• >>> Anúncios da Comunidade <<<

    • João Branquinho

      Mensagem para Visitantes   15-04-2017

      Estimado visitante, antes de mais, muito obrigado pelo seu interesse na comunidade Aquariofilia.Net! Esperamos que esteja a gostar do conteúdo que temos no fórum. Dado que não é ainda um membro registado da nossa comunidade, não sabe que está a perder muitas outras funcionalidades e informações disponíveis apenas a membros! Do que está à espera para se juntar a nós? É só fazer clique no canto superior direito e pode inclusivamente usar as redes sociais para agilizar o processo de registo. Obrigado!

babykhan

.Membro
  • #Conteúdo

    1068
  • Registado Em

  • Última Visita

  • País

    Netherlands

Reputação

24 :)

Sobre babykhan

  • Rank
    Membro Entusiasta
  • Aniversário 25-08-1972

Formas de Contacto

  • Mail
    antoniojoseavalerio@gmail.com

Informação de Perfil

Quem visitou o meu perfil

3734 visitas ao perfil
  1. Folhas das plantas sujas

    Boas A acumulação deve-se a isso mesmo, falta de circulação. Não conseguiremos nunca, por mais que tentemos, replicar a corrente de um rio, nem mesmo a miserável quantidade que passa na maioria dos rios de onde essa espécie é original. O que podemos é tentar. Ao promover a circulação vais impedir que o 'lixo' se mantenha espalhado e o filtro possa captar a maioria, mesmo tendo o tubo de pesca a 'meio pau', parece aquelas gravatas que acabam a meio do peito, se fosse até abaixo seria mais eficaz. 10 vezes não é assim tanto se pensares nisso, o teu filtro faz x (menos de metade do anunciado, calhando apenas um terço) portanto só aí estão uns 400 litros, uma powerhead fraquita faz sempre mais de 1000, portanto essa que encomendaste é mais que suficiente para os tais 3000 que te estou a tentar convencer a instalar. Dinheiro estragado com a compra de camaroada, não negues à partida uma ciência que desconheces... Não creio que vás desperdiçar nada, gastas mais em comida seca e não faz nem de perto nem de longe, o mesmo pelas cores dos teus discus como uns camarões, podem e vão fazer. Tens plantas que cheguem para eles se esconderem, mas as crias deles não sabem, só os adultos. Se os arranjares já grandes os discus não vão conseguir comê-los a todos, e após umas horas perdem o interesse, mas quando virem os pequenitos a passear o instinto predador vai voltar. Se arranjares Amanos, ainda melhor, são grandes demais para fazerem parte do menu e a quantidade de crias é muito maior, além de que são mais úteis que os reds. Os ancistrus vão-te dar cabo das plantas, não têm algas para comer e não são de passar fome, nesses sim ias deitar dinheiro fora, dinheiro que te vai fazer falta para os aquecedores todos pi-pis, que valem o preço mas que são caros que se fartam (eu só os compro usados). Por outro lado, se tiveres criação dos ancistrus os discus vão adorar as crias deles, tão queridas a abanar as caudas, a tentar manter-se coladas aos vidros, meia dúzia de dias após o nascimento, sempre guardadas pelo pai sem fazerem ideia dos perigos que as rodeiam... Tive um casal de discus que guardava fielmente a saída de uma das tocas onde alguns dos meus ancistrus se reproduzia, que massacre, até custava ver, já camarões nem tanto, se calhar se fossem mais moles... Agora a sério, vai começando a pensar em furar o fundo do aqua, ligar o tubo de pesca a esse furo, colocar o aquecedor em linha com esse tubo, e trocar essa areia por uma coisa mais em modos, tens um setup muito bonito e toda essa quinquilharia podia sair. Duas palavras, areão de basalto, não só relaxa mais os peixes tornando as suas cores mais vivas, como realça mais as plantas, ou então não, aproveita que já tens essa areia e arranja um casal ou trio de apistos, é só a minha opinião, espero que não leves a mal a sinceridade. Abraço
  2. Folhas das plantas sujas

    Boas Pelas fotos não consigo perceber o que se deposita nas folhas, mas se está nas folhas e é lixo, deveria estar também espalhado pelo restante aqua. Se é lixo e está espalhado, aumentar a corrente não fará mal ao aqua, pelo contrário, só fará bem. Aumentar a corrente concentra o lixo num só sitio, tornando a sua remoção mais fácil. Na minha opinião deverias aumentar a circulação, pelo menos 10x a litragem do aqua. O filtro (que não conheço) deve ser limpo regularmente, como certamente sabes, mas uma powerhead ou duas só trariam vantagens. Introduzir ancistrus fará provavelmente mais mal que bem, pois a menos que lhes dês alimentação rica em vegetais e fibras eles vão começar a procurar por substitutos, caracóis são na minha experiência melhores a limpar. Eu aconselhava-te 1 ou 2 ampulárias, e como tens essa areia não te posso aconselhar Melanoides tuberculata, senão aconselhava. Não consigo estar muito tempo a olhar para as tuas fotos porque a cor é incómoda para mim, no entanto tens um aqua com plantas em muito bom estado, não encontro sinais de algas, e a peixeirada parece de boa saúde, para quê introduzir peixes maioritária mente vegetarianos? Caracóis ou uma mão cheia de red cherries ou uma pequena mão cheia de amanos afinavam isso num instante, com um bónus, as crias da camaroada servia de snack aos discus. Só mais um aparte, tens de arranjar maneira de refundir esses aquecedores, parecem aquecedores a óleo, e o ppl hoje em dia só quer ar condicionado (aquecedores inline tipo estes). Abraço
  3. Acho que vou perder a cabeça e iniciar me

    Boas Se vais comprar, compravas o maior que pudesses... Podes sempre escolher peixes pequenos para fazer o aqua parecer maior, mas se queres plantar isso não há como fugir. Com o dobro dessas medidas fazias uma coisa em modos. Não te ficaria por 175€, calhando 500 não chegavam, mas darias razão ao Gonçalo. A tv é deprimente, não o objecto em si, mas o que lá passa. Um aqua pode ser o que quiseres que ele seja, e não te serve de nada ficares deprimido se a coisa descambar. 120 x 60 x 65 pelo menos, tens espaço, o dinheiro serve para fazermos uso dele e com essa litragem terias parâmetros muito mais estáveis. Um aqua usado de alguém que tenha ficado desiludido com as algas e a morte da fauna, sem riscos nem estaladelas, bem falado ainda sacas algum equipamento, fazes um móvel todo pi-pi, um sistema de leds à maneira e ficas mais contente do que com a compra da próxima tv gigante, tudo isto por menos de 350€. É só a minha opinião, não quero influenciar ninguém. Abraço
  4. Identificaçao de planta

    Boas Ohhh, já te ia cravar para me trazeres uma dessas Aponogeton madgascariensis, tenho uma que eles me enviaram, mas é um cultivar da Tropica, a narrow leaf, no entanto prefiro as mais cheeinhas... Eu sou do tempo em que na Aquaeden não havia peixarada nos tanques de exposição de plantas. Muito mudou entretanto, a cave está operacional, a qualidade aumentou para níveis ainda mais altos, enfim uma das melhores, senão a melhor das lojas nacionais da actualidade. Mas nem tudo é longínquo, a Ecoarium Porto (é em Gaia mas...) está quase lá, não tarda. Abraço
  5. Identificaçao de planta

    Boas Essa parece-me uma Crypto (albida quase de certeza), mas é-me difícil estar a afirmar pois não tenho a noção do tamanho da dita, e esse crescimento é emerso. Off-topic, tiraste essa foto na Pro-Aquarium? É que aparece aí uma Aponogeton que procuro há vários anos... Abraço
  6. Boas Eu mantenho 15 (quinze) aquários em minha casa, já pensei em montar outro mas poderia ser um exagero. O próximo está a ser cuidadosamente pensado e será um terrário, é para caranguejos por isso pouca água terá e não será tecnicamente um aqua. Há uns anos desperdicei cerca de 30 litros, quando uma experiência que tinha a decorrer, de forma periclitante admito, caiu da mesa da sala e se estatelou no chão causando a morte prematura a uma colónia de Tanichthys micagemmae e os tais 30 litros de água. Aprendi, custou-me admitir mas aprendi com esta experiência: 1º Devemos selecionar com muito cuidado as batalhas com as nossas caras metades, quase nunca têm razão e quando somos apanhados em falso, geralmente fazem questão de reaver todos os pontos perdidos em batalhas anteriores, portanto a mesa da sala deixou de fazer parte da sala (pelo menos da minha). 2º A luz do Sol não provoca algas. 3º Enquanto vivos os T. micagemmae são muito mais bonitos, apesar de serem iluminados pelo Sol de igual forma. Por fim, aprendi que se deve poupar, não só a água mas também tapetes, soalho flutuante e até cadeiras (nem que sejam para acompanhar uma mesa de sala para outra morada). Nunca mais matei um T. micagemmae, nunca mais dei mesas ou cadeiras, nem gastei uma pinga de água com aquários (o meu passivo no entanto é quase como o do FC Porto mas em grande, só na sala estão mais de 1000 litros). A solução? 7 bidões de 20 litros, uma tábua em condições (devidamente encerada), para os colocar em cima e umas armações para prateleiras que há à venda no Leroy Merlin, tudo conjugado de forma harmoniosa num dos meus WC. As minhas paredes são de pladur, por isso não me exponho em demasia à lei de Murphy. Por cima do autoclismo, em sifão permanente, uma mangueira que liga a uma outra que está num dos ditos bidões e voilá, zero perda de água por factores alheios à minha vontade. O carro não lavo, em parte porque não tenho, mas também por princípio, se os meus vizinhos gostassem mesmo de o ver lavado deveriam ser mais pro-activos, porque criticar é fácil. Rego os meus morangos, rego os meus chás nos seus vasos individuais, as minhas aromáticas, e até as decorativas pois creio que os seres vivos merecem respeito, mas não troco água aos aquas só porque é quarta-feira. Se não observo comportamento ou sintomatologia estranha na peixarada, deixo as plantas continuarem a fazer o seu papel, vou acrescentando a que evaporou e faço manutenção ao/s filtro/s. Muita da camaroada reage mal a trocas de água, alguns peixes também (por ex. Iriatherinas werneri), os meus Discus devem gostar da lenta e constante desmineralização, interrompida claro quando se impõem baixar os nitratos e fosfatos através de uma TPA. Não há dois aquas iguais (acreditem já tentei e não dá), cada caso é um caso, a relva do meu vizinho é mais verde que a minha, ou mesmo aquilo das pedradas nos telhados de vidro, poderíamos estar aqui a despejar clichés (lugar-comum) até as vacas voltarem para casa, ou até as galinhas terem dentes, mas na minha modesta opinião a TPA não deve ser obrigatória, não acredito que possa ser facultativa, mas antes modelada às necessidades próprias de cada habitante dos nossos aquas. Como em tudo na vida o equilíbrio é fundamental, mais ainda se formos trapezistas ou aquele tipo de pessoa que se balança num arame-bambo, sendo que neste último exemplo, fundamental mesmo seria procurar um trabalho a sério, nem que seja como trapezista. Sem querer ofender ninguém! Os meus aquas hão de durar mais que muitos aquas salgados, nesses o evitar o desperdício é francamente mais difícil, a manutenção mais trabalhosa e esses dois singelos factores são suficientes para não temer pelo futuro dos meus. Enquanto houver piscinas, jacuzzis, banhos Turcos, campos de golfe, postos de lavagem auto e outras aberrações (camarárias ou privadas) não serei tutelado em relação ao número de aquas que mantenho (deve haver um emoji qualquer com o punho cerrado e cara feia, imaginar aqui). Fim da ofensa não intencional. Uma óptima medida para preservar os nossos parcos recursos hídricos: Escorraçar ou melhor, tributar pesadamente proprietários de eucaliptos, se querem lucrar com a desertificação do país, paguem pelo bilhete. Se já se tributam os carros mais poluidores, porque razão se isentam os que conspurcam a nossa natureza? Enfim, já me estou a desviar do tema e não quero ser incorrecto com o criador do tópico, mas re-centrando, reutilizar = não desperdício, nem sempre, mas utilizar de forma inteligente os recursos é fundamental, na minha modesta opinião. Por esse facto creio que as TPA obrigatórias são erradas, sendo no entanto necessárias em maior ou menor escala em função dos aquas que mantemos. Abraço
  7. Montagem de fitragem em 3 aquários na vertical

    Boas Tenho uma bateria de três aquas mais sump. Tenho os vidros dos aquas furados no topo de uma lateral, uma curva 90º um espigão para ligar a mangueira e a água do de cima entra no de baixo, e assim sucessivamente até chegar à sump. Quando falta a luz (e enquanto não a pago para ser reposta) a água que se acumula na sump é a soma dos espaços entre a tona da água e o furo no vidro, dos três aquas, claro. Tenho uma Eheim compact 1000 (1000 litros/hora) que repõe a água apenas ao aqua mais alto, talvez só lá cheguem 300 ou 400 litros, nunca os contei. Funciona, têm todos filtro de fundo por isso nunca postei fotos aqui, aborrece-me ser linchado em praça pública, prefiro o recato do lar. Podes no entanto fazer a 'pesca' directamente na curva 90º, há umas protecções próprias de enroscar. No teu caso o 3e 700 não deve ser suficiente, já consideraste uma sump? Abraço
  8. The Serenity

    Boas Eu é que agradeço, as memórias que revisitei desses meninos alegraram-me. Hoje acordei cedo, portanto vou chagar o meu 'dealer' a ver se ainda vou a tempo de juntar essa espécie aos borelli que ele me disse estarem na próxima encomenda. Só um aparte, há já algum tempo que tenho 'diminuído' o tamanho das criaturas que mantenho, faz os aquas parecerem maiores, mono-espécie porém só virei a ter um, é para um casal de Discus selvagens, não só à hora da refeição (não têm maneiras nenhumas, devem ter sido criados nalgum aido), que espero ver reproduzir. Se vier a arranjar o casal ou trio de Nannacara adoketa rapidamente passará a ser um comunitário normal... Abraço P.S. ontem nem li o tópico todo, por isso peço que me desculpes só hoje ter entregue a minha inscrição no teu fantástico canal do youtube.
  9. The Serenity

    Boas Nos primeiros dias que os tive até me assustava com os estalos que faziam. Surreais. Aconselho-te plantas de superfície para o ritual de postura, o macho aperta a fêmea num 'abraço' dão umas voltas caindo lentamente e quando ela larga os ovos ele fertiliza-os e depois apanha-os e coloca-os no ninho de bolhas, escorraçando a fêmea de seguida, claro. Muito típico de anabantídeos, mas se calhar por serem tão diminutos, pumila na realidade, o espectáculo torna-se ainda mais bonito. As plantas são só para que o pobre do macho não ande constantemente a repor bolhas perdidas com o agitar da superfície da água. Sexá-los é mais fácil do que parece, a fêmea tem logo a seguir à bexiga natatória uma pequena mancha onde estão localizados os ovos, o macho tem a barriga mais 'transparente', portanto se os observares contra a luz a diferença dos sexos rapidamente se torna clara. Imagina as fêmeas guppie, é por aí, só a mancha é branca, é fácil. A camaroada rapidamente aprende, os que ainda não souberem, que esses ninjas são letais e as emboscadas que eles fazem são relativamente bem sucedidas. Os que lhes cabem na boca raramente escapam, mas os camarões maiores atraem-nos mais e os pequenitos lá se vão safando. Compra quantos puderes, não te vais arrepender. Abraço
  10. Aqua - SUSSOA

    Boas Vidro oxidado é algo inaudito, eu não conheço a composição química dos vidros desses aquariofilistas, mas pago e bem a quem me mostrar um vidro oxidado. Havia uma discoteca em Vigo chamada Óxido, numa altura conhecida dos arquivos como século 20... mas os óxidos são algo relacionado com metais, não com vidro. O que se observa à priori nem sempre é suficiente, há que experimentar e eliminar comprovadamente através da repetição, não estou a criticar a era Vitoriana, foi dela que surgiu a Bellissima Epoque, mas nessa época acreditava-se (entre outras parvoíces) que era o mau cheiro quem provocava as doenças (cólera, febre tifoide por ex.), não se dando importância à higienização. Como eventualmente não há mal que sempre dure nem bem que nunca acabe, pessoas como Darwin surgiram e as ideias foram evoluindo. O que quero dizer com toda esta algaraviada é que não deves, podes mas a meu ver não deves, exemplificar coisas como o episódio da colher para provar que os sais são o mal do mundo e devem ser exorcizados. Baseio esta opinião não na minha experiência de esquecer objectos de metal em frascos de oxidantes, porque teria dificuldade em explicar a diferente reacção da colher se esta fosse de ouro puro, porque teria relutância em voltar a comer bacalhau curado de forma tradicional (aquele que lasca que é um mimo) e mais importante, porque teria imensa dificuldade em responder convenientemente a quem me sugerisse colocar a colher estropiada num frasco de fertilizantes da Tropica ou da Seachem a ver se a revitalizava. Os 'maus cheiros' dos sais não provocam ferrugem óxidos em vidro, as algas castanhas nos vidros não são óxidos e os camarões adoram algas. Como esta trindade há várias, há quem afirme que fertilizar por excesso cria algas, há-de um dia aparecer um Darwin que esclareça que as 'plantas' inibem o crescimento de algas, que a pressão osmótica é crucial na absorção dos diversos elementos químicos pelas plantas e que são as concentrações e não as quantidades que o determinam. O tal do Darwin que há-de chegar vai dizer: "Aleloquímicos e saturação de CO2 são factores cruciais no combate às algas.". O primeiro por ataque directo e o segundo por permitir às bactérias oxidar os nutrientes facilitando o consumo por aquelas e impossibilitando o acesso a estas. À época do Darwin (o das barbas) a fotografia já existia, era muito utilizada com fins hoje considerados mórbidos, mas hoje em dia muitos avanços foram conseguidos e não podemos já confiar mais no que vamos revelar à loja. Há muitas maneiras de alterar fotos, algumas bem conhecidas outras mantidas em segredo por muito sujeito que as posta na net, entre elas temos o algodão, que é uma substância que não risca muito os vidros ao esfregar as algas castanhas que nele se depositam, não serve para limpar ferrugem de metais, mas para isso há umas massas de polir que se aplicam em boinas de algodão e que resultam muito bem. Se algas se formam no vidros à saída dos filtros será por ser aí que a concentração de nutrientes seja mais alta e a de oxigénio mais baixa? Por conselho teu fui comprar um difusor da neo, quando ele ficar entupido com algas vou limpa-lo como aconselhado por ti, e se ele funcionar em modos será por teu conselho que virei a usufruir dos seus efeitos. Gosto muito dos dois Elos REA50 que tenho a bombar, são mais eficientes que os difusores inline que também possuo mas nem todos os meus aquas recorrem ao filtro externo, os bazookas são do melhor mas há muita imitação reles por aí, agora o que é comum a todos é entupirem (use-se sais ou calças), demorar mais ou menos tempo é indiferente, quando perderem muita funcionalidade limpam-se e se não estiverem bonitos para a foto também. Eu sei que há muita confusão e por vezes o texto lido online exagera as emoções de quem o escreve, falo por mim que sou cliente NOS ADSL (já o era no tempo em que roubava net aos meus vizinhos) mas que estou a tentar mudar para fibra. Não quero que penses que estou a berrar nem muito vermelho da cara ou sequer a dar murros na mesa onde apoio o teclado, é de vidro, não enferruja mas parte e os únicos vidros que gosto de comprar são para manter peixes, não para 'despejar a minha raiva' (recordando o Circo de Feras) quero que saibas que gosto muito de ler o que escreves, que nem sempre concordo, que por vezes me rio até mas que reconheço o quão precioso é o tempo que despendes para o fazer (mesmo pago pelo patrão) e que principalmente o quanto ajudas quem se anda a iniciar nisto da jardinagem encharcada. Um grande bem haja e haja sempre tempo para escreveres e para te lermos. Abraço
  11. Eheim 2213 barulho constante

    Boas Pedindo desde já desculpa pela piada fácil, cito a Candace, irmã do Phineas e do Ferb, da (fantástica) série homónima e pergunto: Esse filtro está ligado a quêêêêêêê? Podes criar outro tópico na boa, não precisa de ser aqui a resposta, na série também há episódios duplos. Se não tiveres um ornitorrinco podes quitar uma tarta que quase não se nota a diferença, não sei é se será tão eficaz a lutar com o Prrofesorr Doofenshmirtz... Abraço
  12. Identificação e compatibilidade de espécies

    Boas Não me parece ser altispinosa, a 'pinta' está muito alta e notam-se as pintas azuis dentro do círculo, a metade inferior do corpo muito salpicada com 'brilhantes' e a cabeça mais refinada. As barras no corpo são mais grossas e a característica que mais me leva a afirmar ser uma ramirezi, é a barra 'quebrada' por cima do olho, nos primos bolivianos a risca é mais direita. Concordo plenamente com a opinião da Catarina relativamente à restante quinquilharia, que belo grupo de misfits tens aí. Abraço
  13. Eheim 2213 barulho constante

    Boas Super cola 3, crazy glue ou cianoacrilato, eu sou do Porto e vivo cá, mas a cola que tenho foi-me oferecida há muito tempo e já não está funcional. As peças que são atravessadas pelo veio têm de estar coladas uma à outra. Limpas o silicone besuntado com álcool, deixas secar e depois, centrando as duas peças com a ajuda do veio (a 'ventoinha' e o íman já sem besuntado de silicone) aplicas umas gotas da super cola e aguardas. Não percas as borrachas, só as podes comprar com um novo conjunto de rotor e veio, por isso se estimares esse só daqui a uns 15 ou 20 anos terás de comprar outro. Mas limpa bem o besuntado, senão não cola. Depois de seco podes besuntar o veio, não é preciso porque é de cerâmica mas podes. Abraço
  14. Algas principalmente nas anubias

    Boas As anubias, pela experiência que tenho, são esponjas de nutrientes. Há quem diga, "São de crescimento lento", pois são, se as deixares às escuras e não lhes deres nutrientes. Esses Discus fornecem nitratos suficientes, que tu complementas com o Potássio. Têm CO2, um pouco limitado na minha opinião mas se as outras plantas estão saudáveis, principalmente as Blyxas, a minha opinião deve estar errada, ou então atestas no Flourish, mas como referes que por vezes te aparecem GDA ou GSA pode ser alguma variação na alimentação. Uns dias sem congelada ou dieta forçada e la vem o pó verde nos vidros... Fosfatos! Se puderes, e não te custa muito 1, 2 € no máximo, complementa isso com 10 ppm's de Fosfatos. Adiciona 1 grama de KH2PO4 diariamente durante uma semana até à TPA. Os resultados deste teste são completamente reversíveis, podes perfeitamente deixar de fertilizar com o KH2PO4 e voltar a ter as algas. Eu não gosto muito de algas, mas a pinnatifida é lindíssima, pena é que gosta de Fosfatos, ainda mais que as anubias. Abraço P.S. Só aceito reclamações com fotos e não reembolso portes de envio.
  15. Crystal Wood

    Boas Se achas que foram os squirts ou spits ou esguichos de meia dúzia de mililitros que te tornaram a água verde, enganas-te. Se não pudeste comprar um filtro externo, seja lá porque razão foi, enganas-te ao pensar que ele te vai salvar o aqua. Se me dizes que tinhas a água verde e com "uma TPA de 30 %" ficou maravilhosa, não é a mim que me enganas. Se não acertares o foto período e o limitares a meia dúzia de horas por dia, se não tiveres um regime sólido de fertilização e TPA, enganas-te ao pensar que vais ter sucesso garantido. Por isso repito-te, Fertiliza, macros micros e CO2, troca água e deixa isso assentar, ou então não, experimenta, varia parâmetros e testa bastante e depois sim, fertiliza com micros, macros e CO2 e troca água com fartura. Mas vai postando fotos, não da água verde, só das folhas amarelas e tal. Abraço

Tempo de vida do fórum


Data de criação do fórum: March 16, 2003 00:00:00