Hugo Duarte

Membro
  • Posts

    116
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by Hugo Duarte

  1. Hugo Duarte

    Hugo Duarte

  2. Viva, Usas osmose? Abr Enviado do meu SM-G850F através de Tapatalk
  3. Boas, Então como vai o projecto? A estrutura original foi alterada ou essa é toda feita de raiz? O aqua de 430l foi e agora tenho uma brincadeira mais pequena. Pode ser que ainda volte a comprar qq coisa de jeito. Abr. e boa sorte com o projecto
  4. Boas, então novidades deste aquário? Abr.
  5. Boas, Então novidades do penico? Vai postando umas fotos para vermos a evolução. Abr.
  6. Boas, Finalmente o penico montado. Estou a ver que os eremitas se safaram no meio desta luta toda. Quanto à massa amarela e se ainda me lembro (agora é mais plantas) será uma esponja. Sempre a tive no meu aquário. Vai pondo fotos da evolução e tem mta calma para isso correr bem! Já agora, quando fui apanhar água à Figueira medi os silicatos e estavam no máximo. Aconselho-te a testar também. Abraço
  7. Olá Paulo, É verdade que o tempo que tenho disponível para o aquário cada vez é menor e com tendência para piorar. Já tinha vindo a pensar em transformar este aquário em algo menos exigente, lps e moles (algumas alturas até pensei voltar à água doce), tal como sugeres. A sugestão é óptima e ainda bem que há frontalidade. Para mim, o interesse é salvar os corais e peixes que ainda tenho. Não quero desistir do hobbie mas também tenho consciência que o que vem a seguir tem que ser de acordo com as minhas possibilidades (temporais e financeiras claro) e que por outro lado, o facto de haver alguma ausência não coloque em risco toda a vida que existe no aquário. Os corais já vão sair do aquário amanhã ou 3ª e vão para o aquário do amigo Paulo Rolim. É o melhor a fazer no momento e os peixes vão para um aquário temporário. Terei é que arranjar 1 estrutura para lá colocar o ATB a funcionar. O escumador só funciona com uma altura de água até 20 e poucos cm. Garantidamente fiz demasiadas intervenções no aquário e que levaram a que esteja como está no momento. Se há algo importante nos reefs é estabilidade acima de tudo. Acho que o meu aquário foi mal projectado logo de início, com equipamentos deficientes, rocha mal escolhida, excesso de peixes, etc.., e depois fui tentando resolver problemas atrás de problemas. Por vezes resulta, por vezes não resulta... Para além de todos os passos que terei que tomar, já andava a tentar perceber quais as melhores opções de equipamentos para este tipo de aquário (LPS e moles). - Que iluminação é necessária? Neste momento tenho 8x54 T5 - Circulação: as bombas que tenho não valem nada. - Bastará reactor kalk ou é preciso manter o de cálcio?
  8. Vai ser mesmo uma luta e pêras. Mas com calma hei-de lá chegar. Fiquei com dúvida se o estado dos corais (corais moles e LPS fechados e perda de cor nos SPS) pode estar associado à presença dos ditos dinoflagelados ou se isto foi tudo coincidência e algo mais tenha afectado os corais? O RTN deve ter sido pela "flood" do ATB. Já desliguei o CO2 e tenho feito TPAs certinhas com aspiração da sump. Vou tentar seguir os passos que indicaste e vou postando os resultados. Medi agora o SiO2 à saída da osmose e não deu nada. O que não quer dizer que esteja boa. Foi só 1 teste. Mas aqui vou ter que gastar uns €€. Abraço
  9. Boas, Paulo e André, obrigado pelas respostas. No meu caso penso que o problema não passe tanto por utilizar químicos no aquário. Os corais já estão ressentidos o suficiente e iria causar ainda maiores perdas, julgo eu. Há que identificar a raiz do problema e aos poucos tentar recuperar o sistema. Em termos de aspectos que penso poderem estar a influenciar desta forma bem negativa, e já vão ver o quanto negativo está nas fotos, julgo que os seguintes factores poderão estar a contribuir: - Adição de elementos traço da FM (abaixo do recomendado mas nunca se sabe se acima do desejado...) que poderão estar a alimentar os dinoflagelados e quem sabe intoxicar o aquário. Já procurei em vários fóruns sobre este assunto mas nunca li nada em concreto. - Lâmpadas T5 já têm mais de 1 ano. Julgo que poderá contribuir para o boom em questão. - Nunca medi a qualidade da água à saída da osmose. Os filtros podem ter cedido de vez e toda a água que esteja a entrar no sistema não tenha qualidade suficiente. Sei que na torneira os silicatos estão no máximo da escala. Efeito de bola de neve.... Tenho que ver se alguém me empresta um medidor de TDS para aferir a eficácia da osmose. - O "flood" do escumador quase de certeza que foi pelo excesso de epoxy utilizado de uma só vez. Tenho tentado compensar este problema com TPAs. Hoje vou fazer mais uma de 80l. O RTN dos SPS vem daqui garantidamente mas ainda não consigo explicar o porquê dos corais moles (pragas) estarem todos mirrados antes deste acontecimento. - Hoje desliguei a injecção de CO2 no sistema (do reactor de cálcio) mantendo o reactor de fosfatos a funcionar e carvão activado também. Agora vamos à desgraça... Não se assustem pois está mesmo uma miséria e os vidros ainda estão sujos :D Depois disto acho que vou beber umas loiras para acalmar Abraço Hugo
  10. Boas, andava o meu aquário a correr tão bem e de repente....grande stress nos SPS, LPS e moles. Começaram a perder cor, a um ritmo lento, e nas últimas duas semanas RTN em parte dos SPS. Os moles estão todos mirrados (até a praga das Xénias) e as Euphylias quase fechadas. Duas Anthias e 1 camarão também morreram. Claro que estas coisas só acontecem quando estamos fora. Quando cheguei tinha o copo do ATB cheio de água e a sair continuamente pelo topo. Para juntar à festa, quando fui para fora o copo ia já com 1/3 de porcaria. Portanto grande carga repentina no aquário. Por outro lado, ando numa luta há cerca de 2 meses para erradicar de vez diatomáceas/dinoflagelados (não sei bem qual deles tenho ou se os 2: só sei que a RV está castanha clara, o areão também e o vidro do fundo com 1 camada que parecem fios também da mesma cor). Quanto ao escumador penso que possa ter acontecido porque na véspera de ir embora estive a colar uma série de corais com epoxy e provavelmente poderei ter exagerado na dose. As medições não foram conclusivas, mesmo sabendo que nem tudo se consegue medir. Ph - 8,3 No3 - 1 PO4 - 0 Ca - 490 Mg - 1380 KH - 9 Temp - 25,6º SiO2 - 0 Bem sei que a carga orgânica em excesso e de forma repentina poderá ter sido claramente um rastilho para começar o RTN. No entanto, já tinha perda de cor em grande parte dos corais e mesmo os moles já andavam mirrados. Andei a ler e a tentar ver o que poderia estar a influenciar isto tudo. Do que li surgiram as seguintes questões: Excesso de cola epoxy (alteração da posição de vários corais) - poderá ter provocado intoxicação dos corais/sistema? Dinoflagelados - li algures que certas espécies poderão provocar intoxicação, provocando morte em invertebrados por ex. Será mesmo? Vida útil das T5 - poderão influenciar nos dino e nos corais de alguma forma? Para tornar isto ainda mais confuso para mim, já li em vários fóruns que uma das formas de erradicar os dino é não fazendo TPA, diminuindo assim os nutrientes disponíveis para os mesmos. Enfim, dúvidas atrás de dúvidas e sem saber o que fazer ao certo. Alguma dica? Abraço Hugo
  11. Boas, então e novidades deste aqua? Abraço Hugo
  12. Boas, estava a pensar usar este areão Bio-Activ Live® Aragonite Reef Substrate que tem uma mistura de granulometria de 1 a 2,5mm. Só não sei é se a Valencianea se vai engasgar com este areão Que acham? Ou sugerem outro tipo de areão? Abç Hugo
  13. Boas João, de facto tenho que substituir o areão. Começa a perturbar os corais e não pode ser... E vais usar so de 2,5mm? Não será muito grande? Nunca vi nenhum aqua com essa granulometria. Abç
  14. Boas, há umas semanas atrás fiz uma reestruturação no meu aqua e na altura não substitui o areão. Antes de o fazer, não tinha qualquer problema mesmo tendo em conta a presenca de 1 V. Sextiguttata. Agora aquilo parece um dia de nevoeiro. Parece que pelo facto de ter remexido o areão trouxe ao cimo pó, como se o areão se tivesse desfeito ao longo do tempo. Agora a Valencianea ainda traz mais problemas e não há forma de conseguir evitar aquilo. Estou a pensar substituir, colocando menos kg desta vez. Então as primeiras dúvidas que me surgem são: - Será seguro ir tirando um bocado de areia de cada vez que faço 1 TPA e ao fim de 3 ou 4 TPAs colocar o areão todo novo? - Por outro lado, que tipo de areão será mais viável? O que tenho é sugar size comprado na Aquaristic. Tem lá outros dois tipos: 1mm e 2,5mm. Que acham? Abraço Hugo
  15. Boas, Tenho estado a olhar para o meu aqua e parece-me que os corais não estão a receber iluminação suficiente. Parece que a penetração da luz na água é muito fraca e o aquário meio apagado. O meu aqua tem as medidas 120x60x60 e tenho duas calhas (uma Arcadia e uma outra q nem sei a marca) com um total de 8x54W T5 (lampadas da Giesemann e KZ Fiji Purple). A água está bem cristalina, principalmente desde que comprei um ATB small cone. Todos os meses mudo o carvão. Já pensei em fazer uma nova calha com T5 na mesma mas colocar reflectores individuais para tentar melhorar a eficiência. Não sei é se vou ficar contente com a solução e ainda por cima a ter que gastar muitos Não sei o que faça. Se tente esta solução ou se tento arranjar uma solução com HQI e T5 à mistura, por exemplo 2x250W HQI + 2x54W T5 ou 2x150W HQI + 4x54W T5. Que acham, tendo em conta a predominância de SPS? Abraço Hugo
  16. Olá, tens que deixar o escumador a funcionar cerca de 1 a 2 dias baixando o nível de água o máximo possível. É normal acontecer e depois acaba por estabilizar. Depois com calma e de preferência durante o fim de semana para poderes controlar melhor, vais subindo o nível de água dentro do escumador. Abraço Hugo
  17. Boas, finalmente começou a remodelação... Peixes e RV já colocados noutros aquários com o APF a ajudar, água em bidons e finalmente a coluna seca já colada! Tirar os peixes do aquario principal foi uma guerra, haja paciência. Mas acho que estão bem e espero não ter nenhuma baixa... Já sabia que havia muita porcaria acumulada nas rochas de baixo mas hoje pude constatar que eram toneladas de m**** Vai-se lá entender os nitratos Amanhã vou mudar o aquário de lugar, fazer layout, encher de água, por o ATB a funcionar, etc... No fim coloco fotos com todos os passos. abraço hugo
  18. Boas, Finalmente já há novidades. Já tenho equipamento novo e este fds vou fazer as alterações todas. Montar coluna seca, alterar layout, etc... Assim que tiver fotos coloco. Abraço Hugo
  19. Boas, que peixe amarelo é este na foto? Abraço Hugo
  20. Boas, já agora aqui vão umas fotos de semana e meia de trabalho do APF 600. Abraço Hugo
  21. Boas, André, obrigado pelas dicas. A minha pretensão de fazer um reset ao sistema deve-se não só ao facto da disposição do layout não permitir uma boa circulação, com o consequente acumular de detritos, como também eliminar de vez com as asterinas. As aptásias conseguem-se controlar. Arranjo 1 peixe que se dedique a elas ou então vou tendo paciência com kalk até desaparecerem de vez. Agora as asterinas é que me dão cabo dos nervos ehehe Agarram-se aos pólipos dos corais, sobretudo zoanthus, e limpam tudo. A quantidade dessas estrelas é incomportável para que as tire manualmente e por outro lado não me agrada muito a idéia de comprar o camarão harlequim. É claro que tomar uma decisão destas não é fácil e o risco é grande, mas não vejo forma de controlar esta praga. No entanto, lembro-me que a quantidade de estrelas disparou quando houve um aumento da carga orgânica. Será que com um escumador mais potente e TPA mais frequentes (diminuição da carga orgânica) elas começam a desaparecer? Seria bom e evitava uma alteração tão drástica. Abraço Hugo
  22. Boas, Fiz a experiência (muito arriscada) de passar 1 das Montipora por água doce durante algum tempo. O que é certo é que o coral ressentiu-se mas recuperou muito bem. Os nudis é que lá ficaram na mesma... Entretanto comprei um H. Marginatus e os corais têm crescido sem sinal nenhum de nudibrânquios. Não sei se tive sorte mas até agora está resolvido. O Marginatus não é bonito mas cumpre a função .gif' class='bbc_emoticon' alt=':eusathink:' /> Abraço
  23. Boas, Estou a pensar remodelar o meu aquário para tentar resolver de vez alguns dos problemas que tanto me têm dado trabalho para resolver, muitas das vezes sem sucesso dando vontade de desistir dos salgados por vezes. Os problemas que ocorreram e que ainda acontecem: - Excesso de nitratos por mais que utilize métodos para contrariar esta tendência (vodka, refúgio, etc...); - Excesso de algas verdes nos vidros, diatomáceas e ciclamente cianobactérias; - Excesso de porcaria acumulada na RV; - Descontrolo da população de aptásias e asterinas (estas agarram-se aos pólipos dos corais e vão limpando os mesmos); E como nem tudo pode ser mau, os SPS e LPS (que já tenho vindo a vender) têm-se portado muito bem com bom crescimento e cores. O balling light tem resultado bem! Os peixes andam impecáveis e sem ponta de doença. Para tentar resolver as chatices estava a pensar em avançar com algumas medidas mais drásticas, só não sei é a melhor forma. A ver se me podem dar umas dicas! - Lavar a areia e RV com água doce matando toda a bicharada boa e má, mesmo que antes tenha que por tudo ao sol a secar ; - Lavar o aquário com água doce para eliminar restante bicharada. Entretanto monto a coluna seca da melhor forma. - Montar tudo e ciclar com adição de bactérias e utilização da água retirada do aquário; - Substituição do Deltec APF 600 por uma máquina mais ajustada ao aquário; -Posteriomente pretendo melhorar a circulação. Entretanto teria que por a peixeirada num aqua à parte. O problema é que só tenho 1 com 100l. Para estes "pequenos" poderá ser arriscado... Espero que me possam ajudar a planear este reset ao aqua para recomeçar com mais força. Abraço Hugo
  24. Olá, O meu aquário tb tem 430l e neste momento tenho um APF 600. A escolha do escumador vai depender muito do que pretendes colocar no aquário: muitos sps, muitos peixes, etc.... Para te ser sincero e por experiência própria, aconselho-te a comprar um escumador mais potente que o APF 600. Tens várias marcas e modelos para escolher e neste equipamento não deves poupar, correndo o risco de mais tarde vires a ter problemas que poderias evitar ao escolher um escumador apropriado. Por exemplo tens os ATB ou então podes sempre experimentar o AP 851. Tens muitos setups de aquários com sucesso neste fórum para poderes pesquisar e comparar. Abraço Hugo