Filtragem - Algumas Informações


Recommended Posts

há 8 minutos, neo_2 disse:

@Ricardo Gil estava a precisar que alguém pegasse nessas questões e as respondesse com cabeça, tronco e membros e com lógica.  Obrigado. 
Relativamente à área de contacto penso que se refere a capacidade de alojar as bactérias será isso?
Eu tenho este filtro a funcionar no meu aquário. E tenho exactamente esta disposição tirando a esponja preta.  A parte que faz a fixação das bactérias não é a última? é a que fica no fundo do copo?160707100732.jpg

Cá está o sentido oposto ao que foi aqui dito....

 

 

Edited by Manuel_Fluval
Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, Manuel_Fluval disse:

Cá está o sentido oposto ao que foi aqui dito....

Neste filtro qual a direcção da Agua? Acho que a resposta está em saber a direção do fluxo....

 

esponjas-para-filtro-fluval-204-205-206-

Citação

Ordem do  Fluval 306  nunca colocando o Carvão activado.

 

Edited by Manuel_Fluval
Link to post
Share on other sites
Uma nota extra. Está referida a perda de caudal e nos meus filtros e já tive vários de várias marcas sempre verifiquei perda de 30 a 50% do caudal anunciado ou seja quando um filtro anuncia 1500lts/h isso é da bomba em vazio mas com a caixa as matérias e comprimento de mangueiras normalmente fica-se bem abaixo com as tais percentagens a menos.
 
Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk
 
 
 
 
Eu cheguei a essas percentagens com testes. Basta ver quantos lts o filtro passa em X minutos e fazer as contas. Entre os 4 modelos de 3 marcas diferentes que já tive deu esses valores. Uns mais outros menos mas todos perdem os tais 30 a 50% dependendo não só do filtro mas de como está montado, dá altura de elevação das mangueiras e comprimento total destas bem como da quantidade e tipo de matérias usadas e o nível de limpeza do filtro.

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Manuel_Fluval disse:

Cá está o sentido oposto ao que foi aqui dito....

 

 

Boas, não está ao contrário do que foi aqui dito, simplesmente esse é um filtro pequeno que não leva todas as componentes que filtros maiores levam.

Se vires por exemplo um ecco pro 300 que é um pouco maior que esse, já tens filtragem mecânica por baixo da biológica. O melhor exemplo para isso é o Eheim Profissional 3, começas (de baixo para cima) com filtragem mecânica (Mech Pro), depois filtragem bio-mecanica (BioMECH), de seguida filtragem biológica (Substract Pro) e por cima a lã de vidro e o pré-filtro (esponja azul)

  • Upvote 1
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, neo_2 disse:

@Ricardo Gil estava a precisar que alguém pegasse nessas questões e as respondesse com cabeça, tronco e membros e com lógica.  Obrigado. 
Relativamente à área de contacto penso que se refere a capacidade de alojar as bactérias será isso?
Eu tenho este filtro a funcionar no meu aquário. E tenho exactamente esta disposição tirando a esponja preta.  A parte que faz a fixação das bactérias não é a última? é a que fica no fundo do copo?160707100732.jpg

Boas, duas coisas diferentes que vou tentar esclarecer:

"Relativamente à área de contacto penso que se refere a capacidade de alojar as bactérias será isso?"

Área ou superfície de contacto da matéria filtrante é a área que contacta com a agua. Numa esfera compacta e lisa, a superfície de contacto é a parte externa da superfície da esfera, certo?

Se a esfera for porosa, a agua entra dentro desses poros, assim aumenta a superfície de contacto. Se a porosidade aumentar, aumenta a superfície, certo? Logo, quanto mais porosa a matéria, maior a superfície de contacto, logo aumenta a fixação de bactérias.

"A parte que faz a fixação das bactérias não é a última?"

A pergunta certa é, 'se a parte inferior é a mais adequada para a fixação de bacterias'.

Tudo que metemos dentro do filtro tem capacidade de fixação de bactérias, uns de uma forma mais eficiente que outras. As bolas que estão no cesto na parte inferior, são as que estão dedicadas à filtragem biológica, ou seja, as que melhor se adequam à fixação das bactérias.

 

 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Manuel_Fluval disse:

Cá está o sentido oposto ao que foi aqui dito....

 

 

 

Nop,

Esse filtro funciona de baixo para cima, mas não de forma exclusiva. Parece confuso? Vou tentar ver se consigo explicar o meu ponto de vista:

Tenho um Eheim Classic 600 (2217), com a entrada de agua no filtro na parte de baixo, e a saida da agua no cimo do filtro. Como a bomba é em cima, não tem de enganar... a água entra por baixo, segue de forma ascendente e retorna ao aquario pela parte de cima.

Tenho outro filtro, um Eheim 1200XLT, que funciona de forma parecida. A bomba é na parte de cima assim como a mangueira que leva a agua do filtro para o aquario. No entanto, a entrada de agua no filtro tambem é por cima. Continuamos a referir que o sentido da agua no filtro é ascendente! No entanto, como a entrada e saida estão na parte de cima do filtro, a agua dentro do filtro, desloca-se na fase inicial do cimo para o fundo e depois faz o sentido inverso por outro caminho.

No filtro apresentado, essa descida da agua, é aproveitada para fazer a filtragem mecanica. Ou seja, a agua entra no filtro por cima, desce e passa na esponja azul, e cai para o fundo do filtro. Quando ascende, passa pelos cestos, fazendo o processo normal. 

Este tipo de configuração permite por exemplo, aceder à filtragem mecânica sem tocar no resto. Acho que até chamam a isto um pré filtro... 

Se repararem no desenho, dá para perceber isso:

O filtro está dividido no desenho em 8 partes, certo? de cima para baixo é: 

1- cabeça do filtro onde estão a entrada e saída de agua, o motor, etc...
2- Esponja azul (filtragem mecânica, ou pré filtro(?)
3- Cesto da esponja azul
4 -separador que suporta o cesto
5- Materia filtrante preta (filtragem quimica, parece-me)

6- lã branca 
7- cesto de materias filtrantes (no caso, biológica)
8- Copo

O separador 4 tem uma abertura no centro, certo? Assim, a agua desce por fora do separador 4 e por fora do cesto 7, e regressa por dentro do cesto 7 (e das materias filtrantes que este tenha) e passa por dentro do separador 4 até ao rotor na cabeça do filtro.

O percurso da água assim é: 1, 2, 3, 4, 7, 6, 5, 1

O separador 4 está em contacto com a cabeça do motor...

(espero que não tenha sido confuso)

 

 

 

Edited by Ricardo Gil
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
20 hours ago, Ricardo Gil said:

O separador 4 tem uma abertura no centro, certo? Assim, a agua desce por fora do separador 4 e por fora do cesto 7, e regressa por dentro do cesto 7 (e das materias filtrantes que este tenha) e passa por dentro do separador 4 até ao rotor na cabeça do filtro.

Sim tem uma abertura e sim essa sequência assim faz sentido. 

 

21 hours ago, Ricardo Gil said:

Boas, duas coisas diferentes que vou tentar esclarecer:

"Relativamente à área de contacto penso que se refere a capacidade de alojar as bactérias será isso?"

Área ou superfície de contacto da matéria filtrante é a área que contacta com a agua. Numa esfera compacta e lisa, a superfície de contacto é a parte externa da superfície da esfera, certo?

Se a esfera for porosa, a agua entra dentro desses poros, assim aumenta a superfície de contacto. Se a porosidade aumentar, aumenta a superfície, certo? Logo, quanto mais porosa a matéria, maior a superfície de contacto, logo aumenta a fixação de bactérias.

"A parte que faz a fixação das bactérias não é a última?"

A pergunta certa é, 'se a parte inferior é a mais adequada para a fixação de bacterias'.

Tudo que metemos dentro do filtro tem capacidade de fixação de bactérias, uns de uma forma mais eficiente que outras. As bolas que estão no cesto na parte inferior, são as que estão dedicadas à filtragem biológica, ou seja, as que melhor se adequam à fixação das bactérias.

 

 

Vou deixar este link para quem tiver um pouco de tempo e paciência e juntamente com a experiência de cada um desenvolver aqui opiniões ou mudanças de práticas.
Tem a ver com o tema das superfícies de nidificação e o material que se coloca nos filtros, entre outros. 

https://bit.ly/2CIVhOU

Link to post
Share on other sites
  • 11 months later...

Entendeu-se muito bem a explicação de que a maior importância do filtro está na filtração biológica, pois a manutenção adequada do filtro é fundamental para sua função e durabilidade.

Link to post
Share on other sites

 

Boas

Eu tenho um filtro de mochila Eheim liberty 2041 e tenho algumas dúvidas sobre a ordem de colocar as matérias filtrantes. Eu fiz do seguinte modo: O filtro veio com uma esponja azul na lateral que deixei ficar. Também veio com uma esponja verde na outra lateral que deixei ficar. Ao meio coloquei da seguinte forma, de baixo para cima: Uma esponja pequena preta, um saco de cerâmicas Eheim Mesh, um pedaço de lã filtrante e um saco de SERA Siporax mini.

Estou a fazer corretamente? Li neste tópico que a lã filtrante deveria ser colocada em último lugar. Devo, então fazer isso?

 

On 09/09/2018 at 00:35, Ricardo Gil disse:

Voltamos a introduzir tudo lá para dentro. E qual a ordem?

Simples:

Primeiro a filtragem mecânica, depois a filtragem biológica e depois a lã branca.

Edited by bettaa
Link to post
Share on other sites

As cerâmicas, se forem apenas de filtragem biológica devem ficar depois da lã filtrante, isto permite que as ceramicas fiquem limpas durante mais tempo. A lã filtrante só é colocada em último, se não houver maneira de evitar que ela fique comprimida com o peso das cerâmicas.

Edited by João Cardoso (Kadoxu)
Link to post
Share on other sites
há 6 horas, João Cardoso (Kadoxu) disse:

As cerâmicas, se forem apenas de filtragem biológica devem ficar depois da lã filtrante, isto permite que as ceramicas fiquem limpas durante mais tempo. A lã filtrante só é colocada em último, se não houver maneira de evitar que ela fique comprimida com o peso das cerâmicas.

As cerâmicas são Eheim Mech que segundo o site da Eheim são filtragem mecânica. Foi por isso que coloquei antes da lã.

Link to post
Share on other sites
  • 4 weeks later...

Na minha opinião o maior problema que um iniciado tem é a pressa de ver o seu aquario bonito e cheio de peixes, sem dar tempo a que o aquario ganhe o equilibrio necessário por ele mesmo.

Não é uma critica, porque eu mesmo sou assim.

O ideal é ir acrescentando os peixes a pouco e pouco mas, quando não se faz quarentena aos peixes novos, temos o problema de poder contaminar e adoecer o aquario inteiro. 

Resumindo: a paciencia é mesmo a maior virtude.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites