JoseCarlosMarques

Chihiros A801 - primeiras impressões

Recommended Posts

Olá a todos,

Comprei esta tarde uma calha Chihiros A801 para o meu aquário plantado (https://www.aquariofilia.net/forum/topic/261240-voltando-atrás), aproveitei para fazer o TPA semanal e já a montei no aquário. Deixem-me dizer-vos que, para o tamanho e preço da coisa (5 cm de largura e cerca de 100€), aquilo debita luz numa quantidade absurda. Mas vamos por partes...

Em termos de qualidade de construção a calha deixa muito a desejar. Os suportes em acrílico que a acompanham são, esteticamente, uma bosta. Estava a tira-los da caixa e já vinham cheios de riscos. A sua montagem não é fácil (apesar de termos apenas que apertar 4 parafusos, foram os 4 parafusos mais difíceis de apertar que já encontrei na vida) e por falta de instruções na embalagem não percebi logo à primeira como devia encaixar os suportes. Busca rápida na Internet, e depois de montada no aquário a calha parece não se mexer por nada. Incrível! O que parecia no início um brinquedo de fraca construção, ficou fixa ao vidro e até agora nada a parece abalar. Os riscos no acrílico continuam a incomodar-me, mas uma calha de 80x5cm (parece quase um palito) tão rígida deixou-me a pensar que os chineses estão muito à nossa frente em termos de engenharia. Quase cheguei a pensar que os técnicos da Chihiros a tenham desenhado assim de propósito para nos desapontar ao abrir a caixa e depois a surpresa ser maior.

A calha em si é de alumínio. Aquece, claro. São 50 watts de potência. Mas os 50 watts atiram-nos para a tal quantidade absurda de luz que quase nenhum aquário precisa, portanto reduzi-a para metade (com o dimmer incluído no pacote) e a temperatura alcançada não me parece nada exagerada.

O meu aquário tem apenas um tapete de Monte Carlo e umas rochas de Granito meio amareladas. O verde da Monte Carlo (e das algas que se prendem às rochas) parece saltar do vidro com os 8000K de temperatura de cor. Gosto! Sei que qualquer planta vermelha que pudesse pensar comprar ficaria a perder, mas como o meu objectivo é manter a coisa simples não me incomoda ter este tom mais azulado/esverdeado (sem ser de modo algum exagerado). Só para vos deixar uma melhor ideia... o aquário foi remodelado há pouco tempo e eu estava com a impressão que as plantas estavam a perder cor. Com esta calha tudo me parece normal e saudável. Os Leds brancos resultam, portanto, para mim.

Que mais vos posso dizer? A minha calha anterior tinha sido feita em casa com uma prateleira do IKEA, duas luzes LED compradas nos chineses (10 watts cada) mais 4 Flood Lights de 15 Watts cada. Por 100€ julgo ter dado um passo em frente neste hobby, e resta-me esperar para ver como se desenvolve o crescimento das plantas.

Qualquer questão que queiram levantar... estejam à vontade.

Abraço.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutes ago, Tozé Nunes said:

Só ficou a faltar as fotos! 😉

Ainda tirei algumas com o telemóvel, mas não ficaram grande coisa e há tantas imagens dessa calha na net que decidi não colocar...

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 12/09/2020 at 02:54, JoseCarlosMarques disse:

Olá a todos,

Comprei esta tarde uma calha Chihiros A801 para o meu aquário plantado (https://www.aquariofilia.net/forum/topic/261240-voltando-atrás), aproveitei para fazer o TPA semanal e já a montei no aquário. Deixem-me dizer-vos que, para o tamanho e preço da coisa (5 cm de largura e cerca de 100€), aquilo debita luz numa quantidade absurda. Mas vamos por partes...

Em termos de qualidade de construção a calha deixa muito a desejar. Os suportes em acrílico que a acompanham são, esteticamente, uma bosta. Estava a tira-los da caixa e já vinham cheios de riscos. A sua montagem não é fácil (apesar de termos apenas que apertar 4 parafusos, foram os 4 parafusos mais difíceis de apertar que já encontrei na vida) e por falta de instruções na embalagem não percebi logo à primeira como devia encaixar os suportes. Busca rápida na Internet, e depois de montada no aquário a calha parece não se mexer por nada. Incrível! O que parecia no início um brinquedo de fraca construção, ficou fixa ao vidro e até agora nada a parece abalar. Os riscos no acrílico continuam a incomodar-me, mas uma calha de 80x5cm (parece quase um palito) tão rígida deixou-me a pensar que os chineses estão muito à nossa frente em termos de engenharia. Quase cheguei a pensar que os técnicos da Chihiros a tenham desenhado assim de propósito para nos desapontar ao abrir a caixa e depois a surpresa ser maior.

A calha em si é de alumínio. Aquece, claro. São 50 watts de potência. Mas os 50 watts atiram-nos para a tal quantidade absurda de luz que quase nenhum aquário precisa, portanto reduzi-a para metade (com o dimmer incluído no pacote) e a temperatura alcançada não me parece nada exagerada.

O meu aquário tem apenas um tapete de Monte Carlo e umas rochas de Granito meio amareladas. O verde da Monte Carlo (e das algas que se prendem às rochas) parece saltar do vidro com os 8000K de temperatura de cor. Gosto! Sei que qualquer planta vermelha que pudesse pensar comprar ficaria a perder, mas como o meu objectivo é manter a coisa simples não me incomoda ter este tom mais azulado/esverdeado (sem ser de modo algum exagerado). Só para vos deixar uma melhor ideia... o aquário foi remodelado há pouco tempo e eu estava com a impressão que as plantas estavam a perder cor. Com esta calha tudo me parece normal e saudável. Os Leds brancos resultam, portanto, para mim.

Que mais vos posso dizer? A minha calha anterior tinha sido feita em casa com uma prateleira do IKEA, duas luzes LED compradas nos chineses (10 watts cada) mais 4 Flood Lights de 15 Watts cada. Por 100€ julgo ter dado um passo em frente neste hobby, e resta-me esperar para ver como se desenvolve o crescimento das plantas.

Qualquer questão que queiram levantar... estejam à vontade.

Abraço.

Boas José Carlos,

 

Encontrei este teu post e fui dar uma olhadela ao teu aquário, mto porreiro. Sei que disseste que ias voltar ao básico e não querias outras plantas para já, mas olha que atrás das pedras umas plantas de caule ficavam excelentes e compunham o aqua em altura. Outras das vantagens é que sendo a calha chihiros mto potente, só com monte carlo tens que equilibrar a quantidade/horas de luz e fertilização para não teres algas.

 

Em relação aos riscos no acrílico, será que se fores à loja onde compraste a luz não te arranjam outros?

Agora concordo com o Tozé, uma foto com a nova luz é que era 😉

 

Abraço

Edited by Diogo81

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Diogo81 said:

Boas José Carlos,

Encontrei este teu post e fui dar uma olhadela ao teu aquário, mto porreiro. Sei que disseste que ias voltar ao básico e não querias outras plantas para já, mas olha que atrás das pedras umas plantas de caule ficavam excelentes e compunham o aqua em altura. Outras das vantagens é que sendo a calha chihiros mto potente, só com monte carlo tens que equilibrar a quantidade/horas de luz e fertilização para não teres algas.

Em relação aos riscos no acrílico, será que se fores à loja onde compraste a luz não te arranjam outros?

Agora concordo com o Tozé, uma foto com a nova luz é que era 😉

Abraço

 

Vá... fica então aqui uma imagem da calha no aquário. Como podem ver, parece mesmo um palito pousado em cima do tanque. Mas dá luz que se farta. Quando o aquário estiver mais verdinho, tiro uma fotografia com a luz acesa.

jr6CsbN.jpg

 

Em relação aos riscos no acrílico... pelas reviews que tenho visto online, é transversal a todas as calhas... defeito de fabrico, talvez. Mas se já vem assim, não adianta muito trocar. Mais cedo ou mais tarde iam aparecer de qualquer maneira.

Quanto a utilizar apenas Monte Carlo... tenho andado a pensar noutras plantas que se pudessem adequar àquilo que procuro. Tenho que ver mais vídeos, e perceber o que me poderia servir, porque não quero de maneira nenhuma fugir do padrão "Iwagumi" que procuro para o tanque. Talvez Eleocharis, misturada com a Monte Carlo, mas se for essa a opção só a planto depois do tapete estar fechado, porque na minha montagem anterior percebi que a Monte Carlo não entrava no sítio onde estava plantada a Eleocharis. Outra opção seria Riccardia em cima de algumas rochas, em sítios estratégicos. Ou talvez opte pelas duas. Ainda tenho tempo para pensar...

Obrigado pelas dicas!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Realmente a Riccardia nas rochas e até em alguns pontos do tapete (colada a uma rocha mais pequena), quase a formar pequenos montes no meio da monte carlo era capaz de ficar engraçado.

 

Outras plantas que podem resultar são a Cryptocoryne wendtii kompakt e a Cryptocoryne Parva e à volta das rochas alguma eleocharis mini ou até mesmo o tamanho maior.

 

Estou curioso para ver o aqua com a luz ligada para ver o efeito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Diogo81 said:

 

Realmente a Riccardia nas rochas e até em alguns pontos do tapete (colada a uma rocha mais pequena), quase a formar pequenos montes no meio da monte carlo era capaz de ficar engraçado.

Outras plantas que podem resultar são a Cryptocoryne wendtii kompakt e a Cryptocoryne Parva e à volta das rochas alguma eleocharis mini ou até mesmo o tamanho maior.

Estou curioso para ver o aqua com a luz ligada para ver o efeito.

Tenho que pensar bem no assunto. Mas também tenho tempo para isso. Primeiro vou deixar o tapete fechar, e qualquer coisa que seja plantado será no meio da Monte Carlo. Tinhas razão em termos de intensidade da luz. A Chihirios já está a causar estragos. Tenho as pedras muito verdinhas, e isso não me agrada. Estava a meio da intensidade e já reduzi mais um nível. Vou esperar até ao fim de semana, fazer o TPA e depois vejo como se porta com esta intensidade. 

Share this post


Link to post
Share on other sites