João Cardoso (Kadoxu)

Moderador GERAL
  • Posts

    1,314
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    53
  • Country

    Portugal

Everything posted by João Cardoso (Kadoxu)

  1. A planta não recebe luz suficiente e fica fraca, o que dá oportunidade ás algas para crescerem na planta.
  2. Sim, se já fizeste os 7 dias, agora só é preciso colocar mais quando fazes TPAs. Com a adição de bactérias, a amónia largada pelo substrato serve para alimentar as bactérias e portanto até acelera o ciclo ainda mais. No entanto eu gosto e aconselho sempre a fazer uma TPA grande antes de adicionar peixes (cerca de 50%). E sempre depois de testar a água para Amónia, Nitritos e Nitratos para ter a certeza de que está tudo ok.
  3. Está aí a resposta mais provável.
  4. Eu não tenho muita experiência com ciclídeos, mas sei que ficam grandes demais para esse aquário. Eu optaria, por exemplo, por colocar algumas plantas verdadeiras e um grupo de 20 Néons (ou um grupo de outro tipo de Tetras), ou só 12 Néons e um grupo de 6 a 8 Corydoras. Não seria necessário alterar o filtro, desde que faça manutenção pelo menos 2 vezes por mês. No entanto, um filtro externo será sempre mais eficaz e mais fácil de manter. Também deve trocar o carvão activo por lã filtrante, se possível, para ter água mais cristalina.
  5. É preciso testar também para NH3/4 (Amónia) para saber se está tudo bem. Para ter a certeza, adicione um pouco de comida para peixes dia sim dia não, ao fim de 10 dias, se não tiver Amónia nem Nitritos (NO2) e vir que os Nitratos (NO3) subiram um bocado, então pode dizer que o ciclo esta completo. Isto porque com a adição de bactérias duvido muito que veja a Amónia e os Nitritos (NO2) a subir. Depois faz uma TPA de 50% antes de adicionar peixes para reduzir os Nitratos.
  6. Tem aí a sua resposta. Num aquário com uma população de peixes adequada deve fazer-se uma troca de água todas as semanas, e limpar o filtro pelo menos 2 vezes por mês. Esse aquário está extremamente sobrelotado e com um filtro pouco eficaz. Não é uma solução para o problema, mas para ter água mais clara deve utilizar sempre lã filtrante no filtro, Carbono Activado deve ser utilizado apenas para remover toxinas, medicação e/ou cheiros indesejados. Deve pensar sériamente em comprar um aquário muito maior, ou tentar vender/trocar os peixes que tem por peixes mais adequados ao tamanho desse aquário. Além disso, um filtro externo será sempre melhor que o que está a utilizar. O problema é que as pessoas ainda confiam no que os lojistas lhes aconselham... 🙄
  7. Se está a tentar perguntar até lhe dizerem que sim, acho que não vai ter sorte aqui. Já todagente o aconselhou a não adicionar mais nada.
  8. Tenho quase a certeza que são raspas de acrílico/plástico... já fiz muitos furos com uma broca em acrílico e o que sai é exactamente assim.
  9. A ideia com que ficou estava correcta. Deve colocar produto para a quantidade de água em que o está a colocar. Se tratar apenas a água nova num recipiente separado, coloca produto apenas para a água nova nesse recipiente. Se colocar produto depois de adicionar água nova no aquário, aí deve colocar para o volume total do aquário. Mas mais importante que isto tudo, é reforçar que para ter apenas 1 peixe dourado precisa de um aquário de cerca de 80L e com um bom filtro (que pelo que me parece não tem, porque nunca o mencionou). Esses 2 "peixinhos" com esse tamanho já deviam estar num aquário de pelo menos 40L. Posso-lhe garantir que nessas condições já estão a ter o seu crescimento afectado.
  10. Pode sempre acrescentar mais... mas vai pagar o preço de ter o aquario sobrelotado a longo prazo. Seja isso ter de fazer mais manutenção, ou peixes mais stressados, doenças, etc.
  11. Se puder repousar durante pelo menos 24h num recipiente aberto para o cloro evaporar, é suficiente. Mas se utilizar for uma garrafa ou garrafão, deve deixar mais tempo, porque o gargalo limita a evaporação. De qualquer maneira, eu gosto sempre de utilizar condicionador, porque também elimina metais pesados presentes na água.
  12. Um pouco de comida dá alimento ás bactérias que está a adicionar, por isso, sim, deve adicionar em pouca quantidade. Os resíduos nas anúbias parecem-se muito com raspas de acrílico?!? Corydoras são peixes de cardume, e idealmente devem estar em grupos de 6 ou mais, mas 38L não dá pra tanta coisa... na minha opinião só punha aí 10 Néons e mais nada. Guppys a reproduzirem-se num aquário tão pequeno não é boa ideia. Colocar mais peixes muito certamente vai levar a maus resultados a longo prazo. Plantas para começar parece que está bom, eu tambem gosto sempre de ter algumas flutuantes... e com areão infértil fica um pouco limitado no que pode adicionar.
  13. Se está a adicionar bactérias, deve seguir as instruções da embalagem. Mas diria que sim, uma semana com a adição de bactérias, será mais do que suficiente.
  14. Cada aquário é diferente, cada um é o seu próprio ecossistema. Pode montar 2 aquários exactamente iguais, mas passado uns tempos vão ser 2 ecossistemas completamente diferentes. Manutenção, tipos de matéria filtrante, tipos de plantas, quantidade de alimentação, tipo de luz, etc, etc, etc, são tudo coisas que afectam a água do aquário de maneiras diferentes. Mais importante do que comparar com o aquário do seu vizinho, para o ajudarmos, seria mais importante descrever-nos o seu aquário e equipamento, assim como que manutenção faz:
  15. TPAs servem apenas para reduzir/dissolver elementos indesejáveis presentes na água no aquário. Mas havendo outro método de as remover, não é de todo necessário fazer TPAs. Atingindo um equilíbrio biológico dentro do aquário, e possível deixar de fazer TPAs completamente, e isso vê-se bastante no hobby da água salgada, em que se falar algumas vezes em aquários que já não fazem uma TPA há décadas. Eu mantive um aquario de água salgada e utilizei um método (método Triton) que me permitiu manter o aquário com sucesso durante cerca de 1 ano com apenas 1 TPA (podia ter durado mais, mas vou mudar de país em breve e tive que vender tudo). O maior truque deste método é ter um filtro Sump com uma secção só para ter algas que absorvam os elementos indesejados (por exemplo Nitratos e Fosfatos). Retirando parte destas algas, estamos no fundo a retirar o que elas absorveram da água, e já não será necessario fazê-lo através de TPAs. O problema principal de quem quer deixar de fazer TPAs é que se olha muito apenas para os parâmetros que conseguimos medir em casa, mas há muitos parâmetros que só se conseguem medir em laboratório. O método Triton de que falei permite-nos enviar água do aquário para ser testada em laboratório sempre que desejarmos (idealmente 1 vez por mês). Também já consegui com um aquário de água doce de 20L, em que não fiz uma única TPA durante 6 meses. Era densamente plantado com fertilizante feito por mim, camarões, blackworms, pulgas de água, vários tipos de caracóis, tudo para manter as coisas "limpas", e apenas 1 Beta. Mas só consegui atingir esse ponto depois de 1 ano e tal de ter o aquário a funcionar (e posso dizer que tive alguma sorte á mistura). Muitos sistemas de Hidroponia com peixes também seguem este sistema, utilizam os peixes para produzir "fertilizante", que é absorvido pelas plantas e a água só é reposta quando evapora, sem detrimento para os peixes.
  16. Como já disse o @ismael_figueira, a melhor coisa a fazer é sempre comprar o melhor equipamento possível. Tentar poupar dinheiro geralmente leva a custos mais elevados a longo prazo.
  17. Pode e deve fazer o tratamento directamente no aquário, de acordo com o site do produto (em Inglês) é seguro para os camarões.
  18. O conselho agora é não adicionar mais peixes... para 70 a 80L já está com a população perto do máximo, e com os Guppies a reproduzirem-se a cada 28 dias é mesmo imperativo que não adicione mais peixes.
  19. Primeiro ponto... 90% (número retirado da minha cabeça) das pessoas que trabalham em lojas de aquariofilia ou não sabem, ou não querem saber práticamente nada sobre aquariofilia, ou querem apenas vender. Segundo ponto, os parasitas não surgem por geração espontânea dentro de um aquário, não e por falta de TPAs que vai ter desse tipo de parasitas. Tiveram de vir de algum lado, se já teve o problema e não o tratou devidamente, é normal que voltem a aparecer. Procure por um medicamento para peixes eSHa gdex por exemplo, para tratar desses parasitas de uma vez por todas.
  20. Todos eles se dão bem em qualquer intensidade de luz. Os zoas com menos luz normalmente até ficam com os pólipos maiores para conseguirem absorver mais luz. O GSP quanto mais fluxo de água, mais depressa cresce.
  21. Os zoas normalmente colocam-se numa pedra separada, porque são pacíficos e geralmente quando em competição por espaço com outros corais, perdem quase sempre a batalha.
  22. Algumas dicas: Não precisavas de tapar o substrato fértil Usa um pouco menos de água. Se o solo estiver demasiado molhado, podes vir a ter problemas com bolores e coisas do género. Não é preciso veres água, basta o solo estar húmido. Idealmente deves ter o recipiente com o solo com buracos pequenos no fundo e dentro de outro recipiente maior com água. Isto promove um ambiente mais húmido não encharcando o solo completamente. Podes adicionar um buraquinho na tampa para deixar oxigénio entrar. Se quiseres crescimento mais rápido, coloca uma daquelas mantas de aquecimento que se usa para répteis por baixo do recipiente. Eu usei propagadores com fundo aquecido, com restos de ADA Amazónia que tinha retirado de um aquário:
  23. O Ciclo do Azoto, depende muito básicamente de uma cultura de bactérias benéficas, que, na sua maioria, se reproduzem e habitam nas matérias filtrantes do filtro. Também vai ter bactérias a habitar noutras superfícies do aquário (substrato, plantas, vidros, etc) mas em muito menor quantidade e raramente em número suficiente para manter um aquário saudável. As bactérias vão-se manter nas matérias filtrantes do filtro, por isso, desde que o filtro não fique parado durante muito tempo (menos de 30 minutos), o aquário em que for utilizado está á partida ciclado. No entanto se for colocado num aquário com uma carga biológica muito diferente (com muito mais animais) pode não ter bactérias suficientes para completar o ciclo do azoto com a eficiência necessária. O aquário de onde retira o filtro pode precisar de ciclar novamente, se não tiver outro filtro que tenha estado a funcionar algumas semanas em simultâneo com o filtro que vai retirar.
  24. Foi o sr. que perguntou por caranguejos de água fria...
  25. Tens aqui o meu tópico noutro fórum (em inglês) sobre o aquário de água salgada. Praí na página 8 começo a utilizar umas lentes baratas, e na página 12 começo a usar essas que disse no post anterior. Ultimate Reef - Ultimate Reefing Challenge