• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

asol

.Membro
  • Content Count

    209
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by asol

  1. asol

    Aqua 84L

    Boas, o aqua está simples e bonito ;) . Esse fungo é normal aparecer nos troncos nos primeiros dias a seguir à montagem. Em principio deve desaparecer conforme apareceu, mas podes sempre meter uma caridina japónica para acelerar o processo. Na minha última montagem demorou uns 15 dias a desaparecer. cumprimentos
  2. Boa noite, se o aros plásticos do fundo e do topo não estiverem partidos e levou silicone nas fugas aguenta-se na boa. Para ter a certeza verifica se ele verte durante uns 2 dias (não sei há quanto tempo já está cheio), se não verter não dará problemas por aí certamente. Cumprimentos
  3. Boas, os amanos têm tendência a arrancar as plantas que ainda não estejam bem enraizadas, por isso era de retardar a entrada por mais uns dias. Quanto aos peixes já os tenho introduzido antes dos trinta dias em algumas montagens sem problemas mas costumo meter alguma água de um aquário que já tenha a funcionar a 100%. Caso ainda não o tenhas feito antes, no meu entender seria uma mais valia meter nem que fosse 1 ou 2 litros da água que tem os peixes. cumps
  4. em muitas lojas o que interessa é vender. O bem estar dos animais e a sustentabilidade do aquário fica para último plano. Em relação à fauna é sempre mais fácil manter um aquário com menos vivos do que com mais, seja ele qual for o tamanho do aquário. Tal como disse antes, o limpa vidros deve ser um otocinclus os outros limpa vidros (que agora não me ocorre o nome) em adultos atingem mais de 10cm o que é demasiado para o tamanho desse aquário (na minha opinião). Quanto aos guppies 3 parece-me viável, tal como já disse antes é preciso controlar muito bem a população, caso haja machos e fêmeas rapidamente vai haver reprodução e os filhotes vão sobrecarregar o aqua. O pH parece-me bem para os guppies, algo entre os 6,5 e os 7 está bem não é preciso forçar alterações. Deixa a natureza rolar... O kH a zero não me parece um problema caso seja para ter guppies.
  5. asol

    The New Reborn

    ah, ok... como tinha mencionado a possibilidade num post anterior estava a seguir essa linha de pensamento. Nesse caso o tamanho do aquário, no meu entender, é mais que suficiente para ter um betta ou mesmo um casal.
  6. asol

    The New Reborn

    O betta pode (e quase de certeza vai) comer alguns camarões, mas se houver alguns refúgios alguns safam-se sempre e a colónia deve-se desenvolver na mesma só que mais lentamente. A título de exemplo há quem diga que guppies são compatíveis com camarões, no entanto já tive endlers que me comiam camarões já com perto de 1cm quando os apanhavam a jeito. Se gostas da combinação camarões e betta nada como experimentar ;)
  7. Boa noite, eu uso este http://www.fishmate.co.uk/Automatic-Fish-Feeders/Fishmate-F14-Aquarium-Feeder tenho aquário na casa onde passo os fins de semana, com estes alimentadores caí exatamente a quantidade de comida que eu deixar no compartimento. É preciso ter atenção à humidade, para não haver azar o ideal é ligar a bomba de ar ao alimentador para não deixar acumular humidade na comida e impedir o normal funcionamento. cumprimentos,
  8. asol

    The New Reborn

    Boa noite, parece-me adequado para juntar marisco ;) (camarões) e fazer um aquário de invertebrados. Se o objetivo for reproduzir metia apenas uma espécie a gosto, se for para ficar bonito umas três espécies também a gosto.
  9. subscrevo, também prefiro ter os vivos com ligeiras diferenças em relação ao ideal mas constantes do que ter os parâmetros sempre a oscilar. Por vezes perdem-se alguns no início mas depois, principalmente os que já nascem nessas condições, têm uma taxa de sucesso superior.
  10. Boa noite, o pH 7 é um pouco alto para os crs. Por outro lado os crs são camarões mais sensíveis, o meu conselho é experimentar os red cherrie, ver como eles reagem e reproduzir. Daqui a uns meses, se tudo correr bem com os red cherrie, eventualmente dar o salto para os crs. Entretanto adicionar umas folhas de carvalho e/ou outros elementos para tentar baixar um pouco o pH. Cumprimentos
  11. respeito a opinião, no entanto se formos para uma colónia inicial de 10 camarões red cherrie por exemplo rapidamente se multiplicarão e farão dejetos equivalentes aos 11 peixes (dependendo da comida que se dá a uns e a outros, quer uns quer outros prefiro que passem um pouco de fome do que tenham comida a mais). A experiência mostrou-me que o importante é manter o aquário em equilíbrio. Neste sentido, um ciclo bem feito (pelo menos 1 mês), esquema de TPA's rigorosas e sem excessos de comida (apenas dar comidas que seja consumida imediatamente) parece-me que os 11 peixes seriam felizes. Um aquário de 60l era muito melhor para começar, mas visto que o aquário já está montado estava a aconselhar dentro do que tem. Se o bichinho pegar aí sim no próximo aquário convém pensar nos peixes que quer primeiro e depois ajustar o aquário e restantes equipamentos ao pretendido. Em alternativa aos neons há peixes mais pequenos: danio margaritatus, danio choprae e algumas espécies de rásboras entre outros. A biobox não é dos tipos de filtro mais eficazes, mas para essa litragem as opções não são muitas. A melhor alternativa talvez seja um filtro de cascata para ganhar espaço dentro do aquário.
  12. há plantas que não precisam necessariamente de substrato fértil, entre elas tens os musgos, os fetos e as anúbias por exemplo. Quanto ao tamanho do aquário é de facto pequeno e por isso não indicado para guppies principalmente para alguém que está a começar. No entanto, na minha opinião dá para ter meia dúzia de neons, um ou dois otos e alguns guppies (um trio ou mesmo só alguns machos para evitar a reprodução). O problema dos guppies é que se houver machos e fêmeas reproduzem como ratos e rapidamente se fica com o aquário a abarrotar de peixes. É obvio que com camarões e um betta (os dois em simultâneo nem sempre dão bom resultado) será mais fácil a manutenção.
  13. normalmente ao fim de um mês o ciclo já está feito e já se pode começar a introduzir os vivos gradualmente. Entretanto, não sei se já tens alguma planta natural mas podes introduzir algumas que ajudam sempre a equilibrar o aquário. Só em alguns casos mais específicos é que convém deixar a ciclar mais tempos (camarões ou peixes muito sensíveis).
  14. boa noite, as que já colocaste são suficientes... agora é só deixar a natureza fazer o resto, a paciência é essencial na aquariofilia. Mais calma agora = menos problemas no futuro ;)
  15. Boa tarde, Subscrevo esta opinião... se for o caso usas umas pastilhas de fertilizante de longe a longe. Cumprimentos
  16. Bom dia, o tipo de substrato depende da finalidade, se vai levar plantas ou não e mesmo dentro das plantas umas exigem mais do substrato que outras. Depois há sempre a questão de se misturarem, isto é o de baixo subir enquanto o de cima desce. Se já tiveres uma ideia dos substratos que pensas usar ou fotos, o pessoal podia ajudar melhor. Cumprimentos
  17. ok, se afastar 1 ou 2 cm já dá para limpar ;) com alguma paciência à mistura ;)
  18. Boa noite, só um reparo, o tronco maior parece estar encostado ao vidro. Esperemos que não tenhas problemas de algas, mas se for preciso limpar os vidros vai complicar nessa zona... Cumprimentos
  19. boa tarde, para limpar algas verdes é não há melhor que neritina puligera (vidros verdes ficam limpinhos de um dia para o outros) mas por vezes tem essa questão dos ovos. Tirando estes os outros vão ajudando todos na manutenção de uma forma ou de outra, talvez os melanoides ou planorbis corneus. Cumprimentos
  20. Boa tarde, A opinião do membro MartinsTiago é de ter em conta. De resto, o Inácio já disse quase tudo em relação aos filtros de esponja. Se o objectivo não for criar intensivamente, o aquário com bastantes plantas, musgo e algumas flutuantes aguenta-se perfeitamente sem filtro (ou seja sem ruído algum). Tenho um cubo 17x17x17cm montado desde dezembro só com luz e aquecedor com 6 crs, 4 tangerine tigers, dois neritina puligera e ainda 5 peixes mini (danio margaritatus de criação própria que ficaram ainda mais pequenos que o normal). Nunca lá mexi é só pequenas TPA e reduzir às flutuantes que se vão multiplicando. Não tive baixas, a menos doa tangerine tiger que têm especial tendência para o suicídio e de longe a longe lá vai saltando um cá para fora (o tronco chega à superfície da água e daí é um saltinho cá para fora).
  21. Bom dia, podes tentar aqui. Cumprimentos
  22. Olá, também acho que o mais importante é tu gostares. Eu acho que os troncos e as pedras estão bem combinados, só não deixava a linha das pedras tão retilínea. Puxava um pouco as duas pedras do lado direito para trás de modo a ficarem a fazer uma curva nesse sentido. Mas também depende do local onde vai ficar o aqua e se os lados ficam à vista ou escondidos e, não menos importante, das plantas a usar... Força nisso.
  23. Boa noite, Se a ideia é refazer o layout poderias fazer tudo do zero... Por outro lado se já houver peixes na montagem atual e forem para manter na nova montagem, eu costumo tirar uns 50% de água para garrafões, levo o filtro conforme está e meto os vivos num balde para a viagem e depois ligo nesse balde o filtro e o termostato até ter o aquário pronto a recebe-los de novo. Quanto às plantas, a parvula se ficar atrás deve dar um efeito parecido ao da foto mas dependendo da altura do aquário talvez a vivipara desse um efeito melhor. A parvula à frente acho que fica um tapete muito alto. Eu não sou entendido, mas se postares as dimensões do aquário e eventualmente imagens dos troncos que já tens deve ser mais fácil de ajudar. Cumprimentos,
  24. Boa noite, estava a escrever o mesmo que o Gonçalo... adiciona na galeria do forum e já não tens mais problemas com as fotos ;)
  25. Pois :( , eu também cheguei a fazer uma armadilha muito parecida com a tua e nada. Depois comprei uma armadilha já feita no ebay e também não as apanhou. Como tive uma má experiência com o NoPlanaria (morreram bastantes camarões e bichinhos nada, passeavam felizes da vida) das últimas vezes que me apareceram erradiquei-as com TPA's, redução de comida e quando estava com pachorra também caçava umas quantas com uma pipeta.