neo_2

Dureza permanente > 240

Recommended Posts

Boas pessoal.

Já tentei encontrar um tópico sobre o assunto mas quando é dureza permanente penso que não é tão comum e há menos tópicos sobre o assunto.

 

Tenho um aquário montado há um mês e agora mais perto do final de completar o ciclo do nitrogénio fiz os testes para colocar vivos.

No entanto estou com receio que não sobrevivam com a dureza ( GH) que a água tem. Todos os restantes parâmetros parecem bem.

Gostaria de saber se não há problema ou qual a solucao para reduzir este parâmetro na água. IMG_20190622_102755.jpg

 

Sent from my Redmi Note 5 using Tapatalk

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas neo_2

Deixo-te um estrato de um texto muito longo,mas que para ti que queres saber basta.  GH (Dureza Geral).

Muitas vezes o KH (dureza carbonatada) é confundido com o GH (dureza geral). O GH refere-se à concentração de magnésio e cálcio dissolvidos na água. A relação do GH com o pH é muito pequena, mas ele é importante para algumas espécies de peixes e plantas mais exigentes. Pergunte para o vendedor as exigências das espécies que você pretende comprar, se ele não souber informar, e nem se preocupar em descobrir, é bom mudar de loja, afinal já pensou como vivem, ou sobrevivem os peixes e plantas em uma loja destas? Apenas cuidado para não confundir GH com KH.

Embora o pH, o KH e o GH são propriedades distintas, todas interagem entre si a vários níveis, tornando difícil ajustar uma sem qualquer impacto nas outras. Isto é uma das razões porque os aquariofilistas principiantes são aconselhados a não mexer nestes parâmetros a não ser em caso de absoluta necessidade. Por exemplo, as fontes calcárias fornecem normalmente água "dura". O calcário contem carbonato de cálcio, que quando dissolvido na água aumenta o GH (do cálcio) e o KH (dos carbonatos). Aumentando o KH normalmente também se aumenta o pH. Conceptualmente, o KH atua como uma "esponja" absorvendo o ácido presente na água, aumentando o pH desta.

A dureza da água segue as seguintes linhas de orientação. A unidade dH significa "grau de dureza", enquanto ppm significa "partes por milhão", o que é sensivelmente equivalente a mg/L de água. 1 unidade dH equivale a 17,8 ppm CaCO3. Muitos kits de teste dão a dureza em unidades de CaCO3; isto significa que a dureza é equivalente a essa quantidade de CaCO3 na água mas não significa que provenha efetivamente do CaCO3. 

star3.png Níveis de Dureza.

0 - 4 dH, 0 - 70 ppm : muito macia
4 - 8 dH, 70 - 140 ppm : macia
8 - 12 dH, 140 - 210 ppm : dureza média
12 - 18 dH, 210 - 320 ppm : alguma dureza
18 - 30 dH, 320 - 530 ppm : dura
superior: rocha liquida (Lago Malawi e Los Angeles, CA)      

Mas se quiseres ler tu aqui vai.

 

Cumprimentos  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela ajuda na informação mas eu não fiquei ainda esclarecido sobre a possibilidade de poder colocar ou não animais dentro do aquário. Eu já li bastante sobre o assunto e até tentei ver as propriedades exactas do meu substrato para perceber se é o culpado de uma dureza assim na minha água. Espero que alguém me possa dar uma ajuda sobre o assunto para que possa povoar o meu aquário.

Sent from my Redmi Note 5 using Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Num dos meus aquários, que por acaso até tem Neocaridinas, tenho uma dureza de cerca de 600 dH. Lá vivem os neos e uns Ottocinclus, planorbis e muitas plantas. Diria que podes colocar peixes, desde que não sejam espécies que gostem de água mais moles. Por exemplo, nos meus cíclideos sul americanos, apistogramma Cacatuoides Orange e nos Trifasciata, sempre tive durezas entre os 100 e os 150 dH.

Que água usas para repor ou fazer TPA? E o que tens dentro do aquário?

Coloca foto porque por vezes é mais fácil perceber o que se pode estar a passar.

Edited by brunofasoares

Share this post


Link to post
Share on other sites
Num dos meus aquários, que por acaso até tem Neocaridinas, tenho uma dureza de cerca de 600 dH. Lá vivem os neos e uns Ottocinclus, planorbis e muitas plantas. Diria que podes colocar peixes, desde que não sejam espécies que gostem de água mais moles. Por exemplo, nos meus cíclideos sul americanos, apistogramma Cacatuoides Orange e nos Trifasciata, sempre tive durezas entre os 100 e os 150 dH.
Que água usas para repor ou fazer TPA? E o que tens dentro do aquário?
Coloca foto porque por vezes é mais fácil perceber o que se pode estar a passar.
Fico mais descansado em ouvir esse tipo de exemplos.
A única coisa que pode estar a afectar a dureza da água é uma quantidade muito pequena de pedras vulcânicas que eu deixei no fundo, junto com o substrato fértil.
A água para as TPA tem níveis de dureza normais. É mesmo dentro do aquário que alguma coisa a torna assim.
Tenho a descrição e foto do aquário aqui:

https://www.aquariofilia.net/forum/topic/259117-projecto-fp/

Sent from my Redmi Note 5 using Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Testa uma dessas pedras. Raspa um pouco com uma faca ou outra pedra e testa com um pouco de vinagre ou limão (o ideal é com ácido muriático) nessa zona. Se fizer efervescência é porque sim, é calcária, e será mesmo isso que está a alterar a dureza geral da água. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, brunofasoares said:

Testa uma dessas pedras. Raspa um pouco com uma faca ou outra pedra e testa com um pouco de vinagre ou limão (o ideal é com ácido muriático) nessa zona. Se fizer efervescência é porque sim, é calcária, e será mesmo isso que está a alterar a dureza geral da água. 

Já me lembrei de fazer isso. Quando as coloquei no fundo nunca pensei em vir a ter problemas porque sempre li que eram rochas inertes e mesmo no saco alegavam que não alteravam o pH da água e eram "100% rocha vulcânica". A verdade é que elas podem ter aglomerados de outras rochas e estar a provocar esta alteração na água. Só de pensar que tenho de desmontar o aquário todo, até doí.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 6/25/2019 at 11:29 AM, brunofasoares said:

Testa uma dessas pedras. Raspa um pouco com uma faca ou outra pedra e testa com um pouco de vinagre ou limão (o ideal é com ácido muriático) nessa zona. Se fizer efervescência é porque sim, é calcária, e será mesmo isso que está a alterar a dureza geral da água. 

Acabei por descobrir que é o próprio substrato da JBL, que eles vendem como "INERTE". Ele aumenta muito a dureza da água.
Já li que com o tempo vai estabilizando. 
Obrigado aos que tentaram ajudar-me. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora podes dizer o nome do substrato? Essas coisas são sempre boas de se saber...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

7 minutes ago, brunofasoares said:

Já agora podes dizer o nome do substrato? Essas coisas são sempre boas de se saber...

@brunofasoares tenho o JBL manado. Aumenta mesmo muito a dureza, não sei quanto tempo vai demorar a estabilizar, mas já o tenho há mais de um mês e continua igual. 

Share this post


Link to post
Share on other sites