brunofasoares

.Membro
  • Content Count

    1,820
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    17
  • Country

    Portugal

brunofasoares last won the day on December 13 2019

brunofasoares had the most liked content!

Community Reputation

397 :)

4 Followers

About brunofasoares

  • Rank
    Membro Entusiasta
  • Birthday 08/23/1978

Contact Methods

  • Mail
    brunofasoares@gmail.com

Profile Information

Recent Profile Visitors

6,694 profile views
  1. Outra maneira, para teres a certeza absoluta, é sacrificares a pedra que gostes menos e fazeres uma lasca mais profunda, ou mesmo partir a pedra ao meio e fazer esse teste.
  2. Não vale a pena cozer, basta uma fervura de 30 segundos. É melhor que fique mais rija do que a desfazer-se. A ideia de ferver é libertar alguma sujidade ou quimicos que possa ter e não tanto facilitar a alimentação. Por norma faço 30 segundos em vegetais mais moles e 1 minuto nos mais rijos.
  3. Urtigas só fica mesmo as nervuras. Adoram. Mas não exageres.
  4. E que outros peixes tens? Como disse o Álvaro, tens animais em casa? Cães ou gatos? E foto dela?
  5. Tenho pastilhas de spirulina que penso que elas comem bem. Só não sei é se posso usar em água salgada.
  6. Ataque bem forte... vou apontar.
  7. Sem dúvida. Faz todo o sentido podermos apagar as nossas imagens.
  8. Pois, continuam lá... Outra coisa. Esta semana vou limpar o escumador, talvez hoje se chegar cedo a casa e no fim de semana vou fazer uma TPA valente. Será aconselhavél agora aspirar algumas das algas mortas que ficaram no solo, ou é melhor deixar isso para as bactérias e para a Astraea? Parece-me que os dinoflagelatos morreram mesmo, ou se ainda lá estão, são muito poucos e nada visíveis. As cianobactérias, pelo menos os fios grandes que estavam em 2 rochas, desapareceram, e parece-me que já só há um pouco no solo. Os vidros tinham muitas algas antes do apagão, especialmente uma espécie de alga parecido com os dinos, mas quase que desapareceu tudo. Apenas ficou um pouco de uma alga quase imperceptível, mas que se nota se passarmos a mão no vidro, por ser àspera. Penso que vou comprar mais 2 Astraeas, gostei imenso do trabalho delas. Vê-se a diferença, mas apenas com as 2 que tinha, reparei as algas a desaparecerem, aliás, nota-se mesmo o rasto por onde as Astraeas passam. Recomendo vivamente.
  9. Acho muito. Uma vez não tem problema, mas se fizeres tratamento com essas dosagens os peixes vão-se ressentir. Se for para usar diariamente, já cheguei a fazer 3 ml para cada 100 litros de água, e estou a falar para se usar todos os dias mesmo, incluindo após a TPA.
  10. Agora fiquei curioso... depois diz como se faz, se não te importares.
  11. Pois, o coral dip não adianta... Fora de água pode ser que resulte... dizes isso porque elas escondem-se na rocha e a rocha está bem molhada, certo? Por ser muito porosa fica sempre com humidade suficiente para que elas resistam. Agora imagina que deixo 1 dia o coral de cabeça para baixo, suspenso claro e não a ficar pressionado no próprio esqueleto do coral. Achas que elas morrem?
  12. É pena o tapete não se ter composto... a Eleocharis faz um excelente efeito nessa nesse layout
  13. Ontem cheguei a casa e experimentei mergulhar a acan, que tem 2 Aiptasias em cima, no Coral Dip. Não me parece ter resultado... Mas nas 2 Aiptasias maiores que estão na rocha da Euphylia, mergulhei o coral de cabeça para baixo e deixei a rocha fora de água, a ver se as Aiptasias morriam. Fiquei assim cerca de 5 minutos... ontem pelo menos nas 2 horas que ainda houve luz, não as voltei a ver. Mas não sei... podiam estar escondidas do susto. Mesmo que estas morram, ainda tenho pelo menos 2 na Acanthastrea...