Águas Frias Sul Americanas


Recommended Posts

As fotos estao mto boas, com o material que tenho desisti de obter fotos de peixes.

 

Os Meridionalis sao os meus favoritos, nao ha hipotese.

Mas a Creni faz inveja, esta sozinha? Pensava que estes peixes predadores nao podiam estar com outras especies pacificas de tamanho identico.

De facto este tipo de aquas e incivel, nao tem nada a ver com o 'classico' da agua-doce, que e o que eu tenho agora: Tetra Imperadores e Cardeais, etc.

Link to comment
Share on other sites

Olá Gabriel,

 

Obrigado por continuares a acompanhar este tópico!

A Creni está de facto noutro aquário acompanhada apenas por alguns pulcher. Eles não se sentem muito confortáveis com a situação...

 

Abraço

Diogo

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 

A vista que tenho do meu quarto é esta...
Picture1-9_zps58c07275.jpg?t=1371243809

 

Boas Diogo,

 

Antes de mais, parabéns pelo aquário.

Está brutal, adorei a foto do quarto.

Foi ponderado ou a ideia ocorreu quando estavas a montar?

Vais ainda fazer alguma alteração no lay-out?

 

Cumps.

Link to comment
Share on other sites

Olá,

 

Antes de mais, parabéns pelo aquário.

Está brutal, adorei a foto do quarto.

Foi ponderado ou a ideia ocorreu quando estavas a montar?

Vais ainda fazer alguma alteração no lay-out?

 

Não percebo muito bem a tua pergunta! Achas que não percebi que ia ficar com vista do aquário, antes de o montar?

Quanto ao layout, já mudou, como podes ver nos últimos vídeos que coloquei.

 

Entretanto consegui arranjar um macho de Crenicichla sp Bella Union! A fêmea foi o elemento que sobrou de um grupo de 4 que veio da Aquaporto e o macho também um resistente, neste caso de um amigo de Coimbra.

Na semana passada o macho chegou e juntei-o à fêmea:

Deixei-os separados no aquário e à noite quando os voltei a juntar nadavam lado a lado e comiam juntos.

Deixei-os juntos durante o dia e à noite quando os pude observar, a fêmea tinha as cores ainda mais fortes, o macho ganhou um tom prateado com uma riscas verticais muito finas e uma zona amarela junto ao operculo. A fêmea nadava em frente ao macho aos tremeliques, com o rabo encolhido e ele mordia-lhe o rabo...
Resta dizer que o aquário tem apenas 100x40x50 cm. Neste momento, ao contrário do que podem ver nos vídeos, tem já muitas rochas e esconderijos. No entanto, rapidamente percebi que os tinha que colocar num aquário maior e com companhia para evitar agressões.
No aquário "Águas Quentes Sul Americanas 2", tirei o casal de pulcher porque pensei que iriam competir com as crenis, isto porque os iporangensis preparam-se para mais uma postura. Quando isto acontece os pulcher dominam um lado do aquário e os iporangensis, o outro. Sobraria assim pouco espaço para as crenis andarem à vontade.
Dito e feito - as crenis nadam pelo aquário, tentam chegar (lado a lado) à zona da postura dos iporangensis e levam um chega para lá! As cores continuam muito intensas, pelo que penso que está a ser um sucesso!
Picture5_zps59d6d862.jpg?t=1375487370
Picture2_zps5ed903a2.jpg?t=1375487331
Picture1_zpsa18fb028.jpg?t=1375487291
Picture6_zps39a1f5d6.jpg?t=1375486909
Picture4_zpsf3f7b47f.jpg?t=1375487444
Picture3_zps54606435.jpg?t=1375487504

Abraço,
Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá,


Apenas para Vos dizer que tenho uma postura das crenicichlas!!!!


67c0ac1c-d49c-4f57-b099-885cefb3c3cc_zps


Reparem na forma dos ovos - são alongados e estão presos por uma das pontas!


Picture1_zps21b1e788.jpg?t=1375917730


As duas crenis defendem o lado direito do aquário com tudo o que têm!

Confesso que não esperava este acontecimento e estou mesmo muito contente! :thumb :thumb :thumb :thumb




Não esperava, em parte por causa do tamanho delas! Pelo que pude ler são peixes que atingem mais de 20 cm. Ora estas, não têm mais de 10.


Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites


As crenis já nasceram! Aqui fica uma foto (muito complicada de fazer por causa do local da postura) e um vídeo.


Picture1_zps1c540886.jpg?t=1376090629




Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá,


Ontem à noite a postura já não se encontrava no tronco! Provavelmente, com a temperatura alta os pequenotes desenvolvem-se mais rápido e terão já se soltado. Digo isto porque o casal estava mais agressivo que nunca, chegando ao ponto de ter todos os restantes peixes, literalmente encostados ao outro lado do aquário (que recordo é de 150 cm). Ainda não retirei os restantes habitantes, mas não falta muito! Para já separei apenas o aquário.


Pelo comportamento do casal, fico com a ideia que os colocaram dentro das pedras...! Aqui fica um vídeo:




Abraço,

Diogo

Edited by Diogo Lopes
Link to comment
Share on other sites

Olá,


Hoje fui encontrar o casal de crenis em grande alvoroço! A razão era simples...




Como podem ver os pequenotes estão praticamente prontos a nadar sozinhos! Acabei por retirar todos os peixes no aquário e deixar o casal sozinho. A agressividade era enorme, mesmo com o aquário dividido! É incrivel como este casal, acabado de formar, defende e trata dos pequenotes desta forma.


Ainda assim, decidi aspirar cerca de 1/3 dos pequenotes, para "criar à mão". Acontece que 1/3 daquela mancha, é isto:




Picture1_zps28a985d8.jpg?t=1376261516


Pelas minhas contas, são cerca de 250 peixes, o que faz com que a postura seja de 750 peixes!!!! :o:o:o


Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá,

 

As crenis já nadam livremente (bem, pelo menos as criadas à mão, porque as outras ainda não tive oportunidade de as ver). Aqui fica um vídeo.

 

 

Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
Olá,


Os pequenotes não sobreviveram às minhas férias, mas os pais voltaram a fazer das suas! Aí está a segunda postura!


Picture2_zps0690e3fb.jpg?t=1377955861


Picture3_zpscbf52ee6.jpg?t=1378042232


Picture1_zps4cf2b67e.jpg?t=1378042067


Picture6_zpsb0295e46.jpg?t=1378041925


O pai babado!!!


Picture5_zps50b6eb0a.jpg?t=1378041869


E um vídeo! Vejam no final a ligação entre o casal (o mais incrivel é que são muito novos e estão juntos há menos de 1 mês).




Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá,


Entretanto no aquário grande os peixes vão crescendo! Aqui ficam umas fotos dos peixes tiradas ontem... Não ficam grande dúvidas que, mais uma vez, Os supostos australis, se tratam de iporangensis!


Picture4_zpsb3a89e84.jpg?t=1378239148


Picture5_zpsf9d3b1ac.jpg?t=1378239187


Picture6_zpsf06f0021.jpg?t=1378239234


Entranto tirei mais algumas fotos!

Os Cichlasoma pusillum:


Picture8_zpsb19ec435.jpg?t=1378238788


Picture9_zps66757776.jpg?t=1378238746


Picture7_zpsa9116587.jpg?t=1378238701


Os Gymnogeophagus meridionalis - os maiores que sobraram que penso tratarem-se de uma casal. Ainda assim tenho mais 10 pequenotes.


Picture2_zpsafcdbbd7.jpg?t=1378239109


Picture3_zpsef505960.jpg?t=1378238999


Picture1_zps131f1f20.jpg?t=1378239057


E por fim os Gymnogeophagus caaguazuensis:


Picture10_zpsc03541c2.jpg?t=1378238953


Picture11_zps2c458671.jpg?t=1378238895


Picture12_zpsc72887bb.jpg?t=1378238642


Abraço,

Diogo

Edited by Diogo Lopes
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Olá,

 

Infelizmente os pais voltaram a comer o pequenotes, mas pior do que isso é que depois a fêmea acabou por matar o macho. A aventura das Crenicichlas termina aqui...!

 

Entretanto no aquário grande, depois de alguns pusillum, os Gymnogeophagus cattguazuenis morreram durante esta semana! Sinceramente começo a achar que isto das "águas frias" é uma coisa complicada!!!!

Bem... o aquário tem agora a seguinte população:
2 Cichlasoma pusillum (casal??)
2 Gymnogeophagus meridionalis (casal??)
1 casal de Geophagus iporangensis (adultos)
5 Gymnogeophagus meridionalis juvenis
5 Geophagus iporangensis juvenis
3 Corydoras paleatus
Espero sinceramente que os pusillum e os meridionalis sejam mesmo casais. Tudo indica que sim! Os pusillum conseguem ver-se muito bem no vídeo abaixo. Reparem na cor daquele que penso ser o macho.

Como podem perceber no vídeo o casal de iporangensis está a defender um lado do aquário! A razão é simples:
fotografia1_zps69a204ef.jpg
O casal que aparece no vídeo é o casal número 2 (tenciono até vender). O casal principal está no aqua da sala e são ambos maiores. O macho é brutal...
Picture3_zpsc74e3aa4.jpg?t=1379797334
Picture2_zpse6687bf5.jpg?t=1379883649
Picture4_zps4ad58d0a.jpg?t=1379883581
E a fêmea:
Picture1_zps9246e5f4.jpg?t=1379883525
E duas fotos gerais:
fotografia1_zpsac94b945.jpg
fotografia2_zps9c16c5b1.jpg
Abraço,
Diogo
Edited by Diogo Lopes
Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

Os pussilum irão ficar mais escuros, mesmo muito escuros, com brilho azulado.

 

Os meus reproduziram-se razoavelmente bem este ano no lago, porém as crias crescem mesmo muito devagar.

 

Um video com a coloração do macho adulto, olhando com atenção consegue ver-se a nuvem de alevins por baixo.

 

 

Os pussilum são peixes discretos, eu só os consigo ver bem no lago quando têm crias e as andam a passear de um lado para o outro. Nessa altura não resisto a brincar um pouco com eles...

 

 

Miguel

Link to comment
Share on other sites

Olá Miguel,

 

 

Obrigado pelo vídeo!

 

Viva,

Os pussilum irão ficar mais escuros, mesmo muito escuros, com brilho azulado.

 

Eu adorava ver como é que eles ficam em adultos, mas a verdade é que, dos quase 20 peixes que já vieram de tua casa, sobraram 2... Não sei o que se passa, mas eles pura e simplesmente morrem. Ficam com a respiração ofogante e deixam de comer. Penso que poderá ser da diferença de águas (lago/aquário). O que achas?

 

Abraço,
Diogo

Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

Os pusillum vieram diretamente de aquário, pH de 7. Qual é o teu pH?

 

Tens muitos troncos... possivelmente terás pH ácido mas mesmo assim os pusillum não deveriam ter problemas.

 

Respiração ofegante é claramente sintoma de algo. Não ficam assim imediatamente, certo? Só passado uns dias? Num discus este seria claramente um sintoma de parasitas nas guelras.

 

Em ciclideos adultos (até mesmo no caso dos discus) uma infeção deste tipo é normalmente benigna mas nos juvenis provoca muitas baixas.

 

Aconselho-te a colocares sal no aquário: uma colher de sopa rasa para cada 10 litros reais. Usa apenas sal para aquários de água salgada e dilui a quantidade de sal desejada à parte inserindo essa água em dois dias.

 

Após uma semana faz uma mudança de 50% de água e a partir daí mantem sempre uma concentração de 1 colhe para cada 20 litros. Os ciclideos vão adorar o sal.

 

Creio que, neste caso específico, este será provavelmente o diagnóstico e o tratamento corretos mas não sou grande especialista na matéria, se conheceres pessoal dos discus fala com eles, são normalmente peritos em diagnósticos e tratamentos :)

 

 

Miguel

Edited by Miguel Figueiredo
Link to comment
Share on other sites

Olá Miguel,

 

Obrigado pelo teu conselho! Acredita que eu ainda sou mais maçarico nas doenças que tu. Apesar dos meus 30 e tal anos de aquariofilia, felizmente quase não tive problemas e por isso mesmo, foi algo que nunca aprofundei.

 

O teu diagnóstico parece-me bem feito e vou aplicar o tratamento.

 

Não sei qual é o pH das minhas águas, mas admito que seja abaixo de 7.

 

Abraço,
Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá,


Os Pais não têm muita experiência mas estão a proteger bem os pequenotes!




Apanhei umas dezenas e coloquei numa maternidade.




Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
Olá,


Não tenho actualizado este tópico e a verdade é que entretanto ouve desenvolvimentos! Infelizmente os pequenotes não se safaram mas os pais afinal são brasiliensis e não iporangensis!


O aquário onde estavam acabou por ficar para águas quentes e os peixes de águas frias estão agora no de 150 cm.


As mudanças estão feitas e a temperatura vai baixando aos poucos! Ontem coloquei o termostato para os 23/24ºC.

Para já a população é composta por:


1 casal Geophagus brasiliensis

1 casal Cichlasoma pusillum

2 Gymnogeophagus meridionalis


Aqui fica um vídeo:




Com a entrada no novo aquário o macho brasiliensis resolveu mostrar-se para a fêmea.




Abraço,

Diogo
Link to comment
Share on other sites