PedroM

.Membro
  • Content Count

    133
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

0 :)

1 Follower

About PedroM

  • Rank
    Membro Júnior
  • Birthday 05/20/1977

Contact Methods

  • Website URL
    http://pedro4you.planetaclix.pt
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Vila Franca de Xira (Lisboa)
  • Localização
    Póvoa Sta Iria - Lisboa
  1. PedroM

    PedroM

  2. Boas, gostaria da vossa opinião para a aquisição de um aquario. O objectivo principal é um plantado provavelmente com efeito rio ao meio. Aconselham: a) 120x45x45 b) 100*50*50 c) 100*50*45 d) 100*45*45 d) outro: qual? Obrigado
  3. Hoje fui à vulgar loja do chines comprar uma caixa de 35Lt e já lá pus os 2 peixes. Amanhã faço o Tremazol por 6 horas, tal como diz na bula e depois ao invés de uma mudança de 80% da água como eles recomendam, vou mesmo fazer 100% (água idêntica claro está). Eu tinha discus mas constumava utilizar o Flagyl (ou Metronidazol) para Flagelados Intestinais, por isso a minha duvida entre o Flagellol e o Tremazol. No entanto o Metronidazol é um medicamento utilizado em humanos e que apenas terá o devido efeito se for feito numa temperatura o mais alta possível aos peixes. Nos discus 31/32º por pouco tempo não é problema mas nestes peixes acho que será um risco. Abaixo destas temperaturas tenho a ideia que o Metronidazol tem pouco efeito. Obrigado
  4. como os peixes estao numa solucao de esha, amanha vou coloca-los num recipiente so com com vitaminas e depois de amanha faco o tremazol que tenho ca em casa. Belas especies, e algumas pouco vistas, parabéns pela escolha.
  5. Obrigado João Nuno Cruz, são as Boesemani. Os peixes foram adquiridos ainda relativamente pequenos e já os tenho talvez há perto de 6meses. Nota-se que estão agora a quere começar a ganhar cor. Quando falas de vermes intestinais estás a referir-te a tenilhas ou a flagelados? Não tenho cá Fluvermal mas tenho Tremazol, que julgo ser para o mesmo que o Fluvermal, mas numa versão para peixes. Tento isso?
  6. Boas, há cerca de 4 dias atrás um dos meus peixes apareceu com a coluna torta e também com uma ou outra escama levantada. Apiquei Esha2000. Ontém, apareceu um segundo peixe doente, este não apresenta a coluna torta mas sim um largar de porcaria e maior apatia, conforme é visivel no video. Ambos parece ter uma gulera mais levantada mas não se coçam. Ontém iniciei tanbém Esha Exit. Agora, e tendo em atenção o vídeo e o facto de os peixes não apresentarem grandes melhorias, aliás o 2ª peixe até me parece pior, acham que devo de fazer algum tratamento como Flagellol? O 2º peixe parece ter flagellados.. ou serão ténias e por isso o abdomen do 1º parece um pouco inchado? Não fiz introdução de nenhum novo peixe nem planta recentemente. O aquário foi limpo e fiz TPA de 15% a 20% este fim-de-semana, tal como faço todos os fim-de-semana. O aquário tem cerca de 200LT. Existe injecção de CO2, os níveis de CO2 estavam normais quando o 1º peixe apareceu doente, entretanto desliguei o CO2 desde que iniciei a medicação. Fico o video e o pedido de ajuda. https://www.youtube.com/watch?v=rdlhdTxSgq4 Obrigado Pedro
  7. pelo sim pelo nao amanha vou adquirir mais uns sae Enviado do meu GT-P3110 através de Tapatalk
  8. Boas, O meu setup: 120*40*50 - 240Lt 25ºc Substrato Fertil Dennerle DeponitMix Fertilização semanal alternada entre Dennerle V30 Complete e Dennerle E15 FerActive (metade da dose, conforme instruções porque faço mudanças água semanais) CO2 pressurizado durante as 10h iluminação 2x30W (4500Lm) PH - 7.0 NO3 - 0 CO2 - 20 KH - 70 O que está a acontecer: Desde há cerca de 10 dias que as plantas estão a ficar cheias de um rebordo negro. Não sei se será alguma alga, falta de nutrientes ou ambos e preciso de ajuda. O que tenho feito desde então são mudanças de água à razão de 20% 2 vezes por semana e reduzi 1h de iluminação. Já plantei novas plantas depois disso e ao fim de 3 dias estão cheias deste rebordo negro. Segue um link para identificação: Obrigado Pedro Mendes
  9. Boas, para mim o que tens nos viros são Turbellarias, conhecidas vulgarmente como planárias. São Inofensivas. Provavelmente existe demasiada carga orgânica na água. Coloca menos alimento na água e faz mudanças maiores/mais regulares que isso estabiliza.
  10. Boas... pois parece mesmo que não é mercúrio... Fui hoje de manhã à loja onde o comprei há aproximadamente 1 ano, a sra ligou ao fornecedor que lhe garantiu que o mercúrio está proibido há cerca de 5 anos! ufa! Obrigado
  11. Boas... Hoje comecei a sentir um cheiro tipo petróleo, andei às voltas por uma divisão e outra da casa e não conseguia perceber de onde vinha; fui à janela e da rua nada. Quando ia para a cama, uma última ida ao pé do aquário e vejo o termómetro a apontar para os 40 e não sei quantos, ponho a mão no vidro e não me parecia de todo isso.. olho para o termómetro... estava partido. O termómetro é um termómetro do qual não sei a marca mas do tipo do Sera Precision (daqueles fininhos e cumpridos para aquário, sem as esferas metálicas, só o liquido vermelho). Alguém me sabe dizer se será de mercúrio ou de álcool com corante? se for de mercúrio, e tendo em atenção que andei com as mãos na água posso correr riscos? Quanto ao aquário e aos peixes, aquilo que fiz foi retirar cerca de 50% da água, adicionar cerca de 25% nova, colocar carvão activado no filtro, e medir a amónia que não tinha problemas. Olhando para os peixes... e passado cerca de 90 minutos de ter dado pelo sucedido, aparentemente estão calmos. O cheiro a petróleo está bem mais controlado mas ainda se nota qualquer coisa. Obrigado
  12. Espera! encontrei a solução para o teu problema . Pões todos os peixes na área de ofertas do forúm. Depois de não os teres pões também o aquário e material e tens o problema resolvido! Afinal se pensarmos todos juntos isto até é fácil de resolver . Lembrei-me de uma outra coisa.... culpas a loja que te vendeu os materais, por te erradamente ter explicado como sería correcto fazê-lo???? parece que se te explicassem de outra forma tu farias à tua maneira! Não me leves a mal estas palavras.... mas tens estado sempre a brincar com toda a situação... o que até é positivo... mas se pensares, o facto de em tão pouco tempo teres peixes a saltar do aquário, doentes, que não comem... apenas mostram que és tu que estás errado e não eles que não se querem habituar a condições que em nada se adequam ao seu habitat. Todos temos tentado ajudar-te... mas para que tal aconteça é preciso que tu o queiras. Pensa nesta expressão do Rev. John La Ferge "para aqueles que acreditam em Deus, nenhuma explicação é necessária; para aqueles que não acreditam em Deus, nenhuma explicação é possível"..... aplica-se a ti...
  13. Decididamente: - ciclideos africanos, leia-se ciclideos oriundos dos lagos Tanganika, Malawi, Victoria... não se devem misturar com mais nenhum peixe. Excepções aí poderá ser o pleco mas ainda assim não o deverías fazer. Nesse tipo de peixes, por vezes nem peixes semelhantes em termos de cor e forma se devem juntar para diminuir a possibilidade de conflitos; - Discus e Ciclideos Africanos NUNCA! JAMAIS! NEM PENSAR!... os discus necessitam de águas com um PH abaixo dos 7.5 sempre (7.5 mesmo o limite). Os CA's precisam de um PH sempre acima de 8.... para não falar na dureza; - Nunca se misturam peixes de água fria com peixes de água quente. ponto final; - Escalares com neos pode dar para o torto. Tive um Escalar Altum (selvagem) que durante a minha ida de férias durante 1 mês me comeu 21 cardinais... na natureza, são predadores. Não compres tanta coisa já. Perde tempo 1º a ler, a pensar bem no que queres.... e depois ou montas o aquário com base nos peixes que queres, criando as condições que eles precisam... ou montas o aquário como queres e estás a sujeitar-te a ti próprio a ter de lá por depois especies que a ele se consigam adaptar. A calma aqui, por muito que te possa custar... é fundamental. Se a não tiveres digo-te sinceramente que mais cedo ou mais tarde te levará a esquecer este hobby! esperamos que não.
  14. Se queres uma opinião sincera, e se estás com o problema do valor da plantas... não faças um aquário plantado. As plantas exigem algum dinheiro em luz, substrato, co2, fertelização.... Se queres um aquário com algumas plantas mas não o que se chama um aquário plantado, aí julgo que a melhor solução são curiosamente algumas das plantas mais "caras" como microsorum, anubias, musgos.... apenas porque requerem em termos de nutrientes, luz, co2... um trabalha claramente menor.
  15. Se mal que te pergunte, estás a colocar tubarões, limpa vidros e plecos em aquário com Ciclideos Africanos? não me parece a melhor escolha!!! Vê lá atrás do aquário algures atrás, ou no chão, se o tubarão não estará lá teso que nem um "carapau". Eu quando tive aquário comunitário, naqueles dias quentes de verão, no sentido de baixar um pouco a temperatura, encontrei um balashark 2 vezes no chão. Uma ainda consegui a tempo pô-lo lá e como que re-animou mas numa segunda vez foi mesmo ver os anjinhos! Esses peixes se o aquário não estiver tapado saltam cá para fora! Outra questão: o aquário ainda nem montado estado está; o ciclo ainda nem sequer começou mas já foste comprar peixes Se queres uma ajuda o meu conselho é: 1º tem calma 2º tem calma 3º tem calma 4º quando tiveres calma pensa como se faz uma casa... a resposta... pela base. Então diz aí ao pessoal que tipo de aquário queres, um comunitário, um biotopo de Ciclideos Africanos (já nem vou tão longe na distinção dos lagos), Ciclideos Sul Amercianos como Discus, plantas, comunitário??!?!?! 5º depois de saber a resposta podemos ajudar-te. Na minha opinião digo-te já que se pensas introduzir cclideos africanos como os que tens na fotos, num aquário com plantas, e cheio de areia e power sand e o catano... esquece... em 3 tempos eles revolvem isso e ficará com o aquário da mesma cor que o tinhas! 6º lê a minha assinatura. Espero que te ajude. 7º Estou a criticar-te e ao mesmo tampo a tentar ajudar-te. Todos nós já fizemos asneira mas neste hobby essa asneira é paga de 2 formas... nós stressamos e perdemos dinheiro.... mas os peixitos podem perder a vida.