zpoliveira

.Membro
  • Content Count

    197
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by zpoliveira

  1. zpoliveira

    zpoliveira

  2. Olá a todos! Venho aquí pedir a vossa ajuda neste problema que me surgiu há uns dias... Tenho um aquário de 120x40x55cm a funcionar desde Janeiro. Desde essa altura até Abril só tive plantas e esperei que o ciclo se completasse. No dia 14 desse mês comprei os primeiros peixes, dois SAEs, que só no dia 14 do mês seguinte tiveram companhia (3 Cacatuoides). Até aí tudo correu bem, sem baixas, e com fauna e flora a desenvolverem-se muito bem! No dia 19 de Maio (meu aniversário) a minha irmã ofereceu-me 20 neons (10 rosa e 10 vermelhos) que, como não tenho outro aquário, tiveram de ser colocados ao mesmo tempo neste (com devida aclimatização). Pareciam bem de saúde até que, no dia seguinte de manhã, apareceram 4 vermelhos mortos e nos 2 dias seguintes mais um de cada vez! Mas só os vermelhos é que morriam! Desde que fiquei com 4 pararam as mortes durante 2 ou três dias (pensava eu que poderia ter sido um pico de amónia, apesar de os testes não o indicarem, que estaria a passar). Ao 3.º dia morreu-me o primeiro rosa e no dia seguinte desapareceu outro (imagino que tenha morrido mas não o encontro em lado nenhum)! Neste momento os rosas que sobram parecem estar bem mas um dos vermelhos não me parece que vá aguentar esta noite... O setup de aquário é o seguinte: Aquatlantis Biotope 120 - 120x40x55cm Filtro de decantação biológico BIOBOX (é daqueles internos colados num dos lados do vidro com uma divisão para o termostato, outra para os materiais filtrantes e outro para uma bomba) Termostato de 300W Calha T8 com 60W Bomba de ar Elite 801 Já estive a introduzir CO2 mas tinha parado (duas semanas antes da oferta ds neons) para ver se o seu efeito se sentia nas plantas (vou voltar a fazer porque o pH subiu um pouco e quero voltar a descê-lo). Resultados dos testes (todos da SERA menos o de kH): pH: 7.5 (era 6,5 enquanto fazia introdução de CO2) gH: 8 kH: 4 Amónia: 0 NO3:1 NO2:<0.1<1.3 que se têm mantido estáveis e sem alterações há quase 2 meses! Faço T.P.A.s de cerca de 25% semanais (normalmente fazia 2 vezes por semana mas nestas últimas não tenho tido tempo) fertilizo com 10ml de micro+ da Horizonte Aquático semanalmente e tenho substrato fértil. Quanto às plantas e animais tenho: Plantas: Eusteralis stellata anúbia afzelli Limnophila sessiliflora Hygrophila polysperma echinodorus ozelot Marsileia hirsuta Eleocharis "parvula" Eleocharis acicularis Animais: 2 SAEs 3 Apistogramma cacatuoides 4 neon vermelho 8 neon rosa Desculpem o tamanho do testamento (devo ter ganho o prémio de post mais comprido do ano) mas agradecia mesmo muito qualquer ajuda para evitar que os meus peixinhos continuem a morrer... É o meu primeiro aquário e custa-me mesmo muito vê-los a desaparecer aos poucos... Qualquer ajuda é bem vinda! Obrigado!
  3. zpoliveira

    Azul de metileno no cubo de criação

    Olá, Espero que não me leves a mal por fazer uma correcção... As bactérias não fazem "fungar" os ovos, os fungos é que fazem isso! São grupos completamente distintos... Na minha experiência/opinião o azul de metileno é perfeitamente compatível com as bactérias do filtro, apesar de ter alguma acção bacteriostática! Nunca me apercebi que este deixasse de funcionar, e nunca apanhei picos de amónia após a sua utilização (obviamente dentro de concentrações razoáveis)!
  4. zpoliveira

    Momento exacto da eclosão e outras dúvidas

    Olá, Zé! Tudo bem contigo? Compra um filtro de esponja! Os da SERA custam, salvo erro menos de 10 euros e ficas muito bem servido! Da próxima vez (tendo em conta que realmente parece teres um casal) usa o azul de metileno (se não tiveres compra numa farmácia em pó, que custa 2 ou 3 euros e dá-te para a vida toda) para evitares os fungos! Desta vez tiveste perdas muito altas por causa deles e é uma coisa relativamente fácil de evitar/minimizar! Desta postura não me parece que se vão safar muitos (mas da mesma maneira que eles aprendem a ser pais, também nós aprendemos e da próxima vais ver como te corre bem melhor)! Quanto à alimentação tenta rotíferos (eu não tenho, mas pode ser que alguns dos teus "contactos" te dê alguns), ou procura informação sobre infusórios e depois a artémia recém eclodida! Mas com atenção que só o deves fazer (como na maioria dos peixes) quando a vesícula vitelina já tiver desaparecido ou muito reduzida! Muitos parabéns pela postura! Qualquer coisa avisa! PS: Quando for a tua apresentação avisa que tento aparecer!
  5. zpoliveira

    Novo Aquário

    E, quanto a mim, uma opinião que deve ser considerada! :D Obrigado!
  6. zpoliveira

    Novo Aquário

    Bom dia! Tenho um aquário com 110x65x60cm (+-430L) acabadinho de montar e que vai ficar 15 dias a 1 mês sem ninguém lá dentro enquanto as plantas se prendem ao substrato e o ciclo se desenrola. Tinha seleccionado algumas espécies, a partir de um site de ciclideos em PT e gostava da vossa opinião sobre a compatibilidade deles e a sua facilidade/dificuldade em serem encontrados. Assim as espécies são: Equipa de limpeza: - Gyrinocheilus aymonieri (encontro facilmente) - Hypostomus plecostomus (encontro facilmente) - Marisa cornuarietis (encontro facilmente) - Pomacea bridgesi (encontro facilmente) Futuros habitantes: - Neolamprologus tretocephalus - Neolamprologus brichardi (gosto bastante destes) - Benthochromis tricoti - Cyphotilapia frontosa - Tropheus duboisi Num aquário com estas dimensões quais destas espécies posso colocar? Partindo do principio que punha os brichardi e os duboisi (se forem compatíveis) que outras espécies podia colocar? Quantos indivíduos de cada uma? Que alternativas tenho a estas espécies, que sejam relativamente faceis de encontrar? Desculpem tantas perguntas mas os africanos ainda são novidade para mim... Obrigado! PS: Metade do aquário tem bastante rocha calcária, e a outra metade algumas decorações e bastante espeço na coluna de água para nadar. Queria espécies que ocupassem todo o aquário.
  7. zpoliveira

    Novo Aquário

    Já agora... Estou a dar aos meus (SAEs, rams, 2 disquinhos e neons) e pelo menos do sabor gostam... Acha que se os duboisi e os brichardi entrarem uns tempos depois dos outros dava problemas?
  8. zpoliveira

    Novo Aquário

    Posso em vez do da SERA usar o JBL Grana Discus? O JBL Veg não encontrei... Será JBL NovoVert? Obrigado!
  9. zpoliveira

    Novo Aquário

    Olá! Entre o fim desta semana e o início da próxima devo ir buscar os peixinhos! Em princípio vão ser: 4 Duboisi, 4 Neolamprologus brichardi 4 Neolamprologus leleupi 4 Altolamprologus calvus + Equipa de limpeza Pelo que percebi como são juvenis posso colocar estes números (se não for assim passo para casais?) Mas lembrei-me de outra coisa para a qual gostava da vossa opinião... Mais outra... Com tanto peixe a entrar de uma só vez vou, com certeza, ter um pico de amónia considerável! Devo fazer trocas de água maiores ou com mais frequência nos primeiros tempos? Normalmente estou a fazer cerca de 30% semanais... Mudo para2 vezes por semana? Obrigado!
  10. zpoliveira

    Novo Aquário

    Acho que na próxima semana já descubro... :D Então, se forem adultos meto um casal de cada, se forem tenagers meto mais! 4 ou 5 é bom ou é de mais?
  11. zpoliveira

    Novo Aquário

    Desculpem mais estas perguntas, mas em africanos são mesmo maçarico... Se eles são jovens não é difícil distinguir o sexo? Pelo que percebi se meter jovens (em princípio é o que vou fazer) devo meter maior quantidade do que um casal? Uns 4 de cada espécie? Mais uma vez obrigado pela paciência que estão a ter!
  12. zpoliveira

    Novo Aquário

    Obrigado pela resposta! No aquário tenho uma zona com bastante rocha no lado direito, uma zona mais vazia no meio e do lado esquerdo bastantes decorações gregas/romanas (com muitos orifícios e refúgios)! E quanto à ordem de entrada? Faz alguma diferença? Normalmente começa-se dos menos para os mais agressivos, certo? Neste caso como seria a seriação?
  13. zpoliveira

    Novo Aquário

    Que tal se for o casal de brichardi, 10 duboisis e 1M+2F Leleupi? Cabe mais algum?
  14. zpoliveira

    Novo Aquário

    Olá! Obrigado pela resposta! Acabei por omitir algumas coisas relativamente ao ciclo... O objectivo de não ter os peixes é permitir que as plantas tenham oportunidade de se agarrarem às rochas e/ou areão! No resto concordo plenamente com o que diz quanto ao não inicio do ciclo! No entanto, como deito, de vez em quando, alguma comida que aqui tinha, como resultado da sua degradação teremos amónia que, penso eu, o iniciará! Quanto à fauna, os brichardi e duboisi estão decididos! Conhecem alguma espécie do tipo dos Benthochromis, activa e colorida que seja de fácil acesso? Em alternativa gostava que me ajudassem a encontrar alguma de maiores dimensões, preferencialmente dentro dos azuis/vermelhos (tenho uma pequena guerra clubistica aqui em casa... )? Agradecia ajudas porque mesmo procurando informações ainda não sei muito bem o que há no nosso mercado ou não...
  15. zpoliveira

    Novo Aquário

    Olá! Estou a começar a inclinar-me para o casal de brichardis e o cardume de duboisis! Há alguma espécie mais colorida e de tamanho razoável que ainda possa juntar? À partida não gosto muito de conchiculas por isso exclui-os...
  16. zpoliveira

    Livros de aquariofilia em PDF

    Olá! Mas pode, pelo menos, dizer os nomes dos livros? Eu posso ajudar a dizer os nomes dos que encontrei usando o emule: - THE REEF AQUARIUM Volume One opt25.pdf - THE REEF AQUARIUM Volume Two opt25.pdf - Aquarium Plant Paradise - Takashi Amano.pdf Todos mesmo muito bons!
  17. zpoliveira

    Finalmente Importação da Malasia

    Olá! Também estou possivelmente interessado nesta importação mas gostaria de colocar 2 questões: - Os foristas que receberam esta primeira importação poderiam, de forma a ficarmos com uma ideia mais clara dos valores, dizer qual era o preço inicial pago ao exportador e o preço final que pagaram após transporte/desalfandegamento de uma ou duas estirpes? - Seria possível, num próximo contacto que fizesse com a DG veterinária, perguntar se numa importação intra-comunitária esse mesmo N.º de operador/receptor e vistorias também são necessários? Eu sei que não tem nada a ver com esta importação (ou seguintes), e só me estou a aproveitar de vossos contactos exploratórios, mas se tivessem essa informação eu ficava mesmo agradecido! Obrigado!
  18. zpoliveira

    Corydoras Paleatus

    Viva, "vizinho"! só agora vim aqui ao fórum e vi o teu post! Parabéns! Isso anda a correr muito bem! Peixes a reproduzirem-se são sempre boas notícias e sinal de que as coisas estão bem controladinhas no aquário! Desde o início que tinha medo da relação entre a tartaruga e os outros moradores mas pelos vistos essa é mesmo pacífica! E ainda bem! Por aqui só os ramirezis é que têm posto ovos mas ainda não se safou nenhum... E pelos vistos devo ter um cacatuoides gay porque não liga nada à menina! De resto estou a recuperar o aquário depois de uma séries de meses em que não tive tempo de lhe prestar grandes cuidados! Quando isto estiver melhor faço um post com fotos! Parabéns novamente e grande abraço! PS: Grande vitória na Champions!!!
  19. Olá a todos! Antes de mais deixem-me pedir desculpa pelo spam porque fiz um post parecido na secção de água doce. Comecei a fazer manutenção dos sistemas de aquários de uma pet-shop e preciso de ajuda em alguns aspectos! Já usei muitas vezes o fórum para pedir ajuda a nível pessoal mas como agora é trabalho precisava de ficar mesmo esclarecido com algumas coisas... E conto com a vossa ajuda, ok? jcb_smile.gif Neste caso a minha dúvida é a seguinte: Numa das lojas todos os aquários (doce/salgado) têm sump, até ai nada de mal, bem pelo contrário! No caso dos aquários de água salgada cada sump é partilhado por dois aquários que, no seu conjunto, terão cerca de 400L. O esquema é o seguinte (espero que se veja): Este esquema faz sentido? Primeiro a meia-dúzia de bolas que se vêem no esquema são mesmo meia dúzia na realidade (ok, ok, são para ai uma dúzia mas o problema é o mesmo)... Não me parece muito funcional que a água fique retida nessa primeira secção e só quando transborda é que passa para a secção de filtração mecânica! Não seria melhor ter primeiro a filtração mecânica e só depois a biológica? Se concordarem como devo fazer? Troco-as de posição e meto a espuma na primeira secção? Mas mesmo até cima ou deixo algum espaço até à divisória? Agora começam as diferenças para a parte que escrevi em água doce (mais uma vez desculpem ter feito desta maneira mas não sei se podia fazer tudo num só post)! Um dos escumadores (duma bateria parada) não escuma pois as bolhas de ar saem grandes de mais e nas outras 3 sumps (duas só de corais e uma só de peixes) escumam mas a espuma sai bastante líquida! Não é que não tirem porcaria (hoje estive a lavar os copos e tinha um cheirinho...) mas pelo que vi acho que deviam funcionar melhor... Todos os escumadores são aquamedic TurboFlotor Multi SL com bomba Ocean Runner pH 2500! Quanto aos parâmetros da água estão relativamente bem (pH nos 8.3/8.4, salinidade nos 1.021 para peixes e 1.025 para corais, amónia e nitritos a zero, nitratos entre os 20 e os 50 - eu sei que é alto mas a água da torneira está igual - alcalinidade nos de corais a 3,8 meq/L num tanque e 3,6 meq/L noutro e Cálcio a 360 num e 300 noutro). Comecei a usar o Success Calk da Red Sea há dois dias por causa do cálcio e ainda estou a ajustar a dose diária. Desculpem tanta dúvida e tenham em conta que na parte de salgados apesar de andar a ler tudo que consigo encontrar (e acredtem que ando a queimar muitas pestanas) ainda sou completamente noob na matéria! Espero que me possam ajudar rápido! Obrigado! PS:Desmontar sistemas está fora de questão e só tenho acesso a algumas marcas no ramo da aquariofilia!
  20. zpoliveira

    Controlar água

    Olá! Acho que a melhor opção seria mesmo o Bactopur da SERA, pelo que dizes o Ictio (uma das doença dos pontinhos mais comuns) já passou e não te está a afectar o aquário. Ataques dos tetras também não me parece por isso feridas que não desaparecem e barbatanas "roidas" (podes procurar na net por Fin-rot) parecem indicar doença bacteriana! Quanto à segurança do produto, o mais que te posso dizer é que, infelizmente, já o tive de utilizar bastantes vezes e nunca me deu problemas! Esta doença aparece bastantes vezes devido à má qualidade da água (principalmente amónia e nitritos) mas como não parece ser o teu caso (de qualquer maneira se puderes fazer os testes pode tirar-se isso a limpo), o que deve ter acontecido é que algum dos peixes que tenhas comprado fosse portador da doença e tenha contaminado os outros! A razão de ser só com os guppys é que não percebo... Pderão ser mais sensíveis à estirpe de bactéria que causa a doença que os outros! Mas isto é só uma suposição... PS: A adição de sal ao aquário pode ajudar!
  21. zpoliveira

    Manchas Castanhas No Vidro E Na Areia

    Olá! Quanto a mim as algas aparecem devido à conjunção de, principalmente, 3 factores. Luz, temperatura e nutrientes em excesso! Quanto ao primeiro, parece-me que um fotoperiodo de 13h pode ser exagerado... 8 a 10h chega perfeitamente e, se acertares a iluminação com os teus horários vês o aquário quase sempre iluminado! Quanto à temperatura não há grande coisa a fazer! É boa para as plantas e animais como é para as algas! Os nutrientes em excesso (excreções dos animais, alimentação, possivel origem na água da torneira) só podem ser eliminadas com TPAs! Experimenta reduzir o periodo de luz e aumentar as trocas de água que elas devem reduzir! Abraço!
  22. zpoliveira

    Kit De Testes - Ajudem-me

    Olá! Na minha opinião também é melhor esperar antes de mexer no pH! A tua prioridade deveriam ser os compostos azotados (principalmente amónia e nitritos, que são os mais tóxicos). Tem atenção a peixes/plantas mortas e à quantidade de alimento que estás a dar (alimento que não for comido vai degradar-se libertando mais desses compostos)! Às vezes são coisas simples, como aspirar após a alimentação, que ajudam a baixar os valores... De qualquer forma a melhor aposta, caso a origem da amónia e nitritos não seja nenhum das anteriores (neste caso teria mesmo de ser o aquário não estar ciclado ou serem provenientes da água da companhia), serão TPAs, como já tinham afirmado os outros utilizadores! Existem ainda outros produtos, como o Ammo-Lock da API, que ajudam a remover amónia e nitritos, convertendo-os em nitratos! Só um aviso, se optares pela utilização de alguns destes produtos. Ao fazeres as TPAs também os estás a remover, por isso pode haver necessidade de reforçar a sua dose! Boa sorte com essa crise!
  23. zpoliveira

    Filtragem (sump)

    Quanto a mim depende do tipo de aquário que pretendas ter! Se for um fish-only não há razão nenhuma para não ter! Mesmo noutro tipo de aquário (com corais) o seu uso pode trazer benefícios claros no que diz respeito à capacidade de nitrificação do sistema! Obviamente, como em quase tudo do que diz respeito a aquariofilia, a sua manutenção e limpeza regulares não deverão ser descuradas! Abraço!
  24. zpoliveira

    Primeiros Passos

    Se deres uma vista de olhos por aqui de certeza que também te vai ajudar! http://fins.actwin.com/mirror/pt/sbegin.html
  25. zpoliveira

    Yellow Tang

    Olá! O Yellow Tang - Zebrassoma flavescens, é um peixe originário do Pacífico Central, que atinge cerca de 20cm de comprimento. Deve ser alimentado com uma mistura de alimentos com origem predominantemente vegetal (spirulina, algas secas, broculos, etc.), sendo que no caso de não haver algas presentes no aquário se deve reforçar a percentagem de vegetais na mistura. Podem ainda oferecer-se a estes peixes alimentos congelados uma ou duas vezes por semana. Devido à sua dieta pode ser uma boa opção para controlar problemas de algas. É um peixe relativamente agressivo (sendo comum o estabelecimento de territórios de onde expulsa os outros indivíduos da mesma espécie ou outros semelhante) razão pela qual se for introduzido mais que um exemplar num aquário, deverão ser colocados em simultâneo. Pode, ocasionalmente, comer algum tecido de corais LPS ou alguns corais moles, devendo haver algum cuidado na sua colocação em aquários de recife. Aqui fica uma foto deste peixe lindíssimo! PS: A diminuição da côr pode ser um bom indício de uma alimentação desiquilibrada.