• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
HugoHeisenberg

Peru (biótopo)

Recommended Posts

(Este tópico estava originalmente na secção "low-tech" mas achei que seria mais benéfico passar para aqui...)

Após várias semanas de pesquisa... cá vai. Este aquário é uma tentativa de reproduzir um rio no Peru, o Shishita.
Não me preocupei muito com o ciclo pois enchi o aquário 90% com água do antigo, após sucessivas TPAs de 50%. O filtro esteve a ciclar durante este processo.

Setup:
Aquário 100 x 40(p) x 50 (a) = 170 litros úteis

 

Filtro - Fluval 305 (este foi-me oferecido, pertencia a um familiar. Gostava de eventualmente mudar para um 406).

 

Termostato - Elite 300w (neste momento desligado e a água encontra-se estável a 25 graus).

 

Substrato - alguns quilos de Manado misturado com aquabasis plus e 25 de areia de sílica.

 

Hardscape - um tronco e uma raiz (sinceramente, não sei de quê. O tronco também me foi oferecido, pelo mesmo familiar que me ofereceu o filtro). O substrato está coberto por folhas de magnólia. E meio coco, quando arranjar mais junto outra metade.

 

Iluminação - por agora, uma led de 11w. Estou a trabalhar numa calha.

 

Flora- 1x Echinodorus Parviflorus, Limnobium Laevigatum e uma Nymphaea (a Lotus, em substituição de outra, endémica da região... trocarei se/quando arranjar uma mais correta em termos de biótopo, até lá remedia-se com o que existe disponível).

Fertilização- 15ml semanais de Nutrafin Plant Gro

Fauna - um trio de apistogrammas bitaeniata sp. Shishita F1 e por agora é só (juntamente com uma praga de caracóis). Mais tarde vou juntar uns 17 nannostomus marginatus. Gostava de juntar também um L 204 (ou melhor ainda se arranjar uma espécie desta região que me agrade) e se as coisas correrem muito bem, daqui a uns 10 meses alguns escalares do rio Nanay ou um casal de cleithracara maronii... Sei que deixa de ser um biótopo do rio Shishita com o Flash Pleco e os escalares ou os cleithracara, mas a ver vamos...

 

Alimentação - Tubifex liofilizado, granulados para Discus da Sera e da Nutrafin, artémia congelada com alho, TetraMin, pastilhas de spirulina da Sera e "sinking pellets" também Nutrafin MAX. . Deixei de dar bloodworm depois da má experiência com os cacatuóides. Ando à procura de Hikari Discus Bio-Plus e dáfnia congelada, mas não encontro em lado nenhum aqui perto e o Hikari está esgotado em todas as lojas online em que procurei até agora. Mais tarde penso iniciar uma colónia de microvermes e/ou dáfnias.

 

Na pior das hipóteses, lá para Janeiro arranjo o cardume de nannostomus. Um sistema de osmose já não deve demorar, ao contrário do que tinha pensado inicialmente.

 

Fotos continua a não haver.

 

Se me tiver esquecido de algo, ou tiverem mais perguntas, estejam à vontade. Cumprimentos.

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Hugo , estou a gostar de ver . Após a última experiência com os apiatos , gosto de ver que não paraste . Parece um projecto bem pensado , vai tendo atenção à flora que vais colocar , as vezes as espécies nativas não difíceis de encontrar , vou aguardar as fotos . força

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

as fotos andam a

onde?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, Yuny. Desculpa a resposta tardia, mas os preparativos para o regresso às aulas não têm deixado muito tempo livre...
Obrigado pelo apoio!

Por melhor pensado que tenha sido (não foi assim tão bem quanto isso), existem muitas coisas que mudaria agora. Não teria colocado tanto manado (que só utilizei para a Echinodorus e outras plantas que possa vir a adicionar terem um substrato mais adequado) porque a quantidade utilizada me obrigou a utilizar muita areia, que me fez perder muitos centímetros na coluna de água. Tenho pena também de não ter conseguido saber se esta Echinodorus em particular existe nesta zona. Devia também ter acabado a calha definitiva antes de juntar qualquer fauna. Em princípio esta semana chegarão plantas flutuantes.

Fotos, assim que conseguir...

Abraço

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, Yuny. Desculpa a resposta tardia, mas os preparativos para o regresso às aulas não têm deixado muito tempo livre...

Obrigado pelo apoio!

 

Por melhor pensado que tenha sido (não foi assim tão bem quanto isso), existem muitas coisas que mudaria agora. Não teria colocado tanto manado (que só utilizei para a Echinodorus e outras plantas que possa vir a adicionar terem um substrato mais adequado) porque a quantidade utilizada me obrigou a utilizar muita areia, que me fez perder muitos centímetros na coluna de água. Tenho pena também de não ter conseguido saber se esta Echinodorus em particular existe nesta zona. Devia também ter acabado a calha definitiva antes de juntar qualquer fauna. Em princípio esta semana chegarão plantas flutuantes.

 

Fotos, assim que conseguir...

 

Abraço

Boas Hugo nada é perfeito mas estamos sempre a tempo de corrigir, eu quanto montei biotopo rio meta foi assim, muitas espécies locais são SP. daí pessoal não saber ao certo quais são, mas a ideia é boa . vou aguardar pelas fotos .

 

parece promissor , com o tempo vamos aperfeiçoando a medida que seja possível , não desistas da ideia que é boa.

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Hugo nada é perfeito mas estamos sempre a tempo de corrigir, eu quanto montei biotopo rio meta foi assim, muitas espécies locais são SP. daí pessoal não saber ao certo quais são, mas a ideia é boa . vou aguardar pelas fotos .

 

parece promissor , com o tempo vamos aperfeiçoando a medida que seja possível , não desistas da ideia que é boa.

 

Abraço

Olá, Yuny, boa noite. Sim, tens toda a razão, estamos sempre a tempo de corrigir e com o tempo e experiência acabamos sempre por ir fazendo alterações, mesmo que pequenas, para tornar o aquário melhor para os nossos amigos ou para se tornar mais agradável à vista ou natural. Eu faço o melhor que consigo para tentar encontrar um meio termo, mas admito que o acho extremamente difícil. Já agora, como anda o teu projeto?

As fotos, finalmente chegaram! E um vídeo! Mas nada com muita qualidade, infelizmente... tenho de pedir um favorzito à fotógrafa lá da casa, hahahah

 

O vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6ME3PIRSr1M&feature=youtu.be

 

As fotos (ainda sem a nymphaea e as flutuantes):

DSCN0178.jpg

 

DSCN0179.jpg

 

DSCN0180.jpg

 

Tenho mesmo muita pena, mas por agora foi o melhor que consegui.... Antes tinha o fundo preto, mas ficava muito escuro, então optei por este azul... achoque gosto mais, mas ainda não estou convencido. Sugestões?

Amanhã tento fotografar de novo durante a alimentação, para tentar que vejam os apistos. As fêmeas estão ambas extremamente bonitas, com os tons amarelos característicos das alturas de reprodução. E os macho está com umas cores brutais. Só tenho a agradecer ao Nuno Matos por este trio espetacular e pela atenção...

Como tive de desmontar o aquário antigo, tenho aqui três corydoras aeneus albinas, que estão comigo desde que me iniciei nisto (o que não é assim muito tempo, sinceramente, hahah). As outras, ofereci-as ao meu irmão, já peguei o vício ao pequeno!

O pH está mais alto do que gostaria, à volta de 7. Mas não vou andar a mexer, vou deixar estabilizar. Mais vale um pH estável ligeiramente elevado que um constantemente a oscilar e instável. o kH está a 5 e continuo sem teste de gH. Medi a condutividade da água (tds) e oscila entre 296 e 301, dependendo da hora do dia. Está muito acima dos valores que gostaria de atingir... mas acho que só lá chego com o sistema de OI. Depois do sistema de osmose, vou investir num medidor digital de pH, arranjam-se bons a 15/20€ na net.

 

Ando a ver mais granulados na net para encomendar. O que me recomendam, para além de Hikari? Relativamente a isto, fiquei um bocado chateado no outro dia quando fui à loja de animais aqui da minha terra e comprei o granulado para Discus da Sera a cerca de 11€... e depois fui ao site da Pet4You e verifico que têm lá à venda exatamente o mesmo, a 4€! Sinceramente, não percebo que justificação pode haver para isto (para além de lucro, claro)... mas desculpem o desabafo e a divagação.

Desisti da ideia do casal de Cleithracara Maronii.... mas acham que o aquário chega para quatro pterophyllum scalare (escalares) do rio Nanay, como tinha pensado inicialmente? Os quatro seriam até formar um casal, depois vendia os outros dois. É demasiado pequeno para Discus, não é?

 

Cumprimentos.

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui está mais um vídeo, de ontem durante a alimentação 

 

As corydoras puseram ovos, mas duvido que se safem. Não os vou separar... mas penso que seja bom sinal, tendo em conta que as pus no aquário anteontem encontrei os ovos ontem. Uma das fêmeas apistogramma apoderou-se de todo o lado esquerdo do aquário e está extremamente agressiva. Apenas o macho se consegue lá chegar sem levar um "chega p'ra lá". 

 

Acham que seria viável juntar aqui o dito casal de escalares do rio nanay ou um de discus? Tenho dúvidas disso, mas vale sempre a pena perguntar. 

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Hugo,

 

É bom ver que o projecto continua em desenvolvimento! ;)

Em relação as comidas que referiste nunca utilizei nunhuma das referida, pelo que, não posso atestar a qualidade das mesmas nem se serão apreciadas pelos pequenos!

 

A nível de comida granulada a mais bem sucedida que utilizei foi Hikari.

 

 

Cumps,

Ricardo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, Ricardo!

Sim, e é bom continuar :dance:

A mim parecem-me boas, mas não sei... vou ver se encontro alguns comentários pela net e esperar para saber se sei opiniões. Quanto ao Hikari, gostava de experimentar, mas o Discus Bio-Gold está esgotado em todo o lado e tenho medo de que os outros tenham uma granulometria demasiado grande para a boca dos apistos...

Tens alguma dica para mim? Eheheh

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

A dica é... tenta arranjar Hikari mesmo que swja de granolometria maior podes smp 'picar' aquilo... por exemplo num moinho de cafe ou mesmo em algum liquidificador... resulta! ;)

 

Cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Henrique as coisas parecem bem compostas por aqui !
A agua esta super chá mesmo ou filmaste de luz apagada ?

 

O Aquário parece um pouco despido tanto de plantas e de folhas , que se passa.

 

Quanto a alimentação granulados diversos devem suprir as necessidades dos meninos.

 

 

cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde,

Ricardo, vou fazer isso, então. Tens algum favorito?

 

Yuny, olá. Henrique? Hahahah

Filmei apenas com uma led de 11w cool white ligada. Mas sim, está com uma cor de chá bastante intensa.

 

Concordo contigo, está um bocado despido e estranho. Estou a juntar as folhas gradualmente, para a água não ficar demasiado manchada de uma só vez e houve um atraso com as plantas, só chegam para a semana.

Sei que vários granulados e comida congelada deverão servir, a minha dúvida era: Quais serão os melhores? Acho que vou arranjar também alguns liofilizados...

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite.

Deixo aqui um vídeo. Parece-me que teremos pequenas grandes notícias em breve, eheheh

 

Hoje comprei tubifex liofilizado e granulado para Discus Nutrafin MAX. (Editei o primeiro post). Portanto, agora dou: Tubifex liofilizado, granulados para Discus da Sera e da Nutrafin, artémia congelada com alho, TetraMin, pastilhas de spirulina e "sinking pellets" também Nutrafin MAX. Daqui a uns dias/semanas dou feedback de tudo isto, no caso de alguém estar interessado. Continuo a pensar começar as colónias de alimento vivo, eventualmente. Tal como arranjar mais granulados/liofilizados/congelados de qualidade. Se bem que os liofilizados ainda não são uma certeza, vamos ver como corre com o tubifex.

 

A agressividade/territorialidade dos apistos torna-se cada vez mais notória. Mais a inter-específica que intra-específica, se bem que a fêmea submissa (se é que se pode dizer isso) também é posta um pouco de parte. Tenho imensa pena de a máquina (e o fotógrafo) não ser melhor, pois as cores de todos eles estão soberbas.

 

O pH continua estável, se bem que mais elevado do que gostaria. Anda sempre entre 6.5 e 7, mas nunca é bem a cor certa, o que me leva a crer que andará pelos 6.7. Condutividade, idem aspas, se bem que é nos valores de 297 a 305. Espero que com o tempo, as folhas façam isto descer. A turfa no filtro também precisa de ser trocada.

 

 

Cumprimentos.

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde,
Tal como tinha pensado, os ovos das corydoras não se safaram. Já não foi a primeira vez que aconteceu...

As plantas chegaram na terça, com um atraso de quatro dias... a Limnobium Laevigatum não se safou. Tenho de entrar em contacto com a loja, até por outro motivo mais. Mas a Lótus está a aguentar-se bem.

A agressividade de uma das fêmeas aumenta cada vez mais. Acho que já vai na terceira postura desde que chegaram, todas infrutíferas. Digo que acho porque nunca cheguei a ver alevins ou ovos, apenas o comportamento dos supostos pais. O macho apistogramma tem uma pequena ferida perto da barbatana caudal, penso que infligida pela fêmea mais agressiva. No vídeo que vou postar agora é visível, embora nada nítida.

Ontem foi dia de manutenção ao filtro, aproveitei para trocar a turfa e a lã. Testes acabados de fazer:

- Condutividade: 315 ppm
- Temperatura: 25ºC
- pH: 6.5
- kH: 5

Apenas uma das fêmeas demonstra interesse pelo tubifex liofilizado. Vou continuar a dar durante mais uma semana e depois logo se vê. Preciso de ir comprar mais artémia congelada.



Por agora é tudo.
Cumprimentos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde. Venho deixar aqui uma foto tirada ontem. Não existem novidades ou notícias dignas de menção...

WP_20151011_17_50_04_Pro.jpg

Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite.

​Obrigado, Ricardo! E para que saibas, penso participar no concurso! Até quando posso enviar a fotografia?

​Fiz uma alteração no filtro, que penso que possa ser benéfica. Retirei o tubo rijo que liga o pré-filtro ao tubo do intake do filtro, de forma a que a entrada de água para o filtro seja mais perto da superfície. Penso que ajudará a que a circulação seja mais natural e a que partículas em suspensão sejam sugadas mais facilmente. Deixo uma foto. WP_20151016_18_21_53_Pro.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

A data limite? :P ontem! eheheh o quanto antes, mas é um concurso mensal!

 

Andas desaparecido! queremos uma actualização à séria e não do intake do filtro! :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

E para que saibas, penso participar no concurso! Até quando posso enviar a fotografia?

 

Até ao fim do mês! Mas não deixes para o último dia, algo inesperado pode acontecer e depois já é tarde ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola aos dois! Envio o mais depressa possível, penso que até segunda...

 

Ricardo, o tempo tem sido pouco... mas fica prometida uma atualização à séria!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sempre gostei de biotopos. Mais informação seria útil especialmente por se tratar de um biotopo, que têm sempre muitas especificidades. Penso que poderias tentar criar um biofilme nesse aquário. Parece-me apropriado para o que pretendes fazer, a criação vai gostar de certeza. Vou seguir a ver onde isso vai parar. Boa sorte com o projecto.

 

Bruno Soares

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Hugo isso parace que vai de vento em poupas :D vai partilhando , o aqua pela ultima foto parece estar com muita vida parabens , é grandinho, para um blackwater gostei muito :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde,
​Já não atualizo este tópico há imenso tempo, mas de hoje não passa.
​Infelizmente a fêmea apistogramma dominante matou o macho, a defender o território durante uma postura. Estou de momento à espera de um macho, em princípio "wild". A fêmea submissa continua confinada a uma zona do aquário, enquanto a outra nada livremente por todo o lado e a ataca assim que a vê. Tal como às corydoras.
​A areia está coberta por uma camada de folhas, que penso continuar a aumentar. O pH continua estável, apesar de bastante mais alto do que gostaria, nos 6,5. Comecei a fazer TPAs com água destilada, para tentar baixar o pH e a condutividade (que está à volta dos 300ppm, quando devia andar nos 50) e vou continuar até arranjar o sistema de osmose.
​Entretanto, já tenho duas colónias de daphnia sp a dar e uma de enguias do vinagre. Desisti da Limnobium Laevigatum , morre sempre que ponho alguma no aquário. Neste momento, em termos de flora, tenho a echinodorus, a nymphaea (que já chega à superfície), lemna minor e salvínia natans. Estou a pensar tirar a echinodorus e arranjar mais uma nymphaea.
​Desisti da ideia dos escalares. Quero uns 15/20 nannostomus marginatus e 15 carnegiella strigata ou gasteropelecus sternicla. Apesar de não ter encontrado evidências de nenhuma destas espécies (carnegiella strigata ou gasteropelecus sternicla) no rio Shishita, habitam outras zonas em comum com os apistos e o marginatus. Continuo à procura de um L desta região que me agrade, mas não tem sido fácil. Encontrei o L-183 que talvez partilhe o habitat com estas espécies, mas noutros locais... Mais tarde veremos.
Entretanto, arranjei duas barras LED de 50cm, cool white. O próximo passo é arranjar um controlador de intensidade para simular o nascer e pôr do sol e talvez uma vermelha para jogar melhor com as cores e adicionar realismo ao cenário, mas isso não é certo.
Cumprimentos

Edited by HugoHeisenberg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this