Diesel_Car

Membro
  • Posts

    955
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by Diesel_Car

  1. Olás, Percebi o que querias dizer - cobre usado em doses adequadas não faz mal aos peixes, mas mesmo nesta doses mata os invertebrados. No entanto, fica um texto que retirei de reefkeeping.com: Ou seja, doses elevadas e tratamentos prolongados não só causam perda de capacidade imunitária (ou imunológica :D )...como podem levar á morte. Cumps, Nuno Reis
  2. Olás, Pelo que vi num site de uma loja, fica por volta de 40euros cada 14Kg. Sim, chega perfeitamente. Os conchiculas não são nada porcos pois, para além de pequeninos, alimentam-se de partículas de comida pequena. Não vale a pena. Mantém a água bem oxigenada com o próprio filtro, sendo que a saída deve ficar junto da superficie. Não vale a pena usares, fica inestético e a função de oxigenar é suportada pelo filtro! Cumps, Nuno Reis
  3. Olás, Como já disse o Nuno, e muito bem (isto de ser Nuno tem o seu quê de superioridade ), tens duas hipóteses: - Compras um buffer malawi/tanganyika - Tentativa e erro...com bicarbonato de sódio. Mais que bicarbonato de sódio já cheguei á conclusão que não vale a pena, desde que se consiga manter o pH acima de 8,2 e estável é suficiente. Eu ainda uso uns restos de hidróxido/carbonato de cálcio que vem da água de reposição do salgado, mas creio que não tem grandes vantagem...para além da água ficar durante 2 horas a parecer leite e com um aspecto "apetitoso". Cumps, Nuno Reis
  4. Olás, Tens toda a razão, fabrica lâmpadas (o site oficial não as mostra, pelo menos nao encontrei, mas já descubri noutro site). Peço desculpa pelo erro... Cumps, Nuno Reis
  5. Olás, Querias dizer conchiculas? Qualquer luz é suficiente, de qualquer potência... Tens de ter mais cuidado quando escreves frases que irão ser lidas por dezenas de pessoas. Querias dizer da marca "Sera", modelo "Marine"? Que eu saiba a Sera não fabrica lâmpadas... Se fôr uma lâmpada azul, não uses pois "não" serve para nada se queres manter a anúbia. Caso seja uma lâmpada que emita luz branca...pode usar á vontade. Cumps, Nuno Reis
  6. Olás, O problema é que já foi aberto um tópico no ciclideos (5 páginas), um tópico no salgados (sabe-se lá porquê...) e outro aqui, todos com as mesmas perguntas e pela mesma pessoa. Como tu próprio afirmas, o fórum já tem demasiada informação, grande parte dela dispersa, não vamos por favor dispersar ainda mais a informação!! Parece-me estranho que digas que tenho mau feitio em ter dito o que disse, e a seguir vens afirmar o mesmo que eu: o fórum tem muita informação dispersa...o que dificulta a pesquisa. Todas as perguntas que foram feitas aqui, poderiam tê-lo sido feitas no tópico que ele próprio abriu, de modo a condensar toda a informação num único tópico. Poderá até servir de ajuda a quem monte um aquário igual ao dele ter a informação num único local.... Caso não tenhas reparado, respondi ao que ele pediu (aqui), ao contrário de ti...que em nada ajudaste este tópico, vindo apenas criticar a minha atitude. Cumps, Nuno Reis
  7. Olás, No inicio aposta em 20% +/- semanalmente. Depois vai alargando este período, ou diminuindo a quantidade, até obteres valores nulos e constantes de todos os factores (nitritos, nitratos e amónia). Quando notares uma grande estabilidade do aquário e já o tiveres povoado, fazes as TPA's apenas para repôr substâncias no sistema e eliminar alguns traços de nitratos/fosfatos que possam aparecer...o que significa mais ou menos 1 vez por mês (ou o tempo que achares mais correcto...). Para um aquário desse tamanho...nenhuma. Eu apostaria em corais e não numa anémona (há quem tenha com Colt's ou Sarcophyton's). Se o aquário fosse bastante maior, poderias tentar um Stichodactyla haddoni ou Entacmaea quadricolor, mas é sempre muito arriscado. Pessoalmente estou a arriscar com uma Epicystis crucifer (cresceu para o triplo em 1 mês e meio)...mas sem resultado absolutamente nenhum!! Os ocellaris nem "olham" para ela... Cumps, Nuno Reis
  8. Olás, Como é que a areia entra no filtro? Supostamente a única zona onde a areia poderá ser perigosa é a zona do rotor...no entanto tens uma camada bastante grande de matérias filtrantes antes da zona do filtro. Mesmo que queiras utilizar power-heads sem esponja, não te preocupes que não há problema. Em água salgada utiliza-se uma circulação muito maior (20 a 30 vezes o volume do aquário por hora) e não há problemas, mesmo utilizando aragonite sugar-size. Cumps, Nuno Reis
  9. Olás, É muito complicado comentar fotos tiradas (mal..) com flash, mas pelo que consigo ver parece-me muito bonito. Tenta tirar fotos "apontando" o flash num outro ângulo (se fôr externo á máquina, aponta-o como se de um projector do aquário se tratasse...ou seja, acima da água). O ideal seria mesmo sem flash... Concerteza tens luz suficiente para umas boas fotos (vejo alguns LPS e uma tridacna, não sei se os LPS são verdadeiros ou de plástico ). Cumps, Nuno Reis Ps- Outro problema do flash é o facto de evidenciar as algas na traseira do aquário
  10. Olás, Dá um efeito muito bonito...mas pouquíssimo natural. Encontrei esta foto de quando tinha mbunas e coloquei apenas desta areia: Podes colocar esta (é barata) e verificar se gostas do aspecto. Se não gostares, mistura um pouco de areia de outro tipo. Isto é o que uso. A mistura aumenta o tamanho médio dos grãos, mas mantém o efeito bonito da areia branca. Acho que se percebe minimamente a cor e granulometria: Talvez seja o mais natural em termos de cor e textura... (a foto não é minha...infelizmente ) Agora...escolhes a opção que mais te agradar! Cumps, Nuno Reis
  11. Olás, Também uso dessa areia no meu tanga, mas misturada com areia castanha de rio um pouco mais grossa. Na minha opinião, essa areia tem vários problemas: - Ser extremamente chata de lavar -> gastei mais de 2 horas para lavar cerca de 20kG de areia e mesmo assim não ficou perfeita. Ao fim da primeira hora, a água ainda parecia leite. - Contém pedaços inteiros de argila e outras impurezas, que devem ser retirados. Usa obrigatoriamente uma peneira (eu usei o camaroeiro) quando fores lavar. - É muito muito muito fina. Caso não remexas várias vezes por mês, acaba por "comprimir" e transformar-se quase em pedra...eliminando o efeito nitrificador. - Pelo facto de ser assim tão fina, levanta-se muito facilmente e é dificil de aspirar. Tens, também no maxmat (AKI, meste maco...), uma areia um pouco mais grossa e castanha que se vende em sacos de 10kG. Mistura com a areia branca e ficas com um efeito muito bonito. Se preferires, mistura com areia da praia... Cumps, Nuno Reis
  12. Olás, 5 páginas no sub-fórum ciclideos...e ainda não sabes o que queres? Ou estás a enganar-nos a todos e não vais ter aquário nenhum...ou estás-te a enganar a ti próprio e nunca conseguirás um aquário "jeitoso". Pede aos teus pais, ou seja quem fôr, para te ajudarem a pesquisar melhor. Estás a fazer-nos perder tempo a responder sempre ao mesmo, para não falar no facto de "encheres" o fórum com perguntas repetidas!! Para o teu aquário, com sump, irás precisar de: - Iluminação: 2 calhas duplas/triplas de 1 metro (lâmpadas fluorescentes T8 - 30W cada). - Iluminação para a sump (caso queiras um refúgio para as fêmeas). - Móvel adequado á litragem, incluíndo espaço para colocar a sump - Aquário devidamente furado, isto é, furos suficientemente grandes para o caudal que pretendes. - Bomba elevatória, para elevar água da sump para o aquário - Aquário sump -> o tamanho que quiseres. PERGUNTA no local onde fores fazer o aquário quais as divisórias que são aconselhadas. - Matérias filtrantes para colocar na sump (esponjas, bio-bolas/cerâmicas...etc) - Aquecedores (2-3 de 300W) - Bombas de circulação (power-heads) para ajudar no caudal dentro do aquário. - Decoração para o aquário Cumps, Nuno Reis
  13. Olás, Foi sim..Nuno Se a pergunta era sobre uma sump para um aquário doce, é rídiculo ser colocada aqui. Aliás percebeu-se pelas respostas, no qual se falou muito em refúgios de macro-algas (em água doce já ouvi falar em refúgios de plantas aquáticas, palustres e até de tomateiros...mas nunca em macro-algas) e escumadores (há raros casos de quem utilize em águas doces muito duras e mineralizadas). Todo o tempo que se "perdeu" a responder sobre sump's em salgados, onde há ausência de filtragem mecânica para além do escumador, poderia ter sido mal interpretado pelo Rednal caso eu (que sou um gajo atento ) não me tivesse lembrado do aquário de 1000L da secção ciclideos. Lá andaria o pobre rapaz a tentar colocar Caulerpa, ermitas e ofiuros numa sump destinada a filtrar água doce...e á procura dum escumador decente para 1000litros de água...doce. Cumps, Nuno Reis
  14. Olás, Será isto? Myxocyprinus asiaticus Esperemos que não, pois é um "bichinho" que atinge cerca de 1metro de comprimento. http://www.csupomona.edu/~jskoga/Aquariums...xocyprinus.html Cumps, Nuno Reis
  15. Olás, Essa pergunta já está respondida: 1- Coloca no máximo 3 espécies (1 conchicula - 1 cave-dweller - 1 cave/rock-dweller) 2- Povoa com casais. 3 exemplares só servirão para a morte do que sobrar. 3- Caso não encontres casais formados há venda, compra um grupo grande de juvenis (6 +/-) das 3 espécies e espera que se formem casais. 4- No caso dos similis, ir-se-ão formar 1 ou 2 colonias. Cumps, Nuno Reis
  16. Olás, Deixa só recuperar o fôlego e já respondo.... Tenta escrever com "vírgulas" e "pontos", de modo a que percebamos melhor o que queres. Se não o fizeres, vão acontecer algumas mortes por falta de ar... A forma mais simples de verificar o sexo dos caeruleus, é observando as riscar pretas ao longo das barbatanas: grossas e com cor intensa no macho...finas e menos exuberantes na fêmea. É uma técnica que falha muitas vezes, sendo que a única forma eficaz de verificar o sexo é através da observação do acasalamento e posterior guarda dos ovos pela fêmea. Macho (adulto): Fêmea (adulta): Olha que manter mbunas em casal poderá não ser uma ideia muito genial. O ideal seria teres comprado um pequeno cardume e esperar que se "orientassem". Cumps, Nuno Reis
  17. Olás, Faltou ao Rednal referir que quer a sump para água doce (o post foi colocado no local errado...). Sendo assim, a ideia dos refúgios...espaço para escumadores, etc terão de ser pensados de outra forma. Rednal: mais cuidado da próxima vez! Cumps, Nuno Reis
  18. Olás, Não te vou aconselhar ou desaconselhar acerca dos tropheus, simplesmente porque nunca mantive nenhum. Aconselho-te a ler estes 2 tópicos, e tirar as tuas conclusões: http://www.aquariofilia.net/forum/viewtopi...pic.php?t=27378 http://www.aquariofilia.net/forum/viewtopi...pic.php?t=25825 Posso desde já dizer-te que, de forma resumida, um aquário com apenas 100cm de frente causa muitos problemas á manutenção de tropheus e ao estabelecimento de hierarquias. Talvez uma espécie mais fácil (e barata) fosse melhor...mas isto digo eu que não percebo nada do assunto. Cumps, Nuno Reis
  19. Olás, Não percebi nada do que queres, tenta explicar-te um pouco melhor... Se pretendes peixes para colocar num aquário de 240 litros tens de, á partida, excluir as seguintes espécies: - Bentochromis tricoti -> já viste o tamanho do bicho? - Petrochromis -> já viste a agressividade e tamanho do bicho? - Tropheus -> procura por outros tópicos, e já percebes porquê... :D Quanto ás espécies que escolhes: Lamprologus tretocephalus/sexfasciatus - Como já reparaste, são muito semelhantes e poderão originar hibridos entre si. Ou compras um...ou o outro. - Lamprologus brichardi -> na foto não me parece um brichardi, mas um "dafodil". É um peixe que se reproduz muito, acabando por dominar o aquário. Está demasiado "batido" e perdeu um pouco a piada... Opta por outra espécie do complexo "brichardi" (dafodil, por exemplo). - Lamprologus leleupi -> dá um colorido muito interessante ao aquário. - Neolamprologus brevis/similis -> são quase "obrigatórios", se quiseres fazer um aquário com conchiculas + rock-dwellers. - "Neolamprologus" moorii -> o nome correcto é Variabilichromis moorii. Tenho um casal e são muito pacíficos com os outros peixes...mas terríveis entre si. Demoram muito tempo até poderem reproduzir. - Altolamprologus calvus -> muito bonitos e fora do vulgar. Desconheço se são ou não agressivos, mas poderão comer alevins de conchiculas. - Julidochromis/Chalinochromis -> são muito ciosos do seu território e agressivos para os outros peixes. - Enatiopus kilesa -> precisam de MUITO espaço para fazer os seus ninhos, portanto terás de abdicar de algumas espécies para albergares estes meninos. Com 240litros tens espaço suficiente para colocar 3 espécies. Eu apostaria num casal de Julidochromis/Chalinochromis, um casal de Variabilichromis/sexfasciatus/leleupi e um grupo de similis. Cumps, Nuno Reis
  20. Olás, E o tamanho do aquário? Betta - se o aquário fôr inferior a 60cm (60litros +/-), não coloques mais de 1 exemplar. Tanto o macho como a fêmea atacam-se mutuamente (é mais comum ser o macho a atacar a fêmea). Corydoras - são peixes de cardume, talvez fosse melhor escolheres mais exemplares (4-6) Camarões e caracóis - parece-me uma boa escolha, mas espera até o aquário estar mais estável/envelhecido. Barbos tigre - esquece...são demasiado agressivos, é provavel que ataquem os outros peixes em aquários pequenos e até os camarões. Rasboras - caso substituas os corydoras por Cobitídeos (botias PEQUENOS ou kuhlies, por exemplo), com os rasboras fazias um bonito biótopo asiático. Guppys - são uma boa escolha como primeiros peixes mas...bettas + guppys = provável azar. Néons - não acho que sejam muito sensiveis, são uma boa escolha. Cumps, Nuno Reis
  21. Olás, Como estás em termos de água aí na tua zona -> pH e durezas (kH e gH)? Depois de verificares estes parâmetros, trata de escolher peixes que se adaptem a estes valores. Se preferires gastar mais algum dinheiro a tentar modificar estes parâmetros, faz a escolha no sentido inverso -> escolhes (sem comprar, claro) os peixes e depois adaptas o aquário aos peixes pretendidos. Quando tiveres escolhido um biótopo ou grupo de peixes adaptáveis entre si, volta a perguntar. Cumps, Nuno Reis
  22. Olás, Lê este tópico e tira as tuas conclusões... http://www.aquariofilia.net/forum/viewtopi...ght=areia+praia Resumindo o que é escrito, o grande problema da areia da praia tem a ver com os silicatos contidos na mesma (e já agora a pouca ou nula acção no que diz respeito á manutenção do pH/alcalinidade/níveis de cálcio). Não sendo estes - silicatos - muito solúveis em água, é discutível a acção "libertadora" da areia em relação aos silicatos... No entanto, segundo o que também é escrito, a areia da praia provoca "booms" de diatomacias (cuja parede celular constituida por silicatos)...o que não é nada agradável. Se queres poupar dinheiro na compra da areia, utiliza bare-bottom (sem areia no fundo - é um pouco inestético) ou uma pequena camada de aragonite muito fina (2-3cm - de modo a não teres nitrificação nenhuma ou muito pouca). Cumps, Nuno Reis Ps- usa e abusa da água do mar!
  23. Olás, E eu só conheço multifasciatus. Pelo que sei, ambas as espécies são muito semelhantes em termos comportamentais (ciclideo conchicula comunitário, com um macho dominante e vários sub-dominantes, diversas fêmeas e alevins). Em termos fisionómicos: Multifasciatus (ausência de riscas na cabeça, riscas escuras) Similis (riscas na cabeça, cor mais escura, riscas claras. Ligeiramente maiores): Cumps, Nuno Reis
  24. Olás, Alguns dos denominados "tubarões" de água doce e que pertencem á família dos ciprinideos são, espanta-te...herbívoros. :D É o caso do "Labeo" (Epalzeorhynchus) bicolor e do "Labeo" (Epalzeorhynchus) frenatus. Se fosse a ti, desistia da ideia...e montava um aquário "decente", com espécies mais comuns. Cumps, Nuno Reis Ps- tuning? Não me parece...