Vera Santos

Tanganyika's Peebles - O relato de um projecto em mutação. Princípio, meio e o fim!

Recommended Posts

Tanganyika's Peebles - O relato de um projecto inacabado.

Pretende ser este tópico um diário, desde o inicio até hoje.

Com o problema do photobucket, perdi uma série de fotografias, associado a isso, tive um bug com o meu topico, e tive de o recuperar todo, não queria perder informação.

Assim e para não perder alguns comentários de quem o tem seguido a leitura sofreu alterações e perdeu-se a continuidade anterior, mas não faz mal, ainda consegui recuperar fotos muito boas e outras inéditas que partilho convosco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antes demais parabéns Vera pelo percurso deste aqua...

Os anos na minha opinião foram gentis com aqua e sempre para melhor.

É um daqueles casos que se percebe a dedicação ao hobby.

Esses Julidochromis regani são espectaculares...

 

Cumps e mais uma vez parabéns...

 

Ps:já agora não posso deixar de perguntar:esse móvel do ikea aguentou-se bem com os aquas?nunca se queixou?

Edited by devilspeed999r
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antes demais parabéns Vera pelo percurso deste aqua...

Os anos na minha opinião foram gentis com aqua e sempre para melhor.

É um daqueles casos que se percebe a dedicação ao hobby.

Esses Julidochromis regani são espectaculares...

 

Cumps e mais uma vez parabéns...

 

Ps:já agora não posso deixar de perguntar:esse móvel do ikea aguentou-se bem com os aquas?nunca se queixou?

 

Epah, esta agora não esperava, és o primeiro membro a vir aqui botar palavra, só por isso levas um ponto, que é para vires cá mais vezes!!! :naughty::tongue::tongue:

 

Sabes andei por 4/5 fóruns com este aquário, dois deles brasileiros, um deles era muito bom e deixou de existir de um momento para o outro e deixei de ter tempo para os visitar também, então compilei tudo aqui, para me orientar e não perder informação. Era mais para mim, obviamente contem informação que pode ajudar outros colegas.

 

Os moveis do IKEA utilizei quando estive em Leiria, depois quando vim definitivamente para baixo, continuei a utilizá-los para o mesmo efeito, tenho um na sala ainda com um aquário do mesmo tamanho mas em estrutura de ferro, dos antigos(mais peso), Claro que tenho cuidado quando por algum motivo há uma distração e vou logo limpar bem limpo, mas têm-se aguentado bem.

Este aquário agora está no meu quarto, num móvel desenhado por mim, com duas gavetas para dois aquários deste tamanho, e que também é a minha biblioteca e faz de apoio/cabeceira da minha cama.

 

Obrigada pelos elogios, em breve tentarei colocar mais fotos, os peixes é que são os mesmos. :unsure: por enquanto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Epah, esta agora não esperava, és o primeiro membro a vir aqui botar palavra, só por isso levas um ponto, que é para vires cá mais vezes!!! :naughty::tongue::tongue:

 

Sabes andei por 4/5 fóruns com este aquário, dois deles brasileiros, um deles era muito bom e deixou de existir de um momento para o outro e deixei de ter tempo para os visitar também, então compilei tudo aqui, para me orientar e não perder informação. Era mais para mim, obviamente contem informação que pode ajudar outros colegas.

 

Os moveis do IKEA utilizei quando estive em Leiria, depois quando vim definitivamente para baixo, continuei a utilizá-los para o mesmo efeito, tenho um na sala ainda com um aquário do mesmo tamanho mas em estrutura de ferro, dos antigos(mais peso), Claro que tenho cuidado quando por algum motivo há uma distração e vou logo limpar bem limpo, mas têm-se aguentado bem.

Este aquário agora está no meu quarto, num móvel desenhado por mim, com duas gavetas para dois aquários deste tamanho, e que também é a minha biblioteca e faz de apoio/cabeceira da minha cama.

 

Obrigada pelos elogios, em breve tentarei colocar mais fotos, os peixes é que são os mesmos. :unsure: por enquanto...

lol...

 

o que dá impressão"sendo newbie no forum" é que o pessoal é mais fã de plantados e não dá importância aos não plantados...

como já tive ciclideos há uns anos, sei o trabalho que dão e manter um aqua sem plantado precisa(embora não pareça) de ainda mais atenção...

vendo o tempo que já tens deste aqua,já merecia uma palavra...

 

vou seguir... :happy:

Cumps

 

ps: teres a apresentação do aqua só nos ciclideos também acaba por o "esconder"... eu só o vi pk segui a tua assinatura.. :ph34r:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Vera, como é que anda este projecto? Ainda o manténs?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Samuel, vai bem e recomenda-se, os julidochromis regani estão muito bonitos. Ficam aqui duas fotos fresquinhas.

17814004_1820008684987274_1894882754_n.jpg

17887299_1820010578320418_1050840913_o.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bonitos! Está muto fixe! Essas algas dão um ar bastante natural;)

Ainda tens as outras especies?

Edited by sammy

Share this post


Link to post
Share on other sites
Muito bonitos! Está muto fixe! Essa salgas dão um ar bastante natural;)
Ainda tens as outras especies?


Os Altolamprologus-compressiceps Gold já não tenho, agora estão os Regani e os synodontis petricola.
Senão fosse a facto de ter aqui 6 Regani ficava com o teu casal.

Enviado do meu U FEEL LITE através de Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que lhes (Altolamprologus compressiceps Gold) aconteceu?

 

Queremos fotos das "novidades";)

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 horas, sammy disse:

O que lhes (Altolamprologus compressiceps Gold) aconteceu?

 

Queremos fotos das "novidades";)

Altolamprologus, o macho faleceu, sem motivo aparente, fiquei com a ideia de velhice, e a fêmea vendi.

 

Não te consigo mostrar fotos, a maquina avariou, tenho de comprar outra, de maneira que fiz um video para te mostrar, não está muito bom mas dá para ver, foi com o telemóvel

Vê lá se consegues distingui-los...

  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uns morrem, outros nascem, a natureza e o seu equilíbrio perfeito até nos recantos mais escondidos funciona.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia 16 dos alevins.

Hoje foi dia de remodulação, fauna actual:

Casal de Julidochromis Regani

Casal de Synodontis Petricola

Ora após nascimento de alevins fiquei preocupada, e então 4 reganis que estavam a ser um bocadinho massacrados, foram para outra casa , esperando terem melhor qualidade de vida.

Deixo-vos aqui algumas fotos da fauna tirados mesmo á pouco, a foto geral ficou menos boa, logo já tiro, algumas pequeninas alterações no layout, nada demais. Mas para mim ficou fantástico e agora consigo visualizá-los melhor.

Os pequenotes, andam cá ainda alguns, o que me causa admiração, pois para além dos 4 que estavam a mais, conseguiram escapar até ao momento dos synodontis, um feito acho eu, pais extremados estes, sempre atentos a defendê-los. E depois estão com umas cores muito bonitas.

Synodontis Petricola

petricola 1.jpg

petricola.jpg

Julidochromis Regani

regani 1.jpg

regani 2.jpg

regani.jpg

reganis.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gosto!

Um dia destes quando me fartar de plantas, vais ser a minha mentora num Tanganyika :smile2:

Este tópico dava um livro tipo diário Vera

Beijinhos :animal_fish:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom! Os Regani com cores muito boas!

Pois! Pelo que tenho lido os Synodontis Petricola são ratos e de noite comem os alevins. Mas esses pais... Muito zelosos!

Já os meus transcriptus Gombi também foram muito, comparando com por exemplo os ocellatus. Acho que os próprios alevins não são tão atrevidose ficam mais ao pe dos pais! 

Os petricola alguma vez reproduziram?

 Vai dando noticias;)

Edited by sammy
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que eu tenha reparado não, fico sempre na duvida, só agora os consegui sexar com a ajuda de um amigo e destas duas fotografias que até vou partilhar porque acho ser uma informação muito útil.

18009618_10208729795231745_18548788_n.jpg

18035787_10208729795111742_422876959_n.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que estive a ler a sua reprodução é dificil...

Li que fazem tipo os cucos! Que escondem os ovos nos incubadores bocais e que nascem primeiro do que os outros e os comem. Os padrastos tratam nos como se fossem filhos

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pelo que estive a ler a sua reprodução é dificil...
Li que fazem tipo os cucos! Que escondem os ovos nos incubadores bocais e que nascem primeiro do que os outros e os comem. Os padrastos tratam nos como se fossem filhos


Não me debruçei sobre o assunto, tenho de pesquisar.

Entretanto, tenho três ninhadas de Reganis, da primeira só tenho um, os outros foram comidos, pelos companheiros, entretanto como saíram a taxa de sobrevivência da segunda e terceira "ninhada" aumentou e crescem bem.
Fiz uns vídeos a pouco, tenho de editá-los e publicar num só, para ficar registado e vocês puderem ver.

Enviado do meu U FEEL LITE através de Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tanganyika's Peebles - O relato de um projecto inacabado. Em remodelação.

 

Pretende ser este tópico um diário, desde o inicio até hoje.

2009.12.30

Olá a todos.

Meu aqua tá quase pronto mas acho que vai ser interessante colocar aqui o seu desenvolvimento e as minhas pesquisas, sempre pode ajudar os mais inexperientes como eu!

E ESTAVA QUASE A DESISTIR DA HIPÓTESE DE UM TANG OU MALAWI...e ficar com mais um aqua de apistos, que eu descobri faz pouco tempo com a ajuda aqui do fórum.
Por isso agradeço a todos quantos têm postado suas opiniões e me têm ajudado a tentar ser uma amadora mais exigente e aventureira noutras espécies mais sensiveis.
No principio do mês que vem vou montar o meu segundo aqua aqui nesta casa, onde vivo vai fazer 2 anos.
O aqua é de 80x40x40cm,( ligeiramente maior que os que eu tenho) comprei usado com filtro interno que vinha junto, se puder aproveito, acho que é de 600l/hora tenho que confirmar quando for buscá-lo daqui a 15 dias.
Assim o pouco tempo que disponho tenho pesquisado e encontrei este site:


http://www.natureaquarium.it/america/sud/due.htm

que achei maravilhoso e descobri este biotópo a que eles chamaram:
(traduzido mais ou menos, com uma ferramenta que descobri
este fim de semana e que dá pra entender, e que compartilho com aqueles
que não sabem:
http://www.microsofttranslator.com/Default.aspx )

África Oriental, Lago Tanganica, biótopo dos reservatórios

Pelo menos 20 milhões de anos de vida, 000 km de linha costeira, uma área igual do Veneto e Trentino-Alto Adige junto, 1470 m profundidade máxima: sem dúvida a Tanganica (um do Rio Grande africana Rift Valley) é um Lago no... Medida italiana! Costas rochosas estão concentradas nos três principais bacias do Lago, Zongwe, Kalemie e Kigoma, identificadas respectivamente para o Sudoeste, ao longo da Costa Leste Central e do lado ocidental, enquanto o restante extensão lados caracteriza-se por praias arenosas, que são constituídas por cascalho e pequenas rochas junto as penhascos da região Sul.
Em contacto com o boca de rios, elas são plantas perenes que sazonais, desenvolve uma abundância vegetação é palustre, nas costas e aquáticos. O período chuvoso depende de zonas de Outubro a Dezembro e fevereiro-abril no Norte, novembro-março no Sul. Esses períodos é um sensível aumento do nível do Lago, que recebe uma grande quantidade de sedimentos transportados pelos rios que derramou água. O Lago ittiofauna ricos está concentrado ao longo da Costa, não há suficiente oxigénio a 100-200 m de profundidade máxima: ela é formada principalmente de peixes, mais de 200 espécies, das quais mais de 90 % endémica.

Na parte inferior do arenosos, incluindo profundidade entre 10-15 e 30-35 m, você verá real e suas extensões dos reservatórios da morte, os reservatórios pertencentes a desambiguação gastrópodes, agrupados para formar a verdadeira e própria alguns centímetros de espessura camas. Geralmente, nos reservatórios de água doces sofrem uma degradação muito rápida, tornando as características de alta alcalinidade e presença de carbonatos em solução do processo extremamente lento Tanganica. Esses "tanatocenosi" (a partir do grego tanatos, morreu), estendido também centenas de metros quadrados e frequentemente constituídos por reservatórios de Neothauma tanganicense, cujos reservatórios, concrezionati entre eles de precipitação constante de sais de calcite (carbonato de cálcio), formaram um cenário incomum constituído por milhares de pequenos excrementos, são habitadas por pequeno ciclidi. Um grande número de moluscos pertencentes a 75 espécies vive em Tanganica 44 dos qual endémico e também os reservatórios de outras espécies, tais como Lavigeria grandis, vegetais pilha e, mais raramente, Paramelania demônios, que podem ser encontrados na parte inferior do Lago também isolados ou em pequenos grupos, são usados pelo ciclidi "malacofili" ou "conchigliofili" como um local de refúgio e reprodução. Neste ambiente especial normalmente vivem espécies "forçados malacofili" (por exemplo, Lamprologus ocellatus e Neolamprologus meeli), em outras palavras usando exclusivamente shell dos reservatórios para reproduzir de peixes. Quando, em vez disso (por exemplo, Neolamprologus multifasciatus e multifasciatus de Lepiolamprologus) os reservatórios são utilizados como alternativa de refúgio para a cavidade entre as rochas do fundo, fala de ciclidi "malacofili opcional". Em algumas áreas, a não mais de 10-15 m, profundidade são plantas aquáticas como Ceratophyllum demersum e Vallisneria spiralis, que, devido à água rica, sais show particularmente recolhidas formulários e inspessimento das folhas.

Características físicas e químicas:

O leito marinho, incluindo profundidade entre 5-10 e 15-25 m tem composto de areia fina, em algumas áreas substituída pela lama, que revela o shell "camas" dos reservatórios. A água di tem um pH muito alcalino (pH 6-9, 8, 5), um total dureza medio-bassa 7-11 ° dGH, de dureza elevada-carbonato (16-20 ° dKH), uma condutividade de aproximadamente 600 microsiemens e uma temperatura de 24-28 ° C na superfície, ligeiramente inferior a superior a 25 m de profundidade.
Plantas (juros acquariofilo): Ceratophyllum demersum (Ceratophyllaceae), Vallisneria spiralis (Hydrocharitaceae)
Peixe (de interesse acquariofilo): Lamprologus callipterus, l. kungweensis, l. meleagris, l. ocellatus, l. ornatipinnis, l. speciosus, Lepidiolamprologus SP. "Meeli Kipili", Neolamprologus boulengeri, s. brevis, s. callirius, s. falcicula, s. hecqui, s. meleagris, N.multifasciatus, s. Soricidae, s. speciosus, s. wauthioni, Telmatochromis SP. "vittatus shell" (Ciclidae)
Invertebrados (espécies de interesse acquariofilo): Neothauma tanganicense Lavigeria grandis, pilha de vegetais, Paramelania demônios (Mollusca Gasteropoda) para recriar as características físico-químicas água de Tanganica, baseado na presença na solução de uma quantidade considerável de sais de dureza média (mais de 500-600 microsiemens condutividade), alto (9-11 ° GH), um particularmente elevada KH (17-19 °) e um muito alcalino pH (8-9) você adicionar ao produzido por osmose, comercializado especificamente para esse efeito por empresas diferentes sais inversa. A temperatura deve ser mantida a 25-27 ° c. Quando o plano de fundo do aquário pode ser plantado pequenos grupos de Vallisneria spiralis ou juntas de Ceratophyllum demersum, porém raramente existe neste biótopo.
Peixes: Neolamprologus brevis (3 pares) ou ocellatus (2 pares), Lamprologus ou Telmatochromis SP. "vittatus shell" (1 par)
Plantas: Vallisneria spiralis (3-4 vasos); Ceratophyllum demersum (3-4 vasos)
Invertebrados: Neothauma tanganicense (esvaziar os reservatórios, pelo menos, 10-15)

E sugerem:
Um aquário "Tanganica: biótopo dos reservatórios"
A pequena dimensão do peixe hospedado permitem alcançar este biótopo em uma banheira de apenas 50-60 (l) de capacidade. Precisa-se de uma boa filtragem para manter a água sempre clara e os valores de nitritos e nitratos próximos de zero. Fornecimento da banheira pode ser alcançado por formando um "tapete shell" de gastrópodes sobre um fundo constituído uma espessura de camada de 8-10 cm de areia fina. Se não você tinha os reservatórios de Neothauma ou de outras espécies de moluscos originários do manganica que você pode usar com segurança essas Ampullaria ou caracóis terrestres comuns vendidos para fins alimentares, que mesmo peixe será parcialmente enterrar no substrato.
Para recriar as características físico-químicas água de Tanganica, baseado na presença na solução de uma quantidade considerável de sais de dureza média (mais de 500-600 microsiemens condutividade), alto (9-11 ° GH), um particularmente elevada KH (17-19 °) e um muito alcalino pH (8-9) você adicionar a produzida por osmose reversa, sais comercializada especificamente para esse efeito por empresas diferentes. A temperatura deve ser mantida a 25-27 ° c. Quando o plano de fundo do aquário pode ser plantado pequenos grupos de Vallisneria spiralis ou juntas de Ceratophyllum demersum, porém raramente existe neste biótopo.

Peixes: Neolamprologus brevis (3 pares) ou ocellatus (2 pares), Lamprologus ou Telmatochromis SP. "vittatus shell" (1 par)

Plantas: Vallisneria spiralis (3-4 jars); Ceratophyllum demersum (3-4 pilhas)

Invertebrados: Neothauma tanganicense (esvaziar os reservatórios, pelo menos, 10-15)

 
Lamprologus eu achei bonito, tá bom.
Neolamprologus brevis , ok também gostei. Mas gostei mais do Neolamprologus hecqui 8 a 9cm agressivo não é!
Neolamprologus pulcher muito mais pacifico não dá para ter um casal desses? Adorei! Fiquei bem mais entusiasmada.

Neolamprologus helianthus , bonito fiquei de olho nele (5 a 6cm) pode ser?

iiiiiiiiiiiiiiii...mais pesquisa pior.

vou colocar 1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu, são diferentes, dizem que têm um comportamento muito engraçado, acho que vou gostar (o Guijr deu a ideia eu pesquisei e gostei destes beges com listas castanhas/marrons), parece serem tranquilos porque eu cá não quero guerras no meu aqua.
Ceratophyllum demersum posso colocar 4 pés desta, acham bem? um bocadinho de verde fica mais bonito sendo 1espécie!
tem mono espécies de Neolamprologus pulcher (Daffodil)
Muito bonitos, adorei
O problema é que gostava de ter no total 3 ou 4 especies, não sei se vai dar Lá no site para 1 aqua ponham:
Neolamprologus brevis (3 casais), o Lamprologus ocellatus (2 casais), o Telmatochromis sp. "vittatus shell" (1 casais)= 6 casais

2 Casal de Lamprologus ocellatus, o máximo!
1 Casal de Lamprologus stappersi, gostava de ter
1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu, são diferentes, dizem que têm um comportamento muito engraçado, acho que vou gostar (o Guijr deu a ideia eu pesquisei e gostei destes beges com listas castanhas/marrons), parece serem tranquilos porque eu cá não quero gurras no meu aqua.
1 Casal dos Neolamprologus pulcher, tá decidido Lindos
2 Casal de Neolamprologus caudopunctatus, achei muito bonitos, já repararam que tenho preferencia pelos que são mais coloridos posso?

1Casal de Telmatochromis bifrenatus, muito bonito
Dava 8 casais, eu delirava . Que acham? Pode ser, espero que digam sim, será????

Guijr escreveu:
para fazer a divisão colocaria umas anúbias nana no fundo/centro, vindo para frente.

Disse do fundo pra frente por serem anúbias nana não é ? ela é resistente só que eu acho Ceratophyllum demersum são mais bonitas dão ares das cabombas que eu adoro, será que os peixinhos dão cabo delas? é por isso que falas nas outras? Quais plantas fazem mesmo parte do Biotopo de tanganika neste caso especial dos tangs de conchas?

ele respondeu:
Mas vamos lá, daffodil, não arriscaria via dominar o aqua inteiro.

Agora eu tentaria colocar, três espécies:
Neolamprologus brevis (1 casal) ou Lamprologus ocellatus (1 casal), 1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu e 1 Casal de Neolamprologus caudopunctatus.

Mas o lay-out deverá ser bem planejado.

Ai penso em um lay out com pedras de um lado do aqua para os caudo e duas ou três conchas perto das pedras, pois se não me engano apenas a fêmea do Sumbu é que fica em concha o machjo fica mais na pedras (ou vice-versa ou estou sonhando!!!!).

Do outro lado colocaria apenas conchas e aí a vegetação ficaria a seu critério, pois realmente não sei quais plantas fazem parte do biotopo do tanganika.

Espero não estar te deixando com mais dúvidas, mas segue minha opinião.
 
04.2010

Ora ontem fui buscar o meu aquário em 2ª mão 80x40(alt)x30cm. As medidas são quase iguais ao outro que montei, claro que já sei que não são as melhores mas pelo preço que dei por ele foi barato.
Estive a limpá-lo e depois coloquei o vinil de cor azul no fundo. ai lembrei do tópico do steve e fiz as laterais como ele diz e funcionou. Acho que ficou bem. Puz azul claro porque andei a pesquisar e encontrei muitos videos do lago de tanganika, e reparei nos tons de um azul claro por terem muitos pontos pouco profundos e também por ser diferente dos aquas que tenho visto, vamos ver como vai funcionar.
Vinha incluido a iluminária que acho fraca, só 18W. O que vocês acham só se trocar esta pela do aqua dos Apistos até comprar uma nova igual à deles.
Vinha incluido a iluminária que acho fraca, só 18W. O que vocês acham só se trocar esta pela do aqua dos Apistos até comprar uma nova igual à deles.
Um termoestato Tetratec de 100W. Nada a dizer.
Uma bomba de ar que acho que não vou usar, só se vocês disserem que vale apena, acham que faço mal?
Trazia um filtro interno de marca que não conheço Aquapor de 1000 l/h. Se desse para ciclar o aqua até arranjar um melhor era porreiro! Gostava de opiniões vossas, essa dúvida aí é braba
Traz um pouco de matéria biologica, não sei se é pedramas ceramica não é, e uma esponja.
No fim começei a experimentar como ficavam os calhaus no aqua , eeeeeeeee vou demorar tempo a ajeitar essas coisas.
Aí apareceu por aquaben em 02 Abr 2010

Olá
Esse filtro nunca vai servir para filtragem biológica, portanto vais ter de “ajudar” com filtragem “quimica”…nessa caixa onde está o saco com carvão activo, vais meter uma “resina” anti-amónia, a Fluval tem uma resina dessas muito boa, pelo menos é a que eu uso nos” Nana-Tangas”…tem aspecto de gravilha e na caixa diz ser “anti-amónia”, vem em sacos idênticos ao que tens aí e uma caixa dá perfeitamente para um ano…

Quanto aos Neolamprologus caudopuntactus, não são peixes para aqua com fraca filtragem, pois são demasiado sensíveis à amónia e nitritos, eu optava mais pelos Julis Gombe, são bem mais resistentes…
Desculpa por não ter seguido este teu tópico, mas vejo que tens sido bem aconselhada…mas muito cuidado com a manutenção dos parâmetros da água, num aqua de Tanganyikas pequeno não dá para esquecer das TPA’s…
aquaben escreveu:
filtro exterior (canister Eheim ou Fluval),

Obrigada Bentes,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sabes estive a pesquisar e fiquei a pensar entre estes dois:

EHEIM CLASSIC 2215 PLUS
Excelente razão qualidade/preço, c/oferta de duas torneiras duplas e esponjas biológicas filtrantes
Especificações técnicas:
Eheim ref: 2215020
Caudal da bomba: 620 l/h
Consumo: 15 W,
Volume do filtro: 4,0 L(para matérias filtrantes)
Tamanho do Aquario: 350 L
Material Incluido:
mangueira de 3m
Tubos de entrada e saida
esponja fina
esponja de carvão
MATERIAS FILTRANTES E TORNEIRAS DUPLAS( vem ajudar bastante, no meu só tenho 1 par de torneiras, preferia ter + outro)


JBL CRISTALPROFI E700
Large filter volume: 6.1 l (para matérias filtrantes)
L x W x H: 18 x 21 x 35 cm.
Hose connections: in- and outlet: 12/16 mm
800 L/H
13W


Ora bem há peças com mais facilidade pró Eheim (mas pedindo consegue-se pró JBL), gasta mais, tem menos capacidade para matérias filtrantes, menos caudal e uma desvantagem em relaçao ao JBL a limpeza é muito mais dificil de fazer e para ferrar o que eu tenho é obra! tenho sempre que puxar água pelo tubo e depois para o fechar as peças são muito frágeis, uma já pifou e tenho que confirmar que está bem fechado.
Vendo o video o JBL é uma maravilha. Não achas Bentes?
Resumindo estou mais inclinada para o 2º, o que voçês acham???

Os calhaus é que são o problema tenho que experimentar melhor com areia para não escorregarem, vi num forum dizer que é errado por areia de praia, antes de por tem que se peneirar e lavar bem, vocês sabem mais disso ou a areia de construção é melhor pois já vem bem lavada.

2010.04.04

Bentes disse:
O filtro que estava a pensar para ti seria o Fluval 305, por vários motivos prefiro a fluval mas dá uma olha (pesquisa sobre eles), e diz o que achas desses filtros…quanto ao preço não te consigo dizer de momento, mas estou à espera d’um lista de preços de um armazenista que me faz uns bons descontos, (era suposto ele ter-me enviado isso esta semana…)depois logo te digo a quanto consigo “sacar” os Fluval, se estiveres interessada nele, claro…

Quanto à areia de construção (areia de reboco branca), quem te disse que ela vinha já lavada, nunca uso disso, é que o problema mair com essa areia (calcita) é exactamente a sua lavagem…a areia da praia não tem de ser peneira, nem tão pouco lavada, basta escolheres uma praia com areia com o aspecto desejado e apanhares a areia na maré vazia de preferência dentro de água…eu uso a areia da Lagoa de Albufeira, perto do Meco, do lado do mar…

Eu:
Olha também por causa dos custos foi buscar aqui á praia 10Kg de areia e acho satisfatória até porque a cor dela depois faz contraste com as pedras que tenho e acho que fica melhor e mais natural do que tudo muito branco. Vou ver se funciona mas à partida acho que sim, vai ficar bem.
Agora é que fiquei , a série 5 dos fluval é espectacular, isso não há duvidas!!

Este já não era mau de todo , só que vai pra lá do meu orçamento.
Fluval 205 External Filter - 220V
- Black / Silver
- 220 V, 50 Hz
- 680 LPH for aquariums up to 200 litres
- Instant Prime, no need for manual siphoning
- Aquastop feature eliminates leaks & mess
- Updated rim connector for secure hose connection
- New, clog free intake strainer
- Full setup & maintenance guide included on DVD
- 2 part Lock clamp
- Ribbed hosing
Filter Media included:
- 2 x Foam, 2 x Carbon (70 g), 2 x Biomax (200 g)

Bem o Fluval 305 External Filter - 220 V
- Black / Silver
- 220 V, 60 Hz
- 1000 LPH for aquariums up to 300 litres
- Instant Prime, no need for manual siphoning
- Aquastop feature eliminates leaks & mess
- Updated rim connector for secure hose connection
- New, clog free intake strainer
- Full setup & maintenance guide included on DVD
- 2 part Lock clamp
- Ribbed hosing
Filter media included:
- 2 x Foam, 3 x Carbon (70 g), 3 x Biomax (200 g)

Fiquei convencidissima é ainda melhor que o JBL no aspecto fácil da limpesa.

2010.04.12

Tinha apanhado este tronco na praia e achei giro e pensei logo em colocar no aqua mas não via ninguêm pondo nos aquas.
Até que andei pesquisando muitos videos na internet sobre tanganika e encontrei um que me suscitou imenso interesse.

e comprei o que me aaconselharam na loja:
Phosguard
e o meu ajudante Aquaben disse em 2010.04.15
O anti-fosfatos/silicatos não tem aplicação útil num aqua de Tanganyikas…a não ser reduzir as algas…isso é mais usado em água salgada, mas as lojas têm de vender, neh???
Quanto ao produto da Sun-Sun, basicamente isso é “Zeolite(a)”, e isso sim é aconselhável num aqua de Tanganyikas e de Malawi’s, para além de ajudar a manter o pH e o GH alto, (não serve como Buffer…), é um excelente “removedor” de compostos “azotados” (nitrogenados) e como é bastante poroso também serve para a colonização de bactérias “desnitrificantes”…quando ele mudar de cor para um verde azulado sigifica que está saturado e convém mudar, mas quando fores fazer isso troca só metade, para aproveitares as bactérias que já se alojaram…

2ª feira vou colocar mais uns calhaus.
Os nomes pró aqua pensei "Tanganika´s Peebles" ,My tang´s and Peebles" ou "Peebles and Tang´s". Acho que vou pró primeiro.
Ter jeito prós calhaus ou não ter, eis a questão?
Não tenho !!
Pergunta:
Boto água ou não boto? Sim ou não ???
Muito importante saber vossa opinião sincera, não ponho água sem vocês acharem bem, tá decidido!
E depois é mais dificil tar a mudar pedras com água lá, né?

O assunto dos calhaus tava dificil e então:

large.IMG_0011.JPG

2010.04.23

Pausa nas pedras e voltei à pesquisa.
Olha sinceramente, do que eu encontrei de manuais de Pedragismo(e faz tempo) que conte para a distribuição harmoniosa das pedras para Tang´s foi nada! É tudo Pedragismo para layout´s de aquas plantados ,práticamente e noto que tá muito pouco prá gente ter uma ideia de como aplicar na prática, ainda por cima num aqua de dimensões reduzidas é dificil.
Puff..., desabafei.

Enquanto isso fui rever o tópico "Tanganika's Nature Place" e consegui dar uma olhada muito interessante
neste livro que achei espectacular:

http://www.scribd.com/full/21519550?acc ... 04rxzfyafd

Dai tirei umas informações preciosas! que não sei se vocês concordam mas é o que o autor diz:
Em aquários sem plantas aquáticas, iluminação não é um factor importante; e os cíclideos mostram melhor coloração e provavelmente sentem-se melhor, quando a iluminação é pouca, contando que podemos ver o que está acontecendo no Aquário, mais de um lampada fluorescente - qualquer tipo que você gosta - é desnecessária. As plantas aquáticas precisam de mais luz, especialmente quando o aquário tem uma altura superior a 50 cm, e luz adicional é então obrigatória para manter as plantas. Neste caso 2 ou 3 lampadas em todo o comprimento do aqua são necessárias para um aquario com altura igual ou superior a 50cm. Onde a iluminação forte é necessária, é aconselhável uma luz muito colorida a incidir na gravilha. De qualquer forma isso não é natural mas a razão principal é que os ciclideos não vão mostrar suas melhores cores em aquários como esses.
Depois confirmei as plantas que são raras no Lago mas que existem lá perto da superficie em certas zonas e são elas:
Ceratophyllum, Vallisneria e algumas especies de Potamogeton (lembra Guir da minha dúvida faz tempo )
Em termos de iluminação então vou manter a que tenho agora (que vinha no aqua, penso que para já vai dar e como vou pôr uma das plantas que é mencionada, tudo bem... não precisam de muita luz.
Pesquisando....
adorei este setup, achei bem natural,as pedras dispostas... ah se eu pudesse fazer igual!!


28 Abr 2010,

Bruno S escreveu:
Veja bem, me parece, pelas fotos, que esse tronco que você colocou não está bem seco. Se for isso mesmo é perigoso, pois pode liberar substâncias na água nocivas a seus peixes.
Fico contente de você tar opinando por aqui, obrigada.
O tronco tá bem seco tem que experimentar e ver como fica o ph, se alterar não ponho, faço a experiencia num balde antes com ele um pouco mergulhado.


Bruno S escreveu:
Uma madeira que tenho certeza que acidifica a água é a aroeira, sei disso porque fiz um teste com ela em um balde e o Ph baixou sensivelmente. Agora, não sei em um ambiente macro, com maior solubilidade, o que vai ocorrer.
É eu tou sabendo, as folhas também acidificam, assim como as de amendoeira e outras que conheço por pesquisas que já fiz pró outro aqua de apistos.

Quanto às pedras tou tentando não desistir! Trabalheira e aguardo mais opiniões, espero.

por dsampaio em 28 Abr 2010,

Layouts utilizando a quina do aqua são muito difíceis de serem acertados, mais quando acertam ficam maravilhosos.... No layout que você disse que gostou tem um detalhe bastante curioso que você não percebeu !!!
Repare que as pedras utilizadas são de fáceis de serem empilhadas formando tocas naturalmente após a montagem, "sem qualquer preocupação"..... Talvez, não seria uma solução trocar o tipo de pedra para pedras mais chatas ?


por aquaben em 28 Abr 2010,

Vera, nesse teu aquário não dá para meteres essas espécies todas,na minha opinião as combinações possíveis são as seguintes:
1Casal Neolamprologus brevis, e 1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu,
1Casal Neolamprologus brevis e 1 Casal de Neolamprologus caudopunctatus.
1Casal Neolamprologus brevis e 1 casal Lamprologus ocellatus (esta combinação admite mais um casal de Julidochromis sp. “Gombe”

1 casal Lamprologus ocellatus e 1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu,
1 casal Lamprologus ocellatus e 1 Casal de Neolamprologus caudopunctatus.

Vejo que andas muito “atrapalhada” com a estética do teu aquário, mas se meteres 1 casal Lamprologus ocellatus ou Neolamprologus caudopunctatus, qualquer um deles vai fazer o “layout” ao seu gosto…os Ocellatus são especialistas em “construções na areia” os Caudo vão escavar por baixo de uma rocha até fazerem uma toca com dois acessos, por isso neste ultimo caso tens mais de te preocupar com a estabilidade das rochas, mete-las encostadas ao vidro do fundo e só depois é que metes a areia e mesmo assim esses meninos podem provocar uma derrocada das rochas se não estiverem bem firmes…

Eu:
 
Retirei o tronco para experimentar se acidifica a água ou não e já agora pra ver como fica sem ele.

No minimo:
1 Casal de altolamprologus-compressiceps-sumbu,
1 casal Lamprologus ocellatus,
1 Casal de Neolamprologus caudopunctatus.

O sumbu vai-se dar bem, é dos menos agressivos pelas pesquisadas que tenho feito e o caudos também.
Abraços, e obrigada pelo apoio bem preciso!
mais os calhaus

Share this post


Link to post
Share on other sites
por aquaben em 29 Abr 2010, 20:26

Vera, eu não estou a separar essas espécies por elas serem agressivas entre elas, por exemplo se o teu aqua fosse de 100cm eu diria que podias meter essas 4 espécies e ainda sobrava espaço…o problema é que em 80cm não há espaço para os território dessas 4 espécies...
Os Sumbu e os Caudo são peixes que ocupam o mesmo “nicho” e no caso dos Caudo eles defendem uma área com uns 20 a 25 cm de diâmetro junto a uma rocha, (ou concha grande), os Sumbu’s não são tão ciosos com o seu território, mas quando há pequenos na toca, não vão permitir outros peixes num raio de 20cm (no mínimo)…entre os ocellatus e os Brevis a coisa até corre mais ou menos, mas os Brevis têm o mau habito de “roubar” as conchas aos outros e os Ocellatus de enterrar as conchas que não estão a usar, mesmo que tenham lá dentro os vizinhos…(este ultimo comentário aplica-se aos dois…), nota que eu admito que dê para ter os O cellatus com os Brevis e ainda um casal de Sumbu’s, mas isso será a reduzir as “fronteiras” ao seu limite mínimo para convivência “pacifica”…

2010.05.05

O aqua tava a marinar...

Olha fim de semana tava ventoso não deu pra ir à praia, ai também tava desanimada , hoje eu vi teu post e me encorajou de ir à praia directo da saida do trabalho, tava farta e descontrai lá procurando as pedras mais pequenas!
Ás vezes a gente precisa de um empurrãozinho... desses! Obrigada Douglas!

Olha, tá bem desencanei o galho pra te fazer a vontade, mas se usa-se este não alterava o PH (pra já gostava dum galhinho por lá mas tenho que arranjar um mais pequeno não é ) e ficou mais espaço prós calhaus ficarem um pouco escadeados como eu tava a tentar, do canto prá frente e para o lado esquerdo!

http://img39.imageshack.us/g/img0023ac.jpg/
Agora tá aí não tenham receio de dizer mal, pois com isso é que a gente chega lá e consegue melhorar!
Exijo que sejam sinceros sempre nas vossas opiniões, OK? Tou a contar com isso!
Eu e os layout's muda muda muda de novo.

Já sei que dá trabalho a pôr os parâmetros bons, não sei se vocês aconselham mais os caseiros ou os da Seachem (esses eu sei onde comprar e dão para 1000 e muitos litros, aliaz tive a ler um tópico que o nosso amigo Bentes diz que para nós iniciantes é melhor não arriscar a mistura caseira pois minimo tem que fazer 500gr e parece que não dura muito tempo, acho que foi isso que li lá).
Hoje quando chegar logo que der vou pôr agua a metade e amanhã vou na loja arranjar água de ph alto já tratada prá ciclagem ser mais rápida!
Vai ter que estar bom mesmo pra não perder nenhum peixinho.
Depois vou combinar com o Bentes ver os peixes comigo que ele é especialista na matéria! Vou ver se convenço ele a deixar adicinar um macho ou uma femea de Sumbuzinho bem juvenil pra adaptar com os outros. Gostava tanto e sem ser casal quem sabe posso?
Tenho andado a pesquisar todos os tópicos do fórum e vou analisar bem as fotos das espécies que me têm aconselhado sendo que caudos tá feito em principio, acho eles muito bonitos .

por Bruno S em 06 Mai 2010,

VERA SANTOS escreveu:
Já sei que dá trabalho a pôr os parâmetros bons, não sei se vocês aconselham mais os caseiros ou os da Seachem .

Olha só Vera, se eu que estou engatinhando no aquarismo de ciclídeos consegui achar os parâmetros com os sais caseiros você vai conseguir com certeza.

Entretanto, se eu disser que foi fácil estou mentindo . Na verdade, foi chato pra caramba . Fui esperimentando em um baldinho de 18 litros, fazendo testes até achar.
Dê uma lida lá no meu tópico que o Douglas me deu altas idéias.

Se não tiver paciência nem adianta... compre logo os sais da seachem e evite passar por stress, quando me sobrar uma graninha eu mesmo vou comprá-los.


por dsampaio em 06 Mai 2010, 14:44

Aquarismo também requer paciência !!!

Sais industrializados são mais fáceis de manuseio sim, em compensação os preços são proporcionais à tranquilidade.
Sais caseiros são beeeeemmmmm mais baratos e um pouco mais difíceis de manuseio até gastam um pouco mais de testes no começo mais depois que se consegue a bendita quantidade de sais para o famoso balde da TPA tudo fica mais tranquilo....

Vera Santos 08 Mai 2010,

Ora agora tá cheio, acho que ficou razoável (coloquei mais uma pedra pra pesar e ficar firme o canto direito mas nada de mais). Amanhã se der posto foto, com água fica totalmente diferente mas eu gostei de ver.
Já coloquei valisnéria também, um verdinho só pra dizer que não tem!
A temperatura está mais alta nos 29-30º.
Comprei Alkaline Buffer da Seachem, foi o que aconselharam na loja.
Os parâmetros tou a medir todos os dias e:
Ph-8.2
KH-19
Gh-Não consigo medir, Tenho cá um teste que abri agora mas tava cá em casa faz 3 anos não tem validade escrita, é da Sera: diz lá começa no vermelho passa a castanho e fica verde.
Pois fica sempre castanho, desisti nas 30 gotas, Será que tá estragado???
Amónia, nitratos e nitritos = 0
O que vocês dizem é normal ou compro um teste novo!

Aquaben:
Quanto ao “Buffer” que te aconselharam sem duvida que acerta o pH num valor aceitável para os Tanganyikas, mas isso não deixa de ser o “vulgar” bicarbonato de sódio que podia ter comprado num super por 50cents… talvez tenha sido fala minha não te ter alertado para certos “truques” na preparação da água, mas ainda nada está perdido…
Para melhorares os parâmetros da água basta meteres “sulfato de magnésio” que podes encomendar nas farmácias, quanto ao Bicarbonato de sódio, para já usa esse que compraste mas depois podes passar a usar o dos supermercados, vai dar no mesmo e fica bem mais em conta…
Só com estes dois produtos consegues uma água em condições para os Tanganyikas, claro que se podes melhorar, mas visto que o teu aquário leva pouca água é preferível “afinar” os parâmetros só com o Bicarbonato sódio, sobe o pH para 8.2 e o KH para perto dos 20 e isso vai ajudar a manter o pH estável, o sulfato de magnésio faz subir o GH, mas o mais importante é que ajuda no equilíbrio osmótico dos peixes, o que os torna mais resistentes…
Dosagem que eu uso:
Bicarbonato de sódio: 1 colher de sopa cheia por 50lt
Sulfato de magnésio: 1 colher de sopa rasa por 50lt
Como tem areia da praia e rochas calcarias a tendência é o GH e o Ph subir para valores na casa de pH 8.4 e GH 16 a 18…
Uma coisa que tem de sempre ter em atenção quando fizeres as TPA’s é que a água que vais meter no aquário já deve estar previamente “afinada”, por isso usa um recipiente com a litragem que vais mudar e dissolve previamente o bicarbonato de sódio e o sulfato de magnésio…

Aquaben em 2010.05.08

Como gostas de ver verde no aquário, deves aproveitar o tempo de ciclagem sem peixes para as plantas se enraizarem bem, por isso deves meter mais uns valisnerias eu depois arranjo-te mais uns plantinhas que se dão bem nem aquas de Tanganyikas…
Quanto ao tempo de ciclagem…o importante não é o tempo em si, antes de meteres os peixes mas sim o tempo que vai levar o sistema de filtragem biológica a ficar no ponto…visto que meteste “resinas” que eliminam nitritos e amónia e tendo em conta que o teu filtro não nunca será um bom filtro biológico, eu diria que podes meter os peixes para a semana que vem…no próximo Domingo faz a medição da amónia e dos nitritos, se estiver tudo a zero, podes meter os peixes, mas vais ter sempre de andar com muita atenção aos valores de amónia, quando meteres os peixes pois a tendência será aparecer amónia, principalmente por causa dos restos de comida das fezes dos peixes, o que quero dizer é que para já, enquanto não meteres os peixes, não vais ter problemas com a amónia e os nitritos também devem andar por baixo, mas quando os peixes forem para o aqua muito possivelmente tanto a amónia como os nitritos podem aparecer…(os caudo são muito sensíveis à amónia, principalmente durante o seu crescimento…)
Não te assustes com esta conversa todo vais tudo correr bem…

Eu:
Começei a pensar na hipótese que tu falaste:

1Casal Neolamprologus brevis Kitumba (Orange Belly Brevis).Estes acho-os mais coloridos.
1 casal Lamprologus ocellatus "blue".

Ou:
1 casal Lamprologus ocellatus "blue" com 1Casal Julidochromis sp. (Gombe) ou 1Casal Neolamprologus brevis Kitumba.

Se fosse monoesécie de Lamprologus ocellatus "blue", quantos poderia pôr? Fiquei simplesmente magnificos, será que conseguimos arranjar mesmo importados ou vou ficar a babar pelas fotos pra sempre?
(sempre adorei peixes azuis dai ter optado pelo apisto Borelli no outro aqua)
Não são lindos, nunca tinha visto

Aquaben:
Esse “Lamprologus ocellatus azul” não é um Ocellatus os “Gringos” é que lhe dão o nome comum de “Bleu ocellatus”, eles são “primos chegados” dos ocellatus, mas o seu nome verdadeiro (cientifico) é Lamprologus speciosus…não te deixes enganar pelas fotos que aparecem na net…esse azul não é assim tão intenso, mas sim fruto de reflexo

ainda existe outro “primo do ocellatus a que os “gringos” chamam de black ocellatus que é o Lamprologus meleagris:

Infelizmente eu só tenho mesmo os Lamprologus ocellatus “gold Zambia”…
- Sim podes ter um casal de Lamprologus speciosus, um casal de Julidochromis sp. Gombe e um casal de Lamprologus brevis, mas os que eu tenho são da população “sunspot Ikula”, que para mim são os mais interessantes, mas gostos não se discutem…

por aquaben em 09 Mai 2010,

Vera, qualquer uma dessas espécies que tu escolheste para o teu aqua, só se consegue ter a certeza do sexo, ou em adulto ou quando acasalam…se queres ver eles a crescer e as fêmeas escolherem os seus machos, o melhor é começares com um grupo de 4 jovens de cada espécie e esperar a formação de um casal…claro que é um comportamento muito interessante de ser observar, mas tem o inconveniente de que após o acasalamento do 1º casal terás obrigatoriamente de retirar os outros da mesma espécie…eu prefiro fazer isso, dá para se aprender muito sobre os Tangas, observando o seu comportamento de “adolescente”, pois em muitas espécies é completamente diferente o comportamento dos jovens e dos adultos, tanto a nível “social” como até a nível “trófico”…vou ver se tenho alguns Bravis e Gombes com tamanho adequado para o fim que pretendes e depois aviso…próximo Domingo faz a medição de parâmetro da água e níveis de amónia.

Começei a olhar prás conchas e achei estranho uma meleca junto de umas três, reslovi tirar de novo e lavar, incrivel depois de as ter lavado minuciosamente estas 3 tinham uns bocadinhos de residuos dentro!
Lavei tudo de novo e coloquei outra vez, se voltar a haver problema retiro e desisto destas.

Pensei que fosse mais fácil arranjar o sulfato de magnésio, tive que encomendar 1kg pelo preço compensa mais resta saber se aquilo tem validade? 100gr é 7€ e tal, 1kg é 14 e tal.
Amanhã quando chegar perto de casa vou buscar à farmácia.

kh-15
nitrito-0
nitrato-0
ph-8.3
Amónia-1
gh- meço depois de adicionar o sulfato de magnésio

12 Mai 2010

Bruno S escreveu:
As conchas não interferem na amônia, a não ser que elas tenham restos mortais dos escargots !!!
É isso que tou desconfiada, como a amónia subiu o triplo, tirei as conchas danadas e fiz tpa de 25 litros . As conchas antes de deitar no lixo puz de novo em lexivia, vão lá ficar 1 semana!
Cá está o desespero dos parametros, quanto ao sulfato adicionei o que tu disseste Bentes. O danado do gh com 20 gotas ficou castanho não mudou, então ontem à noite deixei ficar no tubinho, agora quando fui medir de novo tava verde ( esse teste é de efeito retardado , não estou a confiar muito). Coisa complicada!
Vocês nem sabe o tempo que eu perdi, as águas que lavei ama a uma depois de estarem 3 dias em lixivia. No fim fervi durante 20 min, tudo isto antes de colocar lá dentro! e mesmo assim aconteceu em três. O pior é que secalhar tá a restar um bocadinho nalguma, por isso retirei!
Mas tou com esperança de uma amiga minha este fim de semana trazer pra mim umas quantas duma praia a 100 e tal km daqui. Vamos ver se tenho sorte e ela não esquece! Se assim for maioria destas vai mas é fora!

Aquaben em 2010.05.14

Para além dos peixes que já falamos lembrei-me agora de uns que tenho por cá que são óptimos a lipar os restos de comida…”Lophiobagrus brevispinni” …este são um pouco mais caros, mas são muito loucos…

Visto que são peixes “gregários” no mínimo eu diria um casal…e se conseguir acertar no sexo deles rapidamente ficas com Lophios para “dar e vender”…apesar de não serem muito comuns por cá eles até são bastante fáceis de reproduzir em aquário…
Quanto a essas conchas do mar que comprastes podes por uma foto delas? É que não convém usar búzios, é sempre preferível usar conchas de caracol por causa do “enrolamento” ser mais suave e homogéneo…

Eu:
Não Bentes, são conchas de caracois marinhos. Não são búzios. Mas vou tirar fotos para tu veres. Se não precisas delas agradeço-te! Só comprei 4.
Os peixes do fundo 2 ou 3 se não vierem sexados. Está bem?
Olha se eu amanhã não conseguir medir o gh amanhã, o que aconselhas fazer?
kh 10-20 __________Dureza carbonatada em mg/L carbonato de cálcio - 178-350
Muito dura. Ideal para vivíparos, Malawi, Tanganyika e América Central.

kh 20 +____________Dureza carbonatada em mg/L carbonato de cálcio - 350 +
Extremamente dura; muito dura para a maioria dos peixes tropicais

kh agora = 23 Extremamente Dura,...
ph agora = 8.8 para aquário devia ser 8.4, não é?
Amónia = 0
Nitrito = 0
Nitrato = 20 tem que baixar não é? Faço como???? ou ele vai ao sitio?
gh = ??
Estou a ficar muito stressada !!!!
Tenho dito! Sinto-me mesmo burra! Já agora a temperatura elevada tem inflência????
Nunca mais à peixes assim . O que vale é que tão guardados!!!

Aquaben
Achei melhor meter aqui as tuas opções e a minha opinião, motivo da escolha mais acertada para o teu aquário:
557 - Lamprologus kungweensis 3/4cm - Esta espécie não é um verdadeiro conchicula, apesar de nos aquários usarem as conchas que lhe oferecemos para fazerem tocas, mas na realidade eles nunca vão se sentir tranquilos nelas, eles são peixes de fundos lodosos e é no lodo que eles escavam as suas tocas que podem ter 10cm de profundidade, ou mais (os que eu tive cá fizeram tocas escavadas com certa de 10cm e o substrato não era o mais indicado…), por este motivo acho melhor escolheres outra espécie…
562 - Lamprologus ornatipinnis 5/6cm- esta espécie também é cavadora de tocas no lodo, apesar de se habituar melhor às conchas (ou a tubos pvc), não estabelece território permanente nas conchas e visto que o teu aqua vai ter pouco (nenhum) espaço de manobra entre territórios das outras espécies, também não me parece ser a melhor opção…
564 - Lamprologus speciosus 3/4cm – (sobre este já falamos aqui, basicamente é um Ocellatus um pouco maior e mais escuro…)
556 - Lamprologus magarae 3/4cm (não conheço, mas pelo que pesquisei isso fica entre os L.brevis e os L. calliurus e isso não quer dizer nada de bom, pois se têm o comportamento dos L.calliurus não é espécie para aquário pequeno…)

Mas correndo melhor a lista vi que eles têm o que tu procuravas…
560 - Lamprologus ocellatus blue 3 - 4 cm - e até está a um preço aceitável (5,75€), bem mais em conta que os L.speciosus, portanto em vez de mandares vir 2 L. speciosus porque não mandas vir 4 :lamprologus ocellatus blue, não são como as fotos que tu meteste mas acho que vais gostar…
Cont.
Vera não stress…
O pH está óptimo, o difícil é conseguir manter ele a 8.8, mas esse valor é excelente para os Tanganyikas…
Quanto ao KH não está mal assim, não há necessidade de estar tão elevado, mas os peixes não reclamam e com esse valor o pH fica mais estável, de qualuqer modo quando começares a fazer TPA’s esse valor vai baixar naturalmente…
O GH é mais importante, para os Tanganyikas que o KH, mas se o valor de KH está a 23, o mais certo é teres o GH entre os 18 e os 20…isso também vai baixar com umas TPA’s, tal como o valor dos nitratos… como não tens plantas os Nitratos não são “consumidos” e só duas maneiras de os retirares, ou usas um “anti-nitratos” ou fazes TPA’s frequentes, esta ultima hipótese é mais económica e aconselhável, pois com já te referiram quanto mais pequenos forem os aquários mais frequentes devem ser as TPA’s, não só para retirar os nitratos como excessos de resíduos orgânicos, fosfatos e mais outras “porcarias” que se vão acumulando no aqua e os filtros não eliminam…
Por mim eu já estava a meter uns peixinhos para ver como os filtros se comportam…

Quanto ás conchas veêm 10 Neothauma shells ,pelo menos são "originais" .Tenho aqui 4 boas e estou à espera de umas de Troia atravez de uma amiga que já as conseguiu. Não sei é quantas e se servem.

Quanto à fauna decidi:

4 Lamprologus ocellatus blue,
1casal de Julidochromis sp. Gombe
1 casal de Lamprologus brevis “sunspot Ikula”
e 2 ou 3 Lophiobagrus brevispinni

E pronto estou as aguardar os peixinhos!

empty.gifTer 25 Maio 2010

Fui a um restaurante sentei-me na esplanada e disse:
Por favor, queria uma cerveja preta e uma panela de caracoletas, as maiores que tiver! Já agora de preferência que estejam comidas!
O homem olhou pra mim
Pois é para pôr lá em casa no aquário porque vou ter peixes que vivem nelas!


empty.gifTer 25 Maio 2010

Falei com o dono de um restaurante que as tinha para vender e pedi quando as vende-se para me guardar umas 60. Muito simpático guardou-as em lixivia á minha espera, depois foi como disse lá atrás! Um trabalhão e só aproveitei umas 25, as mais bonitas e maiores.
De qualquer modo vai ao Continente, lá há congeladas a 7.5€ o Kg para quem gosta de as comer, senão faz como eu fiz.( nos congelados junto da peixaria) Olha se pedires a alguêm pergunta se foram só cozidas com sal ou grelhadas, pois existem sitios que metem + condimentos e não aconselho. Mas tás ai em baixo e não encontras uma loja que venda conchas?
As outras 4 comprei assim no Sitio da Nazaré, 2 a 2€ e 2 a 1.5€. São conchas do mar.
Agora a sério, na semana passada na internet á procura do mesmo que tu, Nos E.U. vendiam-se, caixas de cascas de escargots para se encher de Paté de caracol 2704281717.gif , a 20€????!!!! 445923306.gif

No continente tinham e vender por um euro?????? 2704281717.gif2704281717.gif2704281717.gif

Foto das conchas de caracol

27 Maio 2010

tou triste! Não vai haver peixes sábado!!!PPPPPPPPPPFFFFFFFFFFF!
Kh - 40???????
Nitrato-0.25 - 0.5

Nitritos-0
Ph-8.8

 
3 Jun 2010
 
Boas,
Olhem foi uma aventura! 1547346205.gif
Cheguei a casa com os peixinhos (sábado á noitinha e deitei de madrugada...) e foi uma carga de trabalhos até ficar a olhar pra eles no aqua!
O Bentes aconselhou e retirei o pouco substracto fértil que tinha posto na zona das valisnérias! foi rápido com a ajuda do camaroeiro, e coloquei mais areia pra compensar.
O jerry-can que tinha preparado com água foi pra despejar, não valia apena aproveitar! Os parametros estavam péssimos!
Comprei um novo teste de GH + KH e os valores mantinham-se! :cry: Retirei 25 litros de água do aqua, depois pra não ser muito pesado enchi um balde com +- 9l, içei pelo escadote e quando tava pra pôr a água lá dentro... 3264150519.gif o balde caiu e fiquei com o quarto alagado ! Limpa daqui e dali + a areia que tinha no balde 431697385.gif .
20 viagens com uma garrafa de 1.5l pra colocar cerca de 28l de água na totalidade! sem adicionar nada!
e medir os parametros!
hehehehehe resultou! Impecáveis!
Plantar + umas valisnérias....
Finalmente saco dos peixes dentro do aqua para climatizar!!!
PPPPPPffffffffffffffffffffff, eu com sono!!!!

Pra já estão,
um casal de Julidochromis sp. Gombe

Nesta imagem os Brevis ainda estavam meio perdidos, os Gombes tomaram conta das rochas.

um casal de Lamprologus brevis “sunspot Ikula”

Domingo os Brevis adaptaram-se na zona das conchas até hoje, acho-os um bocado preguiçosos pra aparecerem cá fora!

O Sumbu no primeiro dia esteve junto ao filtro por detrás de uma pedra que lá pus com o intuito de não estragarem as plantas, mas ele gostou do sitio!

Agora está onde o vêem na imagem a baixo quando tenho a luz ligada, á noite pra dormir enxuta um dos Gombes e dorma na primeira toca do lado direito! É tímido ainda.

Os gombes passeiam-se no aqua e não têm medo quando me apróximo, são muito engraçados, não estou nada arrependida de os ter escolhido! 1918552870.gif
Um deles é um bocado refilão com o seu compadre! 2704281717.gif
Por causa do sumbu nas rochas hoje dei um jeitinho numa pedra de cima do monte de calhaus pra formar mais uma toca e já reparei que os Gombes cabem lá na boa!


Depois vieram por engano 2019124001.gif hehehehehe 3 peixitos, que não pertencem ao Biótipo mas que eu adorei, são muito alegres sempre a passearem pelo aqua e escondem-se debaixo da areia ás vezes só com os olhos de fora, são incriveis e o Bentes disse que me faziam falta pra limpar o fundo do aqua, gostei tanto deles que os trouxe, são parecidos com Bótias e têm um nome que ainda não decorei! Vieram substituir 3 Lophiobagrus brevispinni. Também gosto talvez mais prá frente...quem sabe! 2782103716.gif
Abraços

 
 
Foto

Retirei 25 litros de água do aqua, depois pra não ser muito pesado enchi um balde com +- 9l, içei pelo escadote e quando estava para pôr a água lá dentro...  o balde caiu e fiquei com o quarto alagado ! Limpa daqui e dali + a areia que tinha no balde  .
20 viagens com uma garrafa de 1.5l pra colocar cerca de 28l de água na totalidade! sem adicionar nada!
e medir os parametros!
hehehehehe resultou! Impecáveis!
Plantar + umas valisnérias....
Finalmente saco dos peixes dentro do aqua para climatizar!!!
PPPPPPffffffffffffffffffffff, eu com sono!!!!

Pra já estão,
um casal de Julidochromis sp. Gombe
large.4.jpg
Nesta imagem os Brevis ainda estavam meio perdidos, os Gombes tomaram conta das rochas.

um casal de Lamprologus brevis “sunspot Ikula”

large_6a.JPG

Domingo os Brevis adaptaram-se na zona das conchas até hoje, acho-os um bocado preguiçosos pra aparecerem cá fora!

Share this post


Link to post
Share on other sites

12 Abr 2011

Bem este aqua muita volta deu, pela fraca filtragem que tinha e pequena avaria da mesma os meus tangs foram-se, até ao último gombe que também não resistiu! A tudo isto ficaram passivamente 3 verdemãs de estimação, lindas de morrer e de comportamento espectacular que sempre me vão ficar na memoria desta saga dos tangs e que no inicio vieram por acaso pois foi um amor á primeira vista! 

Fui adicionando no aqua por não ter alternativa umas caniculatas que entretantnto criaram frenéticamente até fazer uma criação controlada e cuidada pois são uma pequena grande praga! mas continuo a ter um sentimento carinhoso por elas apesar de me terem levado á ruina um outro aqua que mantenho...

Assim modifiquei o layout completamente por causa desta especie de aplle snails muito maliciosas, gulosas de plantas e de outras coisas mais!

Vamos setup e layout (menos interessante desta vez mas até ver...) com fotos:

Fauna:

1 casal de Lamprologus brevis “sunspot Ikula”



1 Macho Lamprologus ocellatus que era para vir blue mas veio nomal (estes alemães...) mas não parece Gold, mas anda por ai alguém que percebe a potes disso e possa esclarecer melhor este ponto! Posso estar a dizer asneiras!


3 Verdemãs;

large.1_2.JPG

4 Ampulárias Douradas Caniculatas; e um Botia lohachata (o meu carlitos de estimação  )

Flora com caniculatas é claro que nenhumas, não vale mesmo a pena!

Diferente sem dúvidas, o surrealismo num aqua de tangs!

29 Jun 2012

Com a mudança do meu aqua de Leiria para Lisboa perdi o meu brevis, e o meu ocellatus também faz 15 dias.
Vou ter que arranjar novos peixes para este meu aqua. De momento só lá tenho 2 Verdemãs e 1 Bótia lohachata!


dsampaio escreveu:
Repare que as pedras utilizadas são de fáceis de serem empilhadas formando tocas naturalmente após a montagem, "sem qualquer preocupação"..... Talvez, não seria uma solução trocar o tipo de pedra para pedras mais chatas ?
Vou nessa... no fim de semana já vou providenciar as novas pedras.

dsampaio escreveu:
mais o tipo de pedra ainda acho que tem que ser substituido para um layout parecido com o que você gostou.....
Nem mais, vou tentar ...mas enquanto isso á noite vou fazendo experiências com as que tenho, utilizando as novas dicas de todos vocês.

12 Abr 2011

Bem este aqua muita volta deu, pela fraca filtragem que tinha e pequena avaria da mesma os meus tangs foram-se, até ao último gombe que também não resistiu! A tudo isto ficaram passivamente 3 verdemãs de estimação, lindas de morrer e de comportamento espectacular que sempre me vão ficar na memoria desta saga dos tangs e que no inicio vieram por acaso pois foi um amor á primeira vista!

Fui adicionando no aqua por não ter alternativa umas caniculatas que entretantnto criaram frenéticamente até fazer uma criação controlada e cuidada pois são uma pequena grande praga! mas continuo a ter um sentimento carinhoso por elas apesar de me terem levado á ruina um outro aqua que mantenho...

Assim modifiquei o layout completamente por causa desta especie de aplle snails muito maliciosas, gulosas de plantas e de outras coisas mais!

Vamos setup e layout (menos interessante desta vez mas até ver...) com fotos:

Fauna:

1 casal de Lamprologus brevis “sunspot Ikula”



1 Macho Lamprologus ocellatus que era para vir blue mas veio nomal (estes alemães...) mas não parece Gold, mas anda por ai alguém que percebe a potes disso e possa esclarecer melhor este ponto! Posso estar a dizer asneiras!


3 Verdemãs;

4 Ampulárias Douradas Caniculatas; e um Botia lohachata (o meu carlitos de estimação )

Flora com caniculatas é claro que nenhumas, não vale mesmo a pena!

Diferente sem dúvidas, o surrealismo num aqua de tangs!

29 Jun 2012

Com a mudança do meu aqua de Leiria para Lisboa perdi o meu brevis, e o meu ocellatus também faz 15 dias.
Vou ter que arranjar novos peixes para este meu aqua. De momento só lá tenho 2 Verdemãs e 1 Bótia lohachata!

Share this post


Link to post
Share on other sites

18 Ago 2012

Adquiri ontem 3 altolamprologus-compressiceps!

7 Set 2012

Coloquei umas valisnérias, faz um ano que não tinha plantas no aqua!

28 Set 2012

Entretanto chegaram umas novidades, 5 multifasciatus!

Estou toda entusiasmada, só que os desgraçados foram pesquisar a área do aqua para eles e fugiram para as rochas um bocado baralhados com os altolamprologus! Então andam todos á nora com os territórios trocados!
Logo que possa tiro fotos, tenho a máquina a carregar!

30 Set 2012

Um dia nas conchas:

A partir daqui enganaram-se e foram para as rochas, que se há-de fazer, não sei explicar este comportamento deles! Será por ter junto ás rochas duas conchas para os "altos"!

Os cinco danados nas rochas, estou estupefacta!

E não saem das rochas o que está de facto a intrigar-me!

8 Out 2012

Deu-me na veneta e troquei-lhes as voltas! Mudei o layout e parece estar a funcionar!
Troquei as conchas de lado, agora os multis foram para as conchas e mantêm-se do mesmo lado.
Vamos lá ver se se mantêm assim, foi uma experiência!

18 Out 2012

Os multis lá descobriram as suas casas depois da alteração do layout.

27 Set 2013

São peixes muito interessantes, eu gostei muito de os ter, no entanto são proibidos de capturar.

Tens aqui dois sites a falar delas:

Cobitis paludica - Verdemã comum

Carta Piscícola Nacional - Descrição de espécies existentes em Portugal, das quais consta a Cobitis paludica - Verdemã comum

1 Out 2013

Gosto muito dos Altolamprologus, são os meus preferidos. São muito calmos, não dão problemas nenhuns. Estes dois estou convencida ser um casal, um deles passa a vida nas rochas e é maior, penso que seja o macho. Já a suposta fêmea, é mais pequena e já pernoitou muitas vezes junto ás conchas. São comportamentos habituais nesta espécie, dai as minhas suposições.

Também acho que tenho um casal de multifasciatus, que se encontra nas conchas, ele maior e ela mais pequena. Por outro lado tenho dois que se mudaram para a entrada da zona das rochas e dormem lá, maneira que suponho que sejam machos, devem ter levado uma corrida dos apartamentos (conchas) do suposto casal.

18 Fev 2014

Altolamprologus-compressiceps Gold

Neolamprologus Multifasciatus

Share this post


Link to post
Share on other sites