Primeiras larvas de palhaços


Recommended Posts

Viva,

 

No passado dia 20 de Abril retirei cerca de 100 larvas de palhaços (Premnas biaculeatus). As larvas foram aspiradas do aq. de recife para um aq. maternidade durante a noite da eclosão. Foi uma boa surpresa de manhã deparar-me com cerca de 100 larvas no aq. maternidade, não estava à espera de recolher tantas!

 

No entanto logo nessa manhã ocorreu uma grande mortalidade porque a temperatura no aq. maternidade estava a 23ºC. Este aq. não tinha termostato e a circulação de água que se fazia com o aq. de recife não era suficiente para manter a temperatura nos 26ºC.

 

As larvas restantes foram alimentadas com rotíferos, acabando por começar a comer só ao 3º dia após a eclosão. Durante o fim de semana deixei as larvas 1 dia à fome e quando cheguei não havia nenhuma viva.

 

Apesar de não ter sobrevivido nenhuma larva, esta primeira tentativa já deu para aprender muita coisa. Aqui ficam algumas fotos do acontecimento:

 

Noite_do_nascimento.JPG

 

Fito e zooplâncton

Plancton.JPG

 

A larva está no centro da foto

1asLarvas%20008.jpg

 

Cumprimentos,

Ricardo Rodrigues

Link to comment
Share on other sites

Olá,

 

Pena que não sobreviveram, mas da proxima julgo que irá correr melhor.

Uma dúvida/sugestão, será que não era possível meter uma espécie de maternidade dentro do aquário principal por forma a evitar mudanças de quimica, temp da água, adicionando o fito e o zooplancton ? Ou as larvas iriam embora com a agitação da água ?

 

Boa sorte para a próxima tentativa.

 

António Paes

Aquariofilia marinha é em www.reefforum.net

Propagação de corais é em http://www.coralfrags.org/

Aquariofilia em geral é em www.aquariofilia.net

Link to comment
Share on other sites

Ricardo, eu que tenho a mania das engenhocas nunca faria uma assim, porque a maria espancava-me logo só de ver essa torre aí montada para recolher as larvas...

Outra coisa. Também das as microalgas com que alimentas os rotíferos às larvas?

Já tenho quase tanta alga e rotiferos como tu e as minhas continuam a crescer. :wink:

Só te posso desejar boa sorte para a próxima.

Para ti e para mim.

Caudatas do it better.
banner.jpg

Link to comment
Share on other sites

Olá,

 

António, a água da maternidade é a mesma água do aquário (estes estão em comunicação). Para a próxima tenho é de colocar um termostato na maternidade. Se metesse a maternidade no interior do aquário o casal certamente não iria gostar.

 

Zé, a "torre" só esteve montada na noite da eclosão, na manhã seguinte o aq. maternidade foi para o sotão. Alimentei as larvas somente com rotíferos, no entanto para prolongar a vida dos rotíferos poderia também ter adicionado fitoplâncton.

 

Ricardo Rodrigues

Link to comment
Share on other sites

Zé, tudo depende da quantidade de rotíferos que tens disponível para dares ao longo de 10 dias e da forma como manténs a qualidade de água na maternidade. Passo a explicar, uma vez que tens que alimentar as larvas 2 vezes por dia para manter uma concentração elevada de rotíferos, se tens poucos destes podes continuar a alimentá-los na maternidade sem que isso deteriore a qualidade de água das larvas que são muito sensíveis à presença de amónia e nitritos. A melhor forma para manter larvas com boa qualidade de água é colocar a maternidade em comunicação com um aquário maior com filtragem biológica eficiente e escumador, no meu caso o aq. de recife de 720l.

 

Abraço,

Ricardo Rodrigues

Link to comment
Share on other sites