José Pedro

Moderador GERAL
  • Posts

    1,049
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    34
  • Country

    Portugal

Everything posted by José Pedro

  1. Estou a fazer contrariado, só porque o Tozé Nunes me obrigou e o Patrão Branquinho, não viu. O meu nome é José Fortunato, mas sou mais cohecido por Fortunato. Comecei aqui no Fórum em 2004, ainda o Tozé cá não andava e o Branquinho ainda estava em PT. Comecei nos Killis, depois passei para os salgados, voltei aos Killis e agora estou no Bettas selvagens. Há quem diga que eu náo percebo nada disto e nalguns casos têm toda a razão. Moro na Quinta do Conde, mas sou beirão. Calço o 41 e o meu nº de calças é o 42. Tenho uma maluqueira por meias diferentes e há dias em que acerto numas coisitas. Sim, o Luis Fortunato é o meu primo mais novo. E sim. Fui eu que lhe meti o vício dos aquários.
  2. Realizou-se no fim de semana de 15 a 17 de Outubro a 20ª Convenção internacional da APK. Mais uma vez, esta Associação que já conta com 22 anos de "atividade", em prol da manutenção e criação de Killis a nível Nacional. A convenção realizou-se mais uma vez no pavilhão da NERSAN, em Torres Novas. Estiveram expostos cerca de 320 lotes de peixes, desde casais, trios, grupos de cria (3 machos e 3 fêmeas), provenientes de criadores nacionais e espanhóis. A Convenção continua a ser um evento muito cobiçado a nível Europeu, e tem sempre participantes de vários países europeus, bem comoalguns asiáticos. Este ano, face à pandemia, apenas estiveram presentes participantes nacionais e espanhois. Além da sala de exposição, a APK tem uma banca onde se vende normalmente starters de alimento vivo, tais como, grindal, microvermes, enguias do vinagre e outros. Têm também uma banca com rifas, onde sorteiam material relacionado com a killifilia e com a Aquariofilia em geral. Deixo algumas fotos (gentilmente cedidas pelo André Mestre):
  3. Boa noite. Umas fotos do aquário eram capazes de ajudar. E saber os parâmetros da água. Não se esqueça que este é um fórum sediado em Portugal.
  4. Boa tarde Filipe como lhe respondi no outro grupo, se o problema é efetivamente evitar o gasto , terá de arranjar uma UPS só para o sistema. A amplitude térmica no Inverno, é demasiado grande para estar a aocorrer diariamente e os peixes podem ressentir-se. Eu em minha casa não tenho UPS. De Verão desligo termostatos e quando o tempo arrefece, volta a ligar. A diferença no consumo é mínima. No entanto como o Filipe tem outros "constrangimentos"...
  5. Vitor E devia ser aplicável a outros peixes idem. "limparem" o sistema, não lhes faz mal nenhum.
  6. Boas Alvaro. Têm muita tendência a engordar e isso provoca-lhes problemas na bexiga natatória. Para se garantir que toda a comida foi digerida ficam 1 dia sem comer. Eu pelo menos é assim que faço e a maioria do pessoal com quel tenho falado faz o mesmo.
  7. Peço desculpa no atraso da minha resposta. Eu não consegui ver as fotos, mas o que pode estar a acontecer, é o peixe ter gene Marble. Ora esse gene é reponsável por alteração de cor nos peixes durante a sua vida. Podemos comprar um peixe azul e passado uns meses o peixe ter uma coloração completamente diferente. Isto não é defeito, nem faz mal ao peixe. É uma caracterítica desse gene. Sem conseguir ver as fotos, só posso adivinhar.
  8. Guiomar Normalmente as criações d ebettas quando correm bem, facilmente ultrapassam os 100 indivíduos, portanto, boa sorte a conseguir separar as "crianças" todas (neste caso os machos). O NovoFluid da JBL, para mim tem um grande senão. Suja imenso a água e no inicio de vida, os alevins comem muito mais facilmente os nauplios, até porque mexem e eles como predadores que são, vão comer de certeza. Saída dos peixes, é outro problema, mas fica ao critério de cada um.
  9. Boas Vitor e bem vindo. Isso qie te parece rasgado, é a separação da barbatana anal do resto do corpo, não é preocupante. Tal como o encaracolar dos raios. quando são muito compridos, tendem a enrolar um pouco. quanto às larvas liofilizadas. Os meus também não são grande fãs, mas de vez em quando dou e eles comem. Tens é de lhe ir dando de vez em quando. Os meus comem sempre à base de comida congelada (artémia com spirulina e alho). podes dar também grindal, microgrilos (daqueles mesmo pequeninos). Outra solução e que eles também comem facilmente, é dar comida viva como larvas de mosquito e dáfnias. Tudo o que mecha dentro de água eles vão lá espreitar. Convém de vez em quando dares ração, porque se num aperto não tens nada para lhe dar, a ração está sempre pronta e se eles estiverem habituados, vai ser mais simples. Ah! e pelo menos 1x por semana, não deves alimentar.
  10. Tens várias espécies que podem conviver com ele. No entanto e tratando-se de um peixe de caudas e barbatanas longas eu não recomendaria misturar muito. Com as corys e com o Ottoinclus não haverá grandes problemas.