nano plantado - low light, high tech


gmmartins

Recommended Posts

Viva,

 

Fotos do meu nano. O layout não é o melhor, mas eu queria era experimentar algumas plantas e testar se é possível fazer um tapete de cuba com pouca luz.

 

Aqua: 30 x 20 x 20 cm

Luz: 11 watt

CO2: pressurizado

Fertilização: EI com sais + Excel (este último só nos últimos 2 meses)

Substrato: areão inerte

Aquecimente: não tem

Fauna: red-cherry (muitos) e uma Neritina.

Flora: cuba, Eleocharis parcula, HM, E. tenellus.

Filtro: Eheim hang-on

TPA's: 60-70% semanal

 

 

Set-up: Janeiro 2011 (dry start - não tive grandes resultados com crescimentos muito lentos e a tenellus morreu quase toda)

 

p1010009iz.jpg

 

Junho 2011

 

estadn.jpg

 

Agosto 2011 (antes da poda)

 

imagem1w.jpg

 

Agosto 2011 (depois da poda)

 

imagem3mj.jpg

 

Conclusão:

A cuba não precisa de muita luz, mas sim de muito CO2. Obviamente, com menos luz o crescimento é mais lento, mas também menos trabalho com podas. Ainda assim o tapete está quase fechado. E não está a crescer para cima. A HM tenho que podar cada 2 semanas :character0050:

 

Algas, para além de ciano que foram consequência de falta de nitratos durante o dry-start e que foram erradicas com um black-out e correcção da fertilização, não tenho. Com menos luz é tudo mais fácil de controlar. Não limpo o vidro há pelo menos 3 meses e está sempre um brinco.

 

Espero que gostem. Comentários são bem vindos.

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Muito bom!

Está a ir muito bem...daqui, mais um tempinho e o tapete totalmente fechado fica no ponto!

Luz moderada é sp meio caminho andado para o sucesso...mas o pessoal tem o vicio dos W, pq obviamente as coisas demoram mais tempo a chegar lá!

11w para 8-9l reais consideras pouca luz?

 

Quais as razões para achares que o dry-start não vingou bem? Necessário muito "borrifadela" para manter a humidade? supostamente devias ter crescimentos bem mais rápidos, já que tinhas todo o CO2 do mundo.

 

 

Abraços e continua

Link to comment
Share on other sites

Nao tens notado nenhuma morte dos camarões??

 

Nunca testei,mas sempre ouvi dizer que Camarões e CO2 não é lá uma grande combinação...

<a href="http://www.sharkwater.com/" title="SHARKWATER"><img src="http://www.sharkwater.com/downloads/banners/468.jpg" width="468" height="60" alt="SHARKWATER" border="0"></a>

 

Diário da Reprodução de Escalares

Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

Ptuga: obrigado pelo incentivo. Sim eu prefiro ter menos luz, mas um aqua mais estável. O interesse está no caminho e não na meta ;)

 

Como provavelmente deves saber a regra dos watts por litro não funciona assim tão bem especialmente no caso dos nanos. Estes normalmente precisam de mais luz por litro que os aquários maiores. No entanto, as plantas não usam watts para crescer e por isso sem um medidor de PAR é impossível saber se tenho muito ou pouca luz. O que sei é que tenho crescimentos relativamente lentos mas estáveis o que me leva a pensar que tenho relativamente níveis baixos de luz. Se pensares, a ADA para o mesmo tamanho de aqua (Mini S) tem uma calha com 27W - ou seja mais do dobro.

 

Quanto ao dry-start estou convencido que o meu fraco resultado está relacionado com o facto de ter usado um substrato inerte. Embora um substrato fértil seja dispensável para manter um aqua saudável (desde que se fertilize a coluna de água claro), penso que no caso dos dry-start são uma vantagem pois é difícil de fertilizar com borrifos. :alberteinstein: O resultado foi que tive uma valente infestação de ciano por causa da falta de nitratos. Outra coisa foi que a grande maioria das plantas estava na forma imersa sendo que a sua adaptação à fase emersa é algo complicado de se conseguir. Penso que esta foi a principal razão para a perda quase total da E. tenellus.

 

Tenho que experimentar uma outra vez com substrato fértil e com plantas na forma emersa a ver o que dá.

 

Carlos: Realmente o CO2 pode matar camarões e peixes (aliás toda a fauna) se não for doseado correctamente. Confesso que no início, quando ainda estava a fazer o ajuste fino do CO2 neste aqua, matei 2 cherries. Entretanto, depois de ter acertado a coisa nunca mais tive morte nenhuma. Pelo contrário, se de início coloquei 5 indivíduos agora tenho >40 :dance: . É um tal reproduzir. Para este fim, temos o drop-checker que quando bem calibrado, nos ajuda a ter uma concentração de CO2 indicada para plantas e animais.

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

EU expressei-me mal...a pergunta era mais se achas, atendendo aos crescimentos e ao tipo de crescimento da cuba, se estavas no limite minimo de luz necessária?

DIgo isto pq num aquário de 13l reais com 8w não csg manter nem blixas nem Staurogyne.

Eu gosto pouco de excessos de luz...dão muito mais trabalho, então vai-se fazendo umas experiencias com iluminação1 :)

 

 

Sim provavelmente o dry-start falhou por isso! As plantas no seu estado imerso absorvem nutrientes pelas raizes...fizeste-as passar fome!

Edited by Ptuga
Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

ok já percebi. O que eu te posso dizer é que antes estava com 9 watts e nem crescia nem morria. Com 11 watts cresce, embora relativamente devagar. Como deves saber, as plantas têm um ponto de compensação luminosa (PCL) abaixo do qual não têm energia suficiente para crescer. Ao nível do PCL, as plantas mantêm-se sem crescer - os gastos são iguais aos ganhos. Acima do PCL, as plantas crescem.

 

Outra coisa interessante é que quando adicionas CO2 de forma constante abundante, as plantas adaptam-se , como não precisam de gastar tanta energia para captar o CO2, canalizam a sua energia para a captação de luz ficando por isso mais eficientes. É por esta razão que é possível manter espécies consideradas como exigentes com menos luz e muito CO2.

 

Tu tinhas CO2 nesse tanque que mencionaste?

 

Há um artigo na página da tropica sobre isto: http://www.tropica.com/advising/technical-articles/biology-of-aquatic-plants/co2-and-light.aspx

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Não o tanque é sem CO2 (encontras-o aqui na secção 4 topicos abaixo). Sim defenitivamente o CO2 é dos principais limitadores de crescimento (plantas e algas), juntamente com a iluminação.

O objectivo é diferente do teu...manter a coisa a virar para o autosustentável. TPAS semestrais com muitos baixos niveis de CO2. Apenas com manutenção do filtro mensalmente.

 

NO teu caso apenas metia uma cartolina para dar mais contraste. No teu caso branco ou creme acho que ficaria melhor.

 

Abraço e vai continuando a dar noticias do desenvolvimento.

Link to comment
Share on other sites

Não o tanque é sem CO2 (encontras-o aqui na secção 4 topicos abaixo). Sim defenitivamente o CO2 é dos principais limitadores de crescimento (plantas e algas), juntamente com a iluminação.

O objectivo é diferente do teu...manter a coisa a virar para o autosustentável. TPAS semestrais com muitos baixos niveis de CO2. Apenas com manutenção do filtro mensalmente.

 

Tenho que ir ver o teu tópico. Ainda há um montão de tópicos que ainda não consegui digerir. Pelo que falas estás a adoptar a estratégia sugerida pelo Tom Barr certo? É engraçado que, pelo menos na parte das TPA's, vai de encontro ao que a maioria pensa e diz, embora faça todo o sentido.

 

NO teu caso apenas metia uma cartolina para dar mais contraste. No teu caso branco ou creme acho que ficaria melhor.

 

Pois... eu até tenho vinil branco para pôr mas ainda não tive paciência. Também tenho que tirar uma foto sem o equipamento todo pois assim fica horroroso. Estava à espera de ter que fazer uma limpeza geral e aproveitava e tirava o material todo. O problema é que o aqua está sempre limpinho. :sunbathing: Não limpo os vidros há pelo menos 2-3 meses. Nunca imaginem que ficasse tão estável sendo que são apenas 10l.

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Qd os aquários entram em piloto automático dão pouco trabalho.

Sim só falta mesmo´é a foto xpto sem material e com o fundo! Ficamos à espera.

 

O método é esse mesmo. Deixei de me preocupar com testes e afins.

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Que pena que o teu dry-start tenha falhado, por aquilo que já vi penso que o erro foi mesmo não usares um substrato fértil, embora haja quem tenha tido sucesso só com aquasoil da ada. Eu no meu próximo projecto queria arrancar com um dry-start para tentar um tapete de cuba e ando a absorver todas as experiências de quem já fez a ver se ganho o calo suficiente para avançar. Da tua experiência o que aconselhas para ter sucesso?

Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

Que pena que o teu dry-start tenha falhado, por aquilo que já vi penso que o erro foi mesmo não usares um substrato fértil, embora haja quem tenha tido sucesso só com aquasoil da ada.

 

??? mas o aquasoil é fértil! Está carregadinho de nitratos e fosfatos.

 

Para um dry-start realmente parece-me muito importante um substrato fértil pois de outra forma fica difícil fertilizar.

Convém também não abusar da água. Esta tem que ficar abaixo da superfície do substrato. Caso contrário ficas com algas (como eu tive).

Fora isto, é só dar luz à farta e borrifar volta e meia. Eu usei película para tapar o aqua e assim manter a humidade.

 

A cuba dá-se muitíssimo bem no dry-start. Não vais ter qualquer dificuldade. É uma praga ;) Tenho cuba a crescer num vaso sem qualquer problema. Só não pode apanhar sol directo senão queima.

Outras plantas que queiras, penso que é tudo mais fácil se as comprares na forma emersa. Evitas a transição que parece ser problemática para algumas (E. tenellus), embora não perceba porquê uma vez que a maioria das espécies ficam a seco na época da seca nos seus habitats de origem.

 

Abraço,

 

GM

Edited by gmmartins

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

??? mas o aquasoil é fértil! Está carregadinho de nitratos e fosfatos.

 

 

Fertil, fertil não deve ser, digamos semi-fertil, senão os tipos da ada não vendiam os power sand e mais os aditivos bacter, penac, tourmaline, etc, etc.

 

obrigado pelos conselhos, vão-me ser úteis no futuro.

comprando aqueles vasos da tropica à venda nas lojas apanho na forma emersa certo?

e depois do dry-start como reagiram as plantas ao passar do estado emerso para imerso?

Link to comment
Share on other sites

Fertil, fertil não deve ser, digamos semi-fertil, senão os tipos da ada não vendiam os power sand e mais os aditivos bacter, penac, tourmaline, etc, etc.

 

Pois... não vou comentar.

 

Sim em princípio vêem na fase emersa a não ser que estejam na loja há já algum tempo.

 

É normal as plantas fazer algum "melt" na fase de adaptação. De forma a reduzires isto convém meteres mesmo muito CO2 (não convém ter fauna para poder abusar do CO2 nesta fase). E vais arrancando as folhas que vão murchando para estimular a produção de novas folhas já na forma imersa.

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Obrigado mais uma vez pelos conselhos, serão-me úteis no futuro biggrin.png' class='bbc_emoticon' alt=':biggn:' />

Tenho cuba a crescer num vaso sem qualquer problema. Só não pode apanhar sol directo senão queima.

 

Esta parte também me interessou, que cuidados tens com ela? Que terra tens no vaso? usas fertilizante para plantas, muita/pouca água? Podes por fotos disso? Tu nem imaginas as ideias que me estás a dar, assim posso comprar plantas para o aquário disfarçadas de plantas de vaso e a maria nem desconfia :rolleyes:

Além da cuba e da tenelus sabes se é possível usar mais algumas plantas no dry-start?

Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

Não é nada de especial. É só mesmo cuba num vaso com terra normal. Tal e qual como se fosse uma qualquer outra planta. Neste momento está no quintal

numa zona que não apanha sol directo. Tenho um prato pro baixo que tem sempre água e volta e meia borrifo com água. Fora isto, não faço mais nada. De inverno vem para dentro de casa mas se calhar até se aguenta mas não sei. A humidade aqui nos açores é sempre alta e não faz tanto calor como no continente por isso se calhar aí tens que regar com mais frequência.

 

A maior parte das plantas são cultivadas de forma emersa. Eleocharis, Anubias, cryptocorines, hygrophilas, rotalas, Staugoryne, glossostigma e muitas outras dão todas para cultivar de forma emersa. às vezes a parte difícil é fazer a transição para a fase emersa no caso de serem plantas que provêm de aquários. Mas todas estas são fáceis de manter em aquas. O dry start, no entanto, foi desenvolvido sobretudo para as plantas de tapete que são normalmente mais chatas. Não tem grandes vantagens para as outras espécies.

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

ok, obrigado pelas dicas, só não te esqueças das fotos do vaso ehehe bigsmile

Link to comment
Share on other sites

viva,

 

uma foto meio badalhoca 1 semana após uma poda valente na HM.

 

gerals.jpg

 

Na foto nota-se o esterco no vidro frontal (não é limpo há 2-3 meses) mas ao vivo nem se nota :(

 

Tenho que me dedicar à fotografia e arranjar uma máquina de jeito a ver se tiro umas fotos melhores... :(

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Não sei se umas blixas n ficariam melhor que a HM. Acabo por nunca gostar do resultado pós poda. Com essa de dimensão de aquário são uma boa opção para o plano posterior.

De resto 5* é só manter!

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Viva,

 

pois a HM é uma praga. cresce que nem coelhos... ;)

 

Arranquei metade e pus uns pés de Staugoryne. Nunca a tive e quero ver como cresce. Entretanto comprei uns pés de Cryptocorine brown com a ideai de fazer um wabi-kusa mas a coisa atrasou-se e acabei por plantá-los no aquário. A ver o que dá. A folha é um pouco grande demais para este aquário, mas pode ser que com umas podas a cosia se componha. A ver o que dá.

 

De qualquer das maneiras o aqua é para desmanchar dentro de 1-2 meses. Tenho um novo projecto na manga para aqui.

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Obrigado Rodolfo

 

Este aquário foi mais um tira teimas do que outra coisa qualquer (em relação à quantidade de luz e cuba) mas tenho intenções de na próxima montagem ter uma maior preocupação com o layout. A parte da "horticultura" já está relativamente dominada. Agora tenho me dedicar à parte artística da coisa ;)

 

Ptuga. Concordo. A HM é uma planta muito bonita e fácil de manter e faz umas moitas bonitas. O problema é a parte de baixo que tem que ficar escondida e como tu dizes, é um pouco feia após a poda. As Blyxa fazem parte do plano para a nova montagem ;)

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Viva,

 

um pequeno update.

 

Comprei há cerca de 3 semanas 2 pés de Cryptocorine "brown" e de Staugoryne ao Vitor Sousa e entretanto têm crescido bastante pelo que já consegui aumentar o número de pés da Staugo. O tapete da cuba já fechou e está bastante saudável :pompomgirl:

 

Entretanto, há 1 semana atrás, fiz um upgrade à luz para 18W. Ao nível de crescimento ainda é muito cedo para comentar, mas ao nível estético penso que a melhoria foi notória.

 

Ficam aqui então umas fotos:

teste2t.jpg

 

teste3b.jpg

 

teste4.jpg

 

teste5k.jpg

 

teste6y.jpg

 

teste7g.jpg

 

Os guppies não são fauna residente :sorry: São emprestados e estão só de passagem para me controlarem uma "praga" de rotíferos.

 

Espero que gostem

 

Abraço,

 

GM

Gustavo Martins

 

My nano Litopótamus

Link to comment
Share on other sites

Parabéns Gustavo, essa cuba está brutal, saúde não lhe falta.

 

Apesar de não ligar muito a guppies, esses são bem bonitos.

 

Vai actualizando com fotos que a malta agradece.

 

 

 

Cumps

Hugo Bernardo

nova1x.jpg


------ Crystal Roots - Nature Aquarium ------

Link to comment
Share on other sites

4.jpgEspero que gostem

 

 

 

Está horrível,eu se fosse a ti tinha vergonha de por aqui fotos com plantas artificiais, essa cuba deve ser comprada na loja do chinês, aproveita agora e arranca essa nojice e envia para uma morada que eu destruo isso(mando por mp) :bleh:

 

Agora diz lá que iwagumi é esse só com 2 pedras :tapfoot:

Link to comment
Share on other sites

Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.