Diogo81

Membro
  • Posts

    396
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    15
  • Country

    Portugal

Diogo81 last won the day on July 5 2021

Diogo81 had the most liked content!

About Diogo81

  • Birthday 12/20/1981
  • Age 40

Contact Methods

  • Website URL
    https://www.instagram.com/aqua_invicta/

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Porto (Porto)
  • Localização
    Porto

Recent Profile Visitors

1,042 profile views

Diogo81's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

95

Reputation

  1. Boas Ricardo, só agora vi este tópico e é sempre engraçado seguir uma montagem desde o seu inicio 😉 Apenas num sentido construtivo e meramente para tentar ajudar ao processo criativo, na minha opinião faltam aí mais alguns troncos e uma pedra principal, isto porque se reparares na ultima foto que colocas, o aquário para o tamanho que tem está bastante vazio. Pode ser que com as plantas isso venha a mudar, mas ao puxares a tua pedra principal um pouco para a frente do inicio do tronco à direita (onde está aquele conjunto de pedras mais pequenas) e ao juntares uma maior no lugar onde essa se encontra, não só irias tapar o inicio do tronco, como ias conseguir dar mais altura ao teu hardscape que agora não preenche nem metade do aquário. Uma outra questão que podias ganhar dessa forma era juntar mais alguns troncos, simulando um conjunto de raízes a sair de um sistema de rochas, para dar mais peso à montagem, mantendo a tua ideia inicial. Que plantas estás a considerar utilizar?
  2. Boas pessoal, Antes de mais muito obrigado pelos comentários... fiquei de ego cheio 😉. Ricardo, a planta mais frisada é a Pogostemon Helferi, é uma planta que eu tinha colocado no aquário de 30 litros que tenho no quarto da minha filhota, e que ao ter cortado um pouco desse aquário, achei que podia dar um toque engraçado à peça principal, e até agora estou a gostar bastante do look. JCM quando arranquei o tapete da parte frontal, lá que deu trabalho deu, lá que achei que ia ficar mal... não digo o contrário... mas desistir é que não.... só mesmo quando estiver por cima e por ter vontade de algo novo... até lá são meramente desafios a ser ultrapassados (um pouco como o que está a acontecer com o teu caso... o importante é ter paciência e insistir) Abraço
  3. Ora boas pessoal 😉 Após um pequeno periodo de ausência cá estou a fazer um ponto de situação sobre o aquário. Quase a fazer um ano, decidi limpar a parte interior do filtro pela segunda vez, e apesar de não estar tremendamente sujo, a verdade é que ao limpar, pela primeira vez, a cabeça do filtro de toda a sujidade, e (um pouco ao jeito dos videos do Pimp my filter) ter feito uns buracos extras no tudo de entrada de água no pré-filtro, a verdade é que a circulação melhorou muito. Daqui para a frente talvez não espere tanto antes de fazer uma limpeza mais a fundo do filtro. De resto, continuo ainda com um pouco de green spot algae no tapete, mas tem vindo a melhorar com uma utilização parcimoniosa (pelo menos para já) de Seachem Excell como complemento à fertilização. Um ponto positivo é que a população de camarões está a multiplicar-se, principalmente a comunidade red cherry (como seria de esperar). Ponto negativo - fartei-me do weeping moss e o seu nível rapidissimo de crescimento... tudo o que consegui, tirei do aquário. Até agora posso dizer que me está a dar um gosto imenso o manter o aqua com toda a sua flora e fauna saudável, e tentar encontrar soluções para todos alguns problemas que surgiram (como a cianobacteria por exemplo) ou que ainda possam vir a surgir, mas a verdade é que já me está a apetecer fazer umas pequenas alterações ao laytout... nada de muito extremo, mas quem sabe... após o primeiro aniversário do aqua logo vou pensar nisso. Seguem algumas fotos do estado actual do aqua: Abraços e saúde para todos
  4. Boas JCM, Espero que fiques bem o mais rápido possível, não só pela tua saúde, como pela saúde do teu aquário 😉 7 Abraço
  5. Boas pessoal, Concordo inteiramente com o que ambos disseram @PAFS e @Vera Santos e tenho de confessar que o factor que me levou a mudar de três ou quatro fertilizantes da mesma marca, mas com componentes diferentes (os da ADA e da Seachem por exemplo) foi o facto de ter tudo junto em apenas uma garrafa, e aí sim devido ao marketing da marca, a Tropica foi a escolhida. Que haverá melhores, certamente que sim, mas aí por desconhecimento e por tudo estar a correr bem com o Tropica Specialized, para já vou manter o esquema actual de fertilização. Quanto ao tapete de montecarlo, admito que foi por preguiça/desconhecimento que deixei crescer tanto o tapete, e aí ao ver tanta planta e raiz amarelada, pensei que já não havia volta a trás e aproveitei um cantinho de montecarlo saudável para replantar toda a parte da frente do aqua. No meio do aquário também tenho um pouco de montecarlo a desenvolver--se sobre uma rocha e não é por isso que não tem crescido. Quanto ao musgo, nunca pensei que tivesse um crescimento tão rápido... para o manter curtinho tem sido necessário cortar regularmente e de facto apanhar todos os bocados não tem sido fácil... tenho aproveitado as trocas de água e tento sifonar as sobras e assim minimizar a proliferação do musgo pelo aquário... nesse aspecto o riccardia era muito mais fácil de manter e não crescia tão rápido. Agora é treinar a técnica de poda e tentar levar as coisas a bom porto... ficam aqui imagens da troca de água de hoje com direito a um cortezinho.
  6. Boas Luís, Excelente iniciativa, irei concorrer com toda a certeza.
  7. Boas JCM, O meu substrato é o ADA Amazonia version II vai fazer um ano a 6 de Julho e até agora não tem falhado... inclusive ao mexer no substrato quando replantei a montecarlo reparei que as "tabs" que vêm com o substrato estavam ainda praticamente inteiras, e os grãos do solo também estavam como no dia que plantei o aqua pela primeira vez, e como dizem que este tipo de solo consegue reter bastantes nutrientes dos fertilizantes líquidos, pode ser essa a razão pela qual as plantas respondem tão bem. Quanto ao fertilizante, não estou a alternar entre fertilizantes, só utilizo o Tropica Specialized, 3 pushs por dia sem alternar com mais nada. Na minha modesta opinião, só tens que ter atenção a uma coisa, eu tenho bastantes plantas de crescimento rápido no aquário (rotalas green / h´ra / rotundifolia; limnophila vietnam; blyxa japonica e hygrophila pinnatifida) e por isso os 3 pushs não fazem grande mossa, mas no teu caso como tens uma litragem parecida, mas uma massa de plantas muito menor, talvez seja demasiado. No teu caso, talvez dois pushs de specialized por dia seria mais do que suficiente (com uma troca de água semanal de pelo menos 50%). Eu mudei de um dia para o outro de fertilizantes ADA para o Tropica Specialized e não tive qualquer problema de algas, por isso não tenhas receio de experimentar e ver como é que as plantas respondem... e se precisares de mais plantas de crescimento rápido, mal consiga atingir o ponto que pretendo a nivel de densidade das rotalas, vou ter bastantes sobras para dar 😉
  8. Boas JCM, Os 3 pushs de specialized foi algo que tirei de um video do George Farmer, pois era o que ele utilizava para um aqua mais ou menos da mesma dimensão do meu, e por outro lado, dos fertilizantes da ADA, também estava a utilizar 4 pushs de ADA mineral + 4 pushs de ADA Brighty K + 4 de Nitrogen e Iron intervalados, por isso a diferença face ao que eu utilizava anteriormente (fora nitratos) não deve ser muita e as plantas têm reagido bem. Quantos potes de montecarlo utilizei.... nenhum... aproveitei um cantinho de montecarlo que estava saudável, e literalmente separei quase em plantas individuais e plantei de forma espaçada conforme fotos (as duas primeiras fotos foram tiradas a 25/04 e a terceira foi ontem):
  9. Ora boas pessoal, A inscrição para o IAPLC lá vai ter que ficar para o próximo ano, pois o tapete recentemente replantado ainda não está fechado, e ao mesmo tempo, voltei a fazer algumas alterações ao layout, não a nível de hardscape mas a nivel de plantas... e desta vez não foi para adicionar novas espécies mas sim retirar a myriophyllum guyana, pois não estava a gostar da transição dessa planta para as rotalas. De resto, apesar de já ser preciso dar uso à tesoura de forma a aumentar a densidade de rotalas na parte traseira do aquário, a parte direita que tantos problemas deu já está bem preenchida, e de forma geral as plantas estão bastante saudáveis. Nos últimos tempos nas folhas das anúbias e buces tenho reparado no que parece ser Green Spot algae (visível na 6ª imagem), mas não parece estar a alastrar... não sei se será por estar a utilizar fertillização a mais (continuo a utilizar 3 pushs de tropica specialized diários), ou se pode ser falta de fosfato (PO4)... se alguém já teve o mesmo pode deixar opinião. Seguem algumas fotos do estado do aqua: Fiquem bem
  10. boas jcm, esse look irá voltar 😉 pelo menos assim espero
  11. Boas JCM e João, O problema e o que me fez tirar tudo foi o facto de ver que as raízes estavam todas as ficar mortas (foi uma combinação de não dar uso à tesoura, com as tentativas goradas de tratar a cyanobacteria com H2O2) e de dia para dia parecia que em vez de recuperar estavam a propagar-se as raízes mortas e estavam todas as ficar amareladas. Outro dos problemas é que os camarões levantavam as folhas mortas, e uma vez eram de tal forma que bloquearam a parte inferior do lily pipe com skimmer, o que levou a parte superior do skimmer a afundar e a sugar pelo menos 5 danios galaxy e pelo menos dois ottocinclus. Outra coisa que me levou a tirar tudo, foi o tentar reduzir a altura de substrato visível na frente do aquário, pois estava a achar que estava muito alto (era só para rectificar isso na próxima montagem mas...). Desta forma, não só tirei algumas pedras mais pequenas que não eram visiveis e não estavam lá a fazer nada, como também aproveitei para replantar tudo, de forma muito mais espaçada do que no inicio, para ver se resulta e quanto tempo vai levar a preencher a parte frontal. Agora a curiosidade é se vai funcionar...
  12. Ora boas pessoal que adora este hobby 😉 Como é tão importante deixar aqui as boas experiências, mas também as menos boas, aqui vai: Depois de ter deixado as plantas crescerem bem mais do que deviam... lá fui dar uso à tesoura e eis senão me lembrei do nosso conhecido Jose Carlos Marques quando acabei de cortar aquilo que era um tapete de um verde vibrante... na parte inferior as raizes estavam todas amareladas e as plantas estavam praticamente a morrer... só o topo é que estava verdinho (que tristeza). Também me dei conta daquele que foi um erro de principiante, que foi o colocar pedras mais pequenas para servir de detalhe no inicio da montagem, mas que depois acabaram por ficar debaixo das plantas, e fazer com que parte das plantas que acabaram por cobrir as pedras não tocassem sequer no solo (problema esse corrigido com a remoção dessas pedras mais pequenas). Este foi o cenário dantesco após o uso da tesoura na montecarlo: Depois de estar uma semana a olha para aquele cenário nada agradável e a pensar bem naquilo que iria fazer, hoje deu-me na cabeça tratar do assunto, e toca a retirar toda a montecarlo de uma só vez (só ficou a cuba na parte traseira esquerda que está de boa saúde). Este é o cenário após a retirada: Olhando assim até parecia que estava bem, mas por baixo estava toda podre Ainda pensei em mudar a planta frontal para algo como glossostigma (vai ser a eleita numa próxima montagem), mas como não havia em nenhuma loja aqui no Porto, aproveitei a montecarlo que plantei recentemente no canto direito do aquário, e desse cantinho consegui replantar toda a parte frontal do aqua... agora é esperar que a coisa funcione e que volte a ter um tapete que seja merecedor desse nome. Aqui está a imagem após a mais longa intervenção feita no aquário (e sem limpar o filtro, mangueiras, lily pipes e vidros) Apenas como nota, foram adicionados 7 Tetras Cobre. Para acabar e como costumo dizer... mais uma experiência para juntar ao álbum 😕😉😀
  13. Boas, Fazes muito bem em manter o tópico, agora vamos lá acompanhar a evolução 😉
  14. Boas JCM, Por esta não estava à espera... mas antes de tudo o resto, espero que a tua situação profissional melhore rapidamente pois isso é o principal no meio disto tudo. Já em relação ao aquário, pena não teres feito este post antes de sábado, porque com todos os cortes que resultaram da tesourada que dei no meu aqua, dava perfeitamente para plantares, em conjunto com a montecarlo que salvaste, um novo layout no que a plantas diz respeito. Da próxima vez que tenha de dar um corte nas plantas, se tiveres interesse, podemos combinar e entrego-te as plantas (pena na maior parte serem plantas de caule que não utilizavas, mas pode ser uma boa experiência 😉). Apesar de tudo, conto em ver, não só o renascimento do actual como futuros layouts teus, e na falta deles, a tua participação, sempre inquisitiva e útil. Grande abraço e que tudo corra pelo melhor
  15. Boas JC, de facto como as coisas se alteraram em tão pouco tempo... mas concordo que o sistema de fertilização tenha algo a ver com o que se está a passar. Na minha opinião, e um bocado por experiência própria, tens que aumentar a quantidade de fertilização que colocas no aquário, e deixar de utilizar componentes em separado (foi o que me aconteceu com os 4 fertilizantes da ADA). Dado o tamanho do aquário, aumentava pelo menos para dois ou três pushs de specialized por dia, se bem que tens que o fazer paulatinamente, pois qualquer alteração drástica pode ter um efeito inverso ao desejado... mas por outro lado, dado que as plantas parece que estão em "sofrimento", se começares a alimentares com um fertilizante completo, as coisas são capazes de entrar nos eixos. Mesmo que aches que é uma quantidade exagerada de fertilizante, desde que se faça as mudanças de água semanalmente conforme recomendado, as coisas não vão resvalar. Pensa assim... é mais uma experiência para juntares ao álbum.