Fausto Vicente

Membro
  • Posts

    1,829
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by Fausto Vicente

  1. Olá Nuno. Há já um bom par de anos que mantenho discus com a uv ligado 24/H. Sinceramente não noto que os peixes fiquem com menos defesas, e digo isto com base em dois factores: concordo com a teoria do penina, quando diz que é impossivel esterelizar um aquario a 100% (penso que, no maximo, haveria um grau de esterilização muito proximo dos 100% se usassemos um sistema com capacidades sobredimensionadas, tipo uma lapada de 80 watt's para 200 litros de agua...), pois entre as tpa's e as bacterias/fungos/outra bicheza, que estão continuamente a formar-se fora da coluna de agua, há sempre lugar a um factor de agressão ao peixe, por minimizado que seja. Outro factor é que, embora não seja comum, por vezes vendo alguns dos meus peixes que estão no aquario 'decorativo', onde referi ter a UV, e nunca tive noticia, por parte dos compradores, de doenças anormais, que se pudessem atribuir a uma exposição repentina a um sistema/aquario sem UV. Esta é a minha experiencia e por ela falo. Posso referir que o João Machado tambem tem UV ligada 24/H, e é comumente reconhecida a qualidade dos animais dele. Abraço Fausto
  2. Sim, o carvão irá retirar-te parte dos elementos libertados pela turfa, nomeadamente taninos. A usares ambos, será sempre a turfa após o carvão. Mas a pergunta impoe-se: vais usar sempre o carvão para quê? só o deves usar quando queres tirar elementos quimicos da agua, ou torna-la, numa determinada altura em caso de necessidade, mais cristalina... Cumps Fausto
  3. Vivas. Por falar em 'dinamismo', ala para a conversa aquatica... Fausto
  4. Olá Pedro. Sigo, como deves calcular, a evolução deste teu aquario de perto. E nunca arranjo uma desculpa para escrever algo diferente do que escrevi da 1ª vez: Excelente. Um abraço Fausto
  5. Vivas. Nestas coisa uma foto é sempre bemvinda, obsta a que andemos aqui a mandar postas para o ar. Tambem importante será sabermos o layout do aqario onde tens esse animal, se está sozinho, ou com mais animais, se sim, quais, há quanto tempo aí está, temperaturas, etc, etc... Para já, e de um modo muito basico, sugiro-te que aumentes a oxigenação desse aquario, aliado a um regime de tpa's mais rigoroso. Eventualmente um aumento de um ou dois graus na temperatura. Estas são medidas 'standard', que me parecem que podem , eventualmente, ajudar, sem que se esteja a recorre a medicamentos, uma vez que qualquer 'prognostico' é muito relativo, só com os dados que referes. Paralelamente, poderás correr os topicos no subforum 'Doenças e pragas', onde poderás tentar 'encaixar' a situação do teu animal, numa já referida e discutida. Aliás, é para lá mesmo que este topico vai ser movido. Abraços Fausto vicente
  6. Pois é, os rapazes estiveram a passar férias em casa do compadre João Machado, e regressaram a casa no fim de semana passado... pelo caminho deixaram mais de 150 'recordações', que, coitadinhos, ficaram sem os papás por perto... Estão muito bem e prevejo novidades para breve, breve, que aqueles é que levam a vida bem...só querem é comer e... eeerrrr, humm,,, comer. Possa, cada vez que nos mandamos à " vitamina", só lá fica o vidro....mas safei-me da dor de cabeça...
  7. Olá Lopes. esse gajo da novela dos discus é um aldrabão de primeira. Para começar, o facto de serem um casal não foi 100% sorte, há sempre uns indicios que nos levam a optar por este ou aquele individuo para tentarmos formar um casal. è claro que ninguem pode ter a certeza que é, ou não, e aí entra o factor sorte, mas podemos sempre tentar que as hipoteses fiquem do nosso lado... Depois, o facto de usar agua de osmose, não induz forçosamente à postura/reprodução..aliás, sei em primeira mão que o uso da agua de osmose não tem directamente a ver com a fase de postura, mas sim com um maior sucesso na fecundação dos ovos... Eu perguntei-te pela tua agua, não se é de rede, mas sim se sabes os parametros da mesma. è que a utilização de agua de osmose, além de carissima, é muito trabalhosa, pois estar a fabricar agua, além dos aparelhos que obriga ( e que são dispendiosos) a agua que estraga (ou não..), também é o temp+o que demoras a fabricá-la... daí, se a poderes evitar, melhor...mas para isso, precisamos de saber que agua tens de rede.. (parametros). Cumps Fausto Vicente
  8. Antes de mais, que agua tens (de rede) e quando falas em discus, quais os objectivos: manter, fazer crescer, reproduzir...? cumps Fausto
  9. Olá Filipe. Sejas muito bem regressado, e antes de mais, o meu grande abraço. Não foi antes, pois só há pouco regressei de férias. Quanto ao aquário? É "O" aquario. Parabens. Fausto Vicente
  10. Zé, discus são discus e má nada. Também gosto muito desses não-coloridos, o primeiro juvenil, bem trabalhado, deve sair um peixe estupendo. Abraço Fausto PS: Entretanto, vou-te mudar isto para o 'Fotos e Videos'.
  11. humm eu conheço essa gente.... ó ali no meu avatar.... A foto ainda é de quando era juvenil (10 cms, +-), e é um dos stendker que o João Machado fala.
  12. Vivas. Poderá ser outro tipo de problema, além do ictio. Os parasitas exteriores, que normalmente se alojam nos opérculos dos animais, assim como debaixo das escamas (logicamente não é esse o caso das bótias palhaço), são chatos à brava, e os animais reagem com esse movimento. Regra geral, são parasitas da familia dos gyro-qualquer coisa... Enquanto esse movimento não for repetido demasiadas vezes, não há problema, agora, se vÊs que eles o repetem consecutivamente, o melhor sera fazeres um tratamanto. Cumps Fausto
  13. Não foi engano, é a forma como eu me refiro aos ciclideos africanos, aka carapaus... E não tem nada de ofensivo, vai na mesma linnha de chamar, por exemplo, solhas aos discus. É, no que a mim me diz respeito, uma forma cordata e simpática de brincar com diferentes tendencias de aquariofilismo e de promover a 'rivalidade amiga' entre especies...nada mais que isso, e como faço questão de referir, nada tem de ofensivo. Abraços Fausto
  14. Vivas Rui. Se queres realmente agradecer, vais fazer o favor de editares o post que antecede e reescrever em Português. É uma regra fundamental deste forúm, e se reparares, é seguida por toda a gente, E quando não é, lá temos nós que andar a chamar à atenção das pessoas, o que é aborrecido. Cumps e obrigado´ Fausto Vicente
  15. Olá Rui. Os filtros de fundo estão, cada vez mais, em desuso. Se aqui à 20 anos, era o filtro mais normal e aconselhado, com a dinamização de outros tipos de filtros começou a ser preterido em beneficio destes... A grande desvantajem de um filtro de fundo, ou de placas como tambem é conhecido, é a sua funcionalidade. Dito de outra forma: quanto melhor for o filtro, em termos de absorção de particulas em suspensão e outras porcarias similares, mais depressa vai colmatar as suas massas filtrantes, que neste caso é o areão. E ao ficar colmatado, esse areão, além de começar a ser uma fonte de doenças e bacterias, vai ter de ser retirado e limpo, tal como se faz nas matérias filtrantes de um qualquer filtro actual. Resultado: o aquario muito dificilmente será equilibrado, em termos biologicos, pois vai andar numa eterna roda viva de filtração/limpeza. Hoje em dia, e como já foi dito, regra geral e para um aquario dessa litragem, um pequeno filtro exterior, seja tipo 'canister' (os mais vulgares, de copo) ou mesmo seja de cascata (penduram-se no bordo exterior do aquario), são, em minha opinião, os mais recomendáveis. Os filtros que referes (internos), e mais uma vez em minha opinião, devem ser usados apenas em aquarios muito pequeninos, ou como complemento a um filtro exterior, para quem precise de um suplemento na filtração mecanica. Eu, por exemplo, mantenho um tetratec-in 1.000 no meu aquario dos discus, e não abdico dele...mas serve para complementar outros dois filtros exteriores.... Qualquer duvida dispoe; Fausto Vicente
  16. Olá José. Pois, eu conto com o acondicionamento gradual deles para ver se resistem... Embora seja mais temperado do que aqui, o João Machado mantêm estas duas especies com sucesso, na rua há um bom par de anos... Pois, sabes então que o Inverno aqui dói... como tenho um quintal com telheiro, vou colocar o aquario num local mais protegido e abrigado, a ver se resistem. A questão é mesmo essa, é o desafio... se estes resistirem, eventualmente iniciarei outros projectos aqui na rua, com animais compativeis á temperatura, para aproveitar o espaço....é que dentro de casa já não cabe mais.... cumps Fausto
  17. Por Electric Yellow, presumo que te estejas a referir a ciclistas africanos, portanto... Tópico movido Fausto Vicente
  18. Se iniciares a colónia agora no Verão, eles vão sobreviver no Inverno com temperaturas baixas. É claro que se vão reproduzir muito menos,vão haver muitas baixas,mas provavelmente, quando a temperatura ambiente subir outra vez, eles vão-se reproduzir em massa de novo. Eu este Verão vou por um aquario na rua, onde vou deixar uma colonia de red's e um cardumezito de Falsos neons/neons chineses/Tanichthys albonubes, como queiram chamar, acompanhados à viola por umas quantas plantas resistentes e de crescimento rápido - cambombas, (P i s t i a) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b], etc... Sempre quero ver se eles vão aguentar o Inverno em numero e condição suficiente para que, durante o tempo quente seguinte, voltarem a repor os nivel da colónia. O desafio é que moro na Quinta do Conde, onde a temperatura no Inverno ronda, 90% das noites, os entre os 0 e os 5ºC.... Cumps Fausto
  19. Em qualquer vidraceira. Por lei, as arestas têm de vir boleadas, não pode ser vendido vidro, a retalho, com arestas 'cruas'. Se quiseres, e eu a tal aconselho, podes pedir um acabamento superior(cujo nome tecnico me esta a escapar, neste momento), e que é pago àparte, normalmente por aresta. Além de ficar mais seguro o seu manuseamento, esteticamente fica muito melhor. Não sei. Cumps Fausto Vicente
  20. Bem, os meus animais mais antigos, neste momento,remontam apenas a 2003/04, altura em que me mudei de casa e comecei tudo do 0. Antes tinha alguns animais, os quais foram divididos por um familiar e por alguns amigos. Os mais antigos,neste momento, são 2 escalares, 14 coridoras, cerca de 60 tetras e umas cobras kully, que tÊm perto de 4 anos,altura em que montei, nesta casa, o primeiro dos aquarios agora existentes. A nivel de discus, o mais antigo é o juvenil do avatar, que agora tem 3 anos comigo. Cumps Fausto
  21. Isto deve ser do calor. Só pode. Topico moderado, editado, posts completamente absurdos, para não dizer outra coisa, retirados. Aos intervenientes, relembro quer as regras da boa educação, quer as regras deste forum. Se não as sabem, vão lê-las... Relembro também que questões pessoais devem ser resolvidas por mp, é para isso que elas servem, e escusavam de dar este espectaculo. Ao membro miguel_maia. O escrever em Português é uma regra essencial e que TEM de ser cumprida neste forúm. É claro que não se pode exigir que todo os membros o saibam fazer na perfeição, e quando se percebe que se tratam de meros erros ortograficos ou gramaticais, dados por quem mais não sabe, ninguém pede, ou exige, que se faça melhor. Contudo, por outro lado é muito fácil de se perceber os erros dados pelo uso do smslês, chatlês, ou outra neolinguagem qualquer. E a tua (má) escrita deve-se a isso, não ao facto de não saberes escrever melhor. E como tal, ficas directamente advertido para não voltares a escrever desse modo. Se achas que não consegues escrever em dois lados ao mesmo tempo, não escrevas. Escreve só num. Mas fá-lo bem. Já agora, peço-te que edites o teu tópico inicial, e corrijas os erros que lá estão...pelo menos, os tais erros que te falo. Quero-te ainda dizer que, e se não posso concordar com a atitude do Peninha nos ultimos posts que meteu (que de resto, e embora mal, apenas reagiu ás tuas provocações), é normal os utilizadores mais velhos aconselharem os mais novos quanto a esse tipo de comportamentos, e pelo que li, e ali vai continuar escrito no post dele em cima, o Peninha até o fez com bons modos. Aliás, nem foi o único que te informou dessa regra. Creio que uma atitude mais sensata seria teres reagido de outra maneira. Espero que o faças de futuro. Testamento feito, e advertencias a quem de direito feitas, o tópico vai continuar. Mas sob minha supervisão directa. Agora vocês é que sabem. Cumps Fausto Vicente
  22. Epá, rendo-me ás evidencias. Não estou por dentro desses promenores para poder contrapor com quem, evidentemente, sabe de sua safra.... O meu trabalho depende (tambem) do profissionalismo dos carteiros, e sempre tive tendencia para desculpar, mesmo que para mim, alguma (notoria ) falta desse mesmo profissionalismo com o facto de ter a ideia de que tambem não tinham incentivos, falta de formação, etc, etc.... Contudo, agora surpreendeste-me... Um destes dias havemos de 'hablar' em particular para me explicares melhor o funcionamento dos 'correios' Abraço Fausto
  23. Ó José, mais do que maus profissionais, e é certo que os há, na tua, na minha e em todas as outras profissões, o que eu quis passar, e se calhar fui mal compreendido, foi que muitas vezes não há, nem se dão as condições necessarias ás pessoas para trabalharem de modo condigno, e a dignificarem o seu trabalho e a instituição que representam. Acredito verdadeiramente que se dessem outro tipo de condições e incentivos aos distribuidores postais, vulgo carteiros, o seu serviço traduzir-se-ia em mais contento para o utente. Cumps Fausto
  24. Eu nunca trabalhei nos os CTT, mas tenho muito feedback das suas actuações. E é claro que, não se podendo generalizar, pois em todo o lado há o bom e o mau profissional, o que é certo é que o serviço não é efectuado nos moldes em que o devia ser feito. Para um mau serviço, contribui, quero acreditar que assim é, as pessimas condições a que os distribuidores postais estão sujeitos ao desempenhar a sua função. Creio que se não fossem explorados da maneira que são, as coisas correriam melhor. Vou dar um exemplo. Na Cidade de Setúbal, num predio de habitação, se o carteiro vos tocar à porta com uma carta registada (nem precisa ser com Aviso de Recepção), que careça de eidentificação e assinatura, o mais provavel é que, e por muito rapido que se seja, quando se atenda já ele estela no predio vizinho, e um talãozito para ir levantar a carta aos correios no dia seguinte. Isto porque os senhores carteiro não querem, não têm tempo, ou não lhe apetecem, esperar o tempo necessario ao acto de descer a escadas, e dar o talão para assinar. Quem quiser, que falte um par de horas ao trabalho no dia seguinte, para ir aos correios...