Fishroom de Ciclideos Anões


fabiosilva

Recommended Posts

Vamos ao que interessa.

 

Pic_20268_18.jpg

Pic_20268_19.jpg

Pic_20268_20.jpg

Pic_20268_21.jpg

 

Aquela pequena "sujidade" no chão, de cor rosada no centro da imagem, são os pequenos ainda com a serem alimentados pelo saco vitelino.

Pic_20268_22.jpg

 

Pic_20268_23.jpg

Pic_20268_24.jpg

Pic_20268_25.jpg

Pic_20268_26.jpg

Pic_20268_27.jpg

 

 

E agora os mais difíceis... Pode ser que um dia seja dia :)

Não deixam de ser espectaculares e vale a pena só o facto de manter esta espécie...

 

Pic_20268_28.jpg

Pic_20268_29.jpg

Pic_20268_30.jpg

Pic_20268_31.jpg

 

Um abraço a todos.

Link to comment
Share on other sites

Boas pessoal.

Mais uma actualização.

 

Como andava nos ultimos dias a ver desaparecerem alguns pequenos, Agassizi Santarém, decidi mais cedo que o costume (menos de 2 semanas), separa-los da mãe.

 

Aproveitei o cubo onde tinha os falecidos Apistogrammoides e enchi com água do aquário onde estavam. Este tem apenas agua, aquecedor, filtro de esponja e musgo de java.

 

Como sabem mantenho um Trio no aquário de criação. Penso que quem andava a "petiscar" era a fêmea que não tinha crias, muito provavelmente durante a noite. Pode parecer estranho mas mais do que uma vez, acendi a luz enquanto estava tudo escuro e vi que a fêmea sem crias estava junto da outra com as crias e tudo. Escusado será dizer que assim que a mãe dava de caras com a "intrusa" desatou a espancá-la.

Não acredito que tenha sido o macho a comer os pequenos, porque também por mais do que uma vez, vi ele a apanhar um ou outro pequeno que se afastava mais do grupo, e mesmo a levar tareia da fêmea, assujeitava-se e ia colocar o pequeno junto dos outros.

 

Resumindo, 13 pequenos Agassizi Santarém já só dependem de si. Agora é esperar que crescam para que possa-mos acompanhar a evolução desta espécie que também é novidade para mim.

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Boa observação! ;) tens mesmo de me dar umas dicas para ter criações de sucesso! ;)

 

 

Boas Ric.Gomes.

 

Podes ter a certeza que é a pessoa certa para te dar umas dicas na reprodução de Apistogrammas.

Foi com a ajuda dele que me iniciei nos ciclideos anões e foi precisamente com um casal de Agassizi Fire Red (da criação dele) que consegui criar pela primeira vez.

No sentido de explorarmos e alargarmos cada vez mais os nossos conhecimentos neste tipo de ciclideos, e para partilhar-mos com todos claro, montámos uma 2º Fishroom, que por falta de espaço na casa do Fábio, teve que ser montada na minha casa.

A Fishroom 2, chamemos-lhe assim, é composta por 2 aquários de criação e dois de crescimento.

Neste momento já temos crias de Apistogrammas Cacatuoides Triple Red e Apistogrammas Inka.

Ainda não houve oportunidade de tirar fotos mas está para muito breve.

Já agora e também para me apresentar, chamo-me Daniel e sou primo do Fábio.

 

Abraço a todos.

Edited by DPedro

Daniel Pedro

Link to comment
Share on other sites

prazer! :)

já a imenso tempo que mantenho apistos mas por diversas adversidades nunca consegui levar as criações a bom termo! o q é frustrante... --' estou a tentar agora com um casal de agassizi

Link to comment
Share on other sites

Boas Pessoal.

 

Boas Ric.Gomes.

 

Podes ter a certeza que é a pessoa certa para te dar umas dicas na reprodução de Apistogrammas.

Foi com a ajuda dele que me iniciei nos ciclideos anões e foi precisamente com um casal de Agassizi Fire Red (da criação dele) que consegui criar pela primeira vez.

No sentido de explorarmos e alargarmos cada vez mais os nossos conhecimentos neste tipo de ciclideos, e para partilhar-mos com todos claro, montámos uma 2º Fishroom, que por falta de espaço na casa do Fábio, teve que ser montada na minha casa.

A Fishroom 2, chamemos-lhe assim, é composta por 2 aquários de criação e dois de crescimento.

Neste momento já temos crias de Apistogrammas Cacatuoides Triple Red e Apistogrammas Inka.

Ainda não houve oportunidade de tirar fotos mas está para muito breve.

Já agora e também para me apresentar, chamo-me Daniel e sou primo do Fábio.

 

Abraço a todos.

 

Assino por baixo do que foi dito pelo Daniel.

Ainda não tinhamos dito nada por não termos ainda um conteudo para mostrar ao pessoal e porque a Fishroom 2 ainda não estava completa.

A aposta consiste em explorar a familia Apistogramma, que dado ao seu tamanho e diversidade ainda tem muito para se descobrir e dar a conhecer.

Neste momento, entre as duas Fishroom´s e apenas para recapitular, mantemos o seguinte:

 

Fishroom 1

 

- Casal de Ivannacara Adoketas

- Trio de A. Agassizi´s Santarém - Com postura

- Casal de A. Agassizi´s Fire Red - Com posturas, actualmente em descanso

- Casal de A. Elizabethae - Mentira porque vieram-me 2 fêmeas, estou à espera que reponham o stock para mandar vir o macho, passo a ter um trio.

- Casal de A. Abacaxis

- Casal de A. hongsloi - Com posturas, actualmente em descanso

 

Fishroom 2

 

- Casal de A. Cacatuoides Triple Red - Com posturas

- Casal de A. Inka - Com postura

 

Como já foi dito em breve vamos colocar fotos da fishroom 2. O tempo não tem sido muito e percebe-se porquê.

A experiência tem sido bastante positiva com as especies que mantemos, e que não são tão poucas como isso, mas brevemente outras espécies vão entrar, ou na Fish1 ou na Fish2 ;)

 

Um abraço a todos!!

Link to comment
Share on other sites

prazer! :)

já a imenso tempo que mantenho apistos mas por diversas adversidades nunca consegui levar as criações a bom termo! o q é frustrante... --' estou a tentar agora com um casal de agassizi

 

 

Boas Ricardo.

Acredito que a tua sorte vai mudar com esse casal de Agassizi´s que adquiris-te, por sinal bastante bonitos.

Se bem me lembro, conseguis-te tirar pequenos, mas foram desaparecendo certo?

Se for o caso e se voltares a ter pequenos (esperos que sim), coloca o macho numa maternidade de rede para a fêmea cuidar descansadamente dos pequenos ;)

 

Abraço e boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

Boas

 

Os Santarém adultos são selvagens? O macho é fora de serie.. muito bonito. Quantas semanas têm os alevins?

 

Quando puderem têm que mostrar umas fotos da Fishroom 2!

 

 

Cumprimentos.

Cumprimentos,

Diogo André.

Link to comment
Share on other sites

Boas pessoal.

 

Tentando responder à questão que eu próprio coloco sobre os Agassizi Santarém serem F0 ou não, fui fazer uma pesquisa pelo extenso Cichlid Atlas vol. 1 e descobri algo que nos pode esclarecer ou chegar perto da verdadeira linhagem destes amigos..

 

Esta foto copiei de lá e partilho convosco.

 

Pic_20268_32.jpg

 

Este exemplar que vem no Atlas é muito muito semelhante ao exemplar que tenho comigo, o que me leva a crer que, o que tenho cá em casa se não for um F0, deverá ser pelo menos F1.

 

Quanto aos alevins dos A. Santarém, têm cerca de 2 semanas e muito pouco.

 

 

Mais uma actualização...

 

Agora que tenho a água em condições para reproduzir com sucesso em todos os aquários, hoje fui surpreendido com uma desova dos Apistogrammas Abacaxis.....

Link to comment
Share on other sites

boas,

os hongsloi vao optimos, agora para janeiro perciso de outro casalinho ( diferente ) de ti ;)

cumps

 

Boas amigo.

 

É bom saber que os Hongsloi estão bem! Os cá de casa também estão impecáveis.

Em Janeiro devo ter vários casalinhos diferentes ;)

Além dos Hongsloi, devo ter da Fish1 Agassizi´s Santarém, da Fish2 devo ter Cacatuoides e Inkas :)

Caso não seja em Janeiro não deve andar muito longe disso.

 

Abraço.

Link to comment
Share on other sites

Boas pessoal.

 

Como o prometido é devido, cá vão umas fotos do que há na Fish2...

 

Casal de Apistogrammas Cacatuoides Triple-Red

 

Pic_20361_1.jpg

 

Pic_20361_2.jpg

 

Pic_20361_3.jpg

 

Alguns Cacatuoides já a crescer num aquário à parte, referentes à 1º postura.

 

Pic_20361_4.jpg

 

 

Casal de Apistogrammas Inka

 

Pic_20361_5.jpg

 

Pic_20361_6.jpg

 

Pic_20361_7.jpg

Link to comment
Share on other sites

Aproveito também para actualizar o tópico em relação à Fish1...

 

Apistogramma Agassizi Santarém macho, cada vez maior e mais bonito

 

Pic_20268_37.jpg

 

Apistogramma Elizabethae fêmea, uma foto bem de perto a uma das 2 fêmeas que tenho

 

Pic_20268_38.jpg

 

Apistogramma Abacaxis fêmea, a olhar não sei para onde....... :)

 

Pic_20268_39.jpg

 

 

 

Já agora pergunto, alguém é capaz de descobrir o que é que são aquelas coisinhas esbranquiçadas a mexer debaixo da folha???????

 

 

 

Espero que gostem ;)

Link to comment
Share on other sites

Boas pessoal.

 

É verdade, a Abacaxi estava a olhar precisamente para a 1º postura bem sucedida deste casal.

Os pequenos ainda não iniciaram a natação livre pois só nasceram na 3ºfeira. Ainda têm o saco vitelino.

Estão numa fase crucial da vida e uma coisa que me preocupa é que nem com pequenos o macho abranda a sua agressividade.

Não se chega ao pé da postura é verdade, mas se a fêmea pisa no seu território.... até as folhinhas levantam :)

 

Mesmo assim não tenciono pô-lo numa maternidade. Vou deixar a natureza seguir o seu rumo porque independentemente do resultado final desta postura, uma coisa é garantida, ela desova e ele fecunda ;)

Link to comment
Share on other sites

Pessoal,

 

Apenas para informar, os Alevins de Abacaxis iniciaram ontem a natação livre. São minúsculos e não dá para ter noção de quantos são. Dá-me ideia que não passam de 15/20.

O macho para já está-se a portar bem, portanto vou mantê-lo com a fêmea e os pequenos para que este ciclo seja o mais natural possível.

Fotos para breve ;)

Link to comment
Share on other sites