JoseCarlosMarques

Membro
  • Posts

    4,404
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    171
  • Country

    Portugal

Everything posted by JoseCarlosMarques

  1. Sim Álvaro. Percebi. O que estava a pensar fazer vai muito ao encontro disso, mas estava a pensar usar o aquário antigo para guardar a água e os peixes. A sua ideia poupa-me uma etapa, realmente. Porque colocando a água e os peixes nesse tal recipiente, posso movimentar substrato e decoração de um aquário para o outro livremente e demorando o tempo que quiser. Obg. mais uma vez!
  2. Boa noite a todos. Entrei para o hobby em Setembro passado e depois de uma primeira tentativa que não saiu exactamente como eu estava à espera, alterei todo o aquário e cheguei ao resultado que alguns já devem conhecer: https://www.aquariofilia.net/forum/topic/260404-segunda-tentativa/?tab=comments#comment-1429059 Estudei e aprendi muito durante este tempo, e julgo ter adquirido a experiência necessária para fazer uma coisa mais permanente. Como o único elemento que me incomodava era o vidro todo riscado que veio de casa da minha irmã, resolvi investir numa coisa melhor e encomendei um 80x30x40 com 8mm de espessura. Deve chegar nos próximos dias. A minha questão é a seguinte... já algum de vocês fez a mudança de todo o hardscape de um aquário para o outro? O que devo ter em conta? Vou acrescentar algumas rochas, mas quero manter tudo o resto. Substrato, plantas, equipamento... Quais os passos que devo seguir para a fauna não sofrer muito com a mudança? A minha ideia é a seguinte: - Transferir metade ou dois terços da água do aquário antigo para o aquário novo e colocar lá todos os peixes e camarões; - Retirar todas as rochas, plantas e substrato do antigo e guardar num recipiente à parte; - Passar novamente a água e os animais para o aquário antigo e ligar lá todo o equipamento; - Colocar o aquário novo no móvel e tratar de redesenhar todo o hardscape. Penso que desta forma, mantendo as plantas húmidas, consigo ter tempo para experimentar o layout; - Ligar todo o equipamento no aquário novo e colocar lá os peixes e os camarões. Será esta a melhor opção? Também já me lembrei de retirar todas as rochas do aquário antigo e "brincar" com elas fora do aquário até chegar ao resultado que quero, para depois fazer a mudança de forma mais rápida, sem ligar o equipamento no aquário antigo fora do móvel. Qual opção vocês acham que devo seguir? Agradeço todas as opiniões. Cumprimentos.
  3. A experiência com fermento caseiro não resultou... felizmente consegui encomendar pela internet um fermento desidratado que está a funcionar, e evitei ficar sem CO2 no aquário. É da marca Condi, e comprei-o em Celeiro.pt.
  4. Pois... foi isso que li. Estava com esperança que me dissessem que algum poderia sobreviver. Eheh. Sendo assim, se não acontecer nada à fêmea, já fico contente. Obg. mais uma vez. Abraço.
  5. Boa tarde, Em dezembro comprei 10 Caridina Multidentata, os famosos Camarões Amano. Desses 10, 7 sobreviveram, e reparei que nas últimas semanas um deles estava a crescer bastante, em relação ao tamanho dos outros. Parti do principio que seria uma fêmea e tinha razão. Hoje quando acordei reparei que o corpo dela está cheio de ovos, como podem ver na imagem. Existe alguma coisa que possa fazer para que alguns desses ovos resultem em crias que possam depois crescer até ao tamanho adulto? Já li em vários sites que é muito complicado criar camarões Amano, e muito sinceramente não me passa pela cabeça montar um novo aquário só para criação das crias. A minha pergunta é... será que deixando a fêmea no aquário onde está (entre Otocinclus e Tanishthys Albonubes) alguma cria conseguirá sobreviver? Já alguém passou por uma experiência desse género? Obg. Cumps.
  6. Partilho da mesma ideia, Miguel. Mas queria ver se comprava um vidro novo antes de criar um novo layout. Já tenho as pedras, e vou manter a mesma simplicidade, mas com menos substrato na frente e mais na parte de trás, de forma a criar uma coisa mais dinâmica. De qualquer maneira, só mesmo depois de ter o novo aquário. Este foi "reciclado". Era da minha irmã tem o vidro da frente todo riscado. Obg. pela sua opinião.
  7. Passou um mês e desta vez fiz uma fotografia muito mais cuidada que a primeira. O tapete ainda não está tão fechado e tão denso como eu gostava... estou à espera que ele cresça mais um bocadinho para depois o aparar como deve ser. Tirando isso, estou muito contente com o resultado e já começo a idealizar um novo layout para o vidro novo que há de vir. De qualquer maneira, julgo ter encontrado o meu caminho na aquariofilia. Gosto muito desta simplicidade. Aguardo ansiosamente pelas vossas opiniões. Desde já as agradeço.
  8. Nem isso consigo arranjar, nesta altura. E compreende-se porquê. Há gente que prefere fazer o pão em casa do que sair à rua para ir comprá-lo. Mas ensinaram-me o método para fazer fermento natural, apenas com farinha e água, e um site que ensina a desidratar o resultado, para depois triturar e guardar em pó. Suponho que seja mais ou menos isso o Fermipan que usava. Quanto não vale ter o conhecimento da mãe que em pequena ajudava a avó dela a fazer o pão em casa... 🙂 De qualquer maneira, agradeço a sua resposta, Álvaro. Mais uma vez! Se a coisa resultar (vai demorar mais ou menos uma semana a preparar), deixo aqui a receita. Caraças... com tanto tempo de quarentena, qualquer dia dou por mim a fundir areia para fazer os vidros do meu novo aquário!
  9. Boas, Montei um novo aquário há cerca de um mês, mas estou a usar um sistema de CO2 caseiro e neste momento é quase impossível encontrar a levedura que usava na mistura (Fermipan). O meu tapete de Montecarlo está quase completo, mas temo que, deixando de usar CO2, as plantas comecem a morrer. Deixo aqui duas questões, para quem me possa ajudar: - É possivel substituir o Fermipan por levedura de padeiro normal... daquela que não é em pó? - Parando o fluxo de CO2, a Montecarlo continuará a crescer? Desde já agradeço todas as respostas. Abraço.
  10. Armário pronto! Não ficou perfeito mas fui eu que o fiz e isso vale mais que muito. Eheh. Agora tenho que inventar outra coisa para fazer...
  11. Foi feita com duas prateleiras do IKEA que tinha aqui em casa. Na altura tinha apenas uma lâmpada de LED's de 10 Watts que comprei no chinês. Entretanto adicionei a segunda, mas como achei que a luz continuava a não ser suficiente para que as plantas crescessem, andei a ver opções baratas na internet e montei mais 4 projectores FLOOD de 10 Watts cada. Acho que gastei 60€ no total, sem contar com os materiais - tinta, parafusos e assim... As opções que vi no mercado eram todas muito caras. Por vezes compensa juntar durante algum tempo para comprar uma coisa de jeito, mas isto de estar a tentar "construir" tudo o que preciso para o aquário (só comprei o filtro, o substrato, a fauna e a flora) está a ajudar-me a compreender muito melhor o que é ter um aquário. Não digo que de futuro não queira investir um bocadinho mais e compre aqueles acessórios todos catitas da ADA, mas por enquanto está a dar-me muito gozo poder dizer que fiz quase tudo com materiais do chinês e da Maxmat... 🙂
  12. Está a andar... devagarinho, mas está. Nesta altura é complicado encontrar os materiais ideais para facilitarem a tarefa, mas com alguma imaginação tudo se consegue...
  13. Mas faz muito bem à cabeça! Nos dias que correm, onde todos estamos (ou devíamos estar) fechados em casa, passar os olhos por este fórum dá-nos vontade de fazer sempre mais qualquer coisinha no nosso aquário. E foi isso que comecei ontem a fazer... resolvi "fechar" o móvel que tinha feito, à semelhança de alguns projectos que vi por aqui. Deixo-vos a primeira imagem. Abraço. Espero que todos estejam e continuem bem.
  14. Vou experimentar assim uns meses, para ver como se portam estas pedras debaixo de água. Foram apanhadas perto de um lago, aqui na minha zona. Imagino que sejam granito, mas não tenho certeza. Também quero ver se o sistema de CO2 que inventei é suficiente para manter tudo a funcionar correctamente, e se a calha de iluminação que montei é suficiente. Se tudo correr bem, quando comprar o aquário que quero vou buscar umas rochas maiores e faço uma coisa mais arrojada. Obg. pelas dicas 😉 !
  15. Olá Marco. Não esteve parado, não. Foi uma coisa contínua. No máximo, 2 ou 3 horas... Obg.
  16. Usei uma parte da água. Não toda. Cerca de 20 litros dos 80 que o aquário suporta agora. Volto a repetir que sei que este não será o procedimento perfeito, mas a alternativa era deixar os peixes e os camarões dentro de uma caixa de esferovite até o ciclo estar completo. Resolvi arriscar. A verdade é que também não uso acondicionadores nem nada que se pareça quando coloco a água no aquário. Nunca usei. Até agora, tudo bem. Não tenho perdido muitos animais, e a maioria tem sido por descuido... animais que saltam fora do aquário, por exemplo. Nunca, depois de uma mudança de água ou depois de ter remodelado a decoração perdi um animal.
  17. Olá, Este aquário não é propriamente "novo", daí o nome que dei ao tópico. É a remodelação do meu anterior aquário. O substrato é o mesmo, o filtro não foi limpo e as plantas mantém-se. A única coisa que alterei foram as rochas, mas antes de as colocar lá dentro tive o cuidado de as ferver. O ideal seria esperar algum tempo para voltar a colocar lá os peixes, mas como não tenho sítio para os manter, resolvi arriscar. Ah... a fauna não foi colocada no aquário hoje, mas assim que acabei a "remodelação". Até agora, tudo OK.
  18. Acabei por fazer uma coisa diferente da que tinha idealizado. Estava a fazer-me confusão ter tanto peso dentro do aquário, portanto deixei apenas as rochas que achei serem necessárias. As outras ficam aqui guardadas para acrescentar, quando conseguir investir no tal aquário de 8mm. Entretanto, e como este tem apenas 6mm, resolvi colocar uma base em plástico por baixo do substrato, para evitar que as rochas se apoiassem no vidro e para tentar distribuir o peso. Também usei uns sacos de rede com um cascalho que tinha guardado, para dar mais altura ao substrato. Podem ver o resultado final aqui: Obrigado a todos pelas opiniões.
  19. Data da montagem : 09 de Março de 2020 Dimensões do aquário: 80 x 30 x 40 cm Filtro: Fluvial 207 Termostato: 100 W (regulado para 24º) Iluminação: Calha improvisada com 2 luzes T8 de 10W e 4 focos Flood de 15W (6 horas diárias) Sistema de CO2: DIY Substrato fértil: Aquario NEO Soil Compact Decorações: Rocha de Granito Fauna: 8 Otocinclus + 7 Amano Shrimp + 10 Tanichtys Albonubes Plantas: Monte Carlo Frequência das TPA's: 1 vez por semana
  20. Devia ter-vos dado ouvidos na semana passada. Hoje estive a inspecionar com mais calma o meu tapete e a Riccia já está comodamente instalada no mesmo. Nem pensei duas vezes... tirei toda a Riccia que estava no aquário e nas pedras, e agora à noite vou rezar para que não apareça de novo. Vou ter que andar muito atento nestes próximos dias... já percebi que meti numa alhada.
  21. Quando falei em Kgs queria dizer Litros. Geralmente os sacos são vendidos em litros. Erro meu.
  22. O Manado parece-me bem. Sou novo nestas andanças, e optei pelo Neo Aqua Soil. 2 sacos de 8 Kg. Acho que me custaram 40€ cada. Mas vi Manado à venda numa loja de bricolage aqui perto por 25€ - 10 kg. Não é propriamente barato, mas julgo que um saco seria suficiente para criar a "cama". Obrigado pela dica!
  23. Estava agora mesmo a olhar para a fotografia que fiz e a pensar no que disseste. Acho que esta opção de manter o fundo completamente plano não será a melhor. Quando comprar o novo vidro tenho que "brincar" um bocadinho com diferentes alturas de substrato, para lhe dar mais dinâmica. Já agora... optando por isso... posso colocar alguma areia por baixo do substrato, para poupar algum dinheiro? Uma primeira camada de areia normal, e o substrato por cima...