Ricardo Rodrigues

Registo Particular de Lojista
  • Content Count

    503
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

1 :)

About Ricardo Rodrigues

  • Rank
    Gerente da Loja ZOA corals & fish
  • Birthday 09/10/1975

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Cascais (Lisboa)
  • Localização
    S. Domingos de Rana

Recent Profile Visitors

2,705 profile views
  1. Olá gazuas, A avaria da calha HQI poderá ter origem no ignitor, para verificar retira o ignitor do circuito da lâmpada que acende e coloca-o no que não acende. O circuito é constituído por lâmpada, balastro (bloco maior e mais pesado do conjunto), ignitor e os casquilhos onde a lâmpada encaixa - o ignitor é um objecto mais pequeno (que o balastro) e pode ser cilíndrico. No caso de se tratar de uma calha onde não consigas identificar o ignitor no conjunto então provavelmente o balastro será electrónico pelo que re recomendo fazer a mesma substituição para verificar a avaria do mesmo. Podes descobrir a fonte de corrente eléctrica na água se desligando os equipamentos um a um. Por vezes são os termostatos ou bombas de água emersas. abraço
  2. Olá, Parabéns aos vencedores portugueses Onde é que posso visualizar as fotos dos vossos aquários? O único que vi ao vivo foi o ro Rui Alves na loja e posso dizer que está espectacular, excelente trabalho que tem vindo a desenvolver nos plantados. abraço
  3. Fotos fantásticas! Parabéns pelo aquário.
  4. Boas, Os peixes-palhaço normalmente não são peixes agressivos, é uma espécie que vivem num espaço pequeno e que defende esse mesmo espaço. Os Amphiprion ocellaris podem ser tão ou mais agressivos do que os Premnas biaculeatus, não depende da espécie depende sim do espaço e condições do aquário, da restante população de peixes e por últmo do próprio peixe, os peixes não são todos iguais. Os meus Premnas portam-se bem, até posso aproximar a minha mão das suas posturas que eles não fazem nada. A esolha da espécie de peixes palhaço para um aquário convém adequar-se ao espaço disponível sendo que A. frenatus, A. melanopus, A. clarkii, A. polymnus, Premnas biaculeatus são espécies que crescem mais e necessitam de um volume maior de água do que por exemplo A. ocellaris, A. percula ou A. perideraion. Convém ainda que exista apenas 1 espécie presente por aquário. Podem ser 2 peixes ou um pequeno grupo, idealmente e para evitar situações de stress os palhaços devem ser introduzidos em simultâneo. Entre as anémonas mais fáceis de manter estão as Entacmea quadricolor e as Stichodactyla haddoni. Embora na natureza os palhaços vivam nas anémonas que existem na sua localização geográfica está mais do que verificado que em aquário vivem nas que estão disponíveis podendo inclusivé adoptar corais para o seu abrigo. abraço
  5. Mais um que gostava de pertencer ao grupo
  6. Olá Luis Amaral, Um conselho, não faças a troca das lâmpadas velhas pelas novas toda de uma só vez, vai substituindo gradualmente para salvaguardar a saúde dos corais protegendo-os de um eventual choque de luz. Em relação ao fotoperíodo as lâmpadas de cor azul normalmente acendem primeiro e as brancas depois, dessa forma promoves uma certa transição de luz menos intensa para luz mais intensa "simulando" a variação normal diária do amanhecer para o meio dia e do meio dia para o entardecer.
  7. Olá André, Podias explicar as diferenças entre actínicas e azuis? Existem lâmpadas T5 de 80W actínicas? Eu considero que o importante para os corais crescer são as brancas, chamem-lhe o que quiserem mas por exemplo as que tenho ATI Aquablue Spezial de azul não têm nada, pelo menos a olho nú. As azuis são apenas para dar uma coloração mais engraçada aos corais e ao aquário no geral. Segundo me recordo do que foi dito na conferência do Sanjai Joshi no 4ª aniversário do Reefforum, informação mais direccionada para a iluminação HQI mas acredito que também se aplicará às T5, é que a temperatura de cor anunciada para as várias lâmpadas nada tem a ver com a temperatura de cor real das próprias lâmpadas e no fundo servirá apenas na altura da compra para termos com base no que conhecemos uma ideia aproximada da cor da luz produzida pela própria lâmpada. Já que estamos na discussão das T5 aproveito para perguntar aos utilizadores desta iluminação com que frequência trocam as lâmpadas e se utilizam algum aparelho medidor de Lumens ou PAR para se certificarem que de facto os valores são baixos em relação aos obtidos inicialmente?
  8. Olá Alexandre, Após mais de 4 anos com HQI no meu aquário em Setembro passado alterei a iluminação para T5. A mudança foi de 3 x 250W HQI 10,000 Kelvin BLV para 8 x 80W T5 ATI (calha Powemodule). Passei de 750W para 640W, menos 110W o que torna o aquário energeticamente mais eficiente. As principais razões que me levaram a mudar foram: menor aquecimento da água no verão implicando também um consumo menor para arefecimento da água neste período; curiosidade em experimentar a sério a iluminação T5, tenho visto ao vivo e na net bons aquários com esta iluminação; necessidade de uma calha com design melhorando o aspecto exterior do aquário que para mim é importante e como já referi tornar o aquário energeticamente mais efeciente. Em relação aos iodetos metálicos (HQI) a iluminação T5 é mais suave à vista, aparentemente menos intensa e aqui refiro aparentemente porque nas medição que fiz de PPF ("Photosynthetic Phtoton Flux" - nº de fotões com comprimento de onda entre os 400 e 700nm) os valores para as T5 foram superiores do que nas HQI - existe uma percentagem de erro aqui porque comparei HQI usadas com T5 novas, além de comparar 750W com 610W. Em relaçãos aos corais que são o importante os resultados estão a ser muito positivos embora acredite que ainda estão numa fase de habituação. As acroporas que mantenho ficaram mais claras sobressaindo cores mais bonitas, nas Montiporas a diferença não foi visível, As Turbinarias levaram um choque de luz, uma Turbinaria grande recolheu de imediato os pólipos e apresentou zonas com recesão de tecido, agora passados mais de 2 meses está a recuperar bem, a zona afectada está a recuperar por completo, apresenta as extremidades clarinhas e em crescimento apesar dos pólipos permanecerem recolhidos. Em suma estou bastante satisfeito e recomendo a mudança para os que tal como eu têm problemas em manter a temperatura dentro de valores aceitáveis na altura do verão. Rui Alves, quem fabrica as lâmpadas ATI? Ao fim de quanto tempo é que estas se devem trocar?
  9. Olá raquelcordeiro, Se pretendes utilizar o método de Balling a GHL tem umas bombas doeadoras próprias que ou se podem ligar ao computador GHL ProfiLux Plus II ou então podes optar por um outro modelo da marca que trabalha de forma independente. Com estas bombas doseadoras podes adicionar quantidades pré-determinadas dos produtos utilizados no método de Balling. Não sou um utilizador do método de Balling pelo que não te poderei ajudar nas quantidades dos produtos a adicionar. Os meus aquários estão montados de forma simples, faço trocas parcias de água periodicamente e utilizo um reactor de cálcio para suplementar o carbonato de cálcio produzido pelos corais no seu crescimento. Os valores das concentrações de Ca, Mg, NO2 e NO3 são avaliados através de testes químicos próprios para cada composto. abraço
  10. Boas, Apresento-vos algumas fotos da parte técnica do meu aquário relacionadas com a operação do GHL ProfiLux Plus II. Bloco de 6 tomadas controladas pelo computador (GHL Powerbar 6D-D). Neste momento estou a usar as seguintes funções: ... S1 (Socket 1 = Tomada 1 ) - Canal de iluminação T5 6 x 80W; ... S2 - Canal de iluminação T5 actínicas 2 x 80W; ... S3 - Arrefecimento evaporativo da água. Ventoinha 50W; ... S4 - Aquecimento da água. Termostato Eheim / Jäger 200W; ... S5 - Reposição automática de água evaporada. Bomba de água Aquarium Systems Maxi-Jet 1000; ... S6 - Controlo do pH no reactor de cálcio. Válvula solenóide AquaMedic; Pormenor do bloco de tomadas. ... Com - luz amarela acesa indica ligação activa ao computador GHL ProfiLux Plus II; ... Pwr - luz verde acesa indica ligação à corrente eléctrica; ... S1 a S6 - luz vermelha acesa indica que a respectiva tomada está ligada por ordem do computador e de acordo com a programação feita por mim (no momento da foto a ventoinha e toda a iluminação encontravam-se ligadas); Bóia de nível para accionar a reposição automática de água evaporada. Bóia e suportes GHL. Existem também sensores ópticos por infra-vermelhos semelhantes aos utilizados nos osmorreguladores Tunze. Podem ser ligados mais sensores ao computador. Depósito de água de osmose junto à sump. No interior está a tal bomba de água Aquarium Systems Maxi-Jet 1000 para fazer a reposição automática. Suporte de eléctrodos AquaMedic colocado directamente no aquário junto à coluna seca. Este suporte foi transferido para a sump porque neste local os eléctrodos ficavam cobertos por algas. É referido no manual do computador a importância da localização dos eléctrodos e da sua posição que deve ser vertical. Os 3 eléctrodos são respectivamente: pH, Temperatura e Redox. Mensagem SMS resposta recebida após solicitação pontual. ... pH 1 - pH do aquário. Sinal "-" à frente indica que o valor está acima do valor que defini como normal (valor nominal pH = 8,1); ... Temp 1 - Temperatura da água do aquário. Sinal "*" à frente indica que a temperatura está acima do valor que defini como normal (valor nominal Temp = 26,0ºC). Indica também que a ventoinha está ligada de acordo com a programação da respectiva tomada S3; ... pH 2 - pH no Reactor de Cálcio. Sinal "-" à frente indica que o valor está acima do valor que defini como normal (valor nominal pH = 6,5). indica também que a válvula solenóide está ligada permitindo a entrada de CO2 de acordo com a programação da tomada S1; ... Redx 1- Potencial Redox do aquário. Sinal "-" indica que o Potencial Redox está acima do valor normal (valor nominal Redox = 350mV); ... Level - indicador da posição dos sensores de nível (1x, sensor 1 desligado; 1-, sensor 1 ligado).
  11. Boas Raquel e Hugo, Conheço bem os escumadores da Deltec e também da ATI, cá por casa tenho apenas ATI. Os escumadores da Deltec tinham uma característica muito interessante a meu ver que eram as bombas Eheim. Da experiência que tenho cá em casa com 2 modelos da ATI posso dizer que impressionam pela quantidade de ar misturada com água salgada, são muito eficientes e portanto estou satisfeito. Têm também um baixo consumo eléctrico e são mais silensiosos que os Deltec - esta pode ser uma característica muito importante consoante a localização do aquário. Para um valor acima tens outras marcas como por exemplo a já referida ATB e a Royal Exclusive com os seus famosos Bubble King.
  12. Olá eduardocc21 e António Vitor, Antes de mais obrigado pela vossa participação. A aquisição deste equipamento foi uma decisão muuuuuuuito ponderada que teve em conta não apenas o custo do mesmo mas sobretudo a fiabilidade em caso de falha de energia eléctrica. Gosto muito dos animais que mantenho nos meus aquários e numa situação de férias ou ausência prolongada este aparelho pode ser a salvação caso algo corra mal. Além disso como já referi tem múltiplas funcionalidades das quais falarei numa próxima intervenção.
  13. Exmo(s). Sr(s). Moderadores do fórum, Este meu aq. de recife de 720l vai fazer no próximo mês de Novembro 5 anos de existência, dada a sua avançada idade e a minha irresistível vontade em melhorá-lo tenho vindo a fazer algumas alterações ao nível do equipamento e sobretudo da população de corais. Nesse sentido e para evitar a criação de um novo tópico gostaria de fazer uma actualização deste mesmo tópico e também de poder editar os meus comentários anteriores de forma a actualizar os links referentes às fotografias que bem ilustram o mesmo. Se tal não for possível então peço aos respectivos moderadores que o façam por mim e para tal eu passarei por MP os links a alterar.
  14. Boas, Recentemente decidi fazer uma renovação parcial do meu aquário, após mais de 4 anos em funcionamento os corais assim o exigem. Já cresceram até aos vidros e superfície da água, daqui para a frente a guerra pela ocupação do espaço levaria certamente à morte de algumas espécies. A par desta mudança vou fazer também alterações em alguns equipamentos, de entre os quais a iluminação e os sistemas de controlo do aquário e monitorização da qualidade da água. Nesse sentido e após uma pesquisa longa e exaustiva sobre qual será o melhor equipamento para o meu aquário comprei o sistema computorizado GHL ProfiLux Plus II (made in Germany) e respectivo módulo SMS. Este sistema que permite ter um controlo total do aquário tem ainda a partir do módulo SMS a vantagem de em caso de falha de electricidade ser imediatamente avisado através do envio de uma mensagem SMS para o meu telemóvel. O equipamento removido e que irá ser substituido apenas pelo GHL ProfiLux Plus II é o seguinte: - monitor de pH Pinpoint; - monitor de ORP Pinpoint; - controlador de pH AquaMedic (controla o pH no reactor de cálcio); - osmorregulador Tunze (reposição automática de água evaporada); - termostato electrónico para frio (controla o arrefecimento evaporativo através de uma ventoinha grande); - termômetro digital; - 2 temporizadores electrónicos para a iluminação; - multicontrolador das bombas Tunze. Deste equipamento aproveitei um eléctrodo de ORP e dois de pH para utilizar no novo computador não havendo qualquer problema de compatibilidade. Os reagentes utilizados na calibração são também os mesmos. Além do módulo SMS adicionei também uma luz de luar (moonlight) da GHL, que também está ligada ao computador. Esta luz é constituída por uma pequena calha de LEDs azuis e brancos de intensidade variável (dimmable). Fixa-se facilmente à calha de iluminação, coloquei-a a meio do aquário e a 20cm da água. A intensidade desta luz varia de acordo com a intensidade da lua na nossa localização geográfica, para tal são introduzidas previamente no computador as coordenadas geográficas, no meu caso 38º Norte, 9º Oeste. Acredito que a luz de luar contribua positivamente para a estimulação da reprodução sexuada nos corais, esse é o objectivo. Resumindo aqui está a lista de funções que de momento estou a utilizar com o GHL ProfiLux Plus II + módulo SMS: - leitura e registo a cada 60 min. da Temperatura; - leitura e registo a cada 60 min. do pH; - leitura e registo a cada 60 min. do ORP (Potencial Redox); - leitura e registo a cada 60 min. do pH do reactor de cálcio; - controlo do pH no reactor de cálcio (computador acciona válvula solenóide para entrar CO2 fazendo baixar o pH até pH=6,5); - controlo dos termostatos/resistências Eheim Jäger; - controlo da ventoinha (frio, arrefecimento evaporativo da água); - controlo do fotoperíodo do aquário através de 3 canais de iluminação (um dos quais dedicado à moonlight); - após falta de energia eléctrica a iluminaçao arranca novamente passados 15min. permitindo o arrefecimento das lâmpadas HQI caso esta seja curta; - contagem do nº de horas de trabalho das lâmpadas e dos eléctrodos; - reposição automática de água evaporada (utilizando uma bomba de água normal - Maxi-Jet 1000); - controlo da intensidade das 2 bombas de circulação Tunze 6100 (tem as mesmas ou mais funções que o multicontrolador Tunze); - na altura da alimentação clica-se no botão ESC para estas bombas pararem durante 5min., retomando automaticamente o funcionamento após este tempo; - envio imediato de SMS em caso de falha de energia eléctrica e após a mesma envio de novo SMS a notificar o seu restabelecimento; - envio imediato de SMS em caso de existência de Alarmes relativamente a: ... Temperatura ... pH do aquário ... pH do reactor de cálcio ... ORP ... falta de água de osmose no depósito - em qualquer momento posso enviar um SMS para o módulo SMS para questionar quais são os valores dos parâmetros mencionados no ponto anterior; - ligação ao PC para descarregar dados dos parâmetros referidos atrás, exibindo-os directamente num gráfico; - toda a programação do computador ProfiLuxl Plus II pode ser feita directamente no mesmo ou através de ligação (RS232 GHL, USB, Ethernet ou WLAN) a um PC via software gratuito disponível na net (ProfiLuxControl). Para além destas funções existem muitas outras que de momento não estou a utilizar mas que num futuro próximo vou testar, destaco as seguintes: - troca de água parcial (TPA) automática - ligação em rede a um segundo computador ProfiLux Plus II localizado 2 andares abaixo para controlo e monitorização dos 3 aquários que tenho na garagem utilizando o mesmo módulo SMS com as mesmas funções - utilização do software gratuito reefstatus para ligação directa ao ProfiLux Plus II através de ligação WLAN ao meu modem router, a partir daqui posso ter acesso via net directamente ao computador. Deixo aqui uma foto do equipamento em acção no meu reef de 720l: Mais opiniões e experiências são bem-vindas. abraço