Criaçao de corydoras (neste momento sterbai :D)


polnadal

Recommended Posts

Boas,

 

depois de algum tempo a tentar dedicar um aquário na criação de corys e um mês a tentar varias coisas para induzir a postura, finalmente consegui. O meu aquário tem 6 C. aeneus, 6 C. sterbai e 6 C. metae.

 

Temperatura: 26ºC, dureza per volta de KH= 3 e GH=3, pH= 6.8-7.2 (flutua nas TPA´s)

Sem plantas (agora coloquei musgo mas é simplemente por se algum ovo escapa da minha vista que os alevinos tenham algum rotífero nos primeiros dias se nao foram apanhados pelos pais).

 

Este é o meu aquário:

 

80cm largo * 30cm alto * 40 cm comprimento

Substrato: estou a usar Fluval stratum que reciclei do antiguo aquário de apistos. As bolas de argila sao redondas e ligeiras para evitar cortar os bigodes das corydoras.

 

Tenho colocados 5-6 vasos de plantas simplemente para crear um refúgio para os adultos (infelizmente as corys tem muito medo, e andam sempre escondidas quando passo perto do aquário). O aquário nao é precisamente bonito, é um aquário destinado a esta finalidade.

 

Tenho tentado varios dos conselhos que sao usados para inducir a fazer postura:

 

- TPA que baixe a temperatura per volta dos 23ºC

- Agua de osmose

- Alimento vivo (Grindal) ou congelado (dafnias e larva de mosquito vermelha)

…...

 

Na minha experiência, o único que é preciso e ter uma boa qualidade de agua e tentar manter uma temperatura e pH adequados:

 

SAM_7900_zps0947a50c.jpg

 

Depois de 1 mes e meio tive a surpresa de encontrar a primeira postura (nao muito grande, per volta de 20-30 ovos).

Eu sei que há muitas maneiras de fazer o que esta a seguir, mas decidi seguir o conselho do Ian Fuller (coryman) e retirar os ovos um a um com o dedo (a primeira vez que fazem isso nao é muito fázil, sao muito adhesivos e vocês vao ter que desarrolhar a sua própria técnica). A minha consiste em apanhar os ovos com os dedos (max 4-5 cada vez e colocarlos numa garrafa de 2 litros de cola bem limpinha onde tenho colocado per volta de 300-500 ml de agua do aquário onde fizeram a postura).

Para mi o mais fácil é colar os ovos dentro da garrafa onde o meu dedo chega (zona sem agua), e com ajuda de um tubo fininho (tipo dos que usamos nas bombas d'ar, sopram com força até fazer chegar os ovos no fundo o perto do fundo onde há agua). Eu sei que a técnica deixa muito que desejar, mas é a minha, qualquer outra é sempre bem-vinda, e sem dúvida, se vocês tem algum aquário de 10 litros ou similar preparado com filtro de esponja e bomba d'ar e termóstato, vao conseguir fazer isto de maneira muito mais fácil colando os ovos direitamente no fundo.

 

Depois de colocar os ovos todos na garrafa, adiciono 5-6 gotas de azul de metileno e coloco na garrafa bem sujeta dentro dum aquário que tem a mesma temperatura (25-26ºC) com uma linha d'ar (sem pedra difusora) para ter um borbulho constante:

 

SAM_7901_zps14270bc2.jpg

 

Depois de 3-5 dias os ovos vao nascer (alguns podem ficar fungados e se quiseram podem retirar da garrafa: os ovos brancos sao nao fecundados e vao fungar com facilidade).

 

Eu retiro os alevinos sugando um a um com um tubo fininho e coloco numa caixa de gelado que esta bem sujeta ao vidrio no aquário das corys. Fiz assim porque nao tinha mais aquários, agora comprei um par de aquários de 10 litros e tenho um deles montado com filtro de esponja e termóstato. A segunda caixa de gelado tem os meus 60 alevinos de Trichopsis pumila (gourami pigmeo).

 

Estou a fazer TPA's diárias de 60-70% com agua a 26ºC tentando aspirar o lixo do fundo:

 

SAM_7899_zps4d1008f2.jpg

 

Neste momento as C. sterbai estao a fazer posturas cada semana (vou ter que deixar de dar artémia :D:D:D)

Tenho a terceira na grrafa. A primeira deu uns 30 alevinos, a segunda uns 15-20. Só fungaram 4-5 ovos em cada postura.

 

Deixo uma foto de um alevino dos 8 que ajudei a nascer (nao perguntem, nao é preciso fazer isso :D:D:D) pelo que este peixinho tem segundos de vida:

 

SAM_7918_zps76ff8017.jpg

 

E aqui outro alevino que ainda tem o ovo na cabeça :D:D esta a tentar sair:

 

SAM_7919_zps454ffbc7.jpg

 

Os alevinos com tres dias perto de um musgo Flame moss e ovos de artémia:

SAM_7898_zps3f728fc6.jpg

 

Vamos ver como corre todo e quantos consigo safar nesta experiência, agora todos os alevinos estão num aquário de 10 litros a comer artemia.

 

cmps

 

Pol

 

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Boas Okinawa,

 

obrigado pelo comentário

as black venezuela, as orange laser e as green laser estão no ponto de mira (meu e do meu amigo potav = Paulo) pela sua demanda :D:D:D mas nao sao nada fácies em comparaçao. O Paulo tem um grupo de orange laser e estamos a ver se finalmente se animam :D:D:D

 

Eu vou tentar fazer uma aposta diferente (ainda menos comum) mas primeiro vou tentar aprender com estas. Hoje quando fiz a TPA já encontrei 3 mortas (de 50 alevinos) pelo que tenho que ir com cuidado e aprender passo a passo (a teoria já esta aprendida, pelo menos todo o material que estava disponível em fóruns, videos, livros, podcasts,…) agora a ver se conseguimos safar estes alevinos e melhorar a técnica.

 

Se me perguntam porque acho que morreram esses 3: eu diria que por ter sido demasiado cuidadoso (sou pae por primeira vez de corys hehehe), e tinha medo que na caixa de gelado sem filtro e sem ar nao duraram muito a pesar das TPAs diárias e mudei para o aquário de 10 litros, acho que nesse movimento tive as minhas primeiras baixas: mais uma nota para o futuro !! :D:D:D

 

cmps

 

P.

 

P.S. a modo de brincadeira: as black venezuela sao ums peixes pretos sem nenhuma graça hehehehe, acho que o motivo que tanta gente gosta é por ter um cor diferente a outras corys, se visitas a web do Ian Fuller (Corydoras world) vás ver muitas corys e muitos tipos de cores e formas, é giro ver que peixes é que o pessoal gosta (e insisto que estou a brincar, as black venezuela tem uma demanda enorme aqui e em qualquer outro pais, o problema é que há muita consanguinidade nesta variedade e custa muito reproduzir e safar as crias). Eu sei que há muita demanda mas como nos apistogrammas há coisas que custam perceber e é só nos olhos de cada pessoa que o conceito de beleza toma uma forma diferente :D:D

Edited by polnadal
Link to comment
Share on other sites

É normal termos algumas perdas, eu no caso dos alevins dos discus nunca tenho 100% garantido que os safo todos, tenho sempre alguma perca mas isso vai com a experiência até porque o discu é um peixe sensível.

Em relação ás corys é tudo uma questão de gostos e isso não se discute :bleh: é muito também pelo layout que pretendo fazer (areia sílica, tronco, umas pedras) vão-se destacar pela sua cor preto no meio de tanto branco.

Vou dar uma vista de olhos no site que me indicas-te e quem sabe se não fico de olho noutras :dance:

Link to comment
Share on other sites

Boas Okinawa,

 

sim, como já indiquei era só uma brincadeira, e é certo que as black tem uma coloração brutal para destacar nu fundo de areia branca :D

Como já indiquei, pensei em comprar um grupo (nao muito barato por certo) mas a possibilidade de eles cruzar com as minha aeneus cancelou por um tempo a ideia :D

 

o meu amigo, o "potav", também esta a iniciarse na criação de discus mas infelizmente o seu casal tem como hobby comer as posturas todas e poucos se safam. Alguma dica?? Já vao pela 5-7 postura comida, nao parecem querer aprender a ser bons paes :D:D:D

 

um abraço e muita sorte com eses discus,

 

Pol

Link to comment
Share on other sites

Eu não levei a mal a brincadeira :doofywave: pelo contrario, para mim uma das melhores coisas da vida é rir e brincar.

Sim elas ainda são caras, em principio serão umas dessas até lá posso mudar de ideias.

Em relação aos discus ele que experimente meter uma rede (vende-se no aki) no cone depois da postura feita assim evita que comam os ovos, comigo acontece-me o mesmo, o meu casal come os ovos se eu não meter a rede.

Link to comment
Share on other sites

Boas Okinawa,

 

sim isso é o que o Paulo faz, o problema é que quando nascem, pronto os discus fazem uma nova postura e comem os alevinos da anterior. Vamos ver como corre tudo.

 

obrigado,

 

Pol

Link to comment
Share on other sites

Olá Pessoal,

Os discus agora deixaram de fazer posturas no cone (por causa da rede).....agora metem no vidro. Mas já lhe espetei uma rede no vidro......acho que já vi uns 10 alevins a passear pelo cubo.

 

As corys está confirmado, foram as sterbai de deram à luz. As oranje estão mais difíceis.

Link to comment
Share on other sites

grrr!!! temos que encontrar o segredo dessas laser orange Paulo, que sao muito giras e muito caras, hhehe

 

abraço

 

P.

Edited by polnadal
Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

infelizmente tenho tido algumas baixas a pesar de seguir com detalhe as instruções que alguns criadores tem colocado neste e outros fóruns/webs.

Mas ainda há um bom número, vamos ver quantas consigo safar.

 

Deixo algumas fotos dos alevinos da primeira postura já com alguns cores e formas e com a barriga cheia de artémia :D:D:

SAM_7934_zps99882ba6.jpg

SAM_7939_zps740a5f0f.jpg

SAM_7941_zps065185b2.jpg

SAM_7942_zps832d9dc5.jpg

 

abraços e boa Páscoa,

 

Pol

  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

Pol,

Tenho 60 sterbai que eclodiram há 3 dias. Até agora nenhuma baixa. Estão na garrafa de plástico dentro do aquário a 27º com pouco arejamento através de pedra difusora. TPA diária de 80%.

 

Boa Páscoa

Link to comment
Share on other sites

Estou a descobrir os problemas dos aquários pequenos.

O meu 10l onde tenho os alevinos de corydoras tem variado hoje dos 24.5ºC aos 27.5ºC. Acho que este pode ser o motivo das mortes que ainda continuam.

Vou tentar procurar um aquário um bocado mais grande (20-25l) para ter melhor controlada a temperatura :(:(

 

P.

Edited by polnadal
Link to comment
Share on other sites

Boa noite,

 

hoje, com os pais de visita aqui em Portugal, descobri que a minha mae é aficcionada nas filmaçoes e montagens de vídeos. O vídeo é dela e consegueu apanhar as corys a fazer a sexta postura com muito detalhe:

 

 

cmps

 

Pol

Edited by polnadal
  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

Obrigado Hugo,

 

a aposta pelas Corydoras foi feita com muita ilusão e premeditação. Depois de ter lido o excelente tópico do Luis Dias neste fórum e muitos outros na net. Com o medo a nao conseguir nunca o propósito e 1.5 meses de interminável espera (sei que nao é muito, mas para mim foi longo e as primeiras vezes sempre pensamos que estamos a fazer alguma coisa de forma errada).

Acho que tive muita sorte de conhecer ao António Violante que como a grande maioria de pessoas neste fórum nao tem tido problema em mostrar a sua casa, os seus aquários, partilhar as suas dicas e que vendou um excelente grupo de 6 C. sterbai que acabou por ser um harém de 5 machos e 1 fêmea (uma boa distribuição no caso das corys). E o Paulo (potav) que tem iniciado o mesmo projecto em paralelo e tem ajudado muito, partilhando os sucessos e os erros e tentando aprender conjuntamente (vamos a saturar o mercado aqui em Oeiras de C. sterbai :D:D:D)

 

Mas o trabalho nao tem acabado até conseguir que:

- os peixes cheguem a ter o tamanho adulto

- tentar ver porque as outras corys (metae e aeneus) nao tem feto a mesma coisa (acho que a temperatura pode ter sido o problema (26ºC) pode ser alta para algumas corys

- tentar novas espécies mais complicadas mas com mais demanda.

 

Estou a espera do livro do Ian Fuller (acho que o maior experto em corydoras a nível mundial com 112-114 espécies reproduzidas e 40 anos de dedicação exclusiva as corys). Vamos ver se aprendemos algumas dicas mais para algumas das espécies mais complicadas.

 

A ver se todo corre bem e acordamos o bichinho da criação de peixes em mais gente aqui no fórum (que já e muito em Portugal comparado com outros países onde tenho vivido) que como o Ted Judy (http://tedsfishroom.com/category/video-posts/teds-fishroom/) comenta numa das suas entrevistas, antigamente era muito comum mas agora tem sido abandonado e mudado por muitas outras especialidades da aquariofilia em particular o aquascapping.

 

Abraço e ja vamos contando os sucesos ou os fracasos :D:D:D

 

P.

Link to comment
Share on other sites

A reprodução de peixes ornamentais não é fácil e requer muita paciência mas acho que dá um gozo tremendo a quem consegue.

 

Só te desejo (a ti e todos os outros que tentam) a melhor sorte do mundo e que nos mostres que tal é possível.

 

Vou continuar a acompanhar o tópico e esperar pelas boas novidades :)

 

 

P.S. Tomei a liberdade de partilhar o teu vídeo no facebook do fórum acompanhado do link para o tópico. Acho que estas demandas tem que ser partilhadas e divulgadas.

Link to comment
Share on other sites

Obrigado Pol pelos teus comentários. Este vídeo está muito bom e há muito poucos que mostrem a fase da pré-postura.

Vou esperar esse teu livro para ver como posso ter as melhores condições para a criação de C. orange laser. Como tu dizes, pode ser de ter a temperatura a 26º. Estão juntas com as C. Sterbai e estas fartam-se de pôr ovos.

Abraço,

Potav

Link to comment
Share on other sites

Obrigado Hugo, nao há problema, esta no fórum para partilhar com todos

Paulo: vamos ver se o livro explica alguma peculiaridade das orange e outras menos conhecidas, mas se nao fosse assim vá ser igualmente interessante :D

 

abraço,

 

P.

Link to comment
Share on other sites

Boas Pol

 

Parabéns pelos teus sucessos, normalmente sigo-os com alguma atenção apesar de não participar muito...

Como deves saber tenho reproduzido C. metae com algum sucesso, especialmente neste último ano...

E posso te dizer a meu método, apesar de já ter tido várias posturas no meu comunitário de leopoldis, agora tenho um pequeno tanque de 60 cms onde tenho um grupo de 9, 6 das quais já as tenho há quase 5 anos, onde as posturas tem sido frequentes, especialmente no outono. Água a 26ºC ph - 6,6 - 6,8 durezas baixas, sempre que se fazem TPA's com água mais fria (22-23ºC) elas fazem posturas. Existe sempre uma percentagem algo elevada de ovos não fecundados, pelo menos para este grupo, mas depois a criação é mais ou menos fácil, TPA's diárias, alimentação variada enguias de vinagre, microvermes, vermes de Grindal, repashy, alimento granulado...

Acho que um fator essencial é ter um grupo, mais de 6-7, já perfeitamente ambientado e maturado, mais de 2-3 anos, apesar de já ter tido posturas de descendentes com 1 ano...

Cumps e felicidades nos teus projetos...

Vitor Esculcas

Vitor Esculcas

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

obrigado Hugo, Paulo e Vítor.

vamos a seguir com este tema ainda um bocado a ver que aprendemos, agradeço sempre os conselhos. A pesar de ter lido muito o tema das TPA's com agua mais fria e de que o Paulo esta a fazer isso, o meu grupo de sterbai nao parece responder muito com isso (eu faço as TPA's por exemplo na segunda e eleas fazem a postura 2-3 dias mais tarde). Mas o Paulo assegura (e eu acredito) que as suas respondem as TPA's com agua mais fria e fazem a postura essa mesma noite ou o dia próximo. Acho que deve depender do grupo.

 

Paulo agradeço-te immenso que venhas na minha casa a semana próxima a dar de comer aos meus alevinos de corys quando estou em Alemanha. Mais uma coisa que agradecer aos amigos do fórum :D:D:D pós nao sei que aconteceria esses dias. Os aquários tem todo automático mais alguem deveria fazer de engenheiro e pensar um método para dar comida viva :D:D eu comprou a patente :D:D:D

 

abraço,

 

Pol

Edited by polnadal
Link to comment
Share on other sites

Pol,

As minhas TPA's são feitas com 50% água de osmose e 50% da torneira. A temperatura baixa dos 26º para os 23º. Desço também o nível da água para o filtro fazer de chuveiro e simular a água da chuva. Tive uma postura há 3 dias quando fiz TPA depois (anteontem) acrescentei água da torneira para subir o nível acima do tubo de saída do filtro. Hoje estão a pôr ovos outra vez. Mas novamente são de strebai. As orange é que não há meio de porem ovos.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...