Bruno R. Carvalho

Registo Particular de Lojista
  • #Conteúdo

    617
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Days Won

    13
  • País

    Portugal

Bruno R. Carvalho last won the day on Janeiro 21

Bruno R. Carvalho had the most liked content!

Reputação

252 :)

Sobre Bruno R. Carvalho

  • Rank
    Membro
  • Aniversário 07/21/1980

Formas de Contacto

  • MSN
    brrcarvalho@hotmail.com

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Setúbal (Setúbal)
  • Localização
    Setubal

Quem visitou o meu perfil

2331 visitas ao perfil
  1. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Boas Vai mais um update a este projecto. Hoje fiz uma poda ainda mais radical ao ponto de expor de volta todo o hardscape escondido neste layout. Após isso aqui tenho uma foto tirada a pressa antes de sair para o trabalho. Como disse as plantas foram podadas ao máximo de forma a revelar o hardscape que estava escondido. Isto trouxe o problema de que nas traseiras as plantas estavam danificadas na parte debaixo. No entanto plantei alguns dos topos e espero que recupere. Outra coisa que notei foi que o hardscape já não é 100% igual ao original, houve um compactamento significativo do substrato e também talvez devido ao peso algumas rochas afundaram-se no substrato. Fui fazendo o que podia para restaurar a forma original. Além disso adicionei uma pedra extra nas traseiras lado esquerdo. Não sei porquê, não estava contente com esse lado. Agora fica a faltar uma limpeza profunda das Rochas para ficarem todas com a cor original, hoje já não tive tempo. Como é visível na foto as plantas não estão no seu melhor após a poda, mas tou a contar que recuperem bem. Que acham? Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  2. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Boas Gonçalo Compreendo a tua opinião. A erva daninha estava lá desde o principio. Mas a verdade é que este layout é resultado da catástrofe que aconteceu em Agosto durante a vaga de calor. Quando perdi a fauna e as plantas quase todas de um dia para o outro. Na altura era para desmontar mas deixei andar. A erva daninha, a monte carlo e a Eleocharis foram as únicas plantas que sobreviveram. Não desmontei o aquario e ele recuperou sozinho mas com um look diferente. Eu gosto, mas não posso dizer se iria gostar de uma versão desenvolvida do original, porque nunca cheguei a conseguir maturar o original como consegui com este. Tenho sempre a opção de or refazendo este a imagem do original. Mas este aquario tem 1 ano e 3 meses nao sei se vale a pena? Mais valia fazer um layout novo. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  3. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Não estou contente com esta área de crescimento aqui. Que acham? Chama muito a atenção, no layout anterior não saltava muito a vista mas agora. Já agora algumas sugestões para o layout? Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  4. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Boas Obrigado. Eu gostava com o caminho obstruído, e com o tempo já me tinha esquecido de como o layout era com o caminho exposto. Esta sem dúvida muito bonito e fica melhor assim. Em relação ao difusor o neo Co2 é do melhor que encontras no mercado. E é relativamente barato. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  5. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Mais uma sessão de redescoberta. Antes Depois Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  6. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Segui o teu conselho e hoje fiz uma manutenção com poda radical para tentar redescobrir o hardscape deste layout. Acabei agora mesmo por isso ainda está um pouco turvo. Fiz poda, limpei as rochas com a escova de metal, usei um pouco de água oxigenada no musgo que tem lá bastante algas, a semana passada enganei-me ao dizer que eram filamentosas, a alga que tenho no musgo é claphodora. Comum em áreas que tem muita luz, pouca circulação e plantas que crescem lentamente e musgos. Foto do aquario acabada de tirar e com telele. Quando limpar tiro outra com mais cuidado. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  7. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Boas Hora de fazer um update a este projecto. Este já fez mais de um ano e tirando um problema ou outro tudo rola sobre rodas. Faço TPA semanal, fertilizacao diária e após ter deixado o layout ter virado uma selva fiz uma poda para dar forma, desde ai a cada 2 semanas faço uma poda. As plantas estão saudáveis, os camarões não param de se reproduzir por isso tudo está vem por aqui. Tenho tido um pouco de algas filamentosas no musgo flame e as vezes um spot ou outro de BBA na rocha da frente. Mas eu para ambas dou uma pequena dose de aqua oxigenada com a seringa e o problema desaparece. O problema é raro, e praticamente não é visível por isso não é nada que me preocupe. Aqui em uma fotos do layout: Foto do aquario quando ainda estava uma selva. Não é um layout muito ortodoxo no Aquascaping mas eu adorava este look. Foto do aquario agora,depois tenho tirar uma espécie de foto final com este look. Espero que gostem. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  8. Bruno R. Carvalho

    Tmc 60x45x45

    Boas. Vamos lá a actualizar isto, o aquario levou água no fim de semana da Pet. Foto do aquario no dia 1 Vídeo Que dizer, ao encher o aquario o velho filtro all pond solutions (igual aos susun) perdia água por todos os lados. Nunca vi um filtro deitar tanta água fora. Para ser sincero creio já era de esperar visto que tem 7 anos e muitas horas de serviço, muito mais não posso pedir de um filtro que me custou a volta de 60 euros. O problema é que tive que arranjar um filtro à pressa, e o orçamento não dava para filtros de topo. A escolha caiu num filtro sicce space eko 200, não é o ideal mas foi o que se arranjou. A primeira ideia é que o filtro em si não é nada mal construído mas que a performance deixa muito a desejar. Mas pelo preço não dá para queixar. Para piorar tinha planeado usar um termo hydor 200 externo e um difusor externo também. Como é óbvio isso também ajuda a reduzir o caudal do filtro. Os termostatos hydor externos são muito bons, oferecem a facilidade de tirar mais um equipamento do aquario. O difusor que decidi usar foi este: Isto foi um daqueles do aliexpress, eu tinha visto o George farmer usar um em inglaterra e a Maria comprou-me para experimentar. Verdade seja dita ainda não formei uma opinião em relação a ele. Calha é uma twinstar 600S. Não há muito a dizer excepto que comprei a calha 6 meses antes de a usar, se tivesse esperado os 6 meses já vinha com uma twinstar Mark 2. De qualquer maneira estou bastante feliz com ela. As cores são incríveis. Decidi usar lilly pipes stainless em vez de vidro, a Maria já não aguenta mais dinheiro gasto em tubos partidos. As pipes são do aliexpress por isso ainda tou para ver ser valem alguma coisa. Agora que tirei o aquario e equipamento do caminho é altura de falar como vai este aquario 3 semanas depois. Infelizmente as coisas não estão a correr muito bem e o projecto encontra-se em risco. Inicialmente tudo correu bem, o Co2 foi colocado durante 24 horas e a debitar quantidades elevadas para facilitar a transição. Mas problemas não tardaram a aparecer, ainda nem 24 horas de cheio e ao chegar a casa da pet, encontrei as plantas e Rochas todas cobertas de ciano bactérias. Sim as malditas ciano. Pergunto de onde vieram? - do iugorte? - das Rochas apanhadas na natureza? - do dry start em si? Ciano bactérias não são algas, são uma espécie de bacteria unicelular que capaz de fazer o processo de fotossíntese. Aparecem na forma de um crescimento viscoso verde que cobre tudo, plantas e hardscape. Se não forem removidas podem tapar as plantas completamente e acabar por as matar. É uma dos problemas que mais faz o pessoal desmontar aquarios. Quase tão infame com as malditas BBA's. Há um método muito eficiente de acabar com elas. O Blackout, um Blackout de pelo menos 3 dias (costumo deixar 4 ou 5) faz milagres contra esta Praga. A alga em si é fácil de remover mas volta rápido, por isso eu removo o máximo possível manualmente e depois dou-lhe o Blackout que consiste em cobrir o aquario completamente durante os tais 3 dias, tapando completamente a luz. Regra geral a ciano não sobrevive a um Blackout. Mas se as condições que levaram ao seu aparecimento no primeiro lugar não forem resolvidas elas podem voltar. Eu tive aquarios que resolvi o problema com apenas um Blackout, outros em que o problema ia voltando e eu voltava a fazer blackout de vez em quando. Até que um dia elas não voltavam mais. Este teve ciano e apenas um blackout bastou para o problema não voltar mais. Este foi necessário alguns blackouts para resolver o problema. Mas o problema acabou por desaparecer de vez. Razão porque não posso fazer um Blackout neste caso? Um nome: Hemianthus Cuba Infelizmente a Cuba é uma planta que não gosta de ser coberta. A única vez que fiz Blackout com esta planta, quando destapei o aquario a planta tinha morrido toda. Outras plantas não tem problemas com Blackout. Monte carlo por examplo aguenta bastante bem. Como o aquario usa praticamente só Cuba tomei a decisão de não arriscar o Blackout. Erythromycin As cianobacterias como o nome implica são bactérias, e como tal são suscetíveis a antibióticos. Ou seja em certos países do mundo as marcas de aquariofilia vendem um antibiótico chamado erythromycin para tratar a cianobacterias. Eu tinha uma embalagem de API erythromycin que nunca cheguei a usar, tinha encomendado dos EUA, em Portugal e mesmo no Reino unido isto não se vende ao público sem receita. Decidi tentar usar neste caso visto que não tinha a opção do Blackout. Alguns pontos a salientar: 1- não recomendo este método embora o tenha usado. 2- não mata só as ciano,mata tudo o que é bactérias no aquario. Incluindo as que nos ajudam a manter os nossos peixes saudáveis. 3- os riscos de usar são os mesmos que de qualquer outro antibiótico e isso é razão para só usar em ultimo recurso, ou não usar de todo. Eu usei, e a ser sincero foi a primeira e a última que o volto a fazer. Fiz a remoção do máximo de ciano que consegui e seguindo as doses recomendadas fiz o tratamento, foram 3 doses de tratamentos de 2 dias. Entre cada dois dias foi feita uma TPA. Durante umas duas semanas não voltei a ter problemas. De referir que depois do tratamento é necessário colocarem carvão activado no filtro para removerem o Antibiotico. Os relatos dos efeitos devastadores deste tratamento contra as ciano são fáceis de encontrar online, no entanto no meu caso não foi sucedido. Esta semana tive que fazer bastantes horas extras então não consegui manter um acompanhamento da manutenção dos meus aquarios. Na sexta feira quando finalmente consegui olhar para este tinha duas surpresas. Uma o tapete de Cuba meltou durante a semana, a outra as ciano estavam de volta. No caso do melt, a causa é óbvia, falhei na fase de transicao do tapete de Emerso para submerso. Só que fim de 3 semanas já não esperava que tal acontecesse, quando chega a esta fase regra geral o pior já passou. Mas a verdade é que as áreas das traseiras e a Eleocharis parecem ter feito uma adaptação muito boa, mas nas zonas frontais o tapete praticamente morreu. Não sei dizer se o uso do antibiótico teve um impacto no melt do tapete. Mas tenho quase a certeza que a a decomposição de um tapete inteiro de Cuba é a provável razão do regresso em força das cianobacterias. O aquario esta assim hoje: De momento estou a fazer TPA's regulares e a adicionar nitratos, outra das características das ciano é reduzir os nitratos a zero, visto que elas se alimentam deles. Então há quem recomende a dose de nitratos para ajudar a combater o problema. Vou ponderar fazer o blackout e simplesmente replantar a Cuba depois das ciano desaparecerem de vez, ao fim ao cabo o tapete já está bastante danificado. Em relação ao musgo nas rochas, este tinha crescido bastante mas ao remover as ciano e diatomaceas (esqueci-me de falar destas) que cobriram as rochas completamente, também removi a maioria do musgo que tinha crescido. Em termos daquilo que se propunha este projecto parece ser um fracasso. O drystart está em risco, o método do iogurte também. No entanto o layout em si não, vou focar-me em dar cabo das ciano. Depois disso trato de recuperar o layout nem que seja preciso replantar tudo. Desculpem o testamento. Mas já não actualizava isto há muito tempo. Estou aberto a sugestões sobre como me livrar das malditas ciano. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  9. Bruno R. Carvalho

    Desafio de Aquascaping aquariofilia.net

    Parabéns Ismael. E parabéns a todos. Foi uma iniciativa espectacular que espero que se repita no futuro. Todos saíram vencedores e há que agradecer ao Tozé e pessoal do Fórum que lutaram para que este concurso se tornasse realidade provando que o forum aquariofilia está vivo. Continua a inovar e a educar as novas e velhas gerações.
  10. Bruno R. Carvalho

    Concurso de Hardscape Petfestival 2019

    Podes colocar o meu nome. A hora é o dia escolhe o que te der mais jeito. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  11. Bruno R. Carvalho

    The way home - Dennerle scapers tank

    Boas.. Desculpa não ter respondido mais cedo. De cabeça não sei, limitei-me a dosear um terço da dose estimativa index que estava a usar antes. Aguentou bem e a velocidade do crescimento reduziu bastante. Recentemente aumentei um pouco de novo, começaram a aparecer algumas algas. Agora estou a metade da dose EI original. Aqui vai fotos de como o aquario estava ontem. Com o aumento da dose de novo a velocidade de crescimento como é óbvio aumentou, ontem estava para podar quando cheguei a conclusao que até gosto deste look actual, até parece outro aquario. Por isso vou deixá-lo assim por algum tempo. Espero que gostem. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  12. Bruno R. Carvalho

    The Old forest

    Pronto para a Pet. Quem estiver interessado em ver este menino ao vivo que passe por lá. Quem o viu o ano passado não vai deixar de notar a evolução que sofreu no último ano. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  13. Bruno R. Carvalho

    Tmc 60x45x45

    Dia 42 O tapete está a andar bem. Está quase a fechar, excepto em uma área no lado direito tem crescido mais lentamente. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  14. Bruno R. Carvalho

    Tmc 60x45x45

    Obrigado Ismael. De facto não é uma rocha fácil de trabalhar mas eu desde o início que tinha a ideia que se conseguisse justar rochas diferentes conseguiria formar estruturas mais complexas que simulassem um pouco as linhas naturais que encontramos noutras rochas mais interessantes. Não foi fácil e a prova disso é que os primeiros layouts que testei antes deste não eram muito bonitos. Demorou um pouco a apurar as técnicas e métodos que me permitissem conseguir estruturas complexas com esta rocha que ao mesmo tempo formassem um todo atraente. Os truques que usamos com outras rochas facilmente conseguem construir estruturas realistas devido as linhas naturais dessas rochas. Aqui não era possível, a rocha não tem linhas, tinha que ser eu a criar as mesmas. Foi feito juntando rochas de formatos e tamanhos diferentes nas várias estruturas. Em relação ao silicone, eu originalmente montei isto sem cola, usei o aquario como caixa de areia e fiz as minhas experiências. As estrutura consegue suportar-se a si própria sem a cola. Só que tornou-se óbvio que quando a desmontasse para colocar o substrato, não havia chance de eu conseguir voltar a lembrar-me onde encaixar cada peça do puzzle para que as estruturas ficassem iguais. Então surgiu a ideia do silicone, colei as rochas umas às outras de forma a formar 5 estruturas maiores que eu pudesse tirar do aquario e voltar colocar durante a montagem garantindo que o resultado final fosse igual ao dos testes. Ate me dá jeito que a cola caia por si só com o tempo porque se este layout for sucedido tenho ideia de tentar algo parecido numa escala maior no meu aquario de 250 litros. Ainda tenho muita rocha desta ali na arrecadação mas para um aquario de 120 quanto mais melhor e estas pedras vão dar muito jeito. O método do iogurte é interessante mas só para quem têm tempo. É muito lento. Como tenho mais 3 aquascapes para me entreter, não há problema deste demorar um pouco mais. Já agora deixo aqui fotos dos meus outros layouts para quem ainda não os viu. Dois deles têm tópicos aqui no fórum. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk
  15. Bruno R. Carvalho

    Tmc 60x45x45

    Não precisas de borrifar depois de pincelares. Senão escorre tudo para o substrato. Dá umas 24 horas até o fazeres. O aquario fica coberto com a película com a calha por cima. Humidade e equipamento eléctrico não combinam muito bem. Os buracos baixa deixar umas aberturas nos cantos. Mais o menos do diâmetro do tubo de uma lilly pipe. Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk