Leaderboard

  1. JoseCarlosMarques

    • Points

      215

    • Posts

      2,502


  2. Sofia Correia

    • Points

      99

    • Posts

      312


  3. Carlos André

    • Points

      93

    • Posts

      227


  4. João Cardoso (Kadoxu)

    João Cardoso (Kadoxu)

    Moderador GERAL


    • Points

      62

    • Posts

      1,362


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 12/09/2021 in all areas

  1. Aqui fica a minha primeira participação num evento e logo com um desafio deveras complicado, eu que sou um picuinhas com o planeamento meto-me numa cena onde, tenho que escolher as plantas antes, nao faço ideia que hardscape me vai sair enfim só coisa boas para deixar fluir e siga a marinha 😄 ... adorei simplesmente adorei a forma como ultrapassamos todos estes desafios, adorei estarmos rodeados por pessoas com a mesma paixão ou "vicio" como nós, adorei a incansável paciencia do Tozé, tiro-te o chapéu, deixo-te o meu pessoal "parabens" e muito obrigado, extensivel aos patrocinadores que sem eles provavelemente isto nao acontecia ... agora é esperar e ver isto exposto na FIL 😄. Bom resumindo e concluindo, foi muito bom, foi excelente recomendo e já estou a pensar no póximo assim que este termine lolll agora é deixar este crescer e esperar que corra tudo como planeado 😄 Data da montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II 8h/dia Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: Oceania da Strideways + alguns apontamentos de Red Moor Flora da Aquaflora: Anubias barteri var. nana 'Pangolino' Bucephalandra 'Deep Purple' Didiplis diandra Eleocharis sp.'Minima' Ceratopteris thalictroides Hydrocotyle cf. tripartita Micranthemum species 'Monte Carlo' Rotala walichii Fauna: A decidir - Provavelmente Shrimps Fertilização: ainda sem fertilização e a decidir posteriormente Co2: pressurizado 1/2 bps durante o periodo de luz iniciando 2 horas antes das luzes antes de inundado Alguns detalhess 😉 As rotalas cá em casa acho que fazem magia 😄
    6 points
  2. Boas pessoal, Mais um ano e mais uma voltinha. Finalmente a 3º Edição deste desafio depois de 2 anos sem nada para ninguém. Um obrigado ao Tozé pela incansável labuta para nos proporcionar um dia muito bem passado e por estes próximos 3 meses andarmos todos numa feira das vaidades a mostrar os nossos "meninos" 🙂 Uma palavra de apreço também a todos os patrocinadores que continuam a apostar no hobbie e em NÒS (Aquariofilia.net) permitindo que na próxima PET a aquariofilia esteja forte bem representada Vamos ao que interessa...apresento-vos a Pet 3.0.. enfim foi o que se arranjou. Confesso que não estava naqueles dias de particular inspiração em que qualquer pedra ou tronco que toques parece que magicamente encontra o seu sítio no aquário, mas a ver se as plantas fazem a sua parte e no fim mitiguem parte das limitações do layout. Vamos ver. Data da montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II - Acrescentem um dimmer que atualmente está a fazer o ciclo do dia com o máximo a 50% da potencia Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: rochas "oceania rocks" Flora: Anubias barteri var. nana 'Petite - In Vitro Cup Eleocharis acicularis Eleocharis sp.'Minima' - In Vitro Cup Micranthemum sp. 'Montecarlo' - In Vitro Cup Utricularia graminifolia - In Vitro Cup Eriocaulon sp. 'Dong Ha' - PE Pogostemon helferi - PE Fauna: A decidir Fertilização: Método EI. Para já tudo tranquilo, aquário a ciclar sem nenhuma mexida e ainda sem TPAs realizadas. Vou fazer TPAs consoante o que se passa dentro do aquário, se tiver tudo ok provavelmente nem lhe toco. Para já apenas um ou outro ponto de melt na UG mas praticamente nada e sem evolução. Vamos ver como a coisa corre.
    6 points
  3. Olá amig@s!! Foi um prazer conhecê-los no dia 09/10. Foi a primeira vez que participei de um evento desse tipo. Me surpreendi com a qualidade do material e principalmente com o empenho de cada um de nós. Um grande obrigado a Aquariofilia.net, em nome do Tozé. E claro, aos patrocinadores. Nome do layout: "Por do Sol nas Serras do Porto" Montagem: 09/10/2022 Aquário: 45X30X30 (ILA) Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Twinstar 450CC II Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: rochas "oceania rocks" Flora: Eleocharis parvula Staurogyne repens- In Vitro Micranthemum sp. 'Montecarlo' Anubias barteri var. nana 'Mini Mini' Hemianthus callitrichoides Pogostemon helferi - PE Limnophila sp. 'Vietnam' Rotala rotundifolia 'H'ra' Rotala species 'Green'v Rotala walichii Fertilização: iniciarei dentro de 15 dias TPA: 50% Diariamente até iniciar fertilização Fotoperíodo: 6h por uma semana, 7h na segunda semana e na 3ª semana quero subir pra 8h ou 9h CO2: 45ppm Aeração: noturna Aqui após finalização do hardscape Aqui logo após molhar as rochas. Incrível como mudam de cor: Plantio finalizado: Depois de cheio: Acho que é isso. Agora é aguardar o "tempo do aquário"
    6 points
  4. E agora já em casa e com água …
    6 points
  5. Data da montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II 8h/dia Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: Oceânia Stones da Strideways Flora da Aquaflora: Micranthemum species 'Monte Carlo' Rotala species 'Green' Rotala rotundifolia 'Orange Juice' Eleocharis sp.'Minima' Vesicularia ferriei 'Weeping' Rotala rotundifolia 'H'ra' Rotala species 'Vietnam' Fauna: A decidir Fertilização: 2hr aquarist Apt1 Co2: Pressurizado 8h/dia
    5 points
  6. After 10 years living in Amsterdam - I have moved to Lisbon, and with that, on my great pleasure I manage to take participation of the 3rd edition of " Desafio Aquascaping Aquariofilia.net" ! It was an amazing afternoon, to meet local aquascapers, and share experiences!! 🙂 Data da montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II Hardscape: rochas "Relief Stone" / Troncos "Red Maior" Plants: Bucephalandra 'Blue Green' - In Vitro Cup Bucephalandra 'Kedagang Hydrocotyle cf. tripartita Cryptocoryne crispulata var. balansae Vesicularia species (Weeping Moss) - In Vitro Cup Vesicularia montagnei 'Christmas' - In Vitro Cup Microsorum pteropus 'Petit Rotala rotundifolia 'H'ra' Rotala rotundifolia 'Orange Juice Bolbitis heudelotii Higrófila Pinnatifida Hardscape: First fill : First water change:
    5 points
  7. Primeiro Tópico e primeiro Desafio [emoji123] Gostava de agradecer, desde já, a toda a organização e a todos os participantes pelo dia fantástico que foi proporcionado. Um dia com muita galhofa, muita experiência partilhada e acima de tudo um convívio que permitiu conhecer pessoas novas neste nosso mundinho do aquascaping. Bem... Então bem um gajo de cá de cima para a capital montar uma bacia... Fui sem grandes ideias em mente, sabia que queria usar madeiras porque a pedra em si acho que pede esse contraste e completam-se. Sobre as plantas escolhi com base no que achei que poderia dar para vários cenários caso no momento mudar de ideias em relação ao hardscape [emoji28][emoji28] Dia de montagem: 9/10/2022 Aquário: ILA Europa 45x30x30cm extra claro Substrato Fértil: Help Advance Soil Plants 8l Substrato inerte: ADA Colorado Sand roubada do Rodolfo Provenzano [emoji119] Iluminação: Twinstar 450CC II a funcionar 6h diárias CO2: pressurizado 6h diárias Filtragem: Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: Relief Stone e Red Moor Wood da Strideways Flora da Aquaflora: Anubias Barteri Pangolino Eleocharis Minima Helanthium Tenellum Hygrophila Lances Marsilea Angustifolia Micranthemum Micranthenoides Vesicularia Ferriei Weeping Juncos Repens Nesea Pedicellate Golden Rotala Walichii E dois ramos de pinatifida roubados ao Ricardo Italiano [emoji28] Fauna: não faço ideia do que vai ser Fertilização: 2hr Aquarist Apt1 Enviado do meu M2012K11G através do Tapatalk
    5 points
  8. 5 points
  9. Trabalhinho de hoje...plantar "carpete": Muito possivelmente...erros foram cometidos, não está perfeito e pode até não estar super bem plantado...mas neste momento só quero palmadinhas nas costas, não preciso de críticas ahaha 😝 porque foi mesmo difícil e claramente isto foi um teste à minha paciência 😣 Também aparei a Limophila sessiflora e replantei o que podei.
    5 points
  10. Sábado, dia 15 de Janeiro, pelas 15h vamos estar à conversa com Rodrigo Almeida, criador premiado internacionalmente. Não percam, em direto na página de Facebook da Associação Portuguesa do Betta (https://www.facebook.com/APBetta/)
    5 points
  11. Boas, Depois de 15 anos sem tocar em aquários decidi voltar ao hobby recentemente. O aquário ainda está a completar o ciclo do azoto, e faz amanhã 3 semanas. As algas já começam a chatear 😡 e tenho de andar sempre em cima do aquário nesta fase inicial, com muita TPA à mistura. A Monte Carlo e a Repens nas primeiras semanas fez "Melt", e ainda se encontram em fase de recuperação. No início tinha também acrescentado a Hemianthus Micranthemoides que derreteu por completo. 😩 A Monte Carlo não se propagou como desejava, mas devagar vai melhorando. A H'ra está a crescer mais lentamente que as outras rotalas, por ser In Vitro e ter um crescimento mais lento. Obrigado ao Mestre Rui "Ramirezi" pela orientação. Equipamentos: Móvel ADA 90x45x70cm Aquário ADA 90x45x45xm Iluminação Chihiros WRGB II 900 KIT CO2 2Kg Filtro Eheim Professional 4+ 350T Fauna: Caridinas Japonicas Otocinclus Affinis Neritinas Clinthon Corona Flora: Rotala Green Rotala Rotundifolia Rotala H'ra ELeocharis Acicularis Mini Monte Carlo Staurogyne repens Hidrocotyle Tripartida Lilaeopsis Brasiliensis Blixa Japonica Espero que gostem.
    4 points
  12. Olá mais uma vez companheiros! Vou responder aos simpáticos críticos (e amigos) primeiro. Depois vou actualizar. Querido @Pedro Mendanha Dias eu não sei se a montagem é tão simples assim. Não que não goste da ideia, porque gostava de fazer um brilharete com pouco. Ou porque se calhar não arrisquei tanto como outros concorrentes, não saindo tão fora da minha zona de conforto, usando só pedra. Mas espero um dia, talvez numa próxima, fazê-lo. Eu acho que a montagem é algo simples sim mas tem várias camadas. Bem como vários pormenores, eu dou muito valor aos detalhes, mas é algo que só vais reparar a observar de perto ou se eu os fotografar especificamente (coisa que ainda não fiz). As anubias desenvolvem-se lentamente sim. E é um dos desafios da montagem. Embora estejam a lançar uma folha nova a cada 2 semanas mais ou menos. Eu também arranjei uma maneira de remediar isso mais ou menos mas já vou falar mais à frente. O Eleocharis, eu acho que o segundo vaso, deu conta do recado. Mas "detona" aí à vontade ahah Quanto aos Badis, vou seguir o conselho. E, como assim tu sabes esse grito de Veterinária?? ahah lindo. Grito que não podia ser mais verdadeiro ahah Espero chegar perto das expectativas 🤞 Amigo @ismael_figueira! Acho que captaste bem o objectivo do aquário ahah É mesmo esse. Relax e consequentemente não dar ele também muito trabalho. Acho fantástico que o tenhas percebido com as parcas fotos que aqui estão. Espero (e acho) que as novas já sustentam um pouco mais a filosofia 😊😉 Ora então vamos à actualização. Eu não sei se o Tozé vai repetir o que fizemos no ultimo desafio, de imprimir o tópico para a PetFil mas acho que vou também editar o primeiro post para o mesmo ficar mais integro (feito meio à pressa) e pronto para tal. Vou colocar primeiro fotos que ficaram em falta de há um mês e depois mais actuais. No primeiro post eu já tinha referido que as pedras já tinham sido retiradas e eu já tinha colocado também mais um pote de Eleocharis para acelerar o tapete. Retirei algumas das anubias, uma da esquerda que eu acho que me estava a desiquilibrar o layout. E outra da direita que substitui por uma heterophylla mais pequena. Fiz também uma batota, adicionei isto: 2 pés de Hygrophila pinnatifida que estavam a flutuar da montagem anterior e ainda não decidi se mantenho porque estão a crescer demasiado e a enviar runners para tudo o que é lado; Blyxa japonica na parte de trás. Penso que não influencie em nada ou quase nada o layout mas preciso das mesmas para servirem de esconderijo para os camarões, uma vez que tenciono adicionar 3 ou 4 badis; Bolbitis heudelotii. E aqui, algo que falo no primeiro post, assumo o primeiro fracasso da montagem. Anubias é giro mas deixam a montagem em si algo despida. Não oferecem volume. As anubias continuam a ser o prato principal mas funcionam melhor como completemento ou COM complemento. Anubias e fetos, name a better duo. Assim deixo as fotos, onde considero que o aquário está a 30% do objectivo: E assim passo a colocar as mais actuais: Mais maturado. Mais perto do objectivo. Considero que o mesmo esteja a 55-60%. Sugestões? Eu sempre fui fã de fundos pretos nos aquários. Acho (ou achava) que dão uma maior profundidade e mistério ao layout, mas não ponho de parte a hipótese de, desta vez, se calhar substituir por uma fundo mais claro. Branco. Opiniões? 😄
    4 points
  13. Após ter estado ausente do fórum desde 2016, venho apresentar o meu último projecto. Embora não tenha estado ativo no fórum continuei o hobby. Por falta de tempo para dedicar ao hobby, acabei por desmontar o último projeto que aqui publiquei e montei um low tech 60cm. Entretanto, mudei de casa e este aquário de 60cm continua montado em casa dos meus pais mas não tenho nenhumas fotos atuais. Há três anos adquiri um cubo de 30cm que vai agora no terceiro setup que apresento aqui hoje. 1° set up 2° set up 3° e novo setup Equipamento: 30x30x30cm Chihiros a301 plus 80% Tru aqua design mini filter M Neo Aquario tiny co2 diffuser Tropica aqua soil Rocha Seiryu Raizes de spiderwood Flora: Hydrocotyle verticilata Ludwigia super red Rotala rotundifolia Limnophila aromatica 'Mini' Hemianthus​ micranthemoides Hemianthus callitrichoides Marsilea hirsuta Sagittaria subulata Bucephalandra Kedang miniround Bucephalandra (não tinha nome) Bucephalandra (também não tinha nome [emoji28]) Anubia nana petite Anubia nana bonsai Anubia marble panda (anugen 1) Hygrophila pinnatifida Fauna: Guppies endler Otocinculus Camarões red cherry Caracóis Leopard ramshorn 23/08/2022 Não estou 100% satisfeito com o layout e planeio fazer alterações. Primeiro vou esperar que as plantas peguem e a coisa estabilize. Não tinha mais rochas à disposição na altura em que refiz o 2° layout e não tinha onde meter os peixes portanto acabou por ser este o layout. 06/09/2022 De momento está com diatomas e staghorn a ver se estabiliza. Prometo fotos melhores no próximo Update! Sent from my SM-G975F using Tapatalk
    4 points
  14. Tal como disse na minha apresentação estou a acabar de fazer um pequeno lago no quintal com o principal propósito de aproveitar a agua da chuva para que as aves e anfíbios aqui da zona tenham um ponto de agua. Faltam apenas alguns acabamentos na parte exterior do lago e esperar que as plantas comecem a ganhar força o que agora só deve acontecer na próxima primavera. Pouco tempo depois de começar havia previsão de 2 ou 3 dias de chuva e mesmo sem ainda ter quase nada feito resolvi aproveitar para meter a lona e ligar uma mangueira a um caleiro para aproveitar a agua de uma parte do telhado para encher. O buraco foi feito com 3.5mt por 2.5mts e esperava conseguir afundar cerca de metade do lago até 1mt mas como me apareceu muito penedo e não queria subir o lago muito acima do nível do solo não consegui o que queria, ficou a zona mais baixa com 30/35cms e a mais profunda com 80/90cms mas em vez de meio lago com essa profundidade e por causa do penedo vai afundando gradualmente. Com os primeiros dias de chuva e com a ajuda da agua do telhado o lago encheu logo até acima, aproveitei para meter nenúfar-branco (Nymphaea alba) e lírio-amarelo (Iris pseudacorus), entretanto fui continuando as "obras" e quando dei por isso já lá estava uma Rã. Entretanto acabei as obras dentro do lago e meti Rabo de raposa (Ceratophyllum demersum) em 5 pontos do lago. Apesar de não ser o principal objetivo acabei por começar a ver peixes para lá meter para dar mais alguma vida ao lago, já lá estão alguns Aphanius mento, ainda pequenos e sem a cor azul, que mal foram colocados no lago desapareceram por completo durante 2 semanas, ao fim de 2 semanas comecei a ver 2 ou 3 nadarem nas zonas mais baixas do lago e reparei que um deles estava coberto por pontos brancos, não sei se já vinham com a doença ou se foi de alguma planta que lá meti mas depois de uma pesquisa aqui pelo fórum e pela net fui buscar medicamento e meti no lago todo, ao terceiro dia repeti e um dia depois voltei a deixar de ver os peixes. A ideia é usar apenas peixes pequenos no lago, próxima semana devo lá colocar alguns Danio gigante (Devario malabaricus) a conselho de um amigo aqui da zona que também os mantém no lago dele e estes devem ser a maior espécie que pretendo ter no lago. para não me alongar mais aqui ficam algumas fotos:
    4 points
  15. Bom dia. Após alguns anos a ser membro desta enorme comunidade, mas vergonhosamente, sem qualquer tipo de tópico ou resposta criada, quero apresentar-vos o meu aquário que completou um ano de vida, e que assinala também o meu primeiro ano a levar este hobby mais "consciente" e a tentar fazer as coisas nas mínimas condições, com a ajuda que me foi dada e também de muita leitura sobre a Aquariologia. A primeira foto que irei partilhar, foi a primeira fotografia que tirei após ter montado o aquário, ainda sem qualquer tipo de experiência e com muitos erros à mistura, mas que hoje em dia agradeço os erros, porque foi com eles que fui aprendendo e diariamente tentando corrigir, e com isso foi crescendo o meu interesse em fazer as coisas em condições e ganhando algum conhecimento. Ao fim da montagem, e já com o aquário com água, e como disse com pouca ou nenhuma experiência, eis que surge o primeiro problema na montagem, as pedras que pensava eu que iria manter o tronco submerso, não tinha peso suficiente e o tronco desfez toda a montagem que eu tinha idealizado. Após meses a corrigir, a lutar contra algas e a aprender a cada manutenção, surge a oportunidade de poder participar no primeiro Concurso Português de Aquascaping. Foram dias de muita indecisão se realmente valeria a pena participar ou não, e depois dos incentivos que me deram para a minha participação, porque no meu pensamento, não faria sentido participar com um aquário tão principiante a competir com os "tubarões" do aquascaping nacional. Mas a realidade que após algumas conversas e nessas conversas não posso deixar de mencionar o incentivo e palavras que a Vera Basílio me transmitiu, o meu maior objectivo com a minha participação, não seria ganhar nem o lugar de classificação, mas sim ganhar experiência e acima de tudo, ouvir, reflectir e colocar em prática todas as criticas construtivas que iria ouvir à análise ao meu aquário. De seguida deixo a fotografia que remeti para o concurso alguns meses após a montagem: Tal como tinha dito anteriormente, o maior objectivo da minha participação no concurso seria ouvir as criticas dos entendidos, e eis que chegaram os resultados do mesmo, se não me falha a memória, fiquei em 28º em 34 entradas. Mas não trocaria nenhum 1º lugar ao invés das correções e conselhos que me foram dados e que serviram para ganhar bons conhecimentos. A analise que foi dada foi em termos do tipo de plantas utilizadas bem como a localização das mesmas devido as suas características das folhas e ao seu volume, o tapete "monte carlo" que devia estar melhor cuidado bem como a sua poda e também aos musgos. Logo de seguida a todas as criticas, a melhor parte, tentar colocar em pratica todos os apontamentos feitos para melhorar o aquário: Aqui nesta foto, e já aplicado os conselhos dados, posso dizer que se na altura dos resultados do concurso já fazia sentido para mim as correções dadas, após metidos em pratica, ainda mais sentido fazia com o aquário melhor organizado em termos de hardscape, no volume das plantas bem como as suas tonalidades, as suas formas, bem como o cuidado a ter com o tapete. Após meses de aprendizagem, agora com o aquário maturado, apenas a dar manutenções obrigatórias de 15 em 15 dias e a podar as plantas para não perder as suas formas, deixo uma foto tirada á poucos dias atrás de como está neste momento após um ano de existência, de experiência e acima de tudo, de muito orgulho neste meu primeiro ano de Aquariologia. Espero que tenham gostado do tópico, e que para mim, seja o primeiro de muitos, após vários anos como membro não participante. Um bem haja a todos, que a minha cabeça já está focada na minha próxima montagem.
    4 points
  16. mais uma semanita mais uma TPA mais um update 😄 ... explorei uns novos angulos do aquario .... Blue Pearls ? "Green Pearls" Red Lobster Blue Lobter Shrimp in Black ?
    4 points
  17. Return from holidays - eu já vinha mentalizado para um desatre por completo ... um tanque cheio de algas ... uma verdadeira experiencia bacteriana em desenvolvimento. E foi assim que o encontrei ... Em modo wild 😄 mais umas observações aquando conseguia tirar os olhos das plantas ... e de repente vejo uns salpicos vermelhos ... eh lá o que é isto ??? eu nao tinha cherry's .... e depois de umas boas horas em TPA e aparadelas nas plantas ficou assim ... A monte carlo lá arrancou ... as reinicki a recuperar ... a cuba está pegadinha mas estou com alguma dificulodade em conter o solo onde tem pouca ou nenhuma cuba ainda tive que andar a chupar solo e lá aparecem umas qtas amareladas que se revelaram um festim para os camaroes 😄 está a começar a ficar como idealizei mas reconheço que se tivesse mais 10cm de altura ficava melhor para se ver o contraste da green com a H'ra ... mais um mesito ou dois e fica no ponto 😄 ... apartir de agora vou começar a contar os dias da diferença de crescimento da green para a Hra para tirar uma foto de jeito
    4 points
  18. Ontem foi dia de TPA (ando a fazer duas por semana... percebi que assim consigo controlar melhor a coloração neutra das pedras e, até mais ver, prefiro-as assim limpinhas, em vez de ter aquele ar mais "gasto pelo tempo"). Como hoje o aquário estava tão "limpinho", resolvi fotografa-lo e deixar aqui uma actualização. Estou contente com a fotografia, mas não com o aquário. Já passaram dois meses desde que o mesmo foi inundado, e noto um crescimento muito lento das plantas. Não me incomodaria se elas estivessem a crescer a um ritmo constante. Até agradecia... poupava-me o trabalho de ter que as andar a cortar mais regularmente. Mas o que estou a notar é que as mesmas ora crescem num lado ora noutro não, noto muitas raizes aéreas, e apesar de ter sempre folhas novas, não as vejo com uma coloração muito saudável. Pode ser só impressão minha, mas começo a duvidar das capacidades da minha calha, e por isso estou a pensar em trocá-la por uma RGB. Fiz até um post sobre isso, mas não tive ainda qualquer feedback: https://www.aquariofilia.net/forum/topic/263686-chihiros-wrgb2-slim-vs-weekaqua-l900-pro/#comment-1443831. Ah... detalhes... 8 horas de iluminação por dia com uma A801 da Chihiros... fertilização com Specialized da Tropica e Excel da Seachem... CO2 pressurizado. Nos sítios onde se nota mais crescimento das plantas, estou muito contente com a mistura das diferentes espécies. Nos outros sítios, tenho buracos onde se vê o substrato. Não procurem na imagem porque o ângulo não permite vê-los... sou fotógrafo de profissão 🙂 . Já agora, deixo a pergunta... a minha ideia era comprar um cardume de Ember Tetras, mas gostava de saber qual a vossa opinião. Grande abraço e, caso seja o caso, boas férias!
    4 points
  19. Another Blue Mommy Amano big Mommy Snail Plateau Estou a ter alguma dificuldade a fazer com que a Monte Carlo expanda para os lados ao invés de estar sempre a descer ... a ver se com calma e paciencia consigo cobrir e dar o efeito desejado.... Find the Blue Wally
    4 points
  20. Acho que os vou manter pelo aquário...não me faz sentido descartar só porque não são tão bonitos... Penso que não. Se eu quisesse continuar com todos vermelhinhos tinha de ir seleccionando a cada vez que nasciam...deitar estes de low grade fora e ficar só com os mais vermelhos. Deixo-te umas fotos para veres o aspeto geral. Corre tudo bem à excepção da minha Hygrophila polysperma e que honestamente estou a pensar retirá-la. Todas as outras plantas estão bem. Ando também na luta para a parte de cima do aguário não ficar marcada com calcário(?!)... Entretanto também ando a estudar o que fazer para deixar 15 dias o aquário sozinho porque vou estar de férias. Uma boa quantidade de dinheiro em seres vivos...Como está a questão das cianobactérias?
    4 points
  21. Este início de semana, foi dia de ir gastar mais uns euros à loja... Adicionado: 5 x Caranguejos Eremitas Vermelhos 5 x Caracóis Nassarius 5 x Caracóis Trochus Coral NCF Yellow Eagle Eyes Zoanthid (2 pólipos) Agora as fotos: Anémona contente Anémona teimosa, que não sai debaixo da rocha para apanhar mais luz Hammer Coral (e não, não aumentei a saturação da foto, o verde é mesmo assim) Camarão, caracol e eremitas A concha a olhar para mim e com a trombinha de fora Fotos "de corpo inteiro" O objetivo aqui é ter anémonas suficientes para não se ver rocha... mas já comprei um "coralzinho" novo, não me vou aguentar sem comprar mais qqr coisa! 😅
    4 points
  22. Boas Ora vamos a mais umas notícias deste aquário. Aqui vai foto tirada hoje. Aliás Foto no início E foto de hoje A evolução para mim é brutal, houve ali alguns momentos que parecia que estava a perder mão a isto, algumas plantas não cresceram como esperado, outras deixei crescer demais e tomaram conta do layout, outras simplesmente não cresceram, faz tudo parte do processo de aprendizagem e evolução. A luz Acho que aqui está a principal razão para a evolução do aquário desde o último post, este aquário desde o início usava uma twinstar 600S, esta calha está aconselhada para aquários até 45 cm de profundidade, mas este aquário está cheio de madeira, tornou-se óbvio que a calha sozinha não estava a dar rendimento, as plantas do plano intermédio cresciam bem, mas a plantas frontais e de background não cresciam tão bem. Não tem nada a ver com potência, a 600S tem potência mais que suficiente para este aquário. Decidi adicionar uma segunda twinstar 600E, coloquei-a na frente e movi a 600S mais para trás, não estão no máximo, mas a diferença foi enorme, as plantas começaram a crescer mais compactas e a espalhar-se melhor. O Musgo Ora o musgo neste layout foi um desafio, para começar eu inicialmente não coloquei quase nenhum nas madeiras, e depois com o tempo tornou-se óbvio que era necessário mais musgo, foi aqui sugerido aliás. O problema é que o musgo escolhido Xmas cresce por todos os lados, e espalha-se para todo o lado e tem tendência a descolar da madeira com facilidade. Teria sido mais aconselhável fissidens ou riccardia, que crescem mais lentamente, e em vez de colar se calhar outro método do iogurte que já usei no passado aí o musgo cresce directamente da pedra ou madeira. Mas na altura decidi que não queria dry starts e arranjar a quantidade necessária de fissidens ou riccardia para isto era difícil. Ou seja foi necessário trabalhar o que tenho, podar o musgo, e ir colando de novo quando se soltava. O resultado até que não está nada mau de todo, a luta para impedir que o musgo tome conta de tudo é que é constante. As bucephalandras No último post tinha falado que as bucephalandras tinham crescido demais e tapavam o layout demais ao ponto de que não ficavam bem, simplesmente removi as mesmas cortei o que estava a mais e replantei, elas agora já começam a ficar mais altas de novo, mas eu comecei a andar com a tesoura encima das folhas, removendo algumas para não deixar tomarem esconder tanto a madeira e rochas. O mesmo teve que ser feito para anubias, pois estas crescem lentamente e as vezes eu não notei que elas estão a começar a crescer demais. Substituição de plantas Quando este aquário foi montado ele tinha eleocharis acicularis nas traseiras e rotala wallichi, ora a rotala visto que a luz nas traseiras não era a melhor definhou, ainda lá estava mas aquilo até dava dó. Esse caso foi resolvido com a adição de nova wallichi que com a nova luz em uma semana está a crescer a olhos vistos e bem vermelhinha. Em relação a eleocharis, se bem se lembram tive um problemas grande de algas no início, a eleocharis acicularis é alta, mas quando teve algas eu tive que podar as partes danificadas e a planta quando recuperou não voltou a crescer alta, simplesmente criou um tapete lá atrás, que escondido atrás das rochas não se via e tornou-se um íman de musgo. Ainda pensei em trocar por nova acicularis mas decidi seguir por outro caminho, foi adicionada rotala h'ra e green, neste momento mal se vê pois só lá está há uma semana. Mas com tempo vou tentar fazer moita lá atrás, vou tentar dar a forma de maneira que que fiquem discretas pois quero que apenas sejam apontamentos nas traseiras e não um ponto focal de distração em relação ao resto do layout. Pormenor da rotala wallichi atrás, da uma ideia de como quero que fique. Substrato e pedras Ora antes de plantar as plantas novas nas traseiras tinha que resolver outros problemas, o layout estava fixe, mas parecia que na traseira faltava alguma coisa, parecia incompleto, vazio, como se o layout acabasse abruptamente e não estava a fazer uso do espaço vazio onde a eleocharis estava escondida, por isso antes de colocar as plantas foram adicionadas algumas seiryu stones pequenas novas para dar um pouco mais de detalhe á composição atrás e foi também elevada a altura do substrato, pois o mesmo havia compactado e eu já não quero voltar a correr o risco de ter plantas lá atrás que não se vêem. Caminho O caminho desde layout tinha-se perdido com o tempo, mal se via lá atrás pois a compactação do substrato fez com que ficasse escondido atrás das árvores, e há frente foi engolido pela massa vegetal. Eu até tentei resolver o problema mas foi apenas após o Tozé Nunes me apontar essa falha que decidi jogar mãos á obra e resolver o problema, joguei mãos á tesoura, dei um desbaste na monte Carlo, musgos e anubias para conseguir que o mesmo fosse visível até às traseiras. E atrás simplesmente adicionei mais areia até o caminho ficar de novo visível. Algas Ora este aquário nunca foi um grande problema com algas, pelo menos para mim que não me incomodo muito com elas desde que sejam estejam controladas, no entanto nos musgos e anubias tem havido algumas. Vou controlando com Excel, mas a garrafa acabou e só consegui mais a semana passada, tenho andado a fazer spot treatments e de momento as algas já começam a desaparecer. Tenho sido um bocado relaxado na manutenção também, agora tou a começar a andar mais encima para conseguir por isto em condições para foto final. Outro problema são alguns pontos negros onde a corrente não é a ideal as plantas não crescem tão bem, isso verifica-se apenas atrás da árvore do lado esquerdo, alterei ligeiramente a configuração das Lilly pipes, tenho o skimmer a funcionar perto do difusor de CO2 e aos poucos este problema parece estar a resolver-se. E finalmente mudei de fertelizante, estava a usar seachem mas com a confusão das garrafas era mais as vezes que me esquecia do que as que me lembrava, por isso na minha visita a soluções decidi experimentar os fertilizantes da 2HR aquarist . De momento estou a usar o APT complete 3, acho que noto melhor cor e crescimento nas plantas, mas isso deve-se mais as minhas falhas do que aos produtos seachem, já tive resultados excelentes ao longo dos anos com eles, mas já começa a chatear a enormidade de garrafas, saio para o trabalho cedo e volto tarde, simplesmente não tenho tempo, assim com este é uma garrafa, uma bombada a cada 2 dias e já está. E prontos este texto já vai muito longo, por isso acho que fica por aqui, o aquário está como podem ver na foto, estou bastante contente com ele e com a sua evolução, tou a pensar mandar tirar foto final para concurso, agora só tenho que convencer algum dos experts da fotografia a vir dar um passeio a Setúbal. Que acham do aquário? Estou aberto a sugestões e críticas construtivas. Enviado do meu M2006C3LG através do Tapatalk
    4 points
  23. Muitos, incluindo eu, acharam que este dia nunca ia chegar, mas dois meses depois de ter sido encomendado lá consegui trazer o tanque para casa. Devo dizer que estou super contente com aquilo que me entregaram, e duvido muito que o preço que paguei pudesse ter comprado mais qualidade. Não tenho nada a apontar senão coisas boas. As colagens são de uma qualidade que nunca vi... não encontrei um pingo de silicone fora da espessura do vidro (e acreditem que procurei bem!). A imagem em baixo tenta mostrar essa perfeição... espero que consigam percebê-la. O vidro extra-claro também é coisa a que não estou habituado... vai ser muito difícil a partir de agora voltar algum dia a ter um aquário de vidro "normal". Não sei muito mais o que dizer... estou muito contente com as dimensões que escolhi, também. Já é coisa para meter algum respeito, e para a qual vai ser preciso ter muita mãozinha. Ah... em cima do móvel fica perfeito! E a antiga calha da Chihiros (com os suportes) parece fazer bem o seu trabalho de iluminar uniformemente todo o tanque (estava com algum receio, nesse aspecto). Ainda em relação à calha, parece-me que potência de luz não me vai faltar. Agora é esperar que o meu tanque de transição acabe a ciclagem para depois desmontar o mais antigo, colocar este no seu lugar, e começar a montagem do layout. Espero não demorar muito tempo... ainda tenho um Dry Start pelo frente. Eheh. Este tanque tem sido um teste à minha paciência. E há de continuar. Desejem-me sorte! Para todos os interessados, o fabricante do tanque é a ILA. A loja que mo vendeu chama-se Mundo Animal e fica em Vilar do Pinheiro (Vila do Conde). O espaço parece-me mais virado para aquários de peixes de grandes dimensões, mas tem muito equipamento que pode servir o pessoal desta zona que não se queira deslocar ao Porto, por exemplo. Não é a loja com a maior oferta de produtos que já visitei, mas tem muito mais que o básico. O pessoal é super-simpático e esforça-se por satisfazer as necessidades do cliente. Por último, e como não tenho muito a esconder, o aquário ficou-me por 145€... digam-me vocês se é caro ou barato.
    4 points
  24. Boas tardes, Só para deixar aqui os resultados do EAEC 1° Edição do Concurso Europeu de Aquapaisagismo, autorizado pelo IAPLC. Ficou no Top 27, de entre cerca de 400 participações. On the way to hope - 13° E o que também fiquei contente com estes dois resultados : Best small aquatic - Golden Prize 1° Best nature - Bronze prize 3° Uma foto manhosa tirada ao ecrã da TV, que ainda não sairam as fotos oficiais do concurso, diz o organizar por motivos relacionados com a pandemia, não tem conseguido actualizar as páginas do Facebook e do Instagram. Já no CPA - Concurso Português de Aquascaping ficou em 4° de entre 35 participações, resultado com o qual fiquei de facto surpreendida. Resta saber o resultado da última edição do EAPLC, que será até ao fim deste mês, pelo menos assim estava previsto. Mas sinceramente, não tenho a certeza de ter mandado este aquário, a ver vamos. 😊
    4 points
  25. Boa noite malta, Finalmente publico as fotos referentes à montagem de 9 de Outubro, para a 3ª edição do Concurso de Aquascape para a PetFestival 2023. E depois de participar no segundo/último, o objectivo deste é não cometer os mesmos erros do anterior. Que foram uma má gestão da fertilização/CO2 e devido a questões profissionais, andar com o aquário atrás entre Lisboa - Algarve - Alentejo. Assim, desta vez fiz uma escolha de plantas mais resistentes e low maintenance, bem como o apetrecho de um sistema de CO2 profissional. O objectivo é um aquário à imagem das plantas escolhidas, que não dê trabalho a médio/longo prazo e onde a Anubia é rainha. A intenção é a de conseguir fazer uma montagem onde as Anubias sejam o foco principal, criando uma espécie de floresta. Desafios da montagem (além do óbvio, conseguir montar um aquário com o hardscape que nos dão): Não cair nos mesmos erros; Contrariar a lentidão do desenvolvimento das plantas escolhidas e conseguir criar o efeito pretendido. Assumo desde já que, infelizmente, não tirei muitas fotos e as que vou colocar hoje são as primeiras. O aquário em si já está um pouco mais maturado mas mais à frente já explicarei. Então Setup: Aquário: ILA 45x30x30cm - 40L brutos Iluminação: Twinstar W/RGB Twinstar 450CC II Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini (e posteriormente o anterior Hailea bio filter cascata SL-306) Termostato: Resun 50W - 26ºC Sistema de CO2: Pressurizado 1 bps 8h/dia Fertilização: Por enquanto nada mas mais tarde o 2hr aquarist apt1 Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Hadscape: Relief Stones da Strideways e Red moor wood (Aqua)Flora: Eleocharis sp.'Minima'; Anubias Barteri; Anubia Hastifolia; Anubia barteri glabra; Anubia bartei gold coin; Cryptocoryne petchii 'pink; Cryptocoryne wendtii 'Flamingo; Hydrocotyle verticillata; Vesicularia Dubyana (Christmas Moss) Fauna: Futuramente receberá um casal de Badis Badis, casal lésbico de Góbios azuis (Stiphodon sp. Undio Blue) que de azul não têm nada, Amanos, Otocinclus e os Babaulti Tiger. Foto frontal: Lateral esquerda: Update: Já retirei as pedras por cima dos troncos, o que já deixa percecionar o efeito de copa suposto naquele lado. Comprei mais um vazinho de Eleocharis e plantei metade (não tive paciência para encontrar mais espacinhos para o restante), bem como mais uma Anubia Barteri e hastifolia. As Cryptos, depois de meltaram uma ou 2 folhas, já estão a germinar folhas rosa. Como não tenho estado em Lisboa, há coisa de uma semana que não vejo o aquário... Esta semana volto e tentarei actualizar! 😄 Ps- Vocês têm de me ensinar a tirar fotografias aos aquários... Bom resto de fim-de-semana!
    3 points
  26. Boas pessoal, Dia 35. Por aqui vai tudo andando sem grandes sobressaltos a flora a crescer bem. As diatomáceas apareceram a semana passada, principalmente nos vidros, mas nada que uma manutenção não resolvesse. Ainda não limpei rochas nenhuma, há-de ser para breve. Assim com aquele verdete perde um pouco o contraste. A fauna entrou....tinha por aqui uns guppies que ficaram da venda do aquário grande, assim como 5 caridinas japonicas e red cheries. Ainda tenho 9 neritinas puligera (enormes, com quase 6 anos) que vou começar a introduzir. Estou a atrasar a sua entrada, dado que se tiverem substrato disponível elas gotas de se enterrar. Se os tapetes estiveram fechados o problema em princípio já n se põe. Continua com a iluminação no máximo a 55% e a fertilizar dia sim dia não com 3ml de macros e 1,5ml de micros.
    3 points
  27. Mais uma edição do Desafio Aquascaping Aquariofilia.net, que depois de parado, por causa de tudo o que aconteceu nestes últimos anos, tivemos finalmente a 3a edição em 2022. Apareceram os "suspeitos do Costume", mas havia algumas caras novas e espero que comecem a haver mais, que isto de andar com aquários às costas já começa a custar... E ainda tem de ser carregado para a PetFestival em Janeiro e depois novamente para casa. Ia com uma ideia em mente, mas ao analisar bem a coisa, apercebi-me que ia ser pouco praticável, para o tempo que tínhamos disponível, por isso resolvi fazer uma coisa mais "comercial", mas que fosse de fácil manutenção e que me agradasse manter. As plantas que tinha escolhido, eram para a outra ideia, mas serviram bastante bem com o layout que saiu e deu para passar a ideia do aquário que criei na cabeça ao ver o Hardscape disponível, para realidade. Aqui fica o setup e as fotos de quando o finalizei e depois com água. Data da montagem:09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: rochas "Relief Stone" / Troncos "Red Maior" Flora: Anubias "Coín" Anubias "Pinto" Anubias nana "petit" Cryptocoryne parva Bucephalandra "Deep Purple" Microssorium "Petit" Marsillea hirsuta Vesicularia sp. "Weeping" Fauna: Poecillia wengei Neocaridina daviddi Neritina SP. Fertilização: The 2hr AQUARIST - f e APT1 CO2: Pressurizado Fotos:
    3 points
  28. Ora boas Lá estámos naquela altura do ano, o 3° desafio de aquascaping, o meu histórico na competição é um pouco tímido, não participei no primeiro por desistência de última hora e no segundo nem me lembro que lugar fiquei, mas lembro que não foi nada de encher o olho. Sinto passei ao lado de uma grande carreira, mas como enquanto há vida há esperança cá temos o terceiro desafio para me redimir, já não dá para Cristiano Ronaldo, nas sinto que dá para Paulinho, e se começar aos mergulhos lá para dentro até chego a Taremi. Uma coisa é certa o segundo desafio ficou marcado na minha vida para sempre, era para não participar pois estava a atravessar um mau momento pessoal, até que o Tozé me disse que o que eu tava a precisar para animar era um desafio de aquascaping. O Serrenho ganhou o concurso mas o prêmio levei eu, faz 2 anos e 8 meses que eu e a Susana começamos a namorar, e tudo começou na pet. Tás a ver Tozé, se o negócio de organizar desafios for por água abaixo podes sempre começar a organizar casamentos [emoji1787][emoji1787][emoji1787] Mas as coisas este ano não começaram bem, a pré-poca foi um desastre, mudança de casa, filhos e mulher doente, fui para o desafio com pouca ou nenhuma preparação, sem ideia do que montar E para piorar na noite antes do desafio vou preparar o aquário do primeiro desafio que ia usar e dou com ele partido, pensei cá para mim, já deu buraco. Onde vou agora arranjar outro aquário? Mas homem prevenido vale por dois, e tipo Jürgen klopp ou Guardiola, olhei para o banco e lá estava um suplente de luxo. O aquário do segundo desafio, sem qualquer aquecimento entrou em campo para salvar o dia. Mas pera lá, tu.disseste que não entraste no primeiro desafio? Como raio tinhas um aquário do primeiro para partir? Epá isso é uma história complicada, sem elaborar muito digamos que o aquário que foi rifado na primeira edição do desafio acabou nas minhas mãos há uns dois anos atrás. Comparo-me eu ao klopp e Guardiola, mas devo ser mais um Fernando Santos a enterrar jogadores, neste caso a partir aquários. De qualquer maneira domingo de manhã lá me meti a caminho com a Maria e o bebé, a caminho da Fil. Sim o bebé, é a minha última esperança, de quatro filhos só me sobra este para seguir os caminhos do pai, até agora a coisa vai bem encaminhada. Entre mãozinhas marcadas no vidro, calhas desligadas e chegar a casa e encontrar ele a mexer nos CO2 tipo "pai não percebes nada disto, deixa lá que eu é que sei, vez já resolvi o problema" a coisa ainda lá vai. Bom chegamos à FIL a tempo de ver o Ismael, o verdadeiro campeão do desafio, o único campeão que ganhou sem se inscrever, bom digamos que chegamos a tempo de ver ele ganhar outro prêmio para o qual não se tinha inscrito. Pneu furado, o pobre do Ismael a trabalhar e o pessoal a todo a volta dele a dar apoio moral, o Tozé ajudou tanto que ficou cansado, e depois o Ismael para retribuir o favor foi lá dar uma ajudinha e montou-lhe o aquário, porque raio não pensei eu nisto. Bom a conversa já vai longa e ainda não chegamos ao que interessa aqui vai: Aquário: ILA 45x30x30 vidro extra claro Actualmente todos os aquários que tenho são ILA, para bom entendedor meia palavra basta. Filtro: hmmm qualquer coisa da aquael ( oh Tozé qual é a marca do filtro do desafio? É para um amigo) Luz: twinstar série II 450 CC Hardscape: relief stones ( ou como eu lhes chamo a salada de rochas, já explico porquê) Substrato: Help advanced soil plants + areia de filtro de pisicina CO2: strideways com difusor twinstar M Plantas: Monte Carlo Anubias petite Anubias pangolino Criptocoryne parva Bucephalandra deep purple Rotala h'ra Rotala orange juice Rotala yao yai Rotala green Bom quando olho para este aquario só pergunto a mim próprio, que raio me passou pela cabeça, de onde veio a ideia, ou que raio esperava atingir, sinceramente não sei. Comecei a colar pedras e quando dei conta tinha isto, não tou a dizer que é feio, mas é daqueles layouts que destoa, difícil perceber qual é era a ideia até para mim que o montei. Mas acho que isso já é normal em mim, todos os que me conhecem sabem que eu não bato bem da marmita, e que já me faltam alguns parafusos. De qualquer maneira se pudesse descrever a ideia, acho que era fazer algo diferente, queria algo com algumas sombras nas laterais e linhas diagonais bem definidas, se esse objectivo foi atingido, quem sou eu para apreciar arte, isso deixo para os entendidos [emoji1787][emoji1787][emoji1787] Neste layout queria experimentar a espuma de poliuretano pela primeira vez, a ideia era só usar a espuma para impedir o substrato de rolar para a frente, mas como foi a primeira vez acho que abusei e acabei com um aquário que se ficar bonito de frente decididamente não o é visto de lado, mas em termos de preencher os espaços entre as rochas é bastante eficiente. Tirando isso aceitei usar as relief Stone, andava demasiado ocupado com a mudança para andar na guerra pelas Oceania Stone e ao mesmo tempo queria tentar algo diferente. Mas tenho mixed feelings as relief stones não são um tipo de rocha, são dois, no meu lote tenho lá umas rochas que são claramente rochas de lava extremamente porosas, e outra Rocha de cor semelhante lisa, são bonitas, mas tenho a certeza que não são a mesma Rocha pois ao parti-las com o berbequim era claramente visível que além da textura, a composição das pedras era diferente, gosto bastante das relief stones mais lisas, não desgosto da versão de rocha de lava, mas para mim essa versão é meramente uma rocha de lava como as outras. As plantas usadas não foi nada de radical, como não tive tempo para mais mandei ao Tozé a lista base que eu uso em quase todas as minhas montagens, claro de layout para layout há variações mas diria que a maioria das que usei aqui são a espinha dorsal dos meus layouts. Ou seja nada de muito excêntrico ou espectacular, sem preparação joguei pelo seguro e escolhi um leque de plantas que me serviria em quase todo o tipo de layout. Bom isto há vai muito longo, o dia foi bem passado, embora eu desta vez me tenha deixado levar pelo layout e não tenha passado tanto tempo a conversar e confraternizar com os meus companheiros de jornada. O aquário foi para casa e aqui vai um update, faço TPA de dois em dois dias de 50%, falhei uma vez ou outra por causa dos problemas de saúde familiares que já são conhecidos, infelizmente não me deixaram levar o aquário para o hospital e fazer a TPA lá, até que tinha dado jeito para distrair que isto nos hospitais está pela hora da morte Coloquei um dimmer daqueles sem ser Wi-Fi, tem que se programar manualmente, nada de telemóveis, mas é bastante eficiente. A calha, tinha as minhas reservas em relação a esta calha, apenas a pedi pois embora aqui tivesse ainda as 300C de outros desafios acreditei que ficava em desvantagem se as usasse contra as 450CC, mas não esperava nada de especial delas, tenho aqui uma 450E e não esperava que as CC conseguissem algo semelhante. Até agora estou impressionado, para uma calha budget tem boas cores e parece competente. Não em lembro agora dos settings, depois coloco. O CO2 liga 2 horas antes da luz e coloquei um timmer do chinês que chega bem. O filtro é um aquael versamax FZN- Mini, para um aquário deste tamanho até que não se porta mal, é pequeno e silencioso que é uma das maiores reclamações que se fazia ao filtros de edições anteriores, mas em termos de performances não esperem milagres, é competente. Fora disso, as plantas estão a crescer bem, tenho algum melt na monte Carlo, mas é normal, não vou perder a cabeça por causa disso. Tenho fertilizado com APT, usei o completo no meu aquário do IAPLC e fiquei satisfeito . Fora disso já tive que podar as rotalas. Epá o testamento já vai longo o pessoal já me acha maluco que chegue, aqui fica uma foto do aquário hoje. Enviado do meu M2006C3LG através do Tapatalk
    3 points
  29. Está tudo na mesma. Tpas diárias de 5l e a coisa vai andando... Só deixar umas fotos com uma luz diferente e um ângulo diferente e uma da Anubias Pinto.
    3 points
  30. Não é a primeira vez que me acontece. E, antes, em aquários sem algas ou sem os problemas que tive. Curioso é que acontece sempre nesta altura do ano. Poderá ter haver com a água da rede. Outra coisa que acontece é ser recorrente a quebra de crescimento na Monte Carlo. Sempre a misturei com outras plantas (algumas supostamente "difíceis" como a Blyxa) e é sempre a Monte Carlo que sofre. Que é esquisito, é. Eu resolvia isto facilmente com um sistema de RO e um filtro melhor. Mas também planeei este aquário até ao pormenor e a coisa deu para o torto, o que quer dizer que a teoria é sempre muito bonita, mas na prática as coisas nunca funcionam (pelo menos para mim). Já não consigo contabilizar as montagens que fiz nestes últimos 4 anos, e o melhor resultado que tive foi quando comecei. Usava uns projectores de LED comprados nos chineses... não fazia fertilização... o layout foi feito com umas pedras que encontrei aqui na rua (literalmente! isto estava tudo em obras e eu fui "roubar" umas pedras durante a noite ) e o sistema de CO2 era feito com gelatina e açúcar. Tenho uma imagem que o comprova:
    3 points
  31. Boa tarde a todos, Antes de mais, quero agradecer a oportunidade que me foi concedida, em participar no meu primeiro desafio presencial desde que entrei no hobby, e a todos os intervenientes, que trabalharam e fizeram com que o evento fosse um sucesso. Foi sem dúvida um evento que me encheu o coração, e que excedeu as minhas expectativas, pelos excelentes momentos de partilha de experiências, por conhecer alguns de vocês pessoalmente e por ter saído do evento com o sentimento de objectivo cumprido mediante os meus conhecimentos. Título: Trilho da Vinhas Data da Montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30cm Extra Claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini HardScape: Rocha "Oceania" Flora: Micranthemum sp. 'Montecarlo' Hemianthus Callitrichoides 'Cuba' Bucephalandra Lamandau Mini Red Anubias Barteri var nana 'Petite' (in vitro) Hygrophila Pinnatifida Staurogyne Repens (in vitro) Vasicularia Ferrei "Weeping" (in vitro) Rotala Rotundifolia 'H'RA' Rotala sp. 'Green' Eleocharis Parvula Fertelização: A partir do décimo quinto dia após a sua montagem com APT Co2: Stridways Pro Co2 de 8h/dia Fauna: A definir Fotos: Conclusão: Ao momento tudo a arrancar dentro das expectativas, tirando uma ou outra Staurogyne Rapens e "Cuba" que queimaram após uns dias. Agora é deixar as plantas crescerem para se ir replantando para criar moitas e formas como tenho planeado para este aquário. Espero que gostem. Nunca é demais agradecer a todo o staff, e participantes, o maravilhoso dia que me foi proporcionado. Até breve.
    3 points
  32. Após uma pandemia mundial que nos obrigou a suspender os eventos de aquariofilia eis que a "normalidade" voltou e com ela veio a necessidade de retomar o desafio de aquascaping aquariofilia.net, sendo esta já a terceira edição. E como não podia deixar de ser cá estou eu com mais um aquário! Desta vez decidi usar uma rocha vulcânica que, além de ser uma estreia para mim, pensava eu que ia ser mais leve de transportar... 🤣 Com a ajuda preciosa do @ismael_figueira que já não bastava ter furado à porta da FIL ainda teve que se sujeitar a seguir as minhas indicações na elaboração do layout! As más linguas vão dizer que isto foi batota e que eu devia ser desqualificado! Pois foi feito um requerimento nesse sentido durante o dia da montagem e após cuidada análise da parte da organização 🙄 foi indeferido! Eis portanto o N2 que atravessa Portugal de Chaves a Faro por entre montanhas e planícies simbolizado pelas paredes de pedra recortadas para passar a estrada. Resta-me agradecer aos que acreditaram e nos apoiaram mais uma neste evento, aos aquascapers que participaram e a todos os que foram assistir no domingo passado. Data da montagem: 09/10/2022 Aquário: ILA Europa 45X30X30 cm extra claro Substrato: Help Advanced Soil Plants 8L Iluminação: Calha W/RGB Twinstar 450CC II 8h/dia Filtragem: Filtro cascata Aquael Versamax FZN-Mini Hardscape: Relief Stones da Strideways Flora da Aquaflora: Anubias barteri var. nana mini mini Bucephalandra Lamandau mini red Cryptocoryne 'parva' Micranthemum sp. 'Montecarlo' Hemianthus callitrichoides 'cuba' Gratiola viscidula Proserpinaca palustris 'cuba' Rotala 'Hra' Rotala 'orange juice' Limnophila sp vietnam Fauna: A decidir Fertilização: 2hr aquarist apt1 Co2: pressurizado 1 bps 8h/dia
    3 points
  33. Quem me conhece (ninguém😁), sabe que sou um aficionado pelo mundo submerso e tudo o que rodeia o Aquascaping. Mas acima de tudo, o que realmente me fascina é a preservação da natureza, bem como a criação de "pedaços" de natureza para casa, com detalhes únicos e para serem apreciados e que sirvam de inspiração para outros criadores de arte natural. Deixo para vocês um dos meus mini-terrários cá de casa. Deixo-vos também uma foto apenas do hardscape da montagem do mini-terrário para poderem tirar umas ideias para as vossas criações. Espero que gostem e brevemente partilharei os restantes terrários cá de casa.
    3 points
  34. Acho que não deixava há algum tempo a vista geral do meu aquário. Não há grandes updates, o aquário está em velocidade cruzeiro e o Caroteno continua no aquário hospital. A barbatana do Caroteno parece estar a regenerar mas é sempre dificil de perceber...acho que no fim de semana o volto a colocar no aquário 🤗 AHHH e filtro internos são mesmo horríveis...estava a pensar usar o filtro do kit para fazer um aquário de camarões com 10 L mas já desisti da ideia lol...hei-de comprar um outro de cascata.
    3 points
  35. Mais uma fornada a caminho:
    3 points
  36. 3 points
  37. E chegou o último peixinho do aquário. Um Betta Halfmoon todo irisdescente: Primeiras impressões: Betta pacífico (estava na Solaqua juntamente com Rasboras e super tranquilo). Em relação ao temperamento dele com as neocaridinas claro que já as tentou petiscar, mas como tem barbatanas muito compridas, não é suficientemente rápido para as apanhar. No que toca aos outros peixes, os Ember Tetra e as Corys tem um bocadinho medo dele e não tentam petiscar as barbatas do Betta. O Betta tenta ir atrás deles , mas mais uma vez, demasiado lento para os apanhar. Nota-se que ainda está um bocadinho stressado, só entrou ontem no tanque e é dar tempo ao tempo mas parece-me possível estarem os vivos todos em harmonia.
    3 points
  38. Ontem, introdução dos primeiros peixes - Rasboras Maculata. Alguma dificuldade na alimentação destes meninos, são tão pequenos e a comida é muito desperdiçada. Os Amano mudam de casca a uma velocidade estonteante. Entretanto entrou uma neritina para ajudar. Também reparei numas pintas brancas agarrados aos vidros. Serão ovos de caracol? Hoje fiz medições e como esperado houve um aumento dos níveis. Acham perigoso ou deixo a coisa andar para já? pH 7,6 NH4 0,25mg/l NH3 0,009mg/l NO3 10mg/l Temperatura 23ºC
    3 points
  39. Para os mais curiosos, ficam algumas imagens da salgalhada que vai cá por casa. Por momentos cheguei a pensar encher hoje o tanque, mas acho que vou continuar com o dry start durante duas ou três semanitas. A coisa está a correr bem e não a quero apressar. Quero raizes fortes antes de ter as plantas debaixo de água. Podem dar a vossa opinião!
    3 points
  40. É este. Basicamente jogas com as torneira do "Y" para fazer vácuo...
    3 points
  41. Quero pedir desculpa a todos pela situação e agradecer à restante equipa de moderadores pela rapidez com que detetaram e resolveram o problema! Note to self: Utilizar passwords decentes... 😅
    3 points
  42. Boa tarde, estimados membros desta comunidade. Hoje a conta de um dos nossos moderadores foi vítima de um ataque informático que levou á criação de um tópico por parte externa com um conteúdo racial, xenófobo e homofóbico que em nada representa quer os ideais do nosso colega muito menos os desta comunidade! Assim que foi detectado esse tópico, foi apagado e a todos que o leram queremos pedir desculpa e informar que estamos a trabalhar para evitar novas situações idênticas. Isto foi um caso isolado e que não teve nada a ver com ataques ao site em si.
    3 points
  43. E pronto... com esta imagem dou por terminado o layout - que levou uns bons meses a ser desenvolvido e pelo qual tenho a agradecer todos os contributos que alguns membros do fórum me foram dando. Por baixo do substrato, e espero longe da vista de todos durante muito tempo, já estão as barreiras que coloquei para impedir o resvalo do mesmo. Por cima, as pedritas mais pequenas que dão mais algum pormenor a toda a montagem. Eu sei que muitos destes detalhes se vão perder com o crescimento das plantas, mas outros hão de se manter e isso também vai fazer parte do amadurecimento do tanque. A partir de amanhã começo a pensar no processo de Dry Start. Acho que vou optar por este sistema: Se tudo correr como planeado, a partir de agora não devo poder apresentar mais imagens deste tanque durante algum tempo. Eheh. No entretanto, vou dando notícias. Um grande abraço a todos, e um bom resto de domingo 😉 .
    3 points
  44. E mais umas fotos para aqui também! Agora um enquadramento do ambiente.
    3 points
  45. O aquário já mora em cima do novo móvel. Em termos de estabilidade, até parece estar bom, pelo menos por enquanto. 2 problemas encontrados no processo: Depois de ter tirado 120L para podermos levantar o aquário, com os peixes numa pequena "poça", a mulher não conseguia descolar o aquário do móvel, tive que chamar reforços; As mangueiras que estavam a ser utilizadas, não chegam à nova posição do filtro; Enviado do meu M2012K11AG através do Tapatalk
    3 points
  46. Portas compradas e foto tirada para enquadrar as escolhas... Enviado do meu M2012K11AG através do Tapatalk
    3 points
  47. Complexo Unimaculata Complexo é um grupo de espécies de peixes com características muito semelhantes. O Complexo Unimaculata é um dos maiores complexos existentes e inclui as maiores espécies de bettas que podem chegar a medir mais de 12cms. Este complexo inclui diversas espécies tais como: - Betta patoti (e todas as suas populações, como Tanah Grogot, Balik Papan, etc) -Betta compuncta -Betta gladiator -Betta ideii -Betta macrostoma -Betta ocellata -Betta pallifina, E claro o Betta unimaculata Betta pallifina Betta macrostoma Betta unimaculata Alojamento: -Os pares devem manter-se em aquários relativamente grandes, nunca inferiores a 50Lts -Podem ser mantidos em pares/grupos, mas convém que o numero de fêmeas seja superior ao numero de machos e não deixar que o numero de machos seja muito significativo, dado que como nas outras espécies, os machos lutarão entre si. -Os aquários devem obrigatoriamente ser tapados, dado que são excelentes saltadores. -Qualquer pessoa que tenha mantido selvagens dirá, que vais ser necessário uma tampa sobre a tampa, tal é a fama de saltadores que eles têm, especialmente se forem muito assustadiços; Alimentação: -São peixes insectívoros/carnívoros, portanto devem ser alimentados com comidas ricas em proteína animal. Da minha experiência, não ligam muito a pellets e comidas industrializadas, mas perdem-se por grilos pequenos e pedaços de minhocas. ***MAIS UMA VEZ CUIDADO, QUE ELES SALTAM À COMIDA*** Decoração: -Como todos os outros bettas, gostam de plantas e de ter sítios onde se esconder, tornando-os mais descontraídos dentro do aquário. Neste caso, quanto mais plantas e mais esconderijos, melhor. Água: pH: 6.5-7.5 Temperatura: Preferem águas mais frias entre os 21-25º Celsius, apesar de manter os meus com sucesso a cerca de 27ºC Criação: •O macho é que incuba os ovos na boca, durante 10 a 14 dias, é fácil de saber que ele está "de boca" pois ele deixa de comer e parece que tem uma papada (ver foto abaixo) •Ao contrário de outras espécies, a fêmea pode permanecer no aquário; •Qualquer situação que stresse o macho, mesmo o facto de tentar retirar a fêmea, pode fazer com que o macho engula os ovos.
    3 points
  48. Boas Espero que tenham todos tido um feliz natal e aproveito para desejar um feliz ano novo. Vou só deixar aqui uma foto que tirei agora, infelizmente ainda não arranjei um profissional e foi com o telemóvel. Mas é só para terem uma ideia de como isto está agora. Espero que gostem Enviado do meu M2006C3LG através do Tapatalk
    3 points
  49. Alguns de vocês vão estranhar o tempo que demorei a concluir este projeto, mas há uma boa razão para isso e eu vou tentar explica-la. As coisas começaram a ser planeadas entre Abril e Maio passados... nessa altura o meu aquário começou a dar mostras de um substrato esgotado, e como já andava com ideias de substituir o meu antigo móvel (também ele construído por mim, e já sem grandes hipóteses de ser melhorado), aproveitei a oportunidade e planeei as coisas da seguinte forma: primeiro construía o móvel, depois esvaziava o aquário, a seguir trocava de substrato e pelo caminho ainda arranjava maneira de reformular o hardscape. Perfeito! O meu conhecimento em Carpintaria é básico e as ferramentas que tenho por casa não são tantas quanto isso, mas na minha cabeça o importante era planear bem as coisas e tinha a certeza que, procurando bem, iria encontrar na Internet um modelo que servisse as minhas necessidades e que eu pudesse recriar com relativa facilidade. Enquanto isso a fauna esperava dentro do aquário, que foi praticamente colocado em “stand by”, com limpezas de filtro básicas, reposição de água evaporada, baixa luz, alimentação diária e pouco mais. Continua assim até aos dias de hoje. Não demorou muito até a escolha recair num design estilo ADA por fora, mas com algumas alterações por dentro – fruto da habituação que vinha do meu móvel anterior. Decidi também optar por fazer uma coisa mais permanente e mais resistente, e como era meu intuito vir um dia a trocar o 80x30x40 por um 90x40x40, foram estas últimas medidas que usei para arrancar com o projeto numa visita à Maxmat, onde as madeiras foram todas cortadas à medida. Por esta altura lembro-me de andar com uma dor muscular nas costas, e de ter pedido à minha namorada para me ajudar com o transporte, mas a coisa não parecia grave e quando cheguei a casa meti mãos à obra e consegui num instante chegar à estrutura básica. Não era bem isto que tinha... apenas as traves de dentro, sem o revestimento e sem os "L's" nos cantos (que lhe dão muito mais estabilidade), mas julgo que dá para perceber. A este ponto demorei depois uns 2 meses a chegar, e vou então explicar-vos porquê. A tal dor nas costas foi-se intensificando, alastrou-se a braços e pernas e chegou o dia em que não consegui sequer sair da cama sem ajuda. Tinha ido a um primeiro médico de Clínica Geral, que me deu umas pomadas e me mandou fazer umas análises (tudo estava bem, segundo ele), e nessa altura já tinha passado para outro médico que me receitou exames mais específicos e me pré-diagnosticou uma doença auto-imune: DERMATOMIOSITE. Um palavrão de todo o tamanho que basicamente representa uma doença auto-inflamatória que ataca todos os músculos do corpo como bem lhe apetece. Hoje acordo com dores nas pernas, amanhã nos braços, depois na lombar... sempre sem avisar onde vai atacar a seguir e com que intensidade. Claro que a construção do móvel ficou para segundo plano, como ficou o aquário (que entretanto pensei desmontar), o emprego, os amigos, as saídas de casa... a minha vida passou a fazer-se quase entre a cama, o sofá e os hospitais privados onde deixei uma bela pipa de massa (valeu-me o seguro de saúde que tinha... só posso imaginar aquilo por que passam os pobres coitados que precisam e não têm dinheiro para procurar médicos fora do SNS). O próximo passo passava por ser admitido num hospital central, porque a partir desse pré-diagnóstico teria que fazer exames mais complicados para confirmar a doença e começar a ser medicado correctamente com coisas estranhas que só existem nos hospitais públicos. E enquanto esperava por isso olhei para o móvel e fiz dele uma espécie de objectivo que tinha a todo o custo que superar. Podia até nem acabá-lo (na altura não sabia mesmo o que me ia acontecer), mas tinha que tentar, por mim e pelas pessoas que se mantiveram ao meu lado desde que tudo isto começou. Houveram dias em que consegui apertar 2 parafusos... outros em que consegui apertar 20... dias em que consegui revestir mais um lado do móvel... dias em que não consegui fazer mesmo nada. Mas a coisa ia andando, como eu, e lá para finais de Agosto, com uma mudança na medicação, as dores acalmaram bastante e eu consegui voltar a fazer coisas que já não fazia há bastante tempo. Nessa altura, também a construção do móvel avançou bastante. Passou pela fase que mostrava a primeira imagem, depois incluí a barra de cima, montei-lhe umas prateleiras, fiz os buracos para passar os tubos e cabos elétricos, ainda lhe adicionei uma prateleira meia escondida (para guardar aquelas coisas que uso menos) e pus massa em todos os parafusos. Fui finalmente chamado para ser internado no Hospital de São João, onde passei duas semanas a fazer exames que não desejo ao meu pior inimigo, e deixei o móvel a "secar" num pátio exterior coberto. Voltei para casa com a confirmação da Dermatomiosite e de Lúpus. A Lúpus é muito semelhante à Dermatomiosite, mas ataca as articulações. As duas juntas fazem portanto um belo par. Claro que podem existir outras complicações, mas prefiro não menciona-las... as doenças estavam diagnosticadas e era tempo de me restabelecer. Voltando novamente ao móvel, não foi muito agradável aquilo que encontrei. Um dos cantos apanhou alguma humidade e o revestimento inchou, mas como por dentro a coisa ainda me parecia bem, arranjei maneira de o lixar até a medida anterior, e não pensei mais nisso. Estava a recuperar de duas semanas terríveis e não ia deixar que aquilo me abrandasse o andamento. Cortei portas à medida, lixei toda a massa em excesso e dei-lhe a primeira mão de primário. A maneira como montei o móvel não me permitia usar aquelas dobradiças mais recentes, mas fiz uma pesquisa rápida na Internet e, para que as dobradiças tradicionais não ficassem inteiramente visíveis, encontrei esta solução. Elas ficam embutidas na porta (como nas imagens do meio), e o resultado é muito subtil (como nesta imagem final). Verdade seja dita que entre tapar os buracos com massa e esta última fotografia, muitas vezes tive que lixar este móvel. E se por fora a coisa até se faz de forma relativamente fácil, por dentro, com prateleiras já montadas e todos aqueles cantos e recantos já não posso dizer o mesmo. Foram semanas a lixar, dar primário, lixar, dar a segunda mão de primário, lixar, pôr massa no que não ficou direito, lixar, dar mais uma camada de primário, lixar com água para alisar... eu sei lá quantas vezes lixei cada canto deste móvel. Só sei que cheguei a um ponto em que já estava farto de encher a casa de pó, e então chegou a altura de começar finalmente a pintar. Pensei em optar pela cor branca, mas o preto fosco esconde muito melhor as imperfeições. Eheh. Depois foi só encaixar pormenores. A colocação das portas com as dobradiças que mostrei atrás, já também pintadas. Fechaduras magnéticas. Aqueles Passa-Fios que se usam nas secretárias, e que encaixaram perfeitamente nos buracos que tinha feito nas laterais do móvel (ajudam a que o roçar das mangueiras não danifiquem a madeira). A tal prateleira escondida, que tinha tirado para lixar o móvel e resolvi coloca-la novamente apenas depois de a pintar. E o início da colocação dos apetrechos... ganchos nas portas, extensão elétrica presa numa das traves do móvel, panos de limpeza de vidros (um deles vai ser trocado por uma toalha... foi só para a fotografia), e tapetes para não estragar a pintura. Sim... depois de tanto trabalho, não vou riscar a pintura! Portas fechadas e projeto concluído - sete longos meses depois. Devem ter reparado que pelo meio de todo este relato parei de falar tanto das minhas limitações, certo? Eu também senti o mesmo enquanto caminhava para a conclusão do móvel. É estranho... por um lado as dores continuam presentes (até porque a medicação ainda não está acertada), mas consegui quase voltar à minha vida normal e já não me queixo tanto de nada. Não quero com isto dizer que foi a construção do móvel que me ajudou na recuperação física, mas a verdade é que a mesma me ajudou a distrair-me da doença, porque significou um objectivo a que me propus (entre outros) e que fui vendo evoluir pela persistência que lhe apliquei. No fundo acabou por ser uma personificação dos meus últimos meses... as duvidas entre sair ou ficar na cama; entre avançar ou não perante as dificuldades; entre tomar ou não decisões mais difíceis; entre baixar os braços ou continuar a fazer o que gosto. Porque a capacidade de fazer as coisas continua cá... só as faço mais devagar. Acabei por falar mais da experiência por que estou a passar do que propriamente da construção do móvel. Peço desculpa por isso. Concluí uma jornada, e quis mesmo partilha-la convosco... a Aquariofilia pode ser muito técnica, sim, mas também pode fazer parte destas histórias paralelas e ajudar-nos a avançar. Prometo que responderei a todas as dúvidas que tenham sobre cada fase e cada escolha que fiz durante a construção do móvel. Em relação à doença julgo não ter mais nada a dizer. E por agora não vos chateio mais 🙂 .
    3 points