JoseCarlosMarques

Membro
  • Posts

    4,441
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    173
  • Country

    Portugal

Everything posted by JoseCarlosMarques

  1. Gosto bastante. Os meus parabéns. A escolha das plantas foi muito bem feita. Assim que isso comece a crescer vai ficar com um belo aquário!
  2. Consegui (aparentemente) resolver o problema da gordura na superfície da água com um filtro de carvão activado. Comprei na Loja China uma coisa parecida com esta: https://www.klarstein.pt/Climatizacao-e-Aquecimento/Acessorios-ar-condicionado/Filtro-de-Carvao-Ativado-Para-Desumidificador-DryFy-20-30-20x23-1cm.html?gclid=CjwKCAjw_NX7BRA1EiwA2dpg0tlkHSRMYY2gCuyKzf_7TqZXXrwWbHcx_FagPUkeQ6LkVvMa9_9TWRoCWeEQAvD_BwE. Custou-me 7,5€, mas era bastante grande. Cortei dois pedaços para substituir as esponjas que vinham com o filtro, e substitui-as. Já tinha um saco de carvão activado dentro do filtro (veio com a compra) mas talvez não fosse suficiente. Até mais ver, está a cumprir.
  3. É a minha opinião. Não vou alterar o aquário agora. Os peixes parecem bem, portanto vou esperar...
  4. Já o alterei, com a rocha vulcânica. Uma boa fotografia é o que falta para o apresentar aqui à malta...
  5. Muito interessante essa Blyxa... andei a fazer alguma pesquisa e estava inclinado para comprar Juncus Repens, mas não tinha certeza da compra porque me parece uma planta muito "confusa"... como hei de dizer... dispersa muito. Esta Blyxa parece-me mais coesa, e com uma cor mais atraente. Falta saber onde a comprar...
  6. Ok! Percebido. Mas podia dar-nos uma indicação para resolvermos este problema Álvaro 😉 ...
  7. Aconteceu-me exactamente o mesmo esta semana, quando fiz o TPA. Nunca tinha encontrado o filtro tão sujo, com essa cor meia acastanhada que falaste. E mesmo os plásticos parecem ter ficado manchados. Mesmo esfregando as tampas do meu filtro não saiu totalmente, mas como também não queria deixar o filtro muito tempo aberto, troquei as esponjas e vou esperar para ver o que acontece até à próxima data de limpeza. O engraçado é que também me aconteceu depois de ter adicionado algum substrato de uma marca menos conhecida ao aquário. Outra coisa que tenho notado desde essa altura é a presença muito mais marcada de gordura à superfície da água. Alterar novamente o aquário está fora de questão, até porque teria que comprar novo substrato e não estou para isso. Alguém conhece uma solução?
  8. Pensei nisso, sim, como complemento à Monte Carlo. Mas talvez opte pela Eliocharis... a normal e a mais pequenita. Vamos ver. A usar Eliocharis, só a ponho no aquário quando o tapete estiver fechado.
  9. Sim, o objectivo é esse 🙂 . E ainda bem que assim é. Tenho aprendido bastante. Não faço ideia do que possa ter causado aquela porcaria com a cor avermelhada dentro do filtro. Costumo limpa-lo de seis em seis semanas, mas desta vez assustei-me porque aquilo parece nem sequer sair com uma boa esfregadela. Também não quis mexer muito porque não quis estar com ele muito tempo aberto, de qualquer maneira, adicionei algum substrato de uma marca um bocado duvidosa ao que já tinha, e quase adivinho que terá sido isso a causa do problema. Agora não há muito a fazer. É deixar andar, e daqui a seis semanas vejo como está outra vez. Não tenho actualizado o post do meu aquário porque já alterei muita coisa mas ainda não fiz um post novo. Talvez amanhã... O aquário ficou completamente diferente, por isso é como se fosse um aquário novo. Quanto à luz... realmente é bastante forte. Estou a tentar perceber até onde posso ir, mas uns caracóis desses haviam de ajudar bastante 😉 .
  10. Hummm... obg. pela tua resposta tão completa. Vou tentar copiar alguns passos. Por acaso já tenho os lily pipes colocados da mesma forma que os teus. Havia um canto do aquário que parecia não ter muita circulação, e resolvi experimentar. Até agora parecem funcionar bem assim. As mudas de água é que vão ter que ser mais recorrentes. Fazia como tu... 50% uma vez por semana, mas acho que vou repetir o processo pelo menos mais uma vez por semana. Já não abria o filtro há um mês, e da última vez que o abri assustei-me... as esponjas e toda a matéria filtrante estavam com uma cor avermelhada, muito esquisita. Como uso uma calha chihiros sem controlador, só posso reduzir a intensidade, que está agora a menos de metade, 7 horas por dia. Caso as plantas continuem a crescer bem assim, vou tentar reduzir ainda mais. E esses caracóis, como se comportam? Não se reproduzem?
  11. Obrigado a todos. Era mesmo isso que precisava saber.
  12. Não há muito a dizer, Diogo. A meu ver, a coisa ficou bem feita. Mas agora que vejo melhor o aquário, já com mais plantas, não gosto muito daquele declive do tapete no lado esquerdo do aquário. Nas imagens anteriores não se notava tanto, mas agora com o tapete fechado nota-se bastante. Porque não optaste por deixar o substrato todo à mesma altura? Ainda vais a tempo de o fazer... tira a Monte Carlo, pois mais algum substrato nesse sítio e voltas a planta-la. Daqui por um mês está igual e acho que vais ficar a ganhar. Quanto ao resto... não vejo ponta de alga nas rochas... como consegues isso?
  13. Boas... alguém me pode ajudar a identificar a espécie de plantas que estão nas rochas? Aquelas com as folhas maiores... Desde já agradeço toda a ajuda. Abraço.
  14. Ainda n vi nada sobre isso. Tens algum link? Isso não será para tanques de baixa luz? Não tenho bem a certeza, mas esses 3.5 Lumens parecem-me muito pouco... Vai para as Chihiros! Até os moços da Green Aqua já estão a utiliza-las...
  15. 🙂 Não conseguia ter tantos aquários ao mesmo tempo... já tenho trabalho mais que suficiente com os dois que tenho. Eheh. Mas admiro a tua coragem!!!
  16. Obrigado pelo comentário, Diogo. Aquela pedra que fica no lado esquerdo, por trás da formação, vai ser coberta por substrato. E afastei a pedra à direita dessa, para ficar mais ao centro. Logo aí já ganho algum espaço para plantar. Do lado direito é que a coisa está mais complicada, mas acho que subindo a altura do substrato, atrás, também vou ganhar espaço que o hardscape não parece ter agora. Na formação do lado direito também deixei ali um espaço no meio onde também vou poder colocar mais substrato. O maior problema prende-se com as laterais. Entusiasmei-me com o tamanho das formações rochosas e para criar algum espaço ali no meio vou ter que as chegar aos vidros. Já pensei em unir as duas e criar uma espécie de "ilha", mas julgo que isso tornaria o aquário muito aborrecido. Não sei se vou criar o tal caminho que falei. Tenho algum receio em adicionar areia ao aquário... acho que vai tornar as TPA's muito mais complicadas. Estou a começar a inclinar-me para o tapete de Monte Carlo e Riccardia nas rochas. Depois mais tarde, quando o tapete fechar, penso numa planta para o fundo, mas não queria nada demasiado complicado. Talvez algum tipo de Eleocharis... Estou a gostar muito desta forma de pensar o aquário. Com tempo, e sem despachar as coisas. Já me passaram mil ideias pela cabeça, e olhar todos os dias para as pedras faz-me ir caminhando para uma coisa mais bem estruturada. Um detalhe aqui e ali todos os dias... e as opiniões de pessoas como tu, que percebem muito mais disto que eu, e sinto-me a caminhar na direção certa. Obrigado. Abraço.
  17. Bem, Arlindo... Muito, muito obrigado pelas dicas. Até te deste ao trabalho de fazer um esboço e tudo. Grande ajuda! Fiquei mesmo surpreendido. As pedras estão coladas, agora, mas com algum jeito acho que as consigo deslocar. O que dizes faz algum sentido... abriria mais espaço entre os dois volumes, e podia trazer mais leveza ao aquário. Também já tinha pensado nessa ideia do "X", e ia utilizar uma pedra extra para colocar entre as duas formações, mas realmente, afastando aquela do lado esquerdo, ficaria com o mesmo efeito e não teria que colocar mais rochas dentro do aquário. Já tirar aquelas duas pedras mais pequenas não sei se ia gostar... acho que elas ajudam a criar um "caminho" em "C", e essa ideia agrada-me. De qualquer maneira, mais uma vez, agradeço todas as dicas, e já agora deixa-me dar-te os parabéns pelo resultado do esboço. Ficou fantástico. Grande abraço!
  18. Ora então... como prometido, fica a imagem das pedras já coladas. Estiveram de molho, em água a ferver, durante cerca de 6 horas (com uma mudança de água pelo meio). Espero ter morto qualquer bicharoco que estivesse a viver dentro delas. Também incluí uma vista de cima, para me darem a vossa opinião sobre o espaço disponível para plantar. Não ficou muito focada, mas julgo que dá para perceber. A base preta onde elas estão colocadas corresponde ao tamanho do meu aquário. Agora é olhar para o resultado muitas vezes ao dia e esperar que chegue a inspiração para aquilo que devo vir a fazer. Abraço a todos. Agradeço desde já qualquer mensagem.
  19. Tranquilo. Eu também sou novo nisto, e sempre vou aprendendo alguma coisa. Também já usei Riccia, porque me disseram que era de crescimento rápido e eu fui na cantiga. Mesmo presa com rede a rochas, vi-me grego para depois a tirar do aquário. Meteu-se em todo o lado. Mocho, a Riccardia deve ser introduzida então no aquário quando o mesmo já está estável, é isso?
  20. Boas. Sim, a base que uso para experimentar a colocação das pedras tem as dimensões do aquário. Estou agora na fase da colagem das mesmas, porque já percebi que, caso as desmonte, nunca mais vou acertar com a maneira como as idealizei, mas assim que isso esteja terminado eu tiro uma fotografia de cima para veres como fica. Ainda estou indeciso quanto ao uso da areia. Eu conheço essa técnica dos pedaços de PVC, mas o meu medo é outro... limpar areia não é fácil, e pela experiência que tive com um aquário mais pequeno, qualquer grão que se encoste ao vidro durante uma TPA é um risco quase garantido. Em relação à Riccardia... gosto do aspecto e queria ver se experimentava. De qualquer maneira, nas fendas das rochas também posso plantar Monte Carlo. Já experimentei e sei que resulta. Ah... mais pedras do lado esquerdo ia elevar a altura do hardscape desse lado, e não quero fazer isso, para ver se crio alguma harmonia. Mas estou a pensar elevar bastante a altura do substrato. Com umas plantas mais altas consigo depois compensar. São tudo ideias, por enquanto. Vamos ver o que sai daqui. Até eu estou curioso...
  21. Aqua Station - http://www.aqua-station.com/. O Paulo Vieira, também na Maia, tem uns preços mais acessíveis... mas como foi na altura do confinamento, não queria sair de casa e optei por encomendar. Paguei um bocadinho mais pelo transporte porque foi a própria empresa a trazer-me o aquário. As transportadoras, geralmente, não aceitam esses serviços, ou cobram-se mais por eles.
  22. O Smart 200 é muito porreiro. Eu tenho o Fluval 207, mas se fosse hoje comprava o Oase. Tem a característica de ter o termostato dentro do filtro. É menos uma coisa dentro do aquário. Essas marcas menos conhecidas não conheço ninguém que use, e no que respeita a filtros o melhor é mesmo apostar naquilo que resulta. Fica com o que tens mais uns tempos e aparecendo a oportunidade, compras. Procura no OLX. Às vezes aparecem bons negócios de pessoal que está a sair do hobby.
  23. Olá Arlindo, A ideia não era fazer o Dry Start para que o processo fosse mais rápido. Também já fiz isso uma vez com Monte Carlo, e, como te aconteceu a ti, não tive paciência para esperar que ela crescesse. De qualquer maneira, como tenho um aquário recentemente remodelado (ainda só tem 3 semanas) não sei se quero voltar já a mexer nele outra vez. Assim comprava algum Riccardia e ia vendo se ele se colava às rochas sem ter que usar cola ou fio. O meu estilo preferido é o Iwagumi, mas o resultado deste hardscape que comecei a fazer por carolice não me parece o mais apropriado para isso. Num aquário maior talvez funcionasse, mas como tenho um tanque de 80 cm acho estas rochas demasiado grandes para isso. Estava a pensar experimentar uma coisa nova. Tapete de Monte Carlo, Riccardia nas rochas e um caminho de areia branca ali pelo meio das duas formações, para criar alguma profundidade. De qualquer maneira, ainda é cedo para falar do que isto poderá ser. Todos os dias penso numa coisa diferente, e só quando tiver mesmo certeza do que quero com estas pedras é que vou avançar. Obrigado pelo comentário. Abraço.