tpt

Membro
  • Posts

    73
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by tpt

  1. Eu tenho o mesmo problema que o Pedro, tenho dois L. Dorsigera e não sei se são casal ou não, seria boa ideia juntar mais dois para ver se formavam algum casal? Tenho um aquário de 120 litros com um tronco grande, muito musgo de java, sagitária subulatta, e outras que não sei o nome, com um cardume com cerca de 10 guppies que não aumenta devido à predação a que são sujeitos. Não sei se será demasiado 4 L. Dorsigeras em 120 litros e provavelmente teria de me livrar dos outros logo que um casal se formasse.(devido a alguma agressividade). Podem-me ajudar? Obrigado.
  2. Para comer algas e resistir ao nosso clima apostaria na Jordanela. Têm a fama de serem muito resistentes. Cheguei a ter um casal num aquário e adorei. Não tenho a certeza se se darão bem com kinguios já crescidos.
  3. Bom dia, Gostaria de saber se existe incompatibilidade em misturar endlers e vivíparos anões (heterandria formosa). Estou essencialmente preocupado, se existe o perigo de hibridação. Muito obrigado.
  4. Sem muita certeza, punha a hipótese de uma reacção lenta entre as águas. Experimenta misturar 50% de água do minipreço com a água da torneira, num garrafão, se puderes à mesma temperatura que no aquário. Mede o Ph passados 3 dias. Posta os resultados. (fiquei curioso) Outra questão, quando medes os ph de 6,6 ou 6,8 a temperatura já estabilizou?
  5. Este é o titulo de uma notícia apresentada pela Calouste Gulbenkian. Provavelmente será apenas um estudo que confirma aquilo que todos nós já suspeitamos. Serve também para mostrar a importância dos peixes, neste caso os danio zebra para a ciência. Os peixes também precisam de amigos
  6. Olá José Lavado, Quanto aos peixes, apesar de estares nos Açores, julgo que podes adoptar os peixes deste tópico:
  7. tpt

    Pequenas duvidas

    Relativamente ao termostato, apontava para um de 25 ou 50w, quanto à luzes não vou opinar, mas enquanto os experts não se pronunciam, podes confiar no site da tropica: http://tropica.com/en/guide/make-your-aquarium-a-success/light/
  8. Não vejo necessidade de comprares o teste de nitratos... O da amónia sim. Lê sobre o ciclo do azoto e vais perceber porquê. A causa de morte dos teus peixes deve ser a amónia. Quando percebes que algo está errado, (como por exemplo, uma corydora a descansar de lado) deves reforçar de imediato as tpa´s (a tpa de 50% de que te falei acima) e assim baixas a concentração de amónia. Ok? Mesmo que outros peixes tenham resistido, isso não quer dizer que não estejam a ser afetados, ficam mais debilitados e sujeitos a doenças.
  9. Cuidado com os fertilizantes granulados. São para plantas terrestres? Se for, tem atenção à sua composição química, especialmente às moléculas com azoto. Podes estar a introduzir amónia por essa via.
  10. Não fizeste o ciclo do azoto, não foi boa ideia. Tenta passar algumas das cerâmicas do aquário da tartaruga para o aquário dos peixes. Para ver se aceleras o processo. Faz tpa´s de no mínimo 20% dia sim dia não, durante a primeira semana. Se notares algo estranho nos peixes faz uma tpa maior (50% por exemplo). Tens vários tipos de pedras, que provavelmente te alteram a química da água, o que te pode trazer alguma instabilidade ao aquário. Faz o teste do vinagre, retiras as pedras do aquário e pões-lhe o vinagre em cima, se observares alguma efervescência então essa pedra não é boa para o aquário, apesar de não ser totalmente garantido, pode ajudar. Tens uma "pedra" cor de laranja, que me parece tijolo e que me parece ter cimento, se assim for retira-a imediatamente, o cimento pode ser nefasto para a qualidade da água. A pedrinhas coloridas, também não são muito aconselháveis, por vezes os corantes diluiem-se na água e podem prejudicar os peixes. Seria bom se conseguisses melhorar a iluminação do aquário, para poderes ter algumas plantas, fetos de java ou elodea, por exemplo. Logicamente se não fizeres fertilização não é garantido que te corra bem. Eu já vi fetos de java bem bonitos sem qualquer fertilização mas nem sempre é assim. As plantas ajudam na estabilização do aquário. O filtro do aquário deverá ter no mínimo um caudal de 250 ou 300l/hora para garantir (já com as matérias filtrantes) 5x a capacidade do aquário. Enche o aquário até ao topo e compra um termómetro para saberes qual a temperatura do teu aquário. Quanto à tartaruga, na minha humilde opinião, ainda necessitava de mais espaço, trata-se de uma luta inglória pois dificilmente lhe conseguirás dar boas condições, o ideal seria teres um lago... Desculpa o testamento, admito que não fui muito simpático, mas também admiro a tua vontade e empenho, (nos diy) que é sempre necessária para que tudo corra bem. Pensa que este é apenas o primeiro passo daquilo que tens para aprender. Facilitava se fizesses a apresentação do teu aquário de uma forma mais organizada. Existe um formulário para tal, mas não o consegui encontrar.
  11. Concordo com o bmbarbosa. Atenção à comida para Corydoras pigmeus, a comida deve ser de tamanho pequeno, se usares granulado para outros espécimes maiores elas podem não conseguir comê-lo.
  12. Vou-te dar uma dica um pouco "fora da caixa": Se continuares a usar a areia da praia no aquário, porque não usá-la tb no recipiente onde acondicionas a água antes da tpa? Assim, quando essa água fosse para o aquário não te provocaria tanta alteração nos parâmetros da água. É sempre um risco e não sei se alguém já fez algo semelhante... Quanto ao facto das fêmeas morrerem, quando estão quase a parir é normal, é a altura em que estão mais fragilizadas.
  13. Apresenta o Setup do aquário: Volume, filtro, aquecimento, decoração, tpa´s,.. Quantidade de peixes... Sintomas e/ou comportamento dos peixes.... Valores de nitritos, nitratos... Se possível umas fotos. Se puderes ter umas plantas de fácil manutenção e de crescimento rápido podem ajudar a manter o teu aquário mais estável. Provavelmente, a subida de PH está relacionada com o tipo de rochas ou areia usadas. Tenta antes manter o PH estável, qualquer dos valores apresentados, te permitem ter sucesso com Guppys Foste muito vago, apresenta o teu aquário para te podermos ajudar.
  14. De onde és? Vê lá: http://mauser.pt/catalog/product_info.php?cPath=23_66_887&products_id=62706
  15. As minhas já comeram pedaços de ervilhas depois de escaldadas e descascadas. Na altura quis reforçar a alimentação do meu otto e elas adiantaram-se. Com os alimentos que referes nunca experimentei.
  16. Qualquer das opções é válida. O de 75W permite-te um possível upgrade para um aquário até 80l. (Talvez até mais) Aconselho-te é a comprares um de uma boa marca. Tens uma loja muito competitiva na Amora, a Oliaquadream, com material de qualidade. Falas com o Sr. Paulo, ele esclarece-te sem te tentar impingir nada. 5*
  17. Ok, Cada cabeça sua sentença. Ambas válidas. (tudo bons conselhos!) Adriana, começa com calma, seja lá quais forem as tuas opções, é muito importante perceberes as consequências das escolhas que fizeres: Se por exemplo, optares por te iniciares, com um filtro interno desses que vem nos kits (normalmente sub dimensionados), não poderás ter tantos peixes, como se tiveres um filtro externo Eheim, ou Fluval, ou outra marca toda xpto, com por exemplo, um fluxo de 8X a capacidade teu aquário por hora. Com um filtro mais fraco, deverás ter menos peixes, ser mais criteriosa com a quantidade de comida, fazer mais tpa´s, talvez até ter cuidado na escolha de espécies menos proliferas, para que o aquário nunca fique sobrelotado. O que te vai obrigar a estar mais atenta, a dedicar mais tempo ao hobby, mas possivelmente vais aprender mais depressa. Com um bom filtro, podes ter mais peixes, vais ter uma maior colónia de bactérias que te tornarão todo o teu sistema mais estável e um pouco mais imune, aos erros mais comuns de principiante. Nunca te esqueças, que dentro de um aquário existem seres vivos, que devem ser bem tratados, cujas as vidas, estão nas nossas mãos. Desculpa o testamento, espero ter ajudado!
  18. Hugo, 1 Cory Aeneus é pouco, devias ter 3 ou 4. São peixes de cardume e o volume do aquário justifica.
  19. Vi no Aquachile em Lisboa. Não sei se fazem envios.
  20. Arranja Esha 2000 (que é um medicamento generalista) e aplica-o conforme a bula. Duplica as TPA´s. E quando os peixes melhorarem, tenta arranjar-lhes uma nova casa, com melhores condições. Podes depois adquirir fauna mais adaptada ao aquário. (camarões, rasporas...) Ou para um aquário sem aquecimento, 4 ou 5 Neons chineses ou até Dánios Zebra. E boa sorte.
  21. Sim, depois de alguma pesquisa tb concluí que será esse o caminho a seguir, estou a pensar em incluir larvas de mosquito vermelho. É um alimento que se aproxima daquilo que estes peixes encontrariam na natureza e com muita proteína. Enfim, um bom suplemento. Muito obrigado!
  22. Tenho a mesma opinião, mas gosto de aprender.
  23. Já pensaste em substituir a lâmpada que tens por outra tubo led? aumentas os lumens e diminuis os custos com a electricidade. Tens é trabalho a alterar o circuito eléctrico da calha, que é simples, mas em caso de dúvidas posso ajudar-te.
  24. Bom dia, Considero a qualidade da alimentação que dou aos meus peixes muito importante. Com comida de boa qualidade, os peixes são mais saudáveis e os parâmetros da água mais estáveis, o que me evita muitas dores de cabeça. Actualmente num aqua de 120l tenho: 1Casal de Apistogrammas Borelli (entrada recente) 1 Casal de Bolivianos, Mikrogeophagus altispinosa 1 Casal de Jordanellas 2 yunnanilus sp. rosy 1 Oto 1 Garra Favatra 3 Corydoras paleatus 1 Camarão Amano 1 Ancistrus sp Quando fui à loja (comprar os borelli) falei um pouco da alimentação que lhes dava e este alertou-me que eu também tinha de dar "carninha" referindo-se a papas. Eu julgo que seria apenas uma forma de me tentar vender mais qualquer coisa, convencendo-me de que a papa seria essencial. Na minha opinião, as comida actuais dispensam as ditas papas, com a vantagem de poluírem menos o aquário. Mas, fiquei a pensar nisso... Actualmente tenho para os meus bichos as seguintes comidas: -Dr Bassleer Biofish food regular (pellets) - todos os dias -Discus vita, da sparos - todos os dias -spirulina super forte 36%, tropical - todos os dias -Dajana tablets adhesive - 1/2 pastilha 2 vezes por semana -JBL NovoBel Flocos - 2 vezes por semana (a Garra Flavatra adora estes flocos!) -Shrimp wafers da Ocean Nutrition 1 vez por semana Os peixes parecem-me saudáveis, activos e cheios de vitalidade. As Jordanellas andam sempre "pinar", os yunnanilus sp. rosy também e os altispinosa ainda na semana passada andaram a defender um território mas não cheguei a ver ovos. Devo acrescentar algo? São a papas essenciais para a saúde dos peixes? Também já pensei em começar a dar artémia congelada, mas tenho algum receio que venha contaminada... Acham que a artémia seca seria um bom complemento? Luís.