Vera Santos

Moderador GERAL
  • Content Count

    3,740
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    93
  • Country

    Portugal

Vera Santos last won the day on April 26

Vera Santos had the most liked content!

Community Reputation

1,044 :))

About Vera Santos

  • Rank
    Membro Hiper Entusiasta
  • Birthday 10/11/1967
  • Age 53

Profile Information

Recent Profile Visitors

5,880 profile views
  1. Boas, só para actualizar, estão todas as plantas, bem, acho que consegui acertar na escolha.
  2. What do Poison Dart Frogs eat? The vast majority of poison dart frogs (with a few exceptions, such as Phyllobates bicolor, Phyllobates terribilis, or Epipedobates trivittatus) are microphagus – they specialize in consuming small foods. Most dart frogs will not consume any insect or arthropod much over 1/8″, and young froglets like food even smaller. Feeder animals should be dusted with a quality vitamin/mineral supplement at feeding. Below is a list of common feeder animals safe to feed to poison dart frogs, organized from smallest to largest. Springtails – Springtails (Collembola sp
  3. Boas, este aquário ficou pronto para a foto final. Aqui ficam umas fotos do momento. Obrigada ao Nuno Matos e ao Pedro Mendanha.
  4. Nome: Phyllobates vittatus Bom para iniciantes Fácil de criar Sociável - moderadamente tímido Podem ser mantidos em grupos Temperatura: Eles podem tolerar uma faixa de temperatura de 18,3°a 26.6°, mas preferem temperaturas baixas e médias de 21.1 °. Temperaturas acima de 26,6° são perigosas. Humidade : Como a maioria dos sapos venenosos, os vittatus preferem uma faixa de umidade de 70 a 100%, mas podem tolerar umidade até 50% por curtos períodos de tempo se os sapos tiverem acesso à água. Os baixos níveis de umidade, especialmente sem acesso à água, podem rap
  5. Boas, a coisa vai-se compondo para receber habitantes. Vou começar a fazer culturas de mosca de fruta 😂😂 quem diria🧐🤔. Cálcio e vitamina A, comprei a bom preço. Uma cultura de springtails já tenho cá em casa feita por mim, pedi outra porque vem em terra, quero ver como se reproduzem melhor. É por fim, um barrete, uma cultura de isopodes, mas que é deles!?!? 🤦‍♀️🤦‍♀️, posso estar enganada, vamos aguardar.
  6. Lágrimas-de-bebê Nome Científico: Soleirolia soleirolii Sinonímia: Helxine soleirolii, Soleirolia corsica, Parietaria soleirolii Nomes Populares: Lágrimas-de-bebê, Barba-de-moisés, Planta-da-sorte, Lágrima-de-bebê, Cabelinho-de-anjo, Lágrima-de-anjo Família: Urticaceae Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra, Gramados e Forrações Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical Origem: Europa, Itália, Mediterrâneo Altura: menos de 15 cm Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sombra Ciclo de Vida: Perene Ela
  7. Masdevallia shroederiana A grande maioria das masdevallia não gostam de calor, por isso, cultivá-las em regiões como o nordeste pode ser algo quase impossível. Abaixo estão algumas dicas para que você consiga cultivar facilmente essa orquídea: Forneça temperaturas baixas para ela: regiões como o sul do Brasil são ideais para cultivá-la. Os vasos devem ser pequenos: essas orquídeas gostam de vasos apertados, por isso, deixe pouco espaço para suas raízes. Onde plantar: vasos de barro, plástico, cestas, colocá-las em troncos ou árvores. Você não pode plantá-las na
  8. BEGONIA MACULATA WIGHTII Nativa das matas brasileiras, a Begônia Maculata é uma planta de visual exótico e encantador que foi ganhando cada vez mais espaço no mercado de decoração. Suas folhas em tom verde-oliva marcado por manchas circulares brancas, que parecem ter sido pintadas à mão retratam uma verdadeira obra de arte natural. Não à toa: que cada folha nos reserva uma surpresa. Além disso, de tempos em tempos, quando o inverno acaba é comum a Begônia Maculata flor nos presentar com um caule repleto de flores brancas. Apesar da Begônia Maculata ser pouco exigente nos c
  9. Tillandsia ionantha Descrição geral Tillandsia ionantha é uma bromélia comumente vendida no Reino Unido como uma 'planta de ar'. O epíteto específico ionantha é retirado do adjetivo grego, íon , que significa 'violeta', e do substantivo, anthos , que significa 'flor'. Em seu ambiente natural, a noiva ruborizada freqüentemente experimenta plena luz do sol e chuvas muito baixas. Essas adaptações tornam-na uma planta de casa fácil de cuidar, desde que seja mantida em condições de muita luz. Encontrada do México à América Central (Costa Rica, El
  10. Peperomia caperata Nomes Populares: Peperômia, Rabo-de-rato Família: Piperaceae Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra, Gramados e Forrações Clima: Equatorial, Tropical Origem: América do Sul, Brasil Altura: 0.1 a 0.3 metros, menos de 15 cm Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sombra Ciclo de Vida: Perene A peperômia é uma planta herbácea, de folhagem densa, arredondada e bastante atrativa, cultivada no mundo todo como ornamental, sendo aproveitada principalmente na decoração de interiores. Suas folhas são cordiformes, carnosas, verde-escur