José Pedro

.Membro
  • Content Count

    788
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    6
  • Country

    Portugal

José Pedro last won the day on April 12

José Pedro had the most liked content!

Community Reputation

13 :)

About José Pedro

  • Rank
    Hiper Membro
  • Birthday 11/20/1978

Profile Information

Recent Profile Visitors

2,492 profile views
  1. Eu dedico-me a Bettas selvagens exclusivamente
  2. Eu no teu caso optaria por um filtro de esponja. É o que uso nos meus e tenho bons resultados. Lavo as esponjas de vez em quando e siga. Funcionam ligados a uma bomba de ar.
  3. Sem 100% é um delta. Para veres põe um espelho à frente dele para ele fazer flaring e abrir essas barbatanas bem abertas. Depois tiras uma foto com as barbatanas bem abertas e mostras. Isto do flaring deves fazer pelo menos 5minutos por dia.
  4. Boas. Isso chama-se Bloat e por vezes sucede ou por causa da comida, ou condições da água. Verifica os parâmetros, uns dias de dieta e volta ao normal.
  5. Ainda faltam mais uns quantos. Vou pondo. Só mantenho selvagens.
  6. Ois Ari. Já vi algumas maneiras de se iniciarem culturas sem um strater de microvermes, mas nenhuma dele me pareceu muito fiável. Efetivamente com um starter, a colonia nova fica quase que imediatamente pronta a ser colhida, passados poucos dias. Além de que tens a certeza que não há contaminantes nessa colónia. O ideal será arranjares um starter.
  7. Eu uso filtros de esponja e não quero outros
  8. Betta Albimarginata Espécie pertencente ao complexo albimarginata que contempla apenas 2 espécies: Betta chanoides e Betta albimarginata. Esta espécie encontra-se listada na IUCN Red List, como "Em perigo" e com populações a decrescer. Podem ser mantidos em pares ou até mesmo em pequenas comunidades, devendo existir alguma vegetação e tocas para que se possam refugiar. Uma das caracteristicas desta espécie é que os ovos são incubados pelo pai, que os mantêm na boca por periodos de 10 a 12 dias. Nesta altura o macho não se alimenta, passa a maior parte do tempo escondido, entre as plantas. quando está com a boca cheia de ovos, não deve ser alimentado, pois pode potenciar a qua ele engula os ovos e a fêmea deve ser retirada, ou no caso de estar numa colonia, retirar o macho para um aquario onde possa estar tranquilo e posso ter as crias. Nesta imagem vê-se perfeitamente a boca cheia de ovos. O macho distingue-se das fêmeas, pelos bordos brancos das barbatanas e pela sua coloração mais viva no macho.
  9. São das minhas espécies favoritas.
  10. Betta Mahachaiensis. Pertencem ao mesmo grupo dos bettas splendens. Mantenho os meus num aquario bem plantado, para evitar que o macho persiga demasiado a fêmea. De qualquer das formas o ideal será manter como se mentêm os splendens, machos separados das fêmeas e juntar só para criar: apesar de existirem relatos de que seja possìvel mantê_los juntos; recomenda_se que o mesmo nâo aconteça: Alimento os meus com uma variada dieta quer de alimento vivo (dafnias, grindal, artemia, larvas de mosquito), bem como com comida congelada e muito raramente alimentos processados (ração). Preferem águas mais escuras, com algumas plantas flutuantes, para que a luminosidade seja quebrada. Macho adulto Jovem macho já criado por mim
  11. José Pedro

    José Pedro

  12. Oi João. Para já e para comecares a ciclar esse bicho convém arranjares um bom escumador. Isso é o principal. Convém arranjares tambem uma boa bomba de circulação e uma de retorno. Enviado do meu SM-N910F através de Tapatalk
  13. Obrigado pela dica Enviado do meu SM-N910F através de Tapatalk
  14. então ontem enchi o aquario com água doce, para lavar o areão e por a circular, para testar tubagens e afins. Vamos lá ver se até ao fim de semana o sistema está completo e a funcionar em pleno para ciclar. Vou usar parte do areão de um aquaário de uma vizinha que está a desmontar, juntamente com alguma água e rocha viva. Vamos lá ver...