Search the Community

Showing results for tags '[Ficha]'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • REGRAS DO FÓRUM AQUARIOFILIA.NET
    • LER ANTES DE COLOCAR QUALQUER MENSAGEM
  • ÁGUA DOCE
    • PRIMEIROS PASSOS
    • AQUÁRIOS
    • DOENÇAS E PRAGAS
    • INVERTEBRADOS
    • LAGOS, CARPAS E PEIXES DE ÁGUA FRIA
    • PEIXES
    • PLANTAS
  • EQUIPAMENTOS
    • AQUÁRIOS E FISHROOMS
    • CO2
    • DIY (Faça Você Mesmo)
    • ESTRUTURAS E MOBILIÁRIO
    • FILTRAGEM E CIRCULAÇÃO
    • ILUMINAÇÃO
    • MATERIAL DECORATIVO
    • OUTROS EQUIPAMENTOS
    • TEMPERATURA
    • TESTES E PARÂMETROS DA ÁGUA
    • TÓPICOS A MOVER (área temporária)
    • TPA E LIMPEZA
  • ÁGUA SALGADA
    • PRIMEIROS PASSOS
    • ALGAS, ROCHA VIVA E PRAGAS
    • CORAIS
    • DISCUSSÕES GERAIS (Água Salgada)
    • DOENÇAS
    • EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO, TÉCNICAS E MONTAGENS
    • FOTOS E VÍDEOS
    • INVERTEBRADOS
    • NANOREEFS
    • PEIXES
  • CONVIDADOS / PARCERIAS
    • TOM BARR
  • COMUNIDADE
    • BOAS-VINDAS AOS NOVOS MEMBROS
    • CONVERSA AQUÁTICA
    • EVENTOS E CONCURSOS
    • FOTOGRAFIA, VÍDEO E TRATAMENTO DE IMAGEM
    • OFF-TOPIC E TESTES
    • RESPONSABILIDADE SOCIAL
    • SUGESTÕES E NOVIDADES SOBRE O FÓRUM
  • CLASSIFICADOS
    • NOVA APLICAÇÃO DE CLASSIFICADOS!
    • COMPRAS EM GRUPO
    • LEILÕES
    • FEEDBACK
  • MARCAS, REPRESENTANTES E DISTRIBUIDORES
  • PATROCINADORES
    • LOJISTAS DIVERSOS
  • FEEDBACK DE LOJAS
    • NORTE DE PORTUGAL
    • SUL DE PORTUGAL
    • LOJAS ONLINE

Categories

  • Artigos
  • Bulas de Medicamentos
  • Campanhas em Divulgação
  • Livros
  • Manuais Equipamentos técnicos
  • Posters
  • Programas
  • Receitas

Product Groups

  • Donativos ao fórum
  • T-Shirts
  • Canecas
  • Patrocínios
  • Eventos

Categories

  • Água Doce
  • Água Salgada
  • Água Doce e Salgada

Marker Groups

  • Membros
  • Aquários Públicos
  • Carregamento de Botijas de Co2
  • Lojas de Aquariofilia
  • Vidraceiras

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Mail


Localização


Feedback

  1. Boas! Decidi criar este tópico para criar tipo uma ficha pessoal de cada aquario de água doce do pessoal do forum... Assim ficam registados todos os aquarios deste tipo, respectivos donos, e muito importante todas as suas especificações... Coloquem aqui a vossa ficha com todos os dados relacionados com o vosso aquário. Assim, cada vez que ouver uma modificação editam e alteram os dados conforme adquiram mais peixes/plantas ou mudem qualquer coisa. Já existem algumas configurações de aquários por outros tópicos e estão meio perdidos assim ficaria muito bom e organizado. .gif" src="http://www.aq
  2. Boas a todos os aquariófilos, Com este tópico pretendo, com a ajuda de outros membros deste fórum, tornar o que parece ser muito complicado num texto simples no que toca ao tema: 'Escolha de iluminação para um aquário de água doce'. Isto surge no propósito de existirem imensas dúvidas em tópicos abertos, nem todos criados só por principiantes na aquariofilia. Assim sendo, seja um principiante a montar o primeiro aquário, ou alguém que já tenha um aquário há muito tempo e queira fazer uma mudança de layout/fauna/flora, o sistema de iluminação é algo a considerar aquando da montagem. Par
  3. Efectuar a quarentena a peixes recentemente adquiridos é um bom hábito. A quarentena trata apenas de manter os peixes isolados num outro aquário pelo período de tempo necessário até se ter a certeza que não são portadores de qualquer doença. Para que serve? A Quarentena serve para evitar a introdução de novas doenças num sistema estável, e ser capaz de observar melhor os novos peixes para eventuais sinais de doença. Um aquário de quarentena pode também desdobrar-se em aquário hospital para peixes doentes. Estes aquários hospital são bons pois baixam o custo do uso de medicamentos e mantêm o
  4. Saudações! .png' alt=':biggn:'> Sem perdas nem demoras, apresento-vos o escaravelho-de-água, um inseto com forma hidrodinâmica. Alguns de vós já se depararam com este pequeno ser aquático em charcos e nas margens de alguns rios bem povoadas de vegetação. Pois bem, a sua dimensão e beleza consegue esconder o seu lado de caçador voraz, este pequeno ser não voa, e nem precisa de voar, a sua capacidade de nadar é fantástica, e, quando se trata de caçar, aí sim, este escaravelho mostra a sua grande agilidade na água! Quando ameaçado é capaz de excretar um liquido para afastar os seus preda
  5. Echinodorus major Família: Alismataceae Género: Echinodorus Região: Américas Localização: Norte e América do Sul Sinónimos :Echinodorus martii var. major Micheli Luz: Média/Alta Temperatura: 20ºC a 27ºC PH: 0.0 a 7.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Não mas recomendável Estrutura da planta: Roseta Tamanho: Até 60cm Crescimento: Moderado Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Echinodorus major tem sido geralmente nomeada E. martii há alguns anos, de acordo com Haynes & Holm-Nielsen (1994), E. major é um sinónimo de E. martii. Jozef Somo
  6. HELANTHIUM TENELLUM Familia:Alismataceae Género: Helanthium Região: América do norte, central e sul Localização: - Sinônimos: Echinodorus tenellus Luz: Moderada Temperatura: 18ºC a 28ºC PH: 6.5 a 7.2 Substrato Fértil: Sim CO2: Sim Estrutura da planta: Roseta Tamanho: 5 a 10 cm Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Frente Descrição: Helanthium tenellum , tem uma distribuição muito ampla a partir do norte dos Estados Unidos à América do Sul. Duas variedades bem distintas são conhecidas no comércio. A forma mais comummente vendida tem folhas verdes
  7. HEMIANTHUS CALLITRICHOIDES "CUBA" Familia: Linderniaceae Género: Hemianthus Região: Amrica Central e Sul Localização:Cuba, Hispaniola, Jamaica, Puerto Rico Luz: Alta Temperatura: 18ºC a 28ºC PH: 5.5 a 7.5 Substrato Fértil: Sim CO2: Sim Estrutura da planta: Haste Tamanho: 0.5cm Crescimento: Moderado Emersas: Sim Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Frente Descrição: Hemianthus callitrichoides , às vezes conhecida como "lágrimas anão ', ou mais vulgarmente como " HC ", foi descoberta por Holger Windelov durante uma expedição a uma pequena zona rochosa a leste de Havana, Cuba e f
  8. Boas parceiros, amantes da aquariofilia, e curiosos! Apresento-vos o famoso caracol assassino devorador de outros moluscos. Para quem não conhece, sim, este tipo de caracol é mesmo carnívoro. Existe quem acredite que estes caracóis conseguem caçar camarões em mudas de casca, acreditam também que as mais ágeis conseguem caçar camarões em bom estado de saúde, basta serem mais lentos. Este caracol é distinguível pela sua coloração listada de amarelo e preto/vermelho escuro. São seres muito ativos, caminham por todo o aquário, não saem fora de agua como as ampularias. Enterram-se no substrato. Te
  9. LIMNOBIUM LAEVIGATUM Família: Hydrocharitaceae Género: Limnobium Região: América Localização: América central e do sul Sinónimos:- Luz: Média Temperatura: 20ºC a 28ºC PH: 5.0 a 8.0 Substrato Fértil: Não CO2: Não Estrutura da planta: Flutuante Tamanho: 1 a 8 cm de largo Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Flutuante Descrição: Limnobium laevigatum , ou Amazon Frogbit, é uma planta flutuante que é uma reminiscência de uma grande lentilha (Lemna minor). Ela pode ser encontrada crescendo selvagem em lagos, lagoas e rios com pouca corrente em toda a A
  10. LOBELIA CARDINALIS Família: Lobeliaceae Género: Lobelia Região: América Localização: América do norte Temperada e sub-tropical Sinónimos: Hemigraphis traian Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Não necessariamente mas aconselhável. Estrutura da planta: Caule Tamanho: 7 a 15cm Crescimento: Lento Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Lobelia cardinalis, também conhecida como "Flor Cardinal ', é nativa do leste e centro dos Estados Unidos onde podem ser encontradas crescendo em solos húmidos ao longo
  11. LUDWIGIA PALUSTRIS Família: Onagraceae Género: Ludwigia Região: Cosmopolita Localização: Américas, norte de áfrica, ásia e europa. Sinónimos: - Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Não mas recomendável Estrutura da planta: Caule Tamanho: 20 a 80cm Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Ludwigia palustris , como o próprio nome indica, pode ser encontrada principalmente em ambientes palustres (pantanosos) em todo o mundo (excluindo Austrália). Esta espécie extremamente variável po
  12. MARSILEA SPP. Família: Marsileaceae Género: Marsilea Região: Cosmopolita Localização: Cosmopolita Sinónimos: - Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Sim Estrutura da planta: Caule Tamanho: - cm Crescimento: Moderado Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Médio plano e tapete. Descrição: As várias espécies de Marsilea , colectivamente, tornaram-se das plantas mais populares no hobby. A sua facilidade de crescimento e propagação estável torna-as mais populares do que os da mesma forma de folhas elatinoides Glossostigma. Tecnicamente sa
  13. MICROSORUM PTEROPUS Família: Polypodiaceae Género: Microsorum Região: Ásia Localização: Sudeste asiático Sinónimos:- Dificuldade: Fácil Luz: Pouca Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Não CO2: Não Estrutura da planta: Rizoma Tamanho: 15 a 30cm Crescimento: Lento Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano ou atada a hardscape. Descrição: Microsorum pteropus , largamente conhecida como Fetos de Java, pode ser encontrada em diversos locais da Ásia. Esta planta universal está disponível para venda em todos os estabelecimentos da área, embor
  14. MONOSOLENIUM TENERUM Família: Monoseleniaceae Género: Monosolenium Região: Ásia Localização: Ásia Sinónimos: Pellia endiviifolia (erroneous) Luz: Pouca Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Não Estrutura da planta: Caule Tamanho: Infinito Crescimento: Moderado Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Primeiro e médio plano, atada ao hardscape Descrição: Monosolenium tenerum hepática é uma rara planta nativa da Ásia. Foi introduzida no hobby pela Tropica como Pellia endiviafolia em 2002 e imediatamente se tornou bastante popular. Só mais tarde foi
  15. MYRIOPHYLLUM MATTOGROSSENSE Família: Haloragaceae Género: Myriophyllum Região: América central e sul Localização: América central e sul Sinónimos: - Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Não Estrutura da planta: Caule Tamanho: 30 a 60cm Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Myriophyllum mattogrossense vem das regiões húmidas da América do Sul. Esta espécie já foi confundida com a tuberculatum Myriophyllum, mas à última foi dado o nome de espécie própria. Esta planta é bastante rece
  16. PHYLLANTHUS FLUITANS Familia: Euphorbiaceae Género: Phyllanthus Região: América central e do sul Localização: Bacia do Amazonas Sinônimos: Hemigraphis traian Dificuldade: Fácil Luz: Alta Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Não CO2: Não Estrutura da planta: Flutuante Tamanho: 2cm de largura Crescimento: Rápido Emersas: Não Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Flutuante Descrição: Phyllanthus fluitans é originária da Bacia do Rio Amazonas. Apesar de vir de uma família dominada por plantas do deserto, esta planta adaptou-se como planta flutuante num ambiente mu
  17. RANUNCULUS INUNDATUS Família: Ranunculaceae Género: Ranunculus Região: Austrália Localização: Sudeste australiano Sinónimos: - Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Não CO2: Não Estrutura da planta: Rizoma Tamanho: 5 a 15cm Crescimento: Rápida Emersas: Sim Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Meio ou primeiro plano Descrição: Ranunculus inundatus é uma planta nativa do sudeste da Austrália. Ranunculus espécies, ou buttercups, são comuns em áreas húmidas em todo o mundo (incluindo América do Norte), mas R. inundatus é um dos poucos que cresce relati
  18. ROTALA MACRANDRA Familia: Lythraceae Género: Rotala Região: Ásia Localização: India Sinônimos: - Luz: Alta Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Sim CO2: Sim Estrutura da planta: Caule Tamanho: 20/30cm Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Moderada Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Rotala macrandra é uma planta muito popular mas exigente. Esta planta vem da Índia, onde pode ser encontrada crescendo perto da costa em solos pantanosos. O seu crescimento de forma submersa resulta num vermelho brilhante, enquanto que o seu crescimento emerso é p
  19. ROTALA ROTUNDIFOLIA Família: Lythraceae Género: Rotala Região: Ásia Localização: Sudeste asiático Sinónimos: Rotala indica (erroneous) Luz: Média Temperatura: 22ºC a 28ºC PH: 6.0 a 8.0 Substrato Fértil: Não CO2: Não Estrutura da planta: Caule Tamanho: 20/80cm Crescimento: Rápido Emersas: Sim Dificuldade: Fácil Localização no aquário: Fundo e médio plano Descrição: Rotala Rotundifolia é uma planta de aquário clássica embora as suas origens estejam no sudeste da Ásia, onde cresce como uma erva daninha em plantações de arroz e solos húmidos. Esta planta pode ser diferenciada embora r
  20. Partilho aqui dois artigos sobre planárias, de dois autores que merecem a minha confiança, e que conheço virtualmente de outras andanças. Um deles é membro aqui do nosso fórum, o Hugo Feio. Planaria (2).mp4 Pequeno video cedido por Carole Harrison Planárias - A Ameaça Silenciosa Artigo Original por Chantal Quando eu decidi ter camarões red crystal pesquisei sobre as melhores condições da água, alimentação, plantas, companheiros de aquário e tudo o que achava necessário para a criação dessas simpáticas criaturas. Comprei 10 exemplares para deixar no meu nano aquário e logo
  21. Nome científico: Dicrossus Maculatus Macho Fêmea Classificação: Cichlidae Subfamilia: Geophaginae Biótopo: Encontram-se nos Rios Tapajós e Maués, bem como, algumas áreas da bacia amazónica. Água: Necessita de uma água de excelente qualidade, nitritos a zero e um valor muito baixo de nitratos, convenientes as tpa's semanais, mas tendo o cuidado de não variar os parâmetros mínimos da água do aquário e mudando 20 % do volume do aquário. É um peixe muito sensível ás condições da água. Temperatura : 26 a 28 ° C) pH : muito ácida - 3,4/5,4
  22. Água Doce: Tratamento da Água Água Canalizada Muitas pessoas usam água da torneira no aquário; é mais barata e fácil de usar. Infelizmente (para os aquariofilistas), as companhias da água adicionam químicos à agua de modo a torná-la segura para beber (e.g., cloro, cloramina para matar as bactérias). Mais recentemente, preocupações acerca da água em velhos tubos de chumbo provocou que se começasse a adicionar químicos que aumentam o pH à água (porque o chumbo dissolve-se menos em água alcalina). Consequentemente, a água da torneira tem de ser especialmente tratada antes de s
  23. Acorus gramineus Nome genérico: Acorus Nome científico: Acorus gramineus Familia: Aráceas Origem: Leste Asiático Iluminação: 0,7 W/L pH min : 6,8max : 7,5 Temperatura min : 15ºC max : 21ºC GH min : 4 max : 18 Tamanho: 30 cm Posição no aquário: Fundo. Manutenção: Média Características :,Planta de rizoma cilíndrico, de onde saem folhas em forma de sabre, duras e esverdeadas. Necessita de substrato fértil e boa iluminação Acorus gramineus decoratus Nome genérico: Acorus verde amarelo Nome científico: Acorus gramineus Familia: Aráceas Origem: Leste Asiático
  24. ALTERNANTHERA REINECKII 'LILACINA' ALTERNANTHERA REINECKII 'ROSAEFOLIA' BACOPA COLORATA BACOPA MONNIERI Bananinha (Nymphoides aquatica) Nome Genérico: Bananinha Nome Científico: Nymphoides aquatica Familia: Meniantáceas Origem: Estados Unidos Iluminação: 1,0 watt/l pH min: 6,5 max : 7,5 Temperatura min: 20ºC max : 28ºC GH min: 4 max : 10 Tamanho: 15 cm Posição no aquário: Meio ou Frente Manutenção: Média Reprodução: por divisão dos rizomas ou plantas adventícias. Características: Planta perene de talo curto , com tubérculos que crescem à partir de um
  25. Anubia Barteri Var. Nana (não existe ficha no fórum) Anubia Barteri Var. Barteri (não existe ficha no fórum) Bacopa Australis (não existe ficha no fórum) Cryptorine Parva (não existe ficha no fórum) Echinodorus tenellus (não existe ficha no fórum) Eleocharis japan (não existe ficha no fórum) Eleocharis minima (não existe ficha no fórum) Eleocharis parvula (não existe ficha no fórum) Glossostigma elatinoides (não existe ficha no fórum) Lilaeopsis Brasiliensis (não existe ficha no fórum) Hemianthus Callitrichoides Cuba (não existe ficha no fórum) Utricularia Gibba (não