Algas nas pedras, filtro, subtrato e plantas


Recommended Posts

Boas a todos, antes de mais desejo-vos um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo :)

Tenho o meu aquário há mais ou menos 4 meses, e desde a terceira semana depois da montagem comecei a notar que começaram a aparecer algas em todo o aquário (deixo fotos no post para ajudar a identificar as algas).

O meu aquário é de 115 litros, tem substrato fértil, iluminação de 10h por dia, filtro biobox que veio com o próprio, termostato e temperatura a 26ºC. De flora tenho sagittaria subulata e heteranthera zosterifolia, e de fauna tenho 5 neon tetras, 6 rasboras arlequim, 2 corydora bronze, 1 plecostomus, 1 colisa lalia, 3 molinésias e 2 comedores de algas chineses. Tinha co2 caseiro para que as plantas chegassem ao meu gosto mas desde que estão crescidas como eu gosto, deixei de colocar no aquário.

Alguém sabe como posso eliminar estas algas e que tipo são? Agradeco toda a ajuda possivel.

Fotos: large.5a3eb6264f6b2_WhatsAppImage2017-12-23at19_47_19.jpeglarge.5a3eb62563c71_WhatsAppImage2017-12-23at19_47.19(4).jpeglarge.5a3eb624b93c7_WhatsAppImage2017-12-23at19_47.19(3).jpeglarge.5a3eb624125bb_WhatsAppImage2017-12-23at19_47.19(2).jpeglarge.5a3eb6236cc38_WhatsAppImage2017-12-23at19_47.19(1).jpeg

Link to post
Share on other sites

Boas,

nao consigo perceber muito bem qual o tipo de algas, mas q tens um problema sério, tens...

 

1ª pergunta, q substrato fertil tens? So consigo ver 1, e nao consigo perceber...

2º 10h por dia... too much, vai reduzindo para 6, com 1h a cada 3 dias de intervalo.

3º - 26º é demasiado, baixa para 23, 24.

4º - que tipo de luz tens, quantos lumens?

5º - ha qt tempo não limps os filtros?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Boas @Jota9913,

Antes das criticas só para dizer que adoro a primeira foto com a pedra coberta de alga, há algas que gosto de ver, acabam por dar alguma naturalidade ao hardscape, já outras que metem medo logo no aparecimento lol (bba)

O estado em que se encontra o aquário, arrisco em dizer que provém do seguinte:

1. falta de plantas de crescimento rápido para absorver alguns nutrientes em demasia
2. iluminação a mais
3. ausência de tpa's semanais (imprescindível)
4. ausência de limpeza (imprescindível)
5. o co2 caseiro tem flutuações o que é muito mau, ainda por cima foi retirado o co2 por total...

Ou seja, isso da forma que está vai levar imenso tempo a desaparecer se não houver mão humana, eu faria um blackout de 1 semana seguida 300% tapado....nem uma fresta sequer.
Com o enfraquecimento de maior parte das algas já poderias pensar numa limpeza e após a limpeza, pensar em adquirir plantas de crescimento rápido + compra do famoso excel + tpa´s semanais (2 por semana) até à coisa estabilizar.

Nota que isto era apenas o que eu faria, cada um a sua mania e forma de executar a tarefa! ;)

Boa sorte!
Vai dando noticias, gostava de acompanhar o teu exemplo e de certa forma poderes encorajar alguém que passe pela mesma situação :my_smile:

Cumps,

  • Upvote 1
Link to post
Share on other sites

Boas

Pelas fotos acho que algas que tens e uma especie chamada Oedegonium. Normalmente estas alga aparece devido a falta de co2 e nutrientes. No entanto nunca tinha visto uma infestacao como a tua, normalmente so tinha visto esta alga crescer nas plantas de maneira muito semelhante ao que se ve nas tuas fotos, mas nunca tinha visto tomarem conta do aquario todo. 

De qualquer maneira pelo teu texto ja da para perceber alguns problemas: 

1- 10 horas de luz e demais ( 8 no maximo) e enquanto tens problemas como foi dito acima reduz lentamente ate chegares a 6 horas diarias, quando o probemas desaparecer podes aumentar de novo para 8. 

2-  Saber que tens a luz dez horas ligadas nao serve de nada se nao nos disseres que tipo de luz e a sua potencia. 

3 - Usas co2 caseiro e paraste quando as plantas chegaram ao tamanho que desejavas? vou perguntar o porque de teres deixado de fornecer co2, achaste que as plantas ja nao precisavam? Poe as coisas assim, deixaste de comer quando chegaste adulto, so porque nao ias crescer mais?  

O sistema de co2 caseiro em si ja nao e muito fiavel para manter concentracoes de co2 constantes no aquario, o que normalmente leva a problemas com algas, mesmo quando se adiciona todos os dias. Mas as tuas plantas estavam afinadas para crescer com base na quantidade de co2 que lhes davas, ao parares deste cabo do sistema. 

O co2 e para mim a causa do teu problema, nao ha mal em quereres reduzir o ritmo de crescimento das tuas plantas, muitos de nos o fazemos, mas usar o co2 como factor de limitacao esta errado. Se queres abrandar as coisas no teu aquario reduz a luz, depois quando as coisas abrandarem entao podes pensar em reduzir o co2 e mesmo assim eu nao o faria.

 Nao ter falta de co2  e  meio caminho andado para evitar as algas. 

A luz e o unico factor que tens realmente 100% controlo no teu aquario, e a aquele que fornece energia ao processo, ao reduzires a luz abrandas as coisas. 

Ao reduzires o co2, as tuas plantas continuaram a receber toda aquela luz, mas falta-lhes os co2 necessario para poder converter essa luz, resultado as algas aproveitam o excesso. 

Para acabares com essas algas, aumenta o teu co2 de novo, reduz a luz como sugerido, para remocao sugiro umas caridinas japonicas que elas comem isso, ou entao podes usar co2 liquido, seachem excel ou TNC easy carbo que tambem matam isso. Podes usar uma seringa e dosear directamente nas algas ou dosear o tanque inteiro. 

Vai postando updates que a gente vai-te ajudando, o Miguel sugeriu o blackout acima, e tambem uma idea que podes experimentar. 

E uma sugestao para a proxima nao deixes as coisas chegar a este estado, pede logo ajuda e torna-se mais facil de resolver, e para isso que ca estamos. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
On 28/12/2017 at 3:02 PM, vic_nunes said:

Boas,

nao consigo perceber muito bem qual o tipo de algas, mas q tens um problema sério, tens...

 

1ª pergunta, q substrato fertil tens? So consigo ver 1, e nao consigo perceber...

2º 10h por dia... too much, vai reduzindo para 6, com 1h a cada 3 dias de intervalo.

3º - 26º é demasiado, baixa para 23, 24.

4º - que tipo de luz tens, quantos lumens?

5º - ha qt tempo não limps os filtros?

Obrigado pela resposta :) 

O substrato fértil que tenho no aquário é da sera, o floredepot e por cima tem uma camada de substrato inerte. 

Em questão da iluminação, vou fazer isso e reduzir pouco a pouco até as 6 horas por dia. 

Podes me explicar porque deveria baixar a temperatura? :) 

As luzes que tenho é uma luminaria led de 22w, os lumens não sei mesmo, deixo aqui o link da loja onde comprei o aquário : http://www.aquatlantis.pt/index.php?id=142&tbl=registos

O meu aquário tem um filtro biobox que veio com ele, limpo os cartuchos e compartimentos de 3 em 3 semanas. 

Link to post
Share on other sites
On 28/12/2017 at 4:19 PM, Miguel Simões said:

Boas @Jota9913,

Antes das criticas só para dizer que adoro a primeira foto com a pedra coberta de alga, há algas que gosto de ver, acabam por dar alguma naturalidade ao hardscape, já outras que metem medo logo no aparecimento lol (bba)

O estado em que se encontra o aquário, arrisco em dizer que provém do seguinte:

1. falta de plantas de crescimento rápido para absorver alguns nutrientes em demasia
2. iluminação a mais
3. ausência de tpa's semanais (imprescindível)
4. ausência de limpeza (imprescindível)
5. o co2 caseiro tem flutuações o que é muito mau, ainda por cima foi retirado o co2 por total...

Ou seja, isso da forma que está vai levar imenso tempo a desaparecer se não houver mão humana, eu faria um blackout de 1 semana seguida 300% tapado....nem uma fresta sequer.
Com o enfraquecimento de maior parte das algas já poderias pensar numa limpeza e após a limpeza, pensar em adquirir plantas de crescimento rápido + compra do famoso excel + tpa´s semanais (2 por semana) até à coisa estabilizar.

Nota que isto era apenas o que eu faria, cada um a sua mania e forma de executar a tarefa! ;)

Boa sorte!
Vai dando noticias, gostava de acompanhar o teu exemplo e de certa forma poderes encorajar alguém que passe pela mesma situação :my_smile:

Cumps,

Boas Miguel, embora eu goste de ver algumas algas no aquário, por exemplo nas pedras em certos sítios, odeio ver tudo coberto de verde, principalmente o substrato.. 

Em resposta aos pontos que me disseste, os nutrientes eu nunca adquiri nenhum teste para testar nada, só uso aquelas fitas que medem o ph, nitrato, nítrito, kh e dh. Tenho também um kit para testar o ph só, porque acho que é mais correto que as tiras. 

Eu já tentei fazer o blackout durante uns 3 dias mas tenho medo que fazer isso de repente cause qualquer tipo de desiquilibrio tanto nas plantas como nos peixes. 

Faço tpas semanais de 20% e a cada tpa uso o sifao para retirar os detritos que se acumulam no substrato e também uso uma escova magnética para tirar as algas do vidro, por isso não creio que limpeza seja o problema.. 

Que plantas de crescimento rápido me aconselhas? 

Eu estava a pensar comprar um produto próprio para algas mas se o problema voltar a aparecer não vale a pena. 

Obrigado pela resposta, cumprimentos 

Link to post
Share on other sites
On 28/12/2017 at 4:27 PM, Bruno R. Carvalho said:

Boas

Pelas fotos acho que algas que tens e uma especie chamada Oedegonium. Normalmente estas alga aparece devido a falta de co2 e nutrientes. No entanto nunca tinha visto uma infestacao como a tua, normalmente so tinha visto esta alga crescer nas plantas de maneira muito semelhante ao que se ve nas tuas fotos, mas nunca tinha visto tomarem conta do aquario todo. 

De qualquer maneira pelo teu texto ja da para perceber alguns problemas: 

1- 10 horas de luz e demais ( 8 no maximo) e enquanto tens problemas como foi dito acima reduz lentamente ate chegares a 6 horas diarias, quando o probemas desaparecer podes aumentar de novo para 8. 

2-  Saber que tens a luz dez horas ligadas nao serve de nada se nao nos disseres que tipo de luz e a sua potencia. 

3 - Usas co2 caseiro e paraste quando as plantas chegaram ao tamanho que desejavas? vou perguntar o porque de teres deixado de fornecer co2, achaste que as plantas ja nao precisavam? Poe as coisas assim, deixaste de comer quando chegaste adulto, so porque nao ias crescer mais?  

O sistema de co2 caseiro em si ja nao e muito fiavel para manter concentracoes de co2 constantes no aquario, o que normalmente leva a problemas com algas, mesmo quando se adiciona todos os dias. Mas as tuas plantas estavam afinadas para crescer com base na quantidade de co2 que lhes davas, ao parares deste cabo do sistema. 

O co2 e para mim a causa do teu problema, nao ha mal em quereres reduzir o ritmo de crescimento das tuas plantas, muitos de nos o fazemos, mas usar o co2 como factor de limitacao esta errado. Se queres abrandar as coisas no teu aquario reduz a luz, depois quando as coisas abrandarem entao podes pensar em reduzir o co2 e mesmo assim eu nao o faria.

 Nao ter falta de co2  e  meio caminho andado para evitar as algas. 

A luz e o unico factor que tens realmente 100% controlo no teu aquario, e a aquele que fornece energia ao processo, ao reduzires a luz abrandas as coisas. 

Ao reduzires o co2, as tuas plantas continuaram a receber toda aquela luz, mas falta-lhes os co2 necessario para poder converter essa luz, resultado as algas aproveitam o excesso. 

Para acabares com essas algas, aumenta o teu co2 de novo, reduz a luz como sugerido, para remocao sugiro umas caridinas japonicas que elas comem isso, ou entao podes usar co2 liquido, seachem excel ou TNC easy carbo que tambem matam isso. Podes usar uma seringa e dosear directamente nas algas ou dosear o tanque inteiro. 

Vai postando updates que a gente vai-te ajudando, o Miguel sugeriu o blackout acima, e tambem uma idea que podes experimentar. 

E uma sugestao para a proxima nao deixes as coisas chegar a este estado, pede logo ajuda e torna-se mais facil de resolver, e para isso que ca estamos. 

Boas, obrigado pela resposta. 

Antes de mais a luz que tenho veio com o aquário, deixo aqui o link do kit completo para veres a luz que tenho: http://www.aquatlantis.pt/index.php?id=142&tbl=registos

Em relação ao foto período, o que achas melhor, ir reduzindo até chegar as 6 horas e esperar que as algas morram ou fazer um blackout durante uma semana? 

Não acho que o co2 tenha sido o problema pois mesmo quando o tinha as algas continuavam a aparecer, o mesmo não acontece no outro aquário que tenho de 60 litros, embora concorde que não devia ter parado com a injeção de co2. 

Eu irei mandar vir neritinas zebra, pois já ouvi dizer que são muito boas com algas e folhas mortas, e em relação ao produto para matar as algas também já pensei comprar, só não o fiz pois queria chegar à raiz do problema primeiro. 

Agradeco toda a ajuda :) 

Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Jota9913 said:

Obrigado pela resposta :) 

O substrato fértil que tenho no aquário é da sera, o floredepot e por cima tem uma camada de substrato inerte. 

Em questão da iluminação, vou fazer isso e reduzir pouco a pouco até as 6 horas por dia. 

Podes me explicar porque deveria baixar a temperatura? :) 

As luzes que tenho é uma luminaria led de 22w, os lumens não sei mesmo, deixo aqui o link da loja onde comprei o aquário : http://www.aquatlantis.pt/index.php?id=142&tbl=registos

O meu aquário tem um filtro biobox que veio com ele, limpo os cartuchos e compartimentos de 3 em 3 semanas. 

Boas,

O substrato inerte pode ser grande demais e deixar escapar muita coisa para a àgua.

Quais os valores de Nitratos que tens?

Tenta comprar um teste de PO4 ( Fosfatos ) e ver a quantas andas.

Como já foi referido, geralmente, para haver uma praga destas, há um desequilibrio, normalmente, entre Luz, fertilização, CO2.

Como não tens CO2, e a iluminação tb não parece ser mt forte, deduzo que seja fertilização. verifica os valores de Nitrato, Amónia e Fosfatos.

o Nitrato, num sistema como o teu, não deve ultrapassar os 5ppm

o Fosfato, perto de zero

a Amónima, obviamente 0.

Em relação à temperatura, as algas geralmente gostam de temperaturas mais elevadas, e as plantas e os peixes, não se queixam...

 

 

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Jota9913 said:

Boas, obrigado pela resposta. 

Antes de mais a luz que tenho veio com o aquário, deixo aqui o link do kit completo para veres a luz que tenho: http://www.aquatlantis.pt/index.php?id=142&tbl=registos

Em relação ao foto período, o que achas melhor, ir reduzindo até chegar as 6 horas e esperar que as algas morram ou fazer um blackout durante uma semana? 

Não acho que o co2 tenha sido o problema pois mesmo quando o tinha as algas continuavam a aparecer, o mesmo não acontece no outro aquário que tenho de 60 litros, embora concorde que não devia ter parado com a injeção de co2. 

Eu irei mandar vir neritinas zebra, pois já ouvi dizer que são muito boas com algas e folhas mortas, e em relação ao produto para matar as algas também já pensei comprar, só não o fiz pois queria chegar à raiz do problema primeiro. 

Agradeco toda a ajuda :) 

A luz que tens de facto nao me parece muita. Eu continuo a achar que o problema esta no co2, misturado possivelmente com um excesso de nutrientes. A razao de teres algas ainda antes deixares de usar o Co2 esta no facto de que co2 caseiro nao consegue debitar quantidades constantes. E mudancas bruscas na quantidade de co2 na agua durante o fotoperiodo e uma das principais razoes para algas no aquario. 

Se nao te sentes a vontade com o blackout, tens que ir pelo metodo mais demorado, encontrar a causa e resolver. 

Continuo a sugerir que reduzas a luz para 6 horas e que mantenhas o co2 sempre a funcionar, outra coisa a ter em atencao e que a quantidade de  co2 que a solucao caseira produz vai reduzindo drasticamente com o passar do tempo, por isso assim que notares que esta a debitar menos, e melhor trocar a solucao, nao esperes ate parar de deitar bolhas completamente. Alternativa e usares dois sistemas caseiros, metes um na semana 1, depois na semana 2 adicionas um segundo e na semana 3 trocas a solucao do sistema 1, e na semana 4 trocas do sistema 2 e assim consecutivamente. Com este metodo quando a producao de um sistema estiver a descrescer, tens um com uma solucao nova para manter o a producao constante. A ideia e garantir que nao ha grandes mudancas na producao de co2.

Ao reduzires a luz tambem abrandaste as coisas consideravelmente no aquario, por isso as algas devem deixar de crescer, ou entao faze-lo muito mais lentamente. Mas nao vao desaparecer. Para te livrares delas, as neritinas podem ajudar, bem como umas caridinas japonicas, ou como sugeri acima vai doseando diariamente Excel ou Easycarbo, o chamado co2 liquido nao e grande coisa como co2, mas da bons resultados como algicida. Se te mantiveres nas doses recomendadas na embalagem nao corres risco de afectar os peixes ou a plantas.

Ou podes ir fazendo tratamentos directos nas algas com uma seringa. Como disse isto demora tempo e nao se faz num dia, tens que ter paciencia. 

Passos a que recomendo:

1 - Parar o crescimento das algas

-Reduzir a luz

- aumentar o co2

2- Investigar as causas

- fazer testes para ver se tens excesso de nutrientes, se sim faz umas TPA's e reajusta a dose

3 - remover as algas ja presentes no aquario

- Tratar o tanque com excel ou dosear pequenas doses directamente nas algas

- Adicionar neritinas ou caridinas japonicas

- Blackout ( se te sentires a vontade ou como ultimo recurso), nao gosto muito de fazer blackouts. 

Nao tomes os passos todos de uma vez. Muda uma coisa e depois da uns dias para observares a reacao no aquario, se mudares tudo ao mesmo tempo depois nao vais conseguir entender qual a causa das mudancas que notas no aquario. 

A unica coisa que recomendo a fazeres imediatamente se ainda nao o fizeste e , reduzir a luz e aumentar o co2. 

Vai dando noticias para percebermos que se passa com o aquario. 

Link to post
Share on other sites
On 02/01/2018 at 11:35 AM, vic_nunes said:

Boas,

O substrato inerte pode ser grande demais e deixar escapar muita coisa para a àgua.

Quais os valores de Nitratos que tens?

Tenta comprar um teste de PO4 ( Fosfatos ) e ver a quantas andas.

Como já foi referido, geralmente, para haver uma praga destas, há um desequilibrio, normalmente, entre Luz, fertilização, CO2.

Como não tens CO2, e a iluminação tb não parece ser mt forte, deduzo que seja fertilização. verifica os valores de Nitrato, Amónia e Fosfatos.

o Nitrato, num sistema como o teu, não deve ultrapassar os 5ppm

o Fosfato, perto de zero

a Amónima, obviamente 0.

Em relação à temperatura, as algas geralmente gostam de temperaturas mais elevadas, e as plantas e os peixes, não se queixam...

 

 

 

Boas 

Os nitratos e nitritos estão a 0, eu meço com aquelas tiras que têm vários testes e estão mais branquinhas que a neve.

Os fosfatos ainda não medi mas vou tentar arranjar um teste depressa.

Amónia está a 0 também.

Vou baixar a temperatura para os 24 graus então.

Obrigado por toda a ajuda.

Link to post
Share on other sites
On 02/01/2018 at 12:20 PM, Bruno R. Carvalho said:

A luz que tens de facto nao me parece muita. Eu continuo a achar que o problema esta no co2, misturado possivelmente com um excesso de nutrientes. A razao de teres algas ainda antes deixares de usar o Co2 esta no facto de que co2 caseiro nao consegue debitar quantidades constantes. E mudancas bruscas na quantidade de co2 na agua durante o fotoperiodo e uma das principais razoes para algas no aquario. 

Se nao te sentes a vontade com o blackout, tens que ir pelo metodo mais demorado, encontrar a causa e resolver. 

Continuo a sugerir que reduzas a luz para 6 horas e que mantenhas o co2 sempre a funcionar, outra coisa a ter em atencao e que a quantidade de  co2 que a solucao caseira produz vai reduzindo drasticamente com o passar do tempo, por isso assim que notares que esta a debitar menos, e melhor trocar a solucao, nao esperes ate parar de deitar bolhas completamente. Alternativa e usares dois sistemas caseiros, metes um na semana 1, depois na semana 2 adicionas um segundo e na semana 3 trocas a solucao do sistema 1, e na semana 4 trocas do sistema 2 e assim consecutivamente. Com este metodo quando a producao de um sistema estiver a descrescer, tens um com uma solucao nova para manter o a producao constante. A ideia e garantir que nao ha grandes mudancas na producao de co2.

Ao reduzires a luz tambem abrandaste as coisas consideravelmente no aquario, por isso as algas devem deixar de crescer, ou entao faze-lo muito mais lentamente. Mas nao vao desaparecer. Para te livrares delas, as neritinas podem ajudar, bem como umas caridinas japonicas, ou como sugeri acima vai doseando diariamente Excel ou Easycarbo, o chamado co2 liquido nao e grande coisa como co2, mas da bons resultados como algicida. Se te mantiveres nas doses recomendadas na embalagem nao corres risco de afectar os peixes ou a plantas.

Ou podes ir fazendo tratamentos directos nas algas com uma seringa. Como disse isto demora tempo e nao se faz num dia, tens que ter paciencia. 

Passos a que recomendo:

1 - Parar o crescimento das algas

-Reduzir a luz

- aumentar o co2

2- Investigar as causas

- fazer testes para ver se tens excesso de nutrientes, se sim faz umas TPA's e reajusta a dose

3 - remover as algas ja presentes no aquario

- Tratar o tanque com excel ou dosear pequenas doses directamente nas algas

- Adicionar neritinas ou caridinas japonicas

- Blackout ( se te sentires a vontade ou como ultimo recurso), nao gosto muito de fazer blackouts. 

Nao tomes os passos todos de uma vez. Muda uma coisa e depois da uns dias para observares a reacao no aquario, se mudares tudo ao mesmo tempo depois nao vais conseguir entender qual a causa das mudancas que notas no aquario. 

A unica coisa que recomendo a fazeres imediatamente se ainda nao o fizeste e , reduzir a luz e aumentar o co2. 

Vai dando noticias para percebermos que se passa com o aquario. 

- Vou reduzir a luz para as 6 horas diárias adequadamente, já reduzi hoje para as 9h e meia, amanha reduzo para 9 e assim em diante.

- O co2 vou voltar então a fazer a injeção diária e tentar arranjar um sistema pressurizado próprio para aquários.

- Limpei a maior parte das algas das pedras, retirei-as e esfreguei tudo, bem como no filtro. Vou mandar vir um produto para matar as algas, que não faça mal ás plantas e peixes, de preferência :), e mandar vir logo umas quantas neritinas também.

Obrigado mais uma vez por toda a ajuda, irei dar algumas updates quando começar a ver algumas mudanças, espero que não demore muito...

Link to post
Share on other sites

Aqui está o aquário depois de retirar a maior parte das algas nas pedras á mão:

large.5a4d4f209b621_WhatsAppImage2018-01-03at21_44_23.jpeg

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Boas Jota!
Ao que me parece tens pouca altura de de substrato inerte ( ideal mínimo 5 centímetros ) e faz com que o fértil interfira com coluna de água, consequentemente produza algas no aquário.
Cumprimentos

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
21 hours ago, KukoPT said:

Boas Jota!
Ao que me parece tens pouca altura de de substrato inerte ( ideal mínimo 5 centímetros ) e faz com que o fértil interfira com coluna de água, consequentemente produza algas no aquário.
Cumprimentos

Também pode ser isso... Alguma ideia de como resolver isso agora? :)

Link to post
Share on other sites
On 1/4/2018 at 11:08 PM, Jota9913 said:

Também pode ser isso... Alguma ideia de como resolver isso agora? :)

Boas,

adicionas mais inerte, nao vai afectar muito, ate pq nao tens plantas de tapete...

Link to post
Share on other sites