Ajuda fuga em sistema de CO2


rickmfc

Recommended Posts

Boas

 

Venho pedir ajuda a quem more no cacém ou perto e que tenho um sistema de CO2 que me posso ajudar a descobrir onde tenho uma fuga no meu sistema, desconfio que seja no regulador de pressão.

 

A minha botija de 2Kg com 8 bolhas por segunda esvaziou-se em 2 semana. cabecadura

 

Por favor alguem que me ajude não sei o que fazer.

 

 

Link to comment
Share on other sites

A minha botija de 2Kg com 8 bolhas por segunda esvaziou-se em 2 semana. cabecadura

 

Pois não é assim tão estranho com esse débito :)

 

Para veres se tens fuga usa um pouco de sabão liquido diluído em agua e coloca em todos os pontos possíveis. Mas muito cuidado com o manuseamento de uma sistema de co2. O ideal será levares o conjunto completo a um especialista em encher botijas que ele vê se tens alguma fuga.

Link to comment
Share on other sites

Como já foi dito e usa a técnica do sabão. Ou então tens produtos próprios para detectar fugas, não muito caros.

 

http://www.plantedtank.net/forums/showthread.php?t=137245#post1390286

 

Este tópico também tem maneiras de testar fugas. Para mim foi bastante útil para ter a certeza que não tinha fugas entre a botija e o regulador.

Afonso Cunha

Link to comment
Share on other sites

pois mas também nao queria estar a encher a botija para se esvaziar outra vez assim. será que alguem podia testar o meu sistema numa vossa botija e ajudar-me a encontrar a fuga?

Link to comment
Share on other sites

Pois... O débito é muito elevado mas não é para vazar a garrafa em 2 semanas, longe disso...

 

Especifica qual o teu sistema... se compraste novo numa loja ou compraste em segunda mão.

 

Dois manómetros ou um? Válvula solenoide tens?

 

Vou dar o meu exemplo...

 

Comprei um kit da TMC novinho em folha numa loja da especialidade quando cheguei a casa montei aquilo na garrafa (extintor 2kg)... assim que carreguei no manipulo do extintor os manómetros subiram como esperado, no entanto pareceu-me ouvir uma libertação muito pequenina de gás...

 

Primeira reacção, desculpem lá, mas foi colocar um bocado de cuspo em todas as roscas possíveis e imaginárias, nada. Desmontei e pus fita teflon na rosca principal, aperte todos os manómetro e o barulho continuava (muito baixinho mas estava lá), então decidi por um bocadinho de cuspo na parte de baixo de um dos manómetros (na ligação do tubo que entra dentro do manómetro) e lá apareceram as bolhas...

 

Resumindo a fuga estava mesmo dentro do manómetro e aí não havia teflon ou aperto que resolvesse a situação porque não podia abrir o manómetro, liguei à loja e prontamente accionaram a garantia e trocaram-me o kit todo por um novo sem problemas.

 

Isto tudo para dizer que nem sempre o problema pode estar nas roscas, ligações, pode estar dentro dos manómetros, se não tiver na garantia, a melhor opção é trocares o manómetro que estiver com fuga, se for esse o caso.

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Boas,

 

Curiosidade minha, como é que consegues contar as 8 bolhas por segundo?

 

abc

A aquariofilia não é uma ciência exacta, mas tem alguma ciência ...

Nem toda a informação é sinónimo de conhecimento, cabe-nos fazer a sua selecção!

Link to comment
Share on other sites

Rosado

Para contar bolhas.

 

Eu faço assim...

Com um relógio na mão com "ponteiro" dos segundos e um conta-gotas no sistema...

Quando o ponteiro está no 0sg começo a contar bolhas até 60(por exemplo). quando chego às 60 bolhas vejo os segundos gastos e dívido 60 pelos segundos gastos.SIMPLES!!!!!!

Link to comment
Share on other sites

Boas o meu sistema é com monometros duplo e valvula solenoide.

 

Não queria dizer 8 bolhas por segundo mas sim 3 foi um erro tipografico.

 

Já vi que não há ninguem que me possa vir ajudar pessoalmente :s

Link to comment
Share on other sites

Boas o meu sistema é com monometros duplo e valvula solenoide.

 

Não queria dizer 8 bolhas por segundo mas sim 3 foi um erro tipografico.

 

Já vi que não há ninguem que me possa vir ajudar pessoalmente :s

Olha eu também tive uma fuga em duas semanas acabou ( coincidência apenas ).

 

A causa foi o o-ring do meu conta bolhas (quando o enchi com água) ficou mal colocado ;)

 

Conselhos que te dou é comprares fita teflon( não chega a 1.5€ ) no aki e poupas depois nas fugas. Metes em todas as conexões entre o extintor e o regulador.

 

Já agora uma questão quando o sistema "desliga" através da válvula solenóide fica a contar bolhas muito tempo(mais de 2minutos) ? Se sim, deves ter fuga entre o regulador e o difusor.

 

Abraço!

Link to comment
Share on other sites

 

Já agora uma questão quando o sistema "desliga" através da válvula solenóide fica a contar bolhas muito tempo(mais de 2minutos) ? Se sim, deves ter fuga entre o regulador e o difusor.

 

Abraço!

 

Deves queres dizer entre a botija e o regulador certo?

Link to comment
Share on other sites

 

Deves queres dizer entre a botija e o regulador certo?

 

Não digo, depois do regulador. Depois da peça onde ligas a tubagem que vai para o aquário, tens o teu conta bolhas certo?

 

Se ele passado cerca de 1 ou 2 minutos, de ter sido desligada a válvula solenóide, continuar a fazer bolhas então tens fuga e deve ser depois do regulador, quase de certeza. Ora isto será na zona de baixa pressão, zona onde está o tubo azul (foto).

 

e0g4ds.jpg

Edited by andre1991
Link to comment
Share on other sites

Boas

 

Parece-me que não me fiz entender, porque eu sei bem como se contam as bolhas, a minha pergunta era pelo facto de me parecer difícil contar um qualquer fenómeno "8 vezes por segundo" através de observação meramente visual. Mesmo, após a correção do Ricardo (para 3 bolhas por segundo), tenho as minhas duvidas que se possa contar com fiabilidade tal cadência, mas julgo que isso agora pouco importa pois acho que existem outros aspetos podem ser mais relevantes.

 

Ricardo, julgo que já te deram algumas pistas sobre os locais onde é mais frequente a existência de fugas (encaixes e uniões), mas eu como sou um bocadinho lento, ainda estou antes dessa questão, mas como não conheço o teu sistema tenho mais dificuldade em te ajudar.

 

No mínimo era preciso saber:

  • Dimensão do teu aquário (litros)
  • Se existe algum sistema de corte (válvula selenoide) ou trata-se de injeção permanente (24/24H)
  • Qual o difusor de co2 que utilizas (porque influencia muito o rendimento da dissolução que estás a tentar fazer na água)
  • Qual o valor do teu pH e KH (pois se não tens controlador eletrónico e vais fazer injeção de co2, na minha opinião, pelo menos estes parâmetros deves controlar de tempos a tempos)

 

Para teres uma ideia, eu tenho um aquário densamente plantado de 250L com injeção controlada (pelo que só é ligada algumas horas por dia e de noite está quase sempre desligada), em que, a cadência de injeção ronda cerca de 1 bolha de CO2 a cada 2 segundos (repetindo-me apenas quando está ligado) e com tudo isto tenho um pH de cerca de 6,7.

 

Portanto, confesso-te que ainda não sei bem se terás uma fuga de CO2 ou um descontrolo na injeção.

 

E a fauna? tens peixes nesse aquário?

 

Abraço

Edited by J_Rosado

A aquariofilia não é uma ciência exacta, mas tem alguma ciência ...

Nem toda a informação é sinónimo de conhecimento, cabe-nos fazer a sua selecção!

Link to comment
Share on other sites