João Cardoso (Kadoxu)

Registo Particular de Lojista
  • Posts

    1,398
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    58
  • Country

    Portugal

Everything posted by João Cardoso (Kadoxu)

  1. Alterou a fonte de água desde essa montagem anterior? (por exemplo, mudou de casa ou utiliza uma água diferente) Qual é a dureza (gH) da água do aquário e da água que usa para as TPAs? Que tipo de material filtrante tem no filtro? Não me parece.
  2. Atenção que a injeção de CO2 baixa o pH (o CO2 é ácido). É normal o pH baixar durante a injeção.
  3. Além dos métodos que já falaram aqui, também se pode introduzir amónia pura, que promove o ciclo, mas não traz tanta carga biológica como a comida de peixes. Cartão de crédito velho faz maravilhas também.
  4. Verifique o que tem dentro do aquário que possa estar a causar essa subida de pH. Isso normalmente é causado por rocha ou substrato de origem calcária.
  5. Achas 25ºC é muito por alguma razão em especial, além do consumo de energia? Quase todos os meus aquários estão a 25-26ºC, que é a temperatura ideal para a maioria dos peixes e plantas tropicais crescerem a bom ritmo (e os peixes de água fria também não se queixam). Digo-te mais, aquele aquário que tinha a Monte Carlo a crescer à doida é o único que está fora desses valores, está a 28ºC, porque o termostato no mínimo não dá menos que isso (estou para lhe instalar um controlador de temperatura, mas ainda não tive paxorra).
  6. Nesse aquário, na minha opinião, ou camarões ou um Betta só
  7. Depende do que queres fazer no aquário, sem mais detalhes sobre o aquário é impossível ajudar.
  8. Como te disse no outro tópico, 20L para uma oranda e um telescópio é muito pouco... cada peixe desses precisa entre 60 a 80L de água.
  9. Tem 2 peixes que precisam de pelo menos 60 a 80L de água cada um num aquário de 20L, não precisa de muito mais explicação. Pintas brancas provavelmente tem White Spot. Compre um aquário maior, ou arranje quem tenha condições para lhe ficar com os peixes, por favor. Fez o ciclo do azoto? sabe o que é? Já fez testes á água para ver se os parâmetros estão em níveis aceitáveis?
  10. E o que é que as instruções do teste dizem que isso significa?
  11. Assumes mal... aqui em casa vai tudo corrido a água da torneira, não tou para essas mariquices 😆
  12. Provavelmente, ia haver uma probabilidade um pouco maior de teres algas enquanto a coisa não estabiliza, não me parece que seja muito mais que isso...
  13. Faltam teste à amónia (NH3/4), Nitratos (NO3) e com esse pH, seria importante testar a dureza da água (gH). Algo me diz que a dureza está com números astronómicos. Que tipo de substrato e/ou rochas utilizou no aquário?
  14. Assim já durmo melhor! 😂 Nariz de Bêbedo ficam muito grandes para um aquário de 33L. O tamanho adulto de um Nariz de Bêbedo é 5cm, enquanto que um Neon fica entre os 2 e os 3 cm e os Âmbar ficam entre os 1,5 e 2cm. Há sempre lugar em casa para um 2º aquário... ou 8º no meu caso... 🙄
  15. Não nos apoderemos do tópico da Sofia, podes fazer estas perguntas no tópico da tua montagem. 😉 Eu punha os 50-60 na mesma. Porquê Amanos e não Red Cherries, por exemplo? São mais bonitos, fazem praticamente o mesmo trabalho e reproduzem-se, poupavas dinheiro, porque podias começar com uns 10 e passado uns meses, certamente terias umas boas dezenas deles. 😅
  16. Se tiveres um substrato inerte (areia por exemplo), qual seria o teu motivo para fazer TPAs? Nesse caso, a fazer TPAs, até estarias a atrasar/quebrar o ciclo do azoto, por estares a retirar a pouca ou nenhuma amónia que por lá houvesse. Por exemplo, montei agora o meu salgado há cerca de 2 semanas, o substrato é areia de coral, estou a dosear amónia líquida e um pouco de comida para o ciclo e ainda não fiz TPA nenhuma, porque ainda não há nada que eu queira retirar da água. Nos plantados em que o substrato não liberta muita coisa, também só começas a fazer TPA quando as plantas começam a derreter (para evitar cargas biológicas grandes causadas pela decomposição das folhas), ou quando tens o ciclo completo e é preciso reduzir nitratos antes de introduzir os peixes. Antes disso, não há grandes razões para fazer TPAs.
  17. Muito dificilmente te vais livrar disso a longo prazo, mesmo desfazendo o aquário todo. O melhor é tentar gerir e descobrir o que possa estar a causar esse boom. Eu uso Easy-Carbo da Easy-Life com algum sucesso.
  18. Ontem apareciam, hoje já não. Podes inserir fotos diretamente no fórum:
  19. Se não puseres mais nada, eu punha pelo menos uns 60... eles ficam muito pequeninos mesmo em adultos.
  20. Às vezes, as plantas têm folhas bastante diferentes consoante as condições em que estão, é normal não ser fácil identificar plantas! 😅 Eu vi muito isso acontecer nas minhas experiências de propagação fora de água. Um exemplo que tu deves conhecer bem, Alface de água, se tiver em águas paradas fica enorme, mas se estiver em águas com alguma movimentação da água, já não crescem muito. A Alface num lago ou vaso fica enorme e em aquários geralmente fica pequena.
  21. Dependendo do que tem no aquário um filtro que faça 5x o volume por hora é suficiente. O maior problema é a boa circulação de água para as plantas e terá de fazer manutenção ao filtro mais vezes, se ele for mais pequeno. Se retirasse o filtro interno, ficava melhor servido com o 350 e ficava sem aquele monstro dentro do aquário. Assim não tens essa opção.
  22. Tás preocupado com 10ppm de Nitratos?! Quem me dera! 😂 Eu quando tenho um aquário que não passa dos 20ppm para cima com alguma regularidade até deixo de fazer TPAs... Posso estar enganado, mas num plantado não é aconselhado manter entre os 5ppm e os 10ppm para não haver problemas de deficiências nas plantas?
  23. Depende do substrato. Só se faz TPAs se o substrato largar muita amónia nas primeiras semanas (tipo ADA Amazónia) Eu também tive que desistir do dry start da última vez que tentei... no meu caso era mofo a dar cabo de tudo (deixei o substrato molhado de mais) e acabou tudo bem.
  24. Se plantaste há 1 semana, é normal que as plantas "derretam". Se compraste plantas que não estavam dentro de um aquário, a planta foi "produzida" fora de água e tem de se adaptar. E mesmo que tenha estado dentro de água, os parâmetros da água diferentes podem fazer o mesmo. O que não é normal é a água estar verde, muito menos com as TPAs que estás a fazer. Para estares a dar medições de cloro, estás certamente a utilizar testes de fita... se for o caso, esquece isso, esses testes são pouco fiáveis, é sempre melhor comprar testes com reagentes líquidos. A presença de cloro no teste também é normal. O "anti-cloro" não faz o cloro desaparecer por magia, simplesmente faz com que ele deixe de ser nocivo para os peixes. Com injeção de CO2 é importante medir o pH sempre à mesma hora, uma vez que o CO2 faz com que a água fique mais ácida, portanto vai haver oscilação de pH durante o dia. 1,5 bolhas por segundo num aquário tão pequeno parece-me muito, eu tenho um aquário ligeiramente mais pequeno e injeto 1 bolha a cada 2 ou 3 segundos... mas comparar bolhas não é boa prática. O kH a 0 preocupa-me sempre um bocado. Usar injeção de CO2 e só aplicar fertilizante 1 vez por semana, também te pode estar a causar problemas. Luz, CO2 e fertilizante têm que estar bem equilibrados para a coisa funcionar bem. Na minha opinião, começar logo com 8h de luz é muito, devias começar com 6h durante pelo menos as primeiras 2 semanas e depois ir aumentando gradualmente, até chegar às 8h.
  25. O problema normalmente não se prende apenas pelo peso do aquário. Um móvel pode muito bem aquentar com 40Kg, mas se não estiver reforçado de maneira adequada e tiver uma pequena oscilação lateral (alguém embarrar com o móvel sem querer, por exemplo) pode facilmente dar de si. Os móveis do Ikea normalmente quando têm peso a mais, não caem para baixo, caem para o lado. Os "L" e/ou o tampo, como disse o @Tozé Nunes são relativamente baratos e valem bem o dinheiro em troca da segurança que dão. Se puder dar uma sugestão, eu tenho num aquário de 40L alguns 8 Tetras Âmbar e 6 Tetras Neon, ampulárias e Camarões Red Cherry. O meu está sobrelotado, mas está densamente plantado e tem um bom filtro, o que atenua um pouco a coisa. Dentro daquilo que falaste, eu sugeria uns 6 a 8 Néons, com umas ampulárias (caracóis) e uns Camarões Red Cherry (podes comprar só uns 6 a 10, que eles multiplicam-se depois sozinhos). A 2ª hipótese seria o Betta, com ampulárias e se quiseres arriscar, alguns camarões Red Cherry, uma vez que não é certo que o Betta não os coma. Da experiência que tenho, os bettas não se comportam da mesma forma se tiverem outros peixes no aquário. Ottos e corydoras num aquário tão pequeno, como são peixes de cardume e deves ter pelo menos 6, reduzem muito o que podes depois ter mais dentro do aquário.