João Pedro Palma

.Membro Ausente
  • Content Count

    1,066
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

16 :)

About João Pedro Palma

Contact Methods

  • Mail
    jprcp@hotmail.com

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Lisboa (Lisboa)
  • Localização
    Lisboa

Recent Profile Visitors

6,754 profile views
  1. Ora boa tarde a todos, estimados companheiros aquáticos! Depois de alguns anos mais afastado dos aquários e por conseguinte do fórum, há pouco mais de um mês e por alguma razão celestial, resolvi fazer uma TPA massiva/extreme makeover do meu aquário biótopo de 270L (sem interesse porque o local das fotografias expirou) que tenho na sala. E eis que, um certo bichinho, ou peixinho, voltou a tremelicar dentro do meu cérebro ou vá, sejamos românticos, coração. Voltei a visitar aqui o fórum, voltei a visitar algumas lojas que frequentava antes (não resistindo a comprar 2 troncos Mangroove para uma futura remontagem do tal aquário) e é então que me deparo com o Desafio de AquaScaping 2019. Ao qual, mais uma vez, não consegui resistir. E é então que apresento o "Rock Bottom" (gostaram do Inception?). Porquê Rock Bottom? Porque talvez a minha disponibilidade para o Hobby nos últimos anos tenha estado no fundo do poço; talvez porque o meu contributo para o fórum tenha estado ao nível de um fundo de um poço; porque a minha capacidade financeira esteja ao nível de um... fosso das Marianas; porque a montagem em si, ficou pior que o fundo de um poço; ou possivelmente porque eu simplesmente gosto do nome. Acho que é mais isso, o que não impede que as outras opções não tenham um quê de verdade. Bem, vamos masé ao que interessa! Setup: Aquário: ILA 45x30x30cm - 40L brutos Iluminação: Twinstar light 300 C - ligado apenas 6h nas primeiras 2/3 semanas para evitar o desenvolvimento precoce de algas Filtragem: Hailea bio filter cascata SL-306 Termostato: Resun 50W - 26ºC Sistema de CO2: Kit Neo CO2 Substrato: Neo Soil Compact Hadscape: Ryuoh stone e Red moor wood (Aqua)Flora: Background - Cyperus helferi, Juncus repens, Hygrophila pinnatifida Tronco - Microsorum pteropus 'Trident', Bucephalandra 'Wavy Green', Vesicularia ferriei 'Weeping' Rochas - Anubias barteri var. nana 'Mini, Lagenandra meeboldii 'Red', Anubias barteri var. nana 'Pangolino Substrato médio/frontal - Cryptocoryne wendtii 'Flamingo', Cryptocoryne parva, Eleocharis sp.'Minima' Acabado de montar às 8h da manhã de ontem/segunda-feira: Ainda sem filtro, sem termostato, com riscos de cola, etc. Porque eram 8h da manhã e tinha passado a madrugada a montá-lo (comecei por volta das 24h, hora do sossego cá em casa). Isto porque tive de sair mais cedo do concurso porque infelizmente não permitiam cães no desafio e não me sentia bem em ficar e deixar a minha cadela no carro o dia todo. Perdi muito tempo, mais uma vez, a partir as poucas pedras que tinha e até a lixá-las com uma escova de dentes e vinagre para perderam uma cobertura calcária que algumas têm/tinham. Ainda tive de sair a meio da noite para ir comprar SuperCola3 (Cianoacrilato) a alguma bomba de serviço, para não deixar o projecto para o dia a seguir, e consegui encontrar! Enchi o aquário com água já ciclada, água do tal aquário biótopo. O processo de ciclagem é mais rápido, podendo colocar fauna mais cedo (2/3 semanas), mesmo que não seja o pretendido e não tem os mesmos picos de Amónia iniciais tão altos (que até são apreciados pelas plantas) mas que serão compensadas pela introdução mais precoce de criaturas (produção de amónia mais uma vez, produto dos excrementos). Dia a seguir, já com filtro, termo e uma bela de uma TPA feita (estou a fazer TPA´s diárias de 30 a 50%, mais uma vez para evitar crescimento ou desenvolvimento de organismos vegetais indesejados): Já perdi um dos tronquinhos colados na rocha da esquerda. Não o colei com um bocadinho da massa de encher entre o tronco e rocha (apenas cola) e não resistiu. O tronco principal também se mexeu ligeiramente com o enchimento do aqua mas vou deixá-lo absorver durante um tempo e logo o coloco no sítio (mais enterrado). Vista lateral direita: Vista de cima: Tem ainda muitas marcas da cola. Tive de cortar o vaso in vitro de Weeping em estilo Amano (5:16) e colocar SuperCola para fixar bem mas tenho esperança que com o crescimento do musgo ou poda, seja facilmente escondido. Coloquei musgo junto a todas as plantas que colei no tronco, exactamente para disfarçar as marcas mais tarde. CO2 hoje já a bombar: O Kit CO2 da Neo, embora seja bastante bom para estes aquários pequenos, demora mais de 24h a montar (por causa da formação da gelatina), pelo que é um processo que pode ser preparado mais cedo, antes da montagem. Filtro: Mais uma manha/truque que fiz para acelerar o processo de ciclagem. Adicionei cerâmicas e um bloquinho de turfa JBL (TorMec activ) que cabia no espaço entre as cerâmicas maiores, na gaveta do filtro onde se costuma adicionar o carvão activado. Coloquei a mesma por cima das esponjas, junto à saída de água e com mais uma camada fina de lã filtrante, também ela já ciclada. Não tenho ainda a certeza sobre o local do filtro. Estou ainda a tentar perceber se faz um bom movimento de água superficial e na lateral esquerda que está muito povoada de plantas (também ainda não percebi se usei a mais mas como a grande maior parte das minhas plantas são de low maintenance, tenho algum receio do desenvolvimento de algas, por isso, nesta fase plantas a mais é bom). Gostava de o colocar do lado oposto mas o inflow do filtro não fica junto ao canto e atrapalha-me um pouco ali no meio das plantas. Tenho também algumas dúvidas sobre a localização de algumas plantas, Anubias (em especial a que está em cima da rocha mais alta e à direita, porque sinto que corta o sentido) e Bucephalandras (demasiado altas), pormenores porque algumas só as queria deslocar 1cm mas logo vejo quando tiver de voltar a colar o mini tronco. Quero deixar por fim, um agradecimento a todos, em especial ao @Tozé Nunes, que além de todo o trabalho na organização, foi impecável e mais que prestável em toda a situação com a minha cadela. Bem como pela simpatia de ter trocado a minha gabardina pelo Kit CO2 😂 E agradecer também ao @ismael_figueira, vencedor do concurso AquaScaping 2018, por toda a ajuda na montagem do Layout. Eu ainda o traí um bocado, porque destruí algumas das pedras que ele tão simpaticamente me ajudou a colocar ainda na FIL mas algo como serrar um tronco, apenas para girá-lo 30º, era algo que eu não tinha esperteza nem coragem para o fazer sozinho. Vamos ver como desenvolvem estas plantas! Acho que vai ficar um bocado mato na esquerda mas logo se vê! Ainda não sei porque fauna vou optar. Nem sequer se entre peixes ou camarões. Aceito sugestões 😁 Espero que gostem e assim que tiver novidades, coloco aqui. Agora tenho de ir levar a minha cadela à rua que são 18h da tarde e ela está fula. Bem, pior que Rock Bottom não fica! Um abraço a todos e força nas TPA´s
  2. Claro. Da mesma maneira que ninguem mete um neon numa garrafa de um 1Litro. É uma "regra" de senso comum, para dar uma ideia, não para levar à letra e como disseste tem muitas excepções. Não se pode comparar as necessidades de Corydoras ou kuhlis com Discus por exemplo. Não interessa a litragem, interessa também a forma do aqua. Eu não vou argumentar que o aquário não está sobrelotado, porque está possivelmente, apenas não parece pelas fotografias (se calhar estas enganam). Eu já tive 50 Cardinais, 20 Corydoras, 5 Discus, 10 Ottos, Casal de Apistos, de Ancistrus, Thoracatum e mais uns quantos individuais em 270L, que parece imenso peixe e até posturas de Corys, Discus, Apistos e Ancistrus tive...
  3. Eu não diria "extremamente". Pelas fotografias não parece um aquário sobrelotado (pode obviamente enganar) e pela regra do 1cm por 1L, estive a fazer as contas e assumindo que o tubarão ainda não tem tamanho adulto, vai dar ela por ela. Se retirarmos os litros usados pelo substrato e pedras, sim provavelmente vai ultrapassar mas como disse, não diria "extremamente". No entanto, mesmo estando a usar um bom filtro, também acho que tens razão e que a fauna devia ser diminuída/aquário aumentado. E dou-te ainda mais razão no último parágrafo. Eu estive a ver melhor as fotografias e tal Molly pareceu-me um pouco "bloated", inchada ou dilatada. Está? Com que frequência e quantidade fazes as TPA´s?
  4. Todos os outros peixes estão bem e com um comportamento normal? Se sim, acho que ninguém te vai dar um diagnóstico específico, pode ser muita coisa mas infelizmente penso que seja uma questão de tempo... Podes sempre acrescentar uma bomba de Oxigénio ao aqua e/ou tentar isolá-la num aqua de quarentena e experimentar tratamento presuntivo com Esha 2000. É o melhor que te consigo dizer, desculpa. Um abraço e não desistas da bicha, As melhoras para ela
  5. Não sabia que a Zanclus era/é do Luís! Já tinha ouvido falar na loja mas nunca fui lá, o que vai mudar muito brevemente (tipo esta semana 😂). O Luís é impecável, não me esqueço já há mais de 10 anos quando eu me estava a iniciar nos aquários, dele me oferecer plantas dele bem como toda uma explicação sobre o mundo da aquariofilia , que me foi muito útil! Tenho de ir retribuir o favor
  6. Tens sempre a Aquaplante que é um tirinho daí e é um "hipermercado" 😅
  7. Montagem interessante. Não sou o maior fã de Dragon Stone, apenas para Iwagumis ou aquários para camarões, como os Sulawesi. Porque não acho que se liguem tão bem ao Hardscape de madeira. No entanto acho que podias ainda fazer uma coisa engraçada tentado ligar os 2 e criar um setup mais organizado. A partir de um dos cantos, triangular, ou em ilha, central. Eu provavelmente optava pelo 2º, respeitando ao máximo a disposição que já tens, e tentava incorporar o tronco no meio das 2 rochas grandes. Se calhar trocando-as para a maior ficar atrás da parte horizontal do tronco e enterrava-as um pouquinho mais para não destoarem tanto. Quem sabe até, acrescentar mais um madeiro. Gostava também de ver o outro lado da pedra maior porque tem uma textura e cor muito diferente da mais pequena (que é claramente mais bonita). Outra coisa que acho que devias ter feito era alisar o substrato em crescendo para dar um maior sentido de profundidade. Tendo à frente mais de um dedo/2 e atrás 3/4 dedos. Últimos conselhos que dou: Quando conseguires, poda as stem plants (centrais) e replanta-as junto das mesmas para formarem um maior ramalhete. Poda ou replanta a Pinnatifida. Eu gostava mais de a ver a trepar o tronco ou junto/trepar as rochas também. Ali vai ser desvalorizada. Pergunta: O que tens como pano de fundo do aqua? É apenas a parede branca? Um abraço, força e bons TPA´s!
  8. AquaHobby? Já me disseram que mudou de sítio mas também acho que fechou. Já não têm site, a conta aqui no fórum também está algo parada. Mas acho que havia membros daqui que trabalharam lá. @Luís Fortunato @João Abóbora?
  9. É difícil de dar um diagnóstico (Dx), especialmente sem necrópsia, mas ele parece ter uma massa interna de grandes dimensões, provavelmente uma neoplasia (tumor). Ele está bastante magro, também compatível com o Dx anterior. Mais uma vez é difícil explicar a mancha verde mas pode ser hemorrágica, com origem na massa. Para se saber mais, só mesmo com necrópsia e alguém que perceba de Patologia em peixes.. Espero ter ajudado, Boa sorte e bons TPA´s
  10. Time Left: 8 days and 1 hour

    • PROCURA
    • USADO

    Boas Procuro uma alma caridosa que me dispense (não me importo de pagar um valor amigável) uma ou 2 plantas de superfície (conheço a prolificidade). Eu posso ir buscar onde for necessário em Lisboa. Limnobium laevigatum (A z o l l a) Espécie inserida no DL 565/99. Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal sp. Salvinia sp. Phyllanthus fluitans Obrigado e boas TPA´s

    1.00 EUR

    , Lisboa

  11. Boas Tenho este saco de composto "organico universal" e "ecológico" em casa: E gostava de perguntar se alguém sabe se este tipo de substrato fértil pode ser usado em aquário. Consequências, se tem benefícios, se é possível de utilizar se estiver bem tapado/afastado da coluna de água, se há um risco grande de criar um problema de algas, se faz diferença pela quantidade, etc. Obrigado desde já e boas TPA´s
  12. Isso num Low Tech? É que por exemplos plantas como os fetos, anubias, Bucephalandras, etc. Que estão presos a troncos e não têm as raízes no substrato, não vão ter acesso nem aos nutrientes do mesmo nem às tais Tabs
  13. Não sei mas também estou interessado. Deixa-me então avivar o tópico a ver se alguém que perceba do assunto se chegue à frente
  14. O tópico passou a desbloqueado para se poder acrescentar conteúdo de valor relativo ao tema. Assim deixo alguns vídeos que tenho aqui "à mão", depois volto a comentar com outros que já me passaram (mais uma vez) pelas m... olhos ou edito e adiciono. Acho que faz sentido ter a maior parte da informação sobre um tópico junta. Vídeos de uma das melhores lojas de Aquariofilia no campo dos Biótopos. Com atenção às diferenças sazonais, correntes, chuva, marés, etc.: https://www.youtube.com/watch?v=hd0aWKkLXSA https://www.youtube.com/watch?v=e_4ZK1_kLcA Construção Biótopo Asiático: https://www.youtube.com/watch?v=F4ZRW7scGOE Concurso Biotope aquarium design 2016, 2017 e 2018: https://www.youtube.com/watch?v=4RTCf4ShGRg https://www.youtube.com/watch?v=fvKx3MY-u5Y https://www.youtube.com/watch?v=-UGOd1yMhgw Miami River https://www.youtube.com/watch?v=-SMOO8XmdK8
  15. Como Alvaro disse, as Kuhlis e Synodontis são peixes tímidos e nocturnos. E não costumam ser esquisitos com comida, demoram é a ambientar-se aos aquários às vezes. Arranja comida de fundo, pastilhas para peixes de fundo e antes de desligares a luz, deita uma para dentro do aqua. Eles vão lá durante a noite 😉 Boa sorte e boas TPA´s