Recommended Posts

Posted (edited)
Data da montagem : 09 de Junho de 2020

Dimensões do aquário: 80 x 30 x 40 cm

Filtro: Fluvial 207
Termostato: 100 W (regulado para 22º)
Iluminação: Calha improvisada com 2 luzes T8 de 10W e 4 focos Flood de 15W (6 horas diárias)
Sistema de CO2: DIY

Substrato fértil: Aquario NEO Soil Compact
Decorações: Rocha de Granito

Fauna: 7 Otocinclus + 7 Caridina Multidentata + 8 Tanichthys Albonubes


Plantas: Monte Carlo
 
Frequência das TPA's: 1 vez por semana
 

DcBGSLT.jpg

 

Boas.

Comprei, finalmente, um vidro novo, e aproveitei para mudar todo o layout anterior (https://www.aquariofilia.net/forum/topic/260404-segunda-tentativa/). Não estava descontente com o resultado que tinha conseguido até agora, mas decidi elevar um bocadinho as rochas, com umas placas de plástico que coloquei por baixo do substrato, para que elas fiquem mais visíveis à medida que a Monte Carlo for crescendo. Também adicionei mais 3 pedras que roubei, literalmente, a uma rua que está em obras aqui perto de minha casa. Penso que assim o aquário ficará mais composto.

Estou a pensar adicionar Eleocharis para ter alguma diversidade de plantas, mas gostava de ouvir a vossa opinião. Para já devo dizer que me dá um prazer enorme olhar para um aquário sem riscos no vidro frontal. O anterior que tinha veio da casa da minha irmã e estava em péssimas condições. Achei que podia suportar aqueles riscos no vidro por mais algum tempo, mas à medida que o bichinho da aquariofilia se vai entranhando estou a ficar muito mais perfeccionista 🙂 .

Desde já agradeço todos os comentários que possam vir a fazer.

Abraço.

Edited by JoseCarlosMarques

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Actualização.

2YWVkXj.jpg

 

Um mês depois da montagem, a Monte Carlo parece estar a crescer a bom ritmo. Mesmo aquela que coloquei no meio das rochas, e cujas raizes não tocam o substrato. Imagino que daqui por um mês ou assim já terei o aquário totalmente coberto.

Acrescentei Eleocharis em três sitios, mas não tenho certeza da espécie que comprei, portanto não sei se terei os resultados que esperava. A minha ideia era que ela crescesse por trás das rochas e ficasse mais visível para quem olha o aquário de frente, mas apesar de parecerem estar a desenvolver muito bem, não tenho a certeza do tamanho que vão atingir. 

Também consegui comprar mais 10 Tanichthys Albonubes. Neste momento tenho 18, junto com os 7 Otocinclus e os 7 Amano Shrimp. Digo "consegui" porque as lojas de aquariofilia aqui perto de minha casa estão com bastante dificuldade em ter acesso a fauna e flora para venda. Queria comprar mais Otos e Amanos, mas não os consigo encontrar em lado nenhum. A tal Eleocharis que comprei estava em tão mau estado (já devia estar na loja há meses) que o comerciante que ma vendeu fez-me um desconto de 50%. Estive quase para não a trazer, mas até agora não me arrependo... já noto crescimento de novos rebentos.

Vou tentar fazer actualizações mensais do aquário. Estou bastante contente com os resultados que estou a conseguir atingir, mas gostava de ouvir as vossas opiniões e dicas. Ultimamente tenho pensado se devo ou não acrescentar duas Anubias daquelas mais pequenas (uma de cada lado do aquário, presa no meio das rochas). O que acham?

Ah... não liguem à qualidade da imagem... foi tirada com o telemóvel 🙂 .

Edited by JoseCarlosMarques
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso está a correr bem! Em relação ao layout eu não teria deixado o solo tão nivelado, da esquerda para a direita.  Umas ondinhas aí realçavam mais o hardscape.  Em relação às plantas,  podes acrescentar mais espécies sejam elas anubias ou bucephalandras nas pedras, no tapete podes colocar junto às pedras crypto parva por exemplo.  E já pensaste numas moitas de rotalas nos dois cantos do aquário por trás das pedras?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Tozé Nunes said:

Isso está a correr bem! Em relação ao layout eu não teria deixado o solo tão nivelado, da esquerda para a direita.  Umas ondinhas aí realçavam mais o hardscape.  Em relação às plantas,  podes acrescentar mais espécies sejam elas anubias ou bucephalandras nas pedras, no tapete podes colocar junto às pedras crypto parva por exemplo.  E já pensaste numas moitas de rotalas nos dois cantos do aquário por trás das pedras?

Tanta informação! Eu sou novo na coisa... tem que ir com calma. Eheh. Eu tinha o solo desnivelado no meu setup anterior, mas entretanto achei por bem deixa-lo assim. Quanto a todas as plantas que me aconselha... já encomendei as anubias para as pedras, e agora deixou-me o bichinho das Rotalas para o fundo... junto às pedras acho que, por enquanto, vou apenas manter a Monte Carlo. Pela minha experiência, posso podá-la de forma a criar alguns desníveis... vou ver como funciona. De qualquer maneira, agradeço todas as recomendações. Já tenho aqui muito para equacionar. Obrigado mesmo!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ehehe, calma é o melhor caminho para teres um aquário saudável! Vê lá se pensas num nome para esta montagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Tozé Nunes said:

Ehehe, calma é o melhor caminho para teres um aquário saudável! Vê lá se pensas num nome para esta montagem.

Como é que vocês geralmente fazem para dar um nome a um aquário? Pensam muito, pedem muitas opiniões, e depois o primeiro que a mulher diz é o que fica, certo? 🙂

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Acabei por adicionar "Alternanthera Reineckii Mini" na parte da frente do aquário, ali pertinho das rochas. Espero conseguir mante-las.

Estou agora à espera de Rotalas para colocar na parte de trás, no lado esquerdo.

Quando a coisa estiver composta, volto a postar nova imagem do aquário.

Continuo à espera de sugestões...

 

RQujuHJ.jpg

aSwTyoF.jpg

XyrabDi.jpg

Edited by JoseCarlosMarques
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá José Marques. 

Se bem menos impactante, gostei mais da primeira montagem. Tirava era a pedra mais gorda que estava a meio e, assim tinhas um formato de V. 

Em relação à presente montagem, acho que tens pedras demasiado redondas do lado direito, parecem amontoados e não criam perspectiva. Tirava a do topo e deixava apenas a pedra mais à direita. E, no lugar da segunda pedra, que também retirava(da direita para a esquerda), colocava a pedra que tens a meio (firme e "hirte" 😂😂😂), é deitava-a, também espaçadas tipo trilho. 

Do lado esquerdo, a segunda pedra, com formato mais retangular e achatado, deitava-a ligeiramente para trás e subia-a um pouco, espaçando apenas um pouco mais para dar a ideia de trilho /caminho. É tentava enterrá-la mais, por causa do seu aspecto em L demasiado pronunciado que está a descontrastar com as restantes pedras. Retirava a pedra mais pequena do topo esquerdo. 

Nota-se que tens um aquário saudável. Boa sorte com este projecto. 👍

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em primeiro lugar: 👍! Gosto do resultado e do caminho que está a tomar!

Questões:

- Referes "(...) 3 pedras que roubei, literalmente, a uma rua (...)", pedras essa que segundo a ficha técnica inicial, serão de granito. Vindo estas da rua, fizeste algum tratamento antes de as colocar no aquário? Qual?

- A Micranthemum species Monte Carlo está com muito bom aspeto! Qual o sistema de CO2  DYI que estás a utilizar? Quantas bolhas?

Boa Aquariofilia!

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Arlindo said:

Olá José Marques. 

Se bem menos impactante, gostei mais da primeira montagem. Tirava era a pedra mais gorda que estava a meio e, assim tinhas um formato de V. 

Em relação à presente montagem, acho que tens pedras demasiado redondas do lado direito, parecem amontoados e não criam perspectiva. Tirava a do topo e deixava apenas a pedra mais à direita. E, no lugar da segunda pedra, que também retirava(da direita para a esquerda), colocava a pedra que tens a meio (firme e "hirte" 😂😂😂), é deitava-a, também espaçadas tipo trilho. 

Do lado esquerdo, a segunda pedra, com formato mais retangular e achatado, deitava-a ligeiramente para trás e subia-a um pouco, espaçando apenas um pouco mais para dar a ideia de trilho /caminho. É tentava enterrá-la mais, por causa do seu aspecto em L demasiado pronunciado que está a descontrastar com as restantes pedras. Retirava a pedra mais pequena do topo esquerdo. 

Nota-se que tens um aquário saudável. Boa sorte com este projecto. 👍

 

Olá Arlindo. Antes de mais agradeço a sua opinião. Acredite que é muito bem vinda para quem está no hobby há apenas alguns meses.

O meu problema com o anterior aquário era mesmo o vidro, que estava completamente riscado. Na fotografia não se nota porque felizmente tenho muita experiência com o Photoshop, mas comecei a ver o aquário a desenvolver-se e a ficar cada vez mais bonito e começou a fazer-me muita confusão cada vez que alguém o olhava pela primeira vez repetir sempre as mesmas palavras: "Só é pena estes riscos no vidro da frente!". Depois comecei a ver muitas fotografias de Iwagumi's na Internet e reparei que comparado com elas, o meu layout tinha uma quantidade exagerada de substrato na parte da frente. E quando digo exagerado, era exagerado mesmo... estou a falar de quase 15 cm dos lados e 12 no meio. Ou seja... com o ligeiro declive que tinha para a parte de trás, tinha lá uns 20 cm de substrato. Na altura fiz isso porque a maior parte das pedras que tinha estavam deitadas mas mesmo assim ficavam muito altas. Na última fotografia que lhe tirei não se nota muito, mas acabava por ficar desproporcional para um aquário com apenas 40 cm de altura. E com o crescimento posterior da Monte Carlo, parecia que tinha uma camada enorme de substrato, meia dúzia de rochas que ficavam quase escondidas (com exceção daquela à esquerda) e depois um vazio enorme para a parte de  cima. Daí ter criado este novo layout.

Quanto a todas as opiniões que me deu... aceito-as, claro, mas seria quase impossível concluir todo esse processo. Todas as pedras que fala (com excepção das que estão no centro), estão colocadas umas em cima das outras. Não dá para tirar apenas uma ou mexer outra sem estragar tudo o resto. Mas acredito que, com o crescimento das plantas que estou a pensar utilizar, as diferentes camadas do aquário se comecem a separar, e a coisa fique mais harmoniosa. Tenho que aguardar  para ver... se a minha visão não ficar como espero, fotografo o resultado e avanço para outro layout. Acho que também é essa a piada deste hobby... estar sempre a criar coisas novas.

Mais uma vez agradeço os seus comentários. Um grande abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Eduardo Ramos said:

Em primeiro lugar: 👍! Gosto do resultado e do caminho que está a tomar!

Questões:

- Referes "(...) 3 pedras que roubei, literalmente, a uma rua (...)", pedras essa que segundo a ficha técnica inicial, serão de granito. Vindo estas da rua, fizeste algum tratamento antes de as colocar no aquário? Qual?

- A Micranthemum species Monte Carlo está com muito bom aspeto! Qual o sistema de CO2  DYI que estás a utilizar? Quantas bolhas?

Boa Aquariofilia!

Bom dia Eduardo. Agradeço imenso a sua avaliação, e fico muito contente por já estar a responder a questões sobre o meu aquário e a pensar que posso eventualmente, numa fase tão inicial neste hobby, estar a apoiar outros aquariofilistas. 

As primeiras pedras que usei, e que estavam no meu aquário anterior, foram recolhidas nas margens de um lago que existe aqui perto da minha casa. Achei que, estando num lago de água doce, serviriam também para usar no meu layout. Quando entretanto precisei de mais rochas, reparei que nessa tal rua que estava em obras, as pedras que eles estavam a tirar debaixo da terra tinham o mesmo aspecto que as primeiras, e resolvi trazer-las comigo. Foi na altura do confinamento, e era quase impossível deslocar-me novamente ao tal lago (caso contrário teria-o feito... seria menos arriscado). De qualquer maneira, quer da primeira como da segunda vez, dei-lhes o mesmo tratamento... lavei-as muito bem com água a ferver assim que cheguei a casa... deixei-as secar ao sol durante uns dias e repeti o processo umas três vezes antes de as colocar no aquário. Felizmente, da segunda vez, acertei no tipo de rocha... é a mesma da primeira recolha. Talvez o tipo de subsolo seja todo igual, aqui na minha zona...

Quanto ao sistema de CO2 que estou a utilizar... existem muitos vídeos no Youtube que explicam como o fazer. É o de garrafa única. Experimentei várias "receitas" e vou deixar-lhe a minha. Mesmo assim aconselho-o a experimentar por si para ver qual o sistema que melhor o pode servir. Eu faço o seguinte:

- Fervo 500ml de água e dissolvo lá dentro um pacote de gelatina e meio quilo de açúcar.

- Deixo arrefecer por 20 minutos e coloco o resultado dentro de uma garrafa PET de 1,5 litros. Guardo no frigorífico até a gelatina endurecer.

- Quando reparo que a garrafa que está no aquário está a produzir poucas bolhas, vou buscar a que tenho no frigorífico e adiciono-lhe uma embalagem de 11 gramas de Fermipan (fermento biológico... pode encontra-lo em qualquer super mercado e existe de várias marcas, mas terá que ser sempre biológico. Cheguei à conclusão que o da Fermipan é o que tem melhores resultados) e 200 ml de água morna.

- Substituo as garrafas e espero que a reação comece a fazer efeito. Geralmente demora entre 1 a 3 horas, dependendo da temperatura exterior.

Ah... quanto ao sistema que liga a garrafa ao difusor... terá que fazer um furo na tampa da garrafa e colocar-lhe uma pequena mangueira ligada a esse difusor (serve um dos mais pequenos, que pode encontrar em qualquer loja de aquários). O furo na tampa da garrafa deve ficar bem selado. Eu uso cola quente, mas também pode usar super-cola, ou silicone. Tem é que certificar-se que essa selagem não deixa sair gás, caso contrário estará a perder CO2. Basta colocar a garrafa debaixo de água e aperta-la ligeiramente para ver se a selagem liberta alguma bolha. A meio da mangueira também utilizo uma válvula de anti-retorno, para evitar que água do aquário entre na garrafa.

Este sistema dura-me entre uma semana e meia e duas semanas, porque o tempo agora está mais quente. No Inverno já chegou a durar-me um mês. Não é o sistema ideal... tem que ter sempre o cuidado de manter uma solução no frigorífico enquanto a outra faz o trabalho dela no aquário, mas ainda não quis gastar dinheiro num sistema mais avançado... este tem-me trazido bons resultados. Imagino que um sistema de CO2 "profissional" me traria muito menos trabalho, e seria muito mais constante, mas dá-me gozo que todo o meu setup tenha sido criado por mim (luzes... móvel... só o filtro é que comprei). Acho que assim aprendo mais depressa os "segredos" da aquariofilia. 

Espero ter ajudado. Um abraço.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chegaram as Rotalas, e já estão dentro de água. Optei pelas Indica... vamos ver como se comportam.

No fim de semana tenho que fazer TPA e prometo que tiro uma fotografia sem o equipamento dentro do tanque. 

 

8jse7HK.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como prometido, segue uma fotografia do tanque depois da TPA feita, com as plantas podadas, e sem qualquer equipamento. Espero que gostem, e que avaliem o resultado. Obg.

 

F6pe997.jpg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que está a ficar bastante interessante. O tapete está muito uniforme e verdinho, as plantas vermelhas dão outro ar ao aquário e chamam a atenção. Só fazia uma "uniformização" do tamanho das plantas atrás das rochas da esquerda e preenchia mais esse espaço com as próprias podas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutes ago, Eduardo Ramos said:

Acho que está a ficar bastante interessante. O tapete está muito uniforme e verdinho, as plantas vermelhas dão outro ar ao aquário e chamam a atenção. Só fazia uma "uniformização" do tamanho das plantas atrás das rochas da esquerda e preenchia mais esse espaço com as próprias podas.

Obrigado pelo seu comentário, Eduardo. As plantas da esquerda foram plantadas há menos de uma semana. Ainda estão a enraizar. Mas a ideia é ir cortando e plantando à medida que elas crescerem, para criar ali uma espécie de moita 😉 .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.