Microlago para rã


Recommended Posts

Olá

Instalei no meu quintal um micro lago, com dimensões 0,9x0,4x0,2. O objectivo era ter lá rãs, já que fazem bem à horta. Arranjei uma espécie de modelo de piscina em miniatura, que foi instalado num espacinho do meu quintal

cb8e.jpg


Resolvi depois acrescentar mais um vaso cheio de água, à semelhança dos nano-lagos do Miguel Figueiredo (cuja experiência me inspirou a fazer isto), ligando tudo através de uma pequena bomba solar.

Não tenho qualquer filtro, tendo optado por colocar bastantes pantas boas para o efeito (dentro das limitações do tamanho do lago).

Após muito penar para arranjar algumas variedades (nomeadamente Vallisneria tortofolia), o estado do lago é atualmente este:

6q51.jpg

45rx.jpg

rj4z.jpg

Enquadramento:

8mcb.jpg

A nível de plantas, tenho o fundo do lago mais amplo com as ditas Vallisneria tortifolia, mais dois pés de Hydrocotile leucocephala. A nível de flutuantes tenho um jacinto de água, e Lenma e Limnobium laeviagtum agrupados em ilhas para aquilo não se espalhar pelo lago todo. No fundo do vaso tenho também um nínfea e uns pés de elodea.

As plantas marginais não sei com certeza absoluta quais são, embora me pareça que uma delas é uma planta do género Equisetum. A outra foi oferecida e disseram-se que era um lírio. Á direita do lago substituí as clíveas por fetos, mas parece que eles não se adaptaram muito bem. Vamos ver se com o tempo vingam.

Para além do que aqui tenho, queria ver se ainda arranjava uma Anubia barteri nana ou petit, para amarrar ao tronco que tenho submerso. E talvez uma ou duas alfaces de água.

O meu lado já tem um habitante, Fred - a rã, mas que não consegui fotografar.

Quem me deu a rã disse para levar um bocadinho de lodo que tinha lá vários bichinhos para ela se alimentar. Parece que os ditos bichos se multiplicaram bem, que estão agora em toda a parte.

Alguém sabe o que isto é?

mbkg.jpg

Link to comment
Share on other sites

Parecem larvas de mosquito, e são uma bela porcaria. Aparecem muito em aguas paradas sem predadores.

 

Podes meter aí uns peixinhos que as tratam num instante.

Link to comment
Share on other sites

São larvas de mosquito, são a fase larvar das "melgas".

 

Isso era o que uma piscina para bebés? Nunca tinha visto disso.. Gosto do efeito que criaste com a circulação da agua.

 

Qual é a fonte da água que vem da parede?

Edited by Andre Correia
Link to comment
Share on other sites

Então sempre são larvas de mosquito. O predador era suposto ser a rã. Mas parece que ela não dá conta do recado. Hoje vou arranjar mais uma. Pode ser que com duas comecem a controlar mais a coisa. Também pensei por um par de peixinhos, mas tendo em conta o tamanho/litragem do lago têm de ser espécies bem pequenas. Algumas sugestões?

 

Quanto à origem do lado, a minha mãe encontrou-a numa loja de bombas para piscinas. Supostamente era o modelo de uma piscina, em escala reduzida (até tem vários degraus do lado junto à queda de água.

A água não vem da parede, embora pareça que sim nas fotos e à distância. Ao pé do Equisetum está a bomba solar, que envia a água para cima por um tubo transparente, que se liga ao bambu que está pregado à parede. Ficou melhor do que eu imaginei.

Link to comment
Share on other sites

Não sei se as rãs comem isso, mas acredito que comam micro-organismos e insectos que se encontram nesse tipo de águas...

 

Existe um tópico no forum a falar sobre espécies que se adaptam em lagos no nosso país com as nossas temperaturas, tenta fazer uma pesquisa.

 

Não sei se (G a m b u s i a s) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b] se adaptam... São pequenas, viviparos do género dos guppys.

 

Mas podes tentar colocar Tanictis Albonubes (neon chines), acho que seria a melhor opção porque são pequenos e já vi quem os reproduzisse em lagos.

Link to comment
Share on other sites

As rãs alimentam-se de invertebrados que apanham em terra, e não debaixo de água.

Uma solução para as larvas de insectos é, como já foi referido, a utilização de peixes pequenos que se alimentem delas.

Peixes como os falsos neon chineses são uma boa hipótese, mas também se pode recorrer a medakas ou a um casal de peixes paraiso, ou até mesmo (G a m b ú s i a s) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b], apesar da venda destas últimas ser proibida.

Link to comment
Share on other sites

boas

não sei qual o teu tipo de rãs mas eu tenho umas nos meu aquários que adoram estas larvas #food mas as minhas são aquáticas nunca as vi fora de agua apesar de ter lá lotus... biggrin.png' alt=':biggn:'>

mas concordo com o que ja foi dito arranjar mais uns predadores #food

cump.

bruno

 

ps. o teu lago esta magnifico!!!

Edited by Bruno TER
Link to comment
Share on other sites

Penso que a minha rã é a rã-comum, Pelophylax perezi. Mas não sou especialista, e e pelas imagens que tenho visto também pode ser uma rã-ibérica. Tanto quanto li sobre este animal, nada diz que se alimente apenas fora de água. A senhora onde fui buscar a rã tinha lá estas larvas para lhes dar de comer.

E parece que vai ser complicado arranjar-lhe uma parceira. O mentecapto que me ia vender uma fêmea ontem fez-me esperar uma hora sem ele aparecer, até que desisti.

Alguém sabe onde posso arranjar uma?

 

Também pensei ter umas (G a m b ú s i a s) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b], mas vi que seria complicado devido à proibição.

Pexes do paraíso li que eram muito agressivos e que até era necessário separar o macho da fêmea depois desta pôr os ovos.

Os tais neons chineses estão-me a parecer a melhor opção. Penso que sejam mais fáceis de arranjar do que rãs :lol:

Edited by ruicarlov
Link to comment
Share on other sites

Eu tenho 3 rãs verdes / rã ibérica / Rana perezi / Pelophylax perezi. Todos estes nomes são referentes à mesma espécie.

Elas vivem num lago com um casal de peixes paraiso, peixes vermelhos, 1 carpa , corydoras, garra rufa e ciclideos gymnogeophagus meridionalis, não havendo qualquer incompatibilidade com os peixes.

 

Elas alimentam-se fora de água sim, e alimentam-se de uma forma idêntica à dos camaleões disparando a língua para apanhar insectos.

Espero ter esclarecido.

Link to comment
Share on other sites

Eu tenho 3 rãs verdes / rã ibérica / Rana perezi / Pelophylax perezi. Todos estes nomes são referentes à mesma espécie.

 

 

Penso que a rã ibérica é diferente das outras duas. Rana perezi e Pelophylax perezi são efectivamente a mesma espécie (nome antigo e recente), é um parente próximo da rá iberica (rana iberica), mas não da mesma espécie desta: http://naturlink.sapo.pt/NaturSAPO/Fichas-de-Anfibios/content/Ficha-da-Ra-iberica?bl=1

 

 

Bem, hoje já andei a "passear" pela Gulbenkian, e embora tenha encontrado um lago onde há rãs, penso que seria muito complicado conseguir apanhar alguma, já que mal me aproximei fugiu logo uma para o fundo do lago, por baixo dos nenúfares. Como a cor é bem escura, não dava para ver patavina do fundo.

No entanto, acho que sou capaz de ter melhor sorte com o lago no jardim ao pé do El Corte Inglês. Não só está cheio de (G a m b ú s i a s) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b], como num dos cantos estavam lá três rãs a olhar para mim.

Edited by ruicarlov
Link to comment
Share on other sites

1º dia de caça. Nada de rã. Duas ainda foram à rede, mas conseguiram escapar-se. Uma delas saltou da rede e uma vez no chão fugiu para dentro do meu casaco que estava pousado ao meu lado. Desperdicei esta oportunidade única. Conseguiu fugir do casaco de volta para o lago.

 

Bem, pelo menos apanhei umas (G a m b ú s i a s) [b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b] (acho eu que era isso).

Link to comment
Share on other sites

2º dia sem sucesso.

Hoje havia menos rãs à vista e estavam todas mais escondidas entre a vegetação, onde é mais difícil chegar-lhes. Andaram a cortar uma série de plantas aquáticas de fundo, que faziam um tapete à superfície. Era onde as rãs estavam. Agora sem isto vai ser duplamente complicado ter uma boa oportunidade.

Link to comment
Share on other sites

boas . A parte das larvas foi uma risota. vais ter melgas por todo o lado não tarda nada.... se tivesses na madeira ate podias estar a criar o mosquito do dengue e nem sabias loool

As Rans comuns NAO CAÇAM DEBAIXO DE AGUA, ou muito raramente o fazem (já tive uma que mandava -se aos alevins de peixe vermelho que eram pretos). elas caçam insetos no ar ou nas plantas fora de agua, saltam e tentam apanha-los.

 

as larvas de mosquito so nascem quando as melgas poe ovos em aguas paradas. se tiveres uma bomba de lago(nunca uma bomba de piscina) a funcionar isso deixa de acontecer.

 

as rans normalmente vão-se embora se não tivem condições para ficar ou se não gostarem do teu lago. pode ser pequeno ou pouco fundo para elas ficarem.. a ver o que elas acham...

 

coloca 1 ou 2 peixes vermelho, desses vendidos como peixes vermelhos de agua fria para aquário que eles comem os insectos da agua, mas dá-lhes comida á mesma, insetos são so complementos. e tens de por um filtro pequeno que movimente a agua e a limpe. procura aqui no fórum filtros diy ou caseiros que há muita gente a fazerem eles próprios filtros apartir de bidons e potes. cumps

 

nota: não tinha lido os posts todos ,mas já vi que já tens a agua a mexer.

Edited by tmaster
  • Upvote 1

Vivendo e aprendendo

 

 

 

clicar aqui para ver:O meu lago/tópico

Link to comment
Share on other sites

Na realidade a rã não tem grande hipótese de escolha. Tendo em conta que o meu quintal é todo murado à volta, não há maneira de rãs chegarem e partirem.

No sábado consegui arranjar uns três girinos razoavelmente grandes no Koipark. Dois com patas traseiras e um sem patas. Estranhamente, não consigo dar com eles quase desde o dia 1. O girino sem patas nada por lá, mas os com patas nunca mais os vi. E agora parece que a minha (G a m bú s i a)[b][color="#FF0000"] Espécie inserida no DL 565/99.[/color] [url="http://http://www.aquariofilia.net/forum/index.php?showannouncement=6"]Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal[/url][/b] maior desapareceu. Há um par de dias que espreito no vaso verde e não a vejo. Encontrei umas penas a flutuar à superfície? Será que há algum pássaro que pode andar a caçar no meu lago?

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...