Duarte Conceição

Membro Veterano
  • Content Count

    1,368
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Duarte Conceição

  1. Obrigado pelos incentivos! Aqui ficam algumas fotos dos primeiros habitantes vindos da casa do Aníbal Alves, que por acaso tem lá uns bacalhaus bem espetaculares e não os fotografa por perguiça Casal de Metriaclima estherae Casal de Astatotilapia calliptera Casal de Labidochromis caeruleus 5 Juvenis Protomelas "Steveni Taiwan" (Taiwan Reef) Grupo Abraços DC
  2. Dá então depois notícias de como correu
  3. Se olhas regularmente para o aquário não é por mais um ou menos um dia que irás ter problema. Deixas passar entre 16 a 18 dias e tiras os alevins nessa altura. Boa sorte!
  4. É que nem eu acredito Quase um ano depois, o poário ganhou forma e transformou-se num aquário! Falta naturalmente ainda conseguir esconder o equipamento, mas com calma as plantas começam a tratar desse assunto. Comentários ? Abraços DC
  5. Olá Marco. Obrigado pelo link e parabéns pelo artigo. Tens um desafio mais abaixo no post OK Luís. Aceito a tua disponibilidade para me ajudares! Agora, tive a desfolhar uma literatura que para aqui tenha, i.e., a ver umas fotografias e fiz uma pequena shortlist de espécies que gostaria de manter. Naturalmente que exisitirão incompatibilidades, umas mais evidente, outras menos (pelo menos para mim que sou muito verde nesta área). Mas se fossem vocês, como escolheriam povoar um aquário de 250 x 50 x 50? Labeotropheus trewavasae Labeotropheus fuelleborni Metriaclima zebra Metriaclima greshakei Metriaclima barlowi Metriaclima estherae Pseudotropheus demasoni Pseudotropheus flavus Pseudotropheus cyaneus Melanochromis auratus Cynotilapia afra Protomelas sp "Steveni Taiwan" Protomelas taeniolatus "Red Empress" Aulonocara jacobfreibergi Aulonocara stuartgranti Aulonocara baenschi Cyrtocara moorii Obrigado! Abraços DC
  6. De facto os Tangas oferecem essa bela espécie que são os Tropheus mas com excepção dos góbios e dos shellies a pouco ou nada acho muita piada. Ou melhor tinha que fazer um fishroom dadas algumas necessidades específicas alimentares (veggies vs piscíveros). Tou mesmo decidido vou mesmo para um setup Malawi seus mafarricos! Quanto aos shellies devo reactivar um cubo para meter um harem de ocellatus (peixe que cheguei a conseguir reproduzir há uns anos ... na altura pareceu-me um sucesso mas já vi que hoje é algo perfeitamente normal). Obrigado pela dica do Centro de Jardinagem, se a incursão pelas praias se revelar infrutífera já sei onde me dirigir. Finalmente uma voz lúcida :-D Sim de facto algumas Aulonocaras tem cores fantásticas que quase fazem esquecer os bichos do recife. A ideia em princípio é tentar reproduzir algumas zonas (open water, sand e rock) nos quais se incluirão as mbunas. Quanto aos Haps confesso que não sou grande conhecedor mas tenho a ideia que muitos são pisciveros. A questão é como manter o apetite sob controlo e em convívio com peixes algíferos. Quanto aos Peacocks dado não haver grande contacto entre eles na natureza, também não serão a melhor companhia para a comunidade mbuna, certo? O meu medo é que os mbunas os incomodem ao ponto de estes não se apresentarem na sua melhor forma, i.e., com as cores esplendorosas. E os acessos? É fácil alombar com umas dezenas de quilos por ali acima? Olá Miguel! Por acaso correu bem ... partimos a casa toda porque não passar logo esgoto e água para a sala :-D O aquário só não está de ponta a ponta por dois motivos - 1º eu não quis (a Maria queria) 2º dificilmente alguém conseguia meter num 4º andar vidros com 3,70 mt sem ser com uma grua exterior o que iria encarecer bastante o projecto. De qualquer forma 90% para um aquário vazio já é excelente! :D Obrigado a todos Abraços DC
  7. Obrigado pela referência do membro Lost já está a ser combinada a entrega. Quanto aos basaltos temos então de combinar, seja aqui nas Avencas ou então uma ida até à Ericeira, é o que for de mais fácil acesso e menos vistoso. Falamo-nos ao telefone. A tua rendição aos Tangas é essencial pelo comportamento pelo que percebi. O que me atrai no Malawi são as cores. Nos Tangas o que me atrai são os shell dwellers e pouco mais ... Se calhar ainda faço mas é um pequeno pecado e ainda meto uns shellies com os mbunas. Obrigado por postares as fotos. Sou de facto mais adepto da areia de sílica branquinha. Quanto à permanência no Malawi o Diogo está a encarregar-se de me encher novamente de dúvidas ... bastard! As Avencas são aquela praia do calhau? Onde é raro estar alguém sem ser uns velhotes a apanhar o belo do banho de iodo? No fim de semana é tranquilo colectar? Abraços DC
  8. Ok. Obrigado pela dica. Vou contactar este membro para ver as condições Obrigado pelos elogios. De facto fui atrás de ti ... é um 2080 :D Quanto aos calhaus estou a pensar em basaltos apanhados na praia ou comprados num horto ... depende da minha vontade e disponibilidade. Tens fotos da areia de sílica do Leroy? A utilizada nos filtros de piscina é idêntica à utilizada no fabrico de vidro? Tiveste que lavar? Quanto aos peixes grandes quando me refiro a peixes grandes estou a pensar em Protomelas e derivados. Mas a fauna ainda é algo que não me debrucei minimamente. Mas quando o fizer considerarei certamente algo para além dos mbunas. Ricardo, obrigado. Não tenho grandes condições para lavar 100 kg de areia de sílica por isso procurava uma solução que que me permitisse para colocar logo no aquário. No entanto a informação não ocupa lugar pelo que se quiseres enviar PM com o contacto da areia e dos calhaus agradeço. Se preferires podes colocar aqui no tópico sempre partilhas com outros potenciais interessados. Abraços
  9. Aleluia ... Pois é muita água correu nestes últimos meses, mas finalmente tenho as coisas prontas. A todos aqueles que responderam o meu obrigado e peço-vos desculpa por não ter agradecido ou comentado as vossas ideias, dicas e sugestões mais cedo, mas isto dos primeiros tempos da paternidade é muito mais divertido que os aquários Principais conclusões: Acabei por: 1 - optar por um aquário de 250x50x50 em vidro de 12 mm com travamentos centrais e à francesinha 2 - para já, ter um único filtro no sistema. Eheim 2080. Vou tentar ser cuidado com a carga biológica. 3 - Iluminação 4x54 W T5 (10000K x 2 + Actinicas x 2) 4 - Fundo em eggcrate O aspecto geral do aquário em cima da estrutura de tubo de 4mm já forrada com mdf e pintada de branco. Maldito pedreiro que deixou as saídas dos tubos do filtro muito acima. O móvel completo já com a parte superior montada. O enquadramento do sistema na sala Com o sistema que desenhei para o carpinteiro acabei por não perder muito do acesso superior ao aquário. Torneirinha, esgoto e muito espaço para arrumação Próximos Passos - Fazer as calhas de iluminação. O material, comprado ao Rui Alves, chegou hoje. - Arranjar areia de Sílica. Alguém sabe onde? O Eduardo não tem há uns tempos ... - Arranjar calhauzada com fartura - Montar todo o material - Meter o aquário a ciclar para no fim de Setembro levar os primeiros habitantes. - Escolher a fauna ... ainda estou a zeros neste campo sei apenas que não quero grandes "bacalhaus". Mandem lá as vossas postas que eu agora prometo que respondo em tempo considerado útil! Abraços DC
  10. Boas. Casa nova, vida nova, aquário novo . É muito bom termos o nosso sistema já bem maturado e poder aperciá-lo, mas é igualmente satisfatório planear um novo sistema! Estou com algumas ideias acerca do sistema que vou montar e neste momento encontro-me apenas a definir toda a parte de equipamentos, para a qual peço a vossa melhor ajuda e consequentes opiniões. Biótopo Lago Malawi Dimensões do Aquário 250 © x 50 (A) x 50 (P) ou 250 x 60 x 50 Inicialmente tinha pensado apenas em 50 cm de altura, mas depois há o problema do espaço útil do aquário uma vez que a camada de areia e as travessas à francesa ainda roubam cerca de 15 cm ficando apenas com uma coluna de água de 35 cm. A vantagem deste tipo de aquário para além do preço relativamente aos 60 cm de altura é que pode ser feito em vidro de 12mm. Mas estou neste momento mais inclinado para uma altura a rondar os 60 cm, uma vez que não tenho mesmo qualquer possibilidade de fazer o aquário com mais de 50 cm de profundidade, o que por si só já é limitador do layout. Agora nos 60 cm começam as dúvidas em virtude de ter diferentes orçamentos e os 3 curiosamente com 3 espessuras distintas - 10 / 12 e 15 mm. Qual será de facto a escolha mais acertada e fundamentalmente segura? Prefiro pagar e dormir descansado. P.ex. na FAQ do TheKrib dizem que independentemente da altura um aquário com 2,50 mt de comprimento deverá ter sempre 15mm. De qualquer forma o aquário vai ter de entrar pela janela num 4º andar com uma daquelas carrinhas de grua como tal dará certamente umas fotografias bem engraçadas No que respeita ao peso total rondará certamente 1T e aproveitei a amabilidade do Eng. Martins de Sousa que se deslocou a minha casa para avaliar se a laje aguentaria. Dado tratar-se de uma laje maciça e de o espaço para o aquário se encontrar entre 2 pilares e uma viga sossegou-me. Estrutura A estrutura à semelhança do que tinha no aquário anterior irá ser feita em ferro e depois levará um tratamento e pintura anti-ferrugem. Aqui fica o esquema entregue ao serralheiro. Filtragem e derivados Estava a pensar deixar a filtragem entregue a 2 filtros Eheim III Pro 2080. Excessivo? Opiniões precisam-se ... Para mim a questão de se utilizar um 2º filtro passa essencialmente pela redundância de equipamentos em caso de falha de um deles, pelo que as massas filtrantes serão iguais em ambos. Como estou a fazer umas alterações à canalização da casa nova aproveitei para fazer uma passagem através da cozinha de água e esgoto para sala por forma a facilitar as TPA's. Aproveitei também para instalar um bloco de 4 tomadas acima do aquário (que ficarão escondidas), bem como acrescentar um bloco idêntico em baixo. Como vou encostar totalmente o aquário à parede vou abrir 3 roços para passagem dos tubos dos filtros que entrarão pela parede em baixo e sairão acima do aquário. No caso de utilizar os Eheim III Pro 2080 como sugerem que faça a disposição dos tubos? Tubo de colecta (4x) nas extremidades do aquário e os 2 tubos de retorno a meio? Outras ideias? Iluminação Tenho em mira umas calhas T5 de 1,20 mt da Horizonte Aquático. Apenas tenho de confirmar se possuem 2 interruptores ou se tenho de ligar todas as lâmpadas em simultâneo. Se conseguir esconder bem um DIY também poderá ser equacionado no caso de as calhas acima referidas não possuirem 2 interruptores. Decoração Areia da Praia cuja colecta anunciarei oportunamente preciso de uns braços extra ehehhe Pedras Pretas Restante Equipamento 2 Termostatos de 300W Alimentador Automático Faltará aqui alguma coisa? Desde já agradeço a disponibilidade para lerem este post bem como a vossa colaboração. O Carlos Valentim, que me foi apresentado pelo Luís Rodrigues, já tem sido massacrado qb por isso agora é a vossa vez ! Abraços DC
  11. Bom rapaziada! Tou a ver que foi uma coboiada das boas! Pelas fotos impressiona! Especialmente a quem tem acompanhado as feiras todas desde o início e tem tido a oportunidade de ver o aumento de ano para ano da qualidade e espaço do stand. Lamento este ano não ter podido fazer uma visita, mas como alguns de vós sabem a minha vida anda literalmente virada do avesso. No entanto é bom ver caras novas porque as do costume já cansam (ó primo tás com um penteado todo moderno ). Abraços e Beijos no Céu da Boca para todos! DC PS: É uma menina!!!
  12. Boas. Para complementar o que já foi escrito anteriormente. O refúgio na sump tem também a desvantagem de grande parte da microvida que por lá se cria, ser destruída aquando da passagem pela bomba de retorno. Se queres fazer algo estilo refúgio podes sempre colocar caulerpa ou caetomorpha para ajudar na exportação de fosfatos. Os testes de doce servem bem para os salgados por isso podes utilizar sem problema. Como estás a pensar fazer a reposição? E quando tencionas começar a adicionar Kalkwasser? Os balastros em cima das barras das persianas não é um pouco perigoso? Ou esses não aquecem muito? Cumps DC
  13. Isso vai a andar depressa e bem especialmente se já pensas no maior. Com 3 cirugiões nesse "penico" em fase de crescimento não tarda muito atér que possam começar a surgir alguns problemas. Como é que o hepatus e o flavescens o receberam? Abraço DC
  14. Só para complementar os restantes requisitos das acroporas e maioria de corais duros: - Bastante circulação no aquário e correntes alternadas de forma a promover a sua saudável calcificação. - Parâmetros como pH, kH, Ca, Mg, temperatura e densidade sem variações bruscas, mais vale valores constantes do que ter valores sempre a alterar na busca dos parâmetros iniciais. - Elevados níveis de Ca e Kh - Verificar, não é o teu caso pelo menos para já eehhehehe, se os consumidores de cálcio do sistema (corais duros p.ex) excedem a capacidade do mesmo, nestes casos é necessário suplementar Ca através de um reactor ou de aditivios de duas partes p.ex. Cumps DC
  15. Boas. A minha opinião é diferente desses supostos entendidos. Se. e falando de uma forma pouco científica, todos os organismos que dão a tal vida a uma rocha ficassem imutavelmente nela alojados como se constituiam as DSBs p.ex? Esses supostos entendidos terão algum interesse na comercialização de R.V.? Há quem comercialize R.V. e rocha morta e tenha aquários na loja com rocha morta a funcionar sem problemas ... Quanto às origens as mais bonitas e também mais caras costumam ser as das Fidji e Tonga. A indonésia é uma boa combinação qualidade/preço. Assegura-te que a rocha que comprares cheira a mar e não a podre! Pode ser sinal de estar mal curada. Cumps DC
  16. Boas. Como o Luís referiu, reactor de Ca não necessitas para já e possivelmente não necessitarás nunca. Poderás estar a ponderar a aquisição de material que poderá não servir-te para nada. Depende essencialmente do tipo de aquário que queiras vir a manter, o que me parece a mim fundamental definir antes de avançar para compra de qualquer equipamento (aquário inclusivé). Aquário de Corais Moles e LPS'? Aquário de Corais SPS (duros)? Aquário apenas de peixes? Depois de definires bem o tipo de aquário que queres vir a manter e as espécies que lá queres colocar, terás de analisar todo o material necessário ao bem estar das espécies que queres manter. Quanto à reposição é precisamente como dizes para compensar a evaporação, e como predominantemente é apenas H20 que evapora, terás que a repor com a água proviniente do aparelho de osmose inversa, que irá remover todos os componentes nocivos como metais pesados. Normalmente num aquário de corais utiliza-se juntamente com esta água hidróxido de cálcio (kalk) que misturado origina o Kalkwasser. Se porventura adquirires um repositor automático onde pensas fazer a reposição? Como referiste factores estéticos terás de ter em consideração a ocupação de um espaço no móvel para um bidon ou outro tipo de reservatório de alguns litros para água de osmose. Outro exemplo relacionado com a estética p.ex. um reactor de kalkwasser e/ou um reactor de cálcio teriam a meu ver que ser colocados a um nível superior ao aquário uma vez que fazem o débito para o aquário normalmente através do uso da gravidade. cumps DC
  17. Há mais umas quantas despesas certinhas e pontos fundamentais que não foram mencionadas : - Impostos - IRC / IVA - Contabilidade organizada - Licença para comercialização de animais - Água, Luz, Alimentação - Tempo (tempo é dinheiro e sem dedicação total dificilmente se vingará). - Globalização (a internet é um meio fantástico para a aquisição de material quer se goste quer não). Cumps DC
  18. Para alimentação e reposição automática quaisquer 100 € chegam não é preciso o Euromilhões ó calão As TPA's aí sim era contratar alguém que as fizesse ou então abrir directamente o tubo de admissão do pacífico para o aquário Abraço DC
  19. Olá Jhonny long time no see Levar nas orelhas? Não Isso está com bom aspecto e o rapaz já tem uns anitos disto! E se conseguires apenas manter o góbio como único peixe melhor ainda! Tens que meter cá o setup e fotos no fórum. Cumps DC
  20. Paulo, Xénias castanhas também cá há é só combinar para virem cá buscar. Brancas há outra vez ao kilo para quem precisar! Ricardo folgo em saber que ainda não desististe e umas fotos actualizadas não há? Cumps DC
  21. Boas. Não conheço a doença que referes, mas normalmente os medicamentos para o combate a doenças de peixe de recife tem cobre na sua composição e são nocivos para os invertebrados e corais do sistema, pelo que o melhor tratamento é isolar a espécie afectada num aquário de quarentena e efectuar aí o tratamento adequado. Cumps DC
  22. Boas Miguel. A alga parece valonia sp e a única espécie que já vi a comer disso foi um caranguejo mitrax e não daria conta de uma infestação dessas. Tens de ter muito cuidado a rebentar a valonia dentro do aquário, porque salvo erro propaga-se mesmo através de um bocado minusculo. Quanto à RV se puderes tirar e escovar (escova de dentes ou outro tipo de escova com pelos sintéticos) será a melhor solução. Cumps DC
  23. Boas Nilton. Penso que em primeiro lugar deverias avaliar a concorrência presente nos locais onde pensas vir a vender. As lojas costumam normalmente obter boas economias de escala na aquisição deste tipo de organismos o que torna o negócio caseiro/amador mais virado para os amigos/conhecidos/foristas. Os corais moles, porque exigem menos custos de manutenção e tem tempos de crescimento mais rápidos dos que os corais duros são a aposta mais lógica. No entanto pelo menos em Portugal não é rentável, até pela dimensão do mercado, apostar num sistema destes caseiros para vender a lojas. Endereços electrónicos tens o fórum de propagação do reefcentral.com e também te aconselho um livro do Anthony Calfo - Book of Coral Propagation que é muito interessante e uma referência nesta área. Cumps DC
  24. Há que ter em atenção que alguns exemplares desta espécie tem um apetite carote - corais!! Cumps DC