jfgen

Membro
  • Posts

    38
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by jfgen

  1. O caracol muito provavelmente sim, com os outros peixes deve ser pacífico. Tem é em atenção que os bótias são peixes de cardume (não tenho a certeza em relação ao modéstia, mas duvido que não seja) e necessitam de bastante espaço. Sent from my A0001 using Tapatalk
  2. O que vai acontecer é que terás de lhes arranjar uma casa melhor quando começarem a crescer, pois não é peixe para um aquário de 100l quanto mais 60. Quanto ao comportamento, realmente há relatos de ataques graves a peixes mais lentos. No meu caso tenho um pequenotr num aquário de 200l e ele volta meia persegue um pouco alguns peixes, mas parece me que é mais numa de os afastar do que para matar, para já pelo menos.
  3. Depende muito dos indivíduos, e já agora, tendo em conta o aquário que é e a carga biológica que tem , não me admirava muito que fosse a má qualidade da água a provocar apodrecimento nas barbatanas. O betta come bem?
  4. Bem vais ter aí um belo aquário, mas olha que 4 óscares crescidos vão te ocupar mais espaço do que estás a pensar. Quanto ao fundo eu não colocaria bótias, se nunca tiveste óscares vais demorar até acertar as condições da água porque os óscares sujam muito mesmo. Eu começava com uns 2 plecos. Resistentes, e tens aquário para crescerem bem e mostrarem o seu esplendor. Quanto aos SD sei pouco para além de que crescem bastante e são herbívoros, mas estou a achar o aquário apertado para 6 SD e 4 óscares. Em relação às plantas, fetos de java são capazes de ser à prova de SD mas não te esqueças que num aquário de óscares não és tu que decide onde fica o quê
  5. Peço desculpa por aproveitar este post, mas tenho uma pergunta que também pode ser relevante. Eu gostava de adicionar 2 ou 3 camarões madeira ao meu aquário do Sudeste asiático, mas li algures de que precisam de uma corrente forte para conseguir captar a comida da água. Neste aquário eu tenho um betta que por seu lado não suporta correntes muito fortes. O aquário é de 54l (60x30x30) e tenho um Eheim 2211 como filtragem. Acham que é pouca circulação? Sei que esta espécie é de dificil reprodução e que o seu número no habitat natural já se encontra baixo, por isso pensei que pudesse manter 2 ou 3 ali, e depois com tempo tentar a criação com a água salobra etc. Mas não quero condenar mais 2 ou 3 individuos à morte certa se a corrente for demasiado fraca..
  6. Mas o facto de os reproduzires (partindo do princípio que consegues, que no caso do camarão madeira não parece ter acontecido assim com tanta frequência) pouco ajuda. Porque esses animais dificilmente poderão ser reintroduzidos na natureza. Pode acontecer que daqui a alguns anos alguém consiga reproduzir o habitat natural destes animais tão bem, que estes estejam realmente aptos para serem libertados. Tenhi dúvidas, mas espero muito honestamente estar enganado e tu certo.
  7. Concordo com o Bangai e com o Nuno Prazeres. Mas convém salientar que em alguns casos como o do camarão madeira que referi acima (já li algures que os números selvagens estão muito baixos), ou do Otto, os animais são capturados porque a sua reprodução é demasiado dificil. Este não é o único lado negro deste nosso hobby infelizmente mas isso são outras conversas. Responsabilizo quem os comercializa claro, mas se nos mantermos informados, e tivermos a sensibilidade de não comprar espécimes selvagens a procura diminui, e com isso diminui também a captura. Não culpabilizo tanto quem compra por ignorância, mas quem compra sabendo o que é já me custa desculpar...
  8. Este fim de semana estive para comprar uns camarões Madeira para o meu aquário do sudeste asiático. Como nunca compro nada sem informação fui pesquisar. Aparentemente é uma espécie de muito difícil reprodução e os espécimes vendidos são capturados do seu habitat natural. Apesar disto está longe de ser raro encontra-los nas lojas... Como é que é possível gostarmos tanto de um animal mas ao mesmo tempo preferimos retira-lo da natureza para o meter num aquário? Este hobby já não tem 5 ou 10anos, isto já não devia acontecer...
  9. Olá a todos. Este aquário foi inspirado pelos ribeiros das florestas do sudeste asiático, mais concretamente Borneo, Tailândia, Malásia, Indonésia. Não é um biótopo, falha muita coisa para isso, mas é apenas uma tentativa de aproximação do habitat natural de algumas espécies. A ideia base era construir um aquário para o meu betta que por enquanto ainda está num aquário temporário. Dados: Tamanho: aprox. 60x30x30 / 54L Filtragem: Eheim 2211 Flora: Cryptocorines, fetos Fauna: 6x Trigonostigma heteromorpha (possivelmente chegarão a 10), futuramente um betta splendens. Substrato: Ocean Free Aqua Gro Shrimp and Plants soil Peço desculpa pela horrivel qualidade das fotos e videos: https://vimeo.com/123511566 Hoje, depois de colar a cartolina preta no fundo, e quando ia colocar o betta no aquário reparo nos Arlequins a roçarem-se uns nos outros: https://www.youtube.com/watch?v=NpkjMf6-ndg&feature=youtu.be Acabei por adiar a entrada do betta para ver o que dá. Cumprimentos,
  10. Possivelmente, mas nunca deves introduzir 15 peixes de uma vez. Nem num aquário maturado, quanto mais num aquário acabado de sair do ciclo. As plantas possivelmente ajudarte-iam no processo, pelo que se estás a pensar ter plantas, podes começar a planta-las. Ao fim dos 30-40 dias, se testares a amonia e nitritos devem estar perto de 0, e se os nitratos estiverem abaixo de 20, podes começar a meter alguns peixes. Os mais resistentes inicialmente, e vais acrescentando sempre pouco a pouco. No caso de peixes de cardume, como neons ou cardinais por exemplo, metes por exemplo 5-7 (mas eu não começava com estes), e passado uma semana ou 2 metes mais. Uma dúvida que me surgiu, de momento não tens filtro nenhum no aquário, mas o aquário está com água? PS: Coincidência ou não, vou daqui a pouco à loja comprar algumas das plantas que te aconselhei
  11. Sim podes, mas tenta não ter os nitratos acima de 20, Há quem diga que isso não é importante, mas pessoalmente sempre que tive 40mg/l de nitratos durante algumas semanas acabei por ter peixes doentes. Eu acabei de fazer o ciclo a um aquário apenas com o teste para nitratos porque era o que tinha. Há marcas em que os testes deixam um pouco a desejar ou pela metodologia, ou pela escala, mas aí já não te sei aconselhar porque usei muito poucos até agora. Pelo sim pelo não, esperas o minimo dos 30 dias, e à partida ficas bem. Atenção que estes 30 dias são com o filtro final já em funcionamento, até porque é precisamente para as bactérias que se vão alojar nas massas filtrantes do filtro que estás a fazer isto. Dizem também que convém deixares o aquário já a correr com a temperatura final.
  12. Tal como o anaiv eu também não aprovo a inserção de peixes para ajudar no ciclo. Se quiseres acelerar podes comprar uns produtos que existem para esse efeito, pessoalmente tenho duvidas da sua eficácia. Já que tens o aquário pequeno estável, e os peixes aparentemente saudáveis, mantem-te assim durante o restante ciclo. Podes dar de vez em quando, um bocadinho de comida no aquário em ciclagem. Quanto aos filtros, já os vi à venda nalgumas lojas online, não me lembro bem quais. Procura na secção de lojistas a ver se alguns têm, se não já vi lojistas a venderem através do olx . Vê bem o volume do teu aquário. Se for 200l brutos o e901 deve chegar, so for 200l reais já ia para o e1501. De qualquer das formas se puderes pagar a diferença, nunca ficavas mal com o e1501, a quantidade de massas filtrantes que aquilo leva é brutal.
  13. Ora bem, vamos por partes. 1- O problema das maternidades não é tanto o plástico, se bem que há quem não goste delas porque os adultos no exterior conseguem muitas vezes sugar os alevins. O problema é o espaço apertado, que causa stress. A melhor solução seria mesmo (na minha opinião), teres um pequeno aquário maternidade em que metes a fêmea adulta e algumas plantas para que os alevins se escondam. Quando puderes, tiras a fêmea, e os alevins ficam com bastante espaço para crescer bem. Não podendo fazer isto, tentas ter bastantes plantas nesse aquário na esperança que os alevins se consigam safar, pelo menos até os poderes apanhar e mete-los numa maternidade. 2 - Pois.. é mesmo assim, mas se as vais manter até aos 10-15cm, eu metia mais duas. Se achas que depois ainda vai ser mais dificil livrares-te delas, então fá-lo já. 500l já é falar, até te dou as minhas bótias Quanto ao fundo, referes-te ao areão? O que tens na foto (muito parecido ao que eu tenho agora) não é o melhor para plantas, mas à partida dá, pelo menos para as plantas fáceis que queres (as exigentes ias necessitar do CO2 e uma iluminação melhor provavelmente). A nível estético, hoje em dia já não se usa tanto esse tipo de areão, mas é uma questão de gosto. O que também é importante reter, é que esse areão tem uma granulometria grande, o que significa que vai reter bastante sujidade, não te esqueças de o aspirar/sifonar com regularidade. Quanto a plantas, estás a ir pelo bom caminho, podes até plantar bastante densamente o aquário com plantas fáceis, o que a pouco te dará experiência para arrancar com um plantado mais tarde, ou decidir que plantados não são para ti. Dependendo do que gostas, podes meter fetos de java, musgos, anúbias, valisnérias, echinodorus, sessifloras e até cryptocorines para mencionar algumas. Algumas destas, como as anúbias e os fetos, são plantas de rizoma que não pode ser enterrado, pelo que normalmente ata-se estas plantas a troncos por exemplo. Pessoalmente os troncos tẽm muitas vantagens, ficam bonitos (especialmente com plantas por cima e à volta), servem de esconderijo a espécies mais timidas, e servem de base para algumas plantas. Podem servir ainda como aditivo nutricional para algumas espécies, e para baixar o PH da água. Filtragem, aqui é que acho que já te estás a espalhar. Tens aqui 3 problemas: Filtros internos - não são muito eficazes, não têm espaço para filtragem biológica (muito, mas muito importante), e têm a tendência para largar lixo no aquário quando os tiras para fazer a manutenção. Quando os filtros dizem que são para aquários de x litros, isso nunca corresponde à verdade. Nem nas marcas de topo como a Eheim, quanto mais em pequenas marcas como essa. O mesmo se passa com o caudal anunciado, um filtro que diz que faz 1000 l/h deve fazer uns 600-800 l/h, dependendo da marca, modelo, quantidade de sujidade, matérias filtrantes, tamanho das mangueiras etc.. Para um aquário de 200l (já agora, brutos ou reais?), deves apontar para pelo menos 1000l/h de caudal. Costumam dizer 5-7x o volume do aquário. Isto também depende das espécies que tens aí, a quantidade de peixes, e a necessidade de fazer a água circular (geralmente nos plantados precisam de bastante circulação). Esses filtros que aí tens, dificilmente ter farão alguma coisa num aquário dessas dimensões, e garantidamente nem vão suportar as bótias daqui a uns meses. O meu conselho, é comprares um filtro externo de sensivelmente 1000l/h. Eu sou fã da Eheim, mas são caros. Tenho ouvido falar bastante bem dos JBL e901 e e1501, sendo que o e901 deve ser o minimo para o teu aquário. Os da JBL têm espaço para muita filtragem biológica, e são de fácil manutênção, isto por uma fração do preço dos Eheim Professionel, o que os tem tornado bastante populares. Finalmente, sobre o arranque do aquário. Tal como referiu o anaiv, 5 dias é muito pouco para o ciclo do azoto. Eu pessoalmente gosto de o fazer durante um mês, e aconselho-te vivamente a ler os artigos/tutoriais sobre o ciclo para o compreenderes bem, a comunidade de bactérias são o suporte do ecossistema do teu aquário (daí a importância da filtragem biológica), e se não lhe dás tempo para se desenvolver, a amónia produzida pelos peixes não vai ser decomposta correctamente, e vai acabar por envenenar tudo. O que podes, e deves começar a fazer, é colocar as plantas, mas peixes faz o ciclo completo. Desculpa o testamento, espero que tenha ajudado.
  14. Boas vizinho algarvio! Bem vindo a este hobby espetacular, e boa sorte com os teus aquários. Esse aquário de 200l já dá para fazer umas coisas porreiras. Para mim o bem estar dos peixes está sempre em primeiro lugar, e nessa perspectiva há dois apontamentos que te vou fazer, não leves a mal. 1 - maternidades de plástico, pessoalmente não sou nada fã, provocam stress nas fêmeas o que muitas vezes resulta em abortos e morte da fêmea. Se puderes é preferível ter um aquário à parte, ou encher o aquário de plantas para que os alevins se possam esconder. 2- bótias palhaço, são possivelmente a minha espécie preferida mas infelizmente não vais ter (tal como eu) condições para as manter muito tempo. Essas bótias são um peixe de cardume, no mínimo 4-6, e normalmente peixes de cardume sofrem bastante de stress quando não têm companheiros suficientes. Outro problema, o maior, é que infelizmente nas lojas nunca avisam, mas essas bótias crescem bastante podendo os adultos ultrapassar os 30cm de comprimento (além de ser um peixe encorpado). Dificilmente vão atingir esse tamanho no tei aquário é certo, mas mesmo que se fiquem pelos 15cm, 200l é muito pouco para eles. À medida que crescem tornam se mais tímidos e necessitam de alguns esconderijos grandes o suficiente para os albergar. Imagina 4 peixes de 15cm a disparar como balas (são muito rápidos e levam tudo à frente) na área do fundo do teu aquário (deixam de subir tanto à medida que crescem). Mais uma vez não me leves a mal... Eu tenho o mesmo problema, tenho 4 (1 grandita 3 pequenas) em 200l, e se não trocar de aquário num futuro próximo, terei mesmo de as dar/vender. Já agora que filtragem tens nesse aquário grande?
  15. Alguma novidade em relação a onde encher os extintores no Algarve? Estou quase a comprar o meu kit mas ainda não descubri um bom sitio onde encher. Alguma novidade em relação a onde encher os extintores no Algarve? Estou quase a comprar o meu kit mas ainda não descubri um bom sitio onde Uma pergunta de nabiço, mas não é perigoso usar garrafas fora do prazo?
  16. E estas pequenas maternidades de plástico muitas vezes causam stress às fêmeas o que acaba em abortos e às vezes até na morte das mesmas.
  17. jfgen

    CO2 DIY

    Belo sistema de co2 que aí tens. Sem forma de regulação precisa, não tens tido problemas com algas? Normalmente desencorajam-me de co2 diy por ser irregular e isso ajudar mais as algas que as plantas. Que tal estás nesse ponto?
  18. Eu não punha piranhas num aquário tão apertado. Acho que não ofereces as condições necessárias ao seu bem estar.
  19. Por acaso é uma boa pergunta... Eu ainda não comprei o kit de co2, mas quando comprar vou ter o mesmo problema. Vou ver se descubro alguma coisa de Albufeira a Faro/Olhão.
  20. Se ainda tens os red cherry o betta vai ter uma bela dieta de marisco hehe. Não fui ver o tamanho do teu aquário, mas tem em mente que as corys são peixes de cardume e duas é pouco. Se o aquário for pequeno para 4-5 talvez fosse melhor não as ter, opinião pessoal claro.
  21. Neons não me parece, tanto quanto sei não é assim tão fácil e eles largam os ovos no fundo e não nas plantas.
  22. Estás a começar bem ao ciclar o aquário, é pena que tenhas de ter lá metido um peixe, se ele já estava fraco vai ser difícil conseguir suportar os picos do ciclo do azoto. Um dado importante é que com um aquário dessas dimensões podes cair na tentação de meter um número considerável de peixes ou peixes maiores. Antes de o fazeres deixa me avisar te que esse filtro não oferece condições para muitos peixes. O caudal real é fraco e tem pouco espaço para filtragem biológica. Também tem o problema de cair lixo para dentro do aquário durante as manutenções. Não te estou a dizer para ires a correr comprar um filtro externo, mas não te esqueças do que disse acima quando pensares na fauna que vais aí meter. Tens o aquecedor a trabalhar certo? Isso é importante para as bactérias e plantas. Dois apontamentos de gosto pessoal: fundo preto realça mais a cor dos peixes e verdes das plantas, pessoalmente não gosto de ver decorações não naturais, mas isso são gostos, se bem que tenho dúvidas que não causem problemas na água a longo prazo.
  23. Convivem com outras espécies, mas tem cuidado, não escolhas espécies muito vivaças ou territoriais pois os bettas são peixes lentos e a cauda tem tendência a ser um alvo. O meu até de barbos cereja levou porrada, quando o salvei estava quase morto. Podes procurar por peixes que tenham necessidades semelhantes a nível da água, peixes asiáticos, para garantires o bem estar de todos, mas se decidires por um cardume de tetras não deves ter grandes problemas.
  24. Já agora um aparte que até talvez já saibas, mas pelo sim pelo não cá vai: Nas plantas de rizoma, como anúbias ou fetos por exemplo, não deves enterrar o rizoma pois este vai apodrecer e a planta acabará por morrer. Normalmente o pessoal ata estas plantas a troncos por exemplo e com o tempo a planta lançará as raízes onde for necessário.