mais concretamente, a mão do Ivo que, no sorteio do workshop do mestre Filipe Oliveira, tirou o papel com o meu nome, assim o quiseram!

Pois é, se me calhou em sorte atravessar a ponte com mais um aquário na bagagem, então não poderia deixá-lo sozinho e abandonado a ganhar pó…

E assim nasceu o Margem Sul. Uma homenagem à terra, para mim praticamente desconhecida, onde teve início esta montagem.

Como o Rookie e o Aurora me consomem bastante tempo, decidi fazer algo mais relaxado no Margem Sul, isto é, fazer tudo aquilo que me tem despertado bastante curiosidade, mas que ainda não tinha tido oportunidade de experimentar… Vai ser portanto um aquário laboratório… :)

Entretanto, nas últimas semanas, li alguns tópicos neste fórum que me transmitiram a teoria que me permite ter a confiança suficiente para começar o meu primeiro “dry start”, bem como dar aquela pincelada nas rochas, com um delicioso iogurte musgoso. Vamos lá ver como corre este famoso “Método do iogurte”!

 

Mas vamos ao que realmente interessa:

 

1 – Nome do aquário:

Margem Sul

 

2 – Data de montagem:

11.01.2019

 

3 – Dimensões do aquário:

30x30x35 cm em vidro ultra transparente da Scalare.

3.1 – Volume bruto e útil:

31,5 L, prevejo um volume útil de aproximadamente 26,5 L.

3.2 – Móvel:

Base de madeira preta que me saiu, no sorteio, em conjunto com o aquário.

 

4 – Equipamentos:

4.1 – Filtro:

Ainda não pensei muito nisso. Deverá ser de mochila, mas lá para Março ou Abril, logo decido.

4.2 – Termostato:

Tem tempo.

4.3 – Iluminação/Fotoperíodo:

Twinstar light 300EA com um fotoperíodo de 12h durante o “dry start”, depois irei reduzir para 8h.

4.4 – Sistema de CO2:

Terei que comprar mais um kit de CO2, mas também não é pressa.

 

5 – Substrato & Hardscape:

5.1 – Substrato:

Foi o que me sobrou do Aurora, isto é ADA Amazónia e Tropica Aquarium soil powder. Não era para fazer caminhos nem nada do género, mas encontrei uma areão muito fino que me conquistou e lá tenho aquele caminho, que se espera orientador do olhar! :)

5.2 – Hardscape:

Rocha: Dragon stone

 

6 – Fertilização:

NEO tabs antes de plantar. Depois de ter água, logo pensarei que fertilização vou querer experimentar desta vez.

 

7 – Flora:

Nas rochas Fissidens fontanus, já no substrato Hemianthus callitrichoides "cuba" com uns apontamentos de Eleocharis acicularis "mini". No plano de fundo, talvez coloque mais alguma planta, mas ainda tenho muitas dúvidas.

 

8 – Fauna:

Camarões e não sei se mais alguma coisa…

 

Deixo-vos aqui algumas fotos do layout que criei. Para além do “dry start” e do Método do iogurte, é a primeira vez que fiz um layout só com pedras… Inspirei-me nas grandes montanhas da Margem Sul :)

 

Na última foto está uma sugestão de como o posso plantar… Como já é hábito nas minhas montagens, mais uma vez peço a opinião a quem de direito, sobre que plantas acham que poderiam ficar bem no plano de fundo… Ou se por acaso pensam que sem plantas era como ficava melhor. A minha ideia inicial era só ter mesmo o tapete de Cuba e o musgo nas rochas:

large.1615341855_2019_01.06-MargemSul030publ..JPGlarge.1312896892_2019_01.06-MargemSul035publ..JPGlarge.874494325_2019_01.06-MargemSul034publ..JPGlarge.1788792390_2019_01.06-MargemSul039publ..JPGlarge.309282964_2019_01.06-MargemSul036publ..JPGlarge.936113356_2019_01.06-MargemSul040plantacopubl..JPG

Digam de vossa justiça... Nos próximos dias irá ter início o meu primeiro "dry start"! 😄

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

E não é que o Rookie do nada começou a fazer aquascaping á séria??? Infelizmente com o aumento de qualidade nas montagens perdeu-se um pouco daquele humor corrosivo que nos arrancava gargalhadas!!! 😵 

Não devias ter colocado já a areia... Devias  ter esperado pelo  final do  drystart.

Eu acho que não faz sentido colocar uma moita atrás, vai retirar a escala das pedras... 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 11 horas, Tozé Nunes disse:

E não é que o Rookie do nada começou a fazer aquascaping á séria??? Infelizmente com o aumento de qualidade nas montagens perdeu-se um pouco daquele humor corrosivo que nos arrancava gargalhadas!!! 😵

Digamos que "à séria" é só até o aquário ter água. A partir daí é um "valha-me Deus" constante...

Mas como ouvi em tempos, que na Margem Sul não há nada, pensei que se nada existe, então o humor também seria de evitar... Mas vou meditar sobre a minha decisão!!!

há 11 horas, Tozé Nunes disse:

Não devias ter colocado já a areia... Devias  ter esperado pelo  final do  drystart.

Como se diz no meu dialecto da linha de Sintra: Xé mano, sente a situação, tive que colocar a areia pra ver se dava aquela pausa no cenário...

Como tá bem pausado, das duas uma: ou tiro-a grão a grão, como penitência pelas calorias extra que ingeri durante o ano transacto... ou deixo-a ficar, e como é já um "areão bonsai", é esperar que o limedo não se interesse por ele... será isso possível?

há 11 horas, Tozé Nunes disse:

Eu acho que não faz sentido colocar uma moita atrás, vai retirar a escala das pedras...

Confesso que para mim a Margem Sul é uma zona que não domino de todo, mas a Moita não é lá que se situa?

Se não estou errado, como podes dizer que não faz sentido colocar uma moita na Margem Sul? 

Se fosse uma Coina lá atrás já fazia sentido?????? 😮

Cuidado com este tipo de comentário discriminatório com laivos xenófobos, que poderá incendiar as redes sociais... Muito cuidado!!! 

  • Like 1
  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 43 minutos, Prpmd disse:

Confesso que para mim a Margem Sul é uma zona que não domino de todo, mas a Moita não é lá que se situa?

Se não estou errado, como podes dizer que não faz sentido colocar uma moita na Margem Sul? 

Ahahah Tozé foste dominado!

Infelizmente para o nosso humorista de serviço o boss tem razão. As moitas atrás vão fazer perder todo esse trabalho de perspectiva que fizeste (e muito bem feito).

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem Pedro, estás com a pica toda! Abraçaste o scaping de forma efusiva e entusiasta e deixas-nos também agarrados aos teus tópicos! 

 

A composição no seu todo nada tem a ver com a margem sul, aquilo é só planícies! Se fosse lá na china fazia sentido! 

 

Estou a ver que o método do iogurte está a causar furor, tem só cuidado para não deixares a mistura muito liquida senão corres o risco de teres musgo a crescer nas entranhas do tapete. 

 

Mais uma para acompanhar e ainda não fui ao Aurora! 

 

Força nisso Rookie!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para fazer jus ao nome até deveria existir uma ponte por aí algures eheh.
Também acho que não deverias meter nada de moitas lá por trás, afinal de contas dizem que é um deserto 🙂 
Como é que conseguem criar "tanta" altura na parte traseira do aquário? Fica espectacular assim...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/01/2019 at 10:41, Gonçalo84 disse:

Infelizmente para o nosso humorista de serviço o boss tem razão. As moitas atrás vão fazer perder todo esse trabalho de perspectiva que fizeste (e muito bem feito).

Ok, entendido. Não vou colocar plantas grandes no fundo, mas farei uma moita... de Cuba... pois este é um aquário inclusivo, onde todas as zonas da Margem Sul têm permissão de marcar presença, e se sentirem representadas!!! :)

 

On 11/01/2019 at 10:48, ismael_figueira disse:

Bem Pedro, estás com a pica toda! Abraçaste o scaping de forma efusiva e entusiasta e deixas-nos também agarrados aos teus tópicos! 

 

A composição no seu todo nada tem a ver com a margem sul, aquilo é só planícies! Se fosse lá na china fazia sentido! 

 

Estou a ver que o método do iogurte está a causar furor, tem só cuidado para não deixares a mistura muito liquida senão corres o risco de teres musgo a crescer nas entranhas do tapete.

Muito obrigado caro Ismael!!! Tenho que aproveitar o Inverno, já que no Verão não há muito tempo para brincar aos aquários 😄

Pelos dossiers que li, antes de criar este layout, percebi que a Margem Sul é o lugar onde podes ser o que quiseres, e foi esta a minha interpretação do que vi... se calhar exagerei na altura das "montanhas", mas quando o workshop do Mestre Filipe Oliveira terminou, já era de noite, por isso não deu para contemplar a paisagem 😄

Usei um Oikos da Danone, que é de uma cremosidade suberba, e tem uma aderência à rocha simpesmente fenomenal... Ainda por cima estava em promoção no Pingo Doce, uma loja onde podemos encontrar tudo o que é essencial para o aquascaping... (só para nós que ninguém nos ouve, se correr bem, vou tentar que estas marcas me patrocinem)... Mas, a sério, experimenta um Oikos Danone e vais ver... até te nasce musgo no céu da boca!!! 

 

On 11/01/2019 at 10:49, Emejet disse:

Para fazer jus ao nome até deveria existir uma ponte por aí algures eheh.
Também acho que não deverias meter nada de moitas lá por trás, afinal de contas dizem que é um deserto 🙂 
Como é que conseguem criar "tanta" altura na parte traseira do aquário? Fica espectacular assim...

Hummm... A calha por cima do aquário faz de conta que é a ponte 😄

Nada de plantas no fundo do aquário, então... Se bem que agora que falas em deserto... acho que vou fazer o primeiro aquário com cactos submersos... uma ideia que tem tudo para ser uma............ (deixo ao cuidado do leitor completar a frase com o adjectivo que mais lhe aprouver)

Para conseguir ter altura lá para o fundo do aquário, quase já em Palmela ou Setúbal... apenas coloquei mais substrato, criando um declive generoso, e enterrei duas rochas vulcânicas que me tinham sobrado do Aurora... sempre dá para poupar no substrato, e dizem que as bactérias gostam de ter alguma porosidade para proliferarem... Depois à superfície foi apenas brincar com a dragon stone. Colocá-la na vertical, tentando respeitar o sentido dos "veios" da pedra, e sempre que preciso coloquei-lhe mais uns bocaditos de pedra em cima... tipo como se tivesse a colocar uns implantes, só para chamar a atenção de quem olha!!! (mas se quiseres posso tirar uma foto de lado, para veres melhor o declive do substrato)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 12/01/2019 at 14:47, Prpmd disse:

Para conseguir ter altura lá para o fundo do aquário, quase já em Palmela ou Setúbal... apenas coloquei mais substrato, criando um declive generoso, e enterrei duas rochas vulcânicas que me tinham sobrado do Aurora... sempre dá para poupar no substrato, e dizem que as bactérias gostam de ter alguma porosidade para proliferarem... Depois à superfície foi apenas brincar com a dragon stone. Colocá-la na vertical, tentando respeitar o sentido dos "veios" da pedra, e sempre que preciso coloquei-lhe mais uns bocaditos de pedra em cima... tipo como se tivesse a colocar uns implantes, só para chamar a atenção de quem olha!!! (mas se quiseres posso tirar uma foto de lado, para veres melhor o declive do substrato)

Obrigado pela explicação! Já deu para entender assim. Pensei que tivesse algo mais por baixo do substrato mas realmente as rochas ocupam um bom espaço.
Está muito bom mesmo!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ups!!! Com tanto aquário ao mesmo tempo, esqueci-me de colocar as fotos do Margem Sul plantado, antes de começar o dry start...

Fez ontem uma semana que teve início esta experiência... Enterrei alguns pedacinhos de um vaso de Eleocharis "mini", em pontos estratégicos, e preenchi o resto do substrato com a Cuba. Foram dois vasos... Só depois de os comprar é que me apercebi que um tinha sido mais que suficiente... Tarde demais! :) Em relação à Cuba, não a enterrei, apenas a assentei em cima do substrato, tal como li num tópico aqui do fórum.

As rochas foram generosamente pinceladas com o iogurte e o musgo...

Uma semana volvida, com um fotoperíodo diário de 12h, e 10 min. de arejamento todas as tardes, não noto grandes evoluções nem desevoluções ... Mas acho que é isso que é de esperar... Que tudo aconteça lentamente! :)

Eis as fotos do dia zero:

large.458990040_2019_01.11-MargemSul001publ..JPGlarge.2019_01.11_-_Margem_Sul_004_publ..JPG

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sinceramente nem era preciso dry start com essa planta toda. Enche isso! Já tens o tapete praticamente feito.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não dá porque a Cuba ainda não está agarrada, e ainda tenho o iogurte a fermentar 😄

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é meus caros... Três meses passaram e Margem Sul continua em dry start... Isto não chove... É uma miséria... Qualquer dia ainda alguém vai dizer que a Margem Sul é um deserto... 

Mas a verdade é que as previsões indicam para mais umas simpáticas semanas sem água... Quando o t€mpo é pouco (ser pai de 4 aquários é int€nso), e a botija de CO2 teima em não chegar, não há outra alternativa senão esperar...

 

Durante estes três meses decorreu tudo com uma certa tranquilidade. No início houve uma zona onde a Cuba ficou toda escarafunchosa, mas depois lá recuperou, e agora está bem verdinha e saudável!

No primeiro mês apareceram uns pontos de bolor numa das rochas, mas removi-os com aquela cotonete de sonho, e tudo foi ao sítio...

Apesar de estar a demorar bastante, já consigo ver vários pontos de Fissidens fontanus em todas as rochas do layout. Parece que o método do iogurte resulta mesmo. Estou maravilhado, e para a próxima vez vou usar um Actimel, para criar aquela bolha protetora que vai dar um beijinho no ombro das algas, que vão ficar completamente louca-malucas sem qualquer possibilidade de aparecerem!!! 😉

 

Agora deixo-vos algumas imagens ilustrativas do Margem Sul neste momento... Assim de repente não vos faz lembrar a zona Feijó em hora de ponta? 

large.997408766_2019_04.08-MargemSul002publ..JPGlarge.1636652005_2019_04.08-MargemSul005publ..JPGlarge.1577695431_2019_04.08-MargemSul003publ..JPG

Como podem ver, a Cuba já formou um tapete bem compacto e alastra-se para todos os lados sem pedir permissão... Tenho que a podar, mas não sei qual a melhor altura para o fazer... Acham que o devo fazer agora, pouco tempo antes de encher o aquário com água, ou só mesmo depois de estar cheio? 

 

Espero que tenham gostado desta atualização, e se sentirem necessidade de contribuir para este projeto de inundação da Margem Sul, terei todo o gosto de vos enviar por mensagem privada, o IBAN para o qual poderão fazer as vossas contribuições... Não permitam que a Margem Sul seja um deserto!!!

#margemsulrepresenta #linhadesintraéapróxima #sedeusquiser

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lamento informar mas o Feijó não é nada igual a isso!!! Talvez uma Verdizela??? 😂

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Tozé Nunes disse:

Lamento informar mas o Feijó não é nada igual a isso!!! Talvez uma Verdizela??? 😂

Faço eu uma questão tão pertinente sobre a poda da Cuba, e vens falar-me da Verdizela... Nunca escondi que o meu conhecimento sobre a margem sul é diminuto... Mas esse nome? Até pensei que fosse uma doença... Ainda bem que existe google maps para me elucidar... Fizeste-me sentir o rei dos ignorantes 😄

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu pensava que o jovem já soubesse que quanto mais podares mais rápido ela se desenvolve!!!! 

A cuba precisa mesmo de ser podada constantemente pois as folhas que ficam em baixo tendem a apodrecer rápido e com isso o tapete levanta rápido. Não sendo uma planta que tenha raízes decentes a única hipótese de manter é mesmo usando a tesoura sem medos. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É a minha primeira Cuba 😄 Mas não sei se devo começar a podar já, antes de pôr água, ou só depois de a afogar... 

Mas no Verão não vou ter muito tempo para grandes podas... É bom que ela saiba disso, pois se levantar, mudo o nome do aquário de Margem Sul para Aladino, e caso resolvido!!!

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois essa é uma boa pergunta. Podar antes de encher ou depois? Não sei mesmo o que será melhor...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 15 horas, Gonçalo84 disse:

Pois essa é uma boa pergunta. Podar antes de encher ou depois? Não sei mesmo o que será melhor...

Hmmmmm... Pois também não sei o que fazer... E não sei a quem mais recorrer... Talvez a Maya me possa ajudar com o seu tarot... 😞 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não percebo nada de Dry Start... Mas vejo uma dificuldade ao imaginar uma poda sem coluna de água. Que são às pontas cortadas irão ficar a apodrecer dentro do aquário... Diria que não será a melhor opção.

Mas é esperar por comentários de alguém entendido na matéria!


Cumprimentos,
Edgar Mendes

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 29 minutos, edmendes disse:

Não percebo nada de Dry Start... Mas vejo uma dificuldade ao imaginar uma poda sem coluna de água. Que são às pontas cortadas irão ficar a apodrecer dentro do aquário... Diria que não será a melhor opção.

Mas é esperar por comentários de alguém entendido na matéria!


Cumprimentos,
Edgar Mendes
 

Logicamente teria de se tirar as podas...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 8 horas, Prpmd disse:

Hmmmmm... Pois também não sei o que fazer... E não sei a quem mais recorrer... Talvez a Maya me possa ajudar com o seu tarot... 😞 

Bem, já que ninguém se chega à frente eu arrisco. E também se correr mal, foi porque fizeste algo de mal, lavo daí as minha mãos ☺️

Eu não podava antes nem depois, para já. Enchia, esperava que se desse o melt e então quando parecer que está a recuperar, podava.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

Para a dimensão do aquário fizeste uma coisa muito engraçada.

Se me permites apenas te sugiro pegares numa pedra dessas e partir aos bocados (essa pedra é muito fácil e partir) e espalhares com a mão, sem arranjares muito, ao longo desse vale. A areia está pouco natural como está. Isso deverá criar um look and feel bastante mais natural (como se fossem pedras pequenas que tivessem caído de cima).

Continua!

Pedro.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 10/04/2019 at 08:54, Gonçalo84 disse:

Bem, já que ninguém se chega à frente eu arrisco. E também se correr mal, foi porque fizeste algo de mal, lavo daí as minha mãos ☺️

Eu não podava antes nem depois, para já. Enchia, esperava que se desse o melt e então quando parecer que está a recuperar, podava.

Não é uma decisão muito simples... Acho que na próxima semana vou podar um pouco as zonas onde o tapete está mais alto, depois espero mais uns dias para ver como se comporta, e se estiver, aparentemente, tudo bem (e se a botija de CO2 entretanto chegar) boto água na Margem Sul... 😉

 

On 10/04/2019 at 13:59, Pedro Rosa disse:

Boas,

Para a dimensão do aquário fizeste uma coisa muito engraçada.

Se me permites apenas te sugiro pegares numa pedra dessas e partir aos bocados (essa pedra é muito fácil e partir) e espalhares com a mão, sem arranjares muito, ao longo desse vale. A areia está pouco natural como está. Isso deverá criar um look and feel bastante mais natural (como se fossem pedras pequenas que tivessem caído de cima).

Continua!

Pedro.

Antes de mais muito obrigado pelo comentário, pela dica e pelo incentivo!

Inicialmente não tinha pensado fazer nenhum caminho, mas logo depois de o fazer arrependi-me, pois fiquei com medo que durante o dry start ficasse todo cheio de limos. Parece que a granulometria da areia gigante/areão anão que usei é suficientemente grande para não haver a formação de limos, pois está igualzinha a quando a coloquei no aquário. Visto isto, vou seguir a tua sugestão antes de encher o aquário com água. Acho que poderá ficar bastante melhor, e se não ficar, pelo menos vou ter a satisfação de dar umas marteladas numa dragon stone, que ajuda sempre a aliviar o stress 😄

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 10/04/2019 at 08:22, edmendes disse:

Mas vejo uma dificuldade ao imaginar uma poda sem coluna de água. Que são às pontas cortadas irão ficar a apodrecer dentro do aquário...

Logicamente que no final da poda ele teria que retirar as folhas cortadas!

Como fazer isso, perguntam vocês????

Simples!!

1° opção: usar um aspirador!!! 

2° opção: virar o aquário ao contrário!!!

3° opção: encher com água até transbordar!!! 

 

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

há 13 minutos, Tozé Nunes disse:

Logicamente que no final da poda ele teria que retirar as folhas cortadas!

Como fazer isso, perguntam vocês????

Simples!!

1° opção: usar um aspirador!!! 

2° opção: virar o aquário ao contrário!!!

3° opção: encher com água até transbordar!!!

É desta que crio um canal no youtube... Vou testar as três opções para descobrir qual é efetivamente a melhor, e viralizar o mundo da aquariofilia!!! 😄

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now