asol

.Membro
  • Content Count

    209
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by asol

  1. Bom dia, essas plantas são de baixa manutenção e por isso não precisam de cuidados especiais. Quando tiver peixes os seus dejetos serão mais que suficientes para as fertilizar. A amónia é por causa dos peixes e não das plantas... a amónia em excesso matará os peixes. Quanto à alimentação dos peixes 2 vezes por dia também chega (neste momento estou a alimentar os meus uma vez por dia e eles estão muito saudáveis e gordinhos ). Atenção que, no meu entender, mais vale comida a menos do que comida a mais, ou seja, não considero grave que os peixes passem um pouco de fome. A comida me excesso só vai gerar problemas (algas e poluição da água). Ajuda ter alguns animais que podem ajudar a limpar os restos de comida no fundo (por exemplo corydoras, caracóis ou camarões). Apenas toma atenção nos caracóis por certas espécies reproduzem-se como ratos e podem levar a um excesso de população no aquário num curto espaço de tempo. Nota que ainda é cedo para meter peixinhos, mais uma semanita e já poderás meter um primeiro habitante depois deves ir introduzindo a restante fauna aos poucos para não gerar picos de amónia com variações bruscas na carga orgânica (=quantidade de dejetos) do aquário.
  2. É uma questão de escolheres plantas de fácil manutenção. Com essa areia não aconselho plantas de raíz, mas podes colocar por exemplo fetos de java, anúbias, musgo de java. Existem outras possíveis, mas estas é muito difícil que não se aguentem. As plantas naturais vão consumir nitratos da coluna de água ou seja vão ajudar a manter o aquário em equilíbrio. Já agora deves acrescentar também uns calhaus e/ou um tronco para fixar as plantas indicadas.
  3. Deves esperar 2 semanas, quanto menos pressa agora em introduzir animais menos problemas no futuro. Por agora podes e deves introduzir plantas naturais caso ainda não tenha (pelo post inicial não dá para perceber se já tem). Podes também tirar umas fotos e mostrar à malta
  4. Se calhar uma deste tipo fica mais barata e mesmo não sendo boa pelo menos já foi testada em aquas... http://www.ebay.com/itm/162102506898?_trksid=p2055119.m1438.l2649&var=461063386020&ssPageName=STRK%3AMEBIDX%3AIT Em alternativa podes usar tubos t8 led que já se encontram na maioria das lojas de cá. Tem o inconveniente de só haver de 60 ou de 90cm, mas é o que eu estou a usar em todos os meus aquários e as plantas estão finas
  5. Sugeri a japónica porque é a única espécie que conheço capaz de limpar a gosma. Quando o serviço estiver feito é aconselhável retirar de novo do aquário. Como as caridinas japónicas crescem muito mais que os crystal provavelmente vai-lhes causar stress. Pessoalmente acho melhor colocar uma japonica do que tirar tudo para fora, lavar e voltar a meter no aqua. Mais tarde quando o ciclo estiver completo o aquário terá lugar para uma boa colónia de camarões e meia dúzia de caracóis (que não se reproduzam).
  6. boas, a montagem está muito bem conseguida, parabéns. Em relação às dúvidas subscrevo o que o membro José Prada disse... Com 3 camarões eu nem dava comida ou então dava apenas uma a duas vezes por semana, pela minha experiência mais vale comida a menos do que a mais. E os camarões no extremo começam as roer as plantas verde (é o sinal claro que têm comida a menos ). Caracóis sim mas reforço que não sejam de fácil reprodução pois podem virar praga, se bem que também podem servir de barómetro da quantidade de comida: elevada reprodução corresponde comida em excesso no aquário. O filtro de esponja é suficiente para essa litragem, eu só uso filtros de esponja nos aquas de camarões (60l). No entanto, eu prefiro os de duas esponjas para poder limpar alternadamente a colónia bactérias no filtro mais estável. A gosma é normal em novas montagens, uma caridina japónica é do melhor que há para tratar disso
  7. Estou no pc. Já consegui ver no chrome (suponho que as imagens estejam alojadas no google drive). Vamos ao que interessa, o aquário está simplesmente espetacular . As plantas estão com óptimo aspeto.
  8. já fiz... tentei no safari e firefox e continua igual safari aparece isto: firefox aparece isto:
  9. Não consigo ver as fotos
  10. Não foi fácil... estava à procura de plantas novas... lol parece ainda estar com restos de cola, de resto assim fica com um aspeto mais natural
  11. Sim, de facto também há essa hipótese caso o aqua esteja bastante cheio por vezes elas gostam de apanhar ar... umas vez fui dar com uma já completamente seca a uns bons 3m do aquário . No entanto se há casca há camarão, como tem escalares eles deviam ir atrás delas e elas enfiaram-se no meio do mato para se protegerem. É ver à noite com uma lanterna, se estiverem vivas aparecem de certeza.
  12. É normal não se verem os camarões... a casca é sinal que estão a crescer. Espreita durante a noite que devem andar cá fora no pasto. Quanto às algo percebo de as fazer aparecer lol de as fazer desaparecer nem por isso.
  13. Boas, as japónicas são mais eficazes que os otos. Por outro lado é bem provável que as japónicas também gostem do pasto (leia-se ajudem no arrancar da cuba e de outras plantas mal enraizadas também). cumps
  14. Aqui vão as fotos... O fotografo é fraco e a máquina=tlm não ajuda. Trata-se de um aquário low-tech com um toque de aquascaping mas acho que dá para ver o efeito dos fetos.
  15. e a maçaroca desapareceu . O casamento entre as pedras e troncos está ótimo. Já a localização das ilhas parece-me estranha (artificial)... mas com as plantas deve disfarçar. Força nisso
  16. Eu voto em fetos de java narrow. Tenho um tronco parecido e o feto de java narrow fica 5 estrelas. Mais logo post uma foto para meter algum veneno :D
  17. Parece-me que o erro foi encher o aquário de transição com água nova. Por motivos profissionais já mudei de casa várias vezes e por isso fiz procedimentos semelhantes de cada vez que me mude. Nunca tive baixas, mas encho sempre pelo menos 50% dos aquários de transição com água do aquário original, geralmente é mesmo entre os 80 e os 100%. Muitas vezes os vivos ficam dois ou três dias em baldes com termostato e filtro a bombar.
  18. Boas, excelente projeto, força nisso... Quanto aos troncos o da esquerda está 5 estrelas, já os da direita :S. Principalmente o que está mais à direita, não sei se vai disfarçar com as plantas mas eu não gosto de ver o aglomerado de madeira tão voltado para cima. Era de experimentar incliná-lo de modo a levantar mais os galhos e baixar a base para depois poder disfarçar com calhaus à volta. Cumprimentos, Miguel Gonçalves
  19. O ciclo pode ser com um camarão mas e mais fácil e menos arriscado com um caracol por exemplo. Basicamente para completar o ciclo do azoto é preciso haver excrementos sejam eles de peixe, camarão ou caracol. As bucephanlandras são, de certa forma, parecidas com as anúbias por isso também são de agarrar aos troncos e/ou pedras. Das plantas mencionadas anteriormente as cryptocorines são as únicas que têm que ser enterradas.
  20. (1), (2) e (3) não tenho nada a acrescentar por falta de experiência/conhecimento... (4) é comprar uns 10 e se tudo correr bem em alguns meses devem chegar aos 100... Se não houver peixes ao barulho o aquário aguenta perfeitamente com bastante mais que 100 (5) subscrevo as indicadas pelo Gonçalo84 e acrescento algumas à lista: criptocoryne, bucephalandras. (6) para as plantas indicadas uma simples luz led (tipo esta) com um pouco de bricolage é suficiente. (7) o ADA é um excelente substrato para gambas (nos meus red cherry uso algo mais em conta, nas espécies mais sensíveis só uso ADA) ( gosto de ambos os tipos de pedra e do tipo de madeira, é uma questão de encontrar uma combinação que goste. (9) para as plantas indicadas não é necessário. cumprimentos e boa montagem
  21. Boas, Se for só para camarões e invertebrados, uma bomba de ar com um filtro de duas esponjas chega perfeitamente (eventualmente ainda pode levar um pequeno cardume de peixes de pequeno porte, tipo 5 a 8 peixes até 5cm em adultos). No entanto, por vezes um filtro de mochila ou um externo (vai aspirar alguns camarões recém nascidos para dentro dele) liberta espaço dentro do aquário e fica melhor esteticamente falando. Para além da escolha do aquário, é preciso ver qual a iluminação e layout do aquário pois se é para camarões convém levar plantas (algum musgo incluído). A escolha da luz e do substrato vão influenciar o leque de plantas mais indicadas. Eu gosto de aquários low-tech de baixa manutenção com plantas de crescimento lento e algumas algas à mistura (anubias, fetos, cryptocorines, musgos, etc). cumprimentos
  22. Boas, O aquário está como eu gosto, simples, funcional e bem apresentado. Em relação aos musgos também acho que fazem falta nos aquários de camarões, mas pessoalmente gosto de musgos de crescimento lento (fissidens fontanus por exemplo). O musgo de java, assim como a maioria dos musgos, crescem e espalham-se muito rapidamente e têm tendência a enrolarem-se/agarrarem-se às plantas na vizinhança... Eu não gosto dessas misturas e também não gosto de mexer muito nas plantas (leia-se fazer podas). De resto os outros musgos de crescimento mais rápido também são bonitos, tudo depende do espaço que se quer ocupar com musgo e da manutenção que estamos dispostos a fazer. Por exemplo, nos meus aquários de criação tenho musgo de java e christmas a potes, já no meu aquário da sala só tenho fissidens. Cumprimentos,
  23. Boa noite, Quando vi este tópico abri exatamente para mencionar os Macrobrachium jelskii. Já os tive e eles criaram bem apesar de serem de ordem inferior (de notar que a temperatura ideal anda em torno dos 28ºC). Na altura comprei ao membro aquaben, mas já lá vão uns (muitos) anos e também já não me lembro de ver post's do aquaben por aqui. Cumprimentos
  24. Nesse canto também acho que esse layout tens mais potencial
  25. Sim, eu sei ver que o camarão já está morto há algum tempo (nunca disse o contrário), não é exatamente a primeira experiência que tenho com camarões (muito pelo contrário). Infelizmente já vi camarões mortos várias vezes. A minha suposição é isso mesmo, uma suposição, e não me parece impossível. Pode ser muito improvável mas ninguém pode provar que é impossível. Já agora, para reinar com a situação, para quem perceber um pouco de lógica, provar que esta situação é possível é bem mais fácil que provar que é impossível. Note-se que não está provado que é possível (nem que é impossível). Mais uma vez realço que não vim aqui impor ideias mas sim mostrar um video de uma situação que achei que o merecia, depois cada um avalia como bem entender. Quem tiver curiosidade vê, quem achar um dispare pode nem sequer ver e quem quiser comenta, é para isso que serve o fórum. Eu mantenho o meu ponto de vista com a minha suposição em aberto, respeito os vossos pontos de vista e espero que respeitem também o meu. De resto, podem e devem continuar a deixar as vossas opiniões. Boa aquariofilia a todos,