Francisco P.

Membro
  • Posts

    241
  • Joined

  • Last visited

2 Followers

About Francisco P.

  • Birthday 01/09/1989
  • Age 33

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Abrantes (Santarém)
  • Localização
    Rio de Mouro

Francisco P.'s Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Estão está perfeito e quando esses meninos começarem a mostrar as suas cores... Em relação ao ph como fazes para te-lo assim tão baixo? Água de osmose? Turfa? É um projecto que um dia também gostava de concretizar, mas por enquanto está difícil. Um verdadeiro amazónico... com discus, L's, corys, cicl. anões e um belo cardume de tetras... ai ai ai ai só de imaginar
  2. MARAVILHOSO! Esses Discus e esses L's, areia, troncos.... Só acrescentava ai umas cory's. Recordo-me que tinhas Discus de "cativeiro", que tal é a experiência de manter selvagens? Muito diferente? É tão complicado como se diz?
  3. Nem mais, eu dou: - SERA DISCUS - SERA VIPAGRAN - O.N. CICHLID VEGI FLAKES - O.N. CICHLID OMNI PELLETS - JBL PREMIUM GRANA CICHLID - JBL NOVO BEL - ARTÉMIA (CONGELADA) Agora ando com ideias de experimentar a marca Hikari.
  4. Boas, A quantidade de comida é difícil de descrever, mas pouca quantidade varias vezes ao dia. Quanto à comida congelada convém só dar uma vez por semana e não ser utilizada como alimentação principal. Para alimentação principal utiliza granulados e flocos. Quanto à iluminação acho que não há nenhuma "ciência", acho eu... Fotoperiodo de 8 a 12 horas. Convém é não ter muita intensidade de luz pois os Apistogrammas preferem zonas mais escuras.
  5. Apoxyomenos Vou dar a minha opinião em relação ao setup que apresentas-te. Quanto ao aquário as dimensões estão óptimas para manteres em casal de Apistogrammas, contudo alguns reparos. Reparei na flora que pretendes utilizar e porque não trocas a Akadama por areia fina? Os Apistos agradecem, até porque as Valisnérias dão-se bem na areia, e as anubias não têm influencia com o substrato. Quanto à temperatura matem-a um pouco mais baixa, 24º/25º. Quanto mais alta a temperatura mais aceleras o metabolismo dos peixes e no caso de reproduções a temperatura elevada origina a um maior nascimento de machos. Em relação à companhia para os apistogrammas acho que se queres tentar reprodução, nem que seja para desfrutares do comportamento da espécie, então não te aconselhava a colocar cardinais nem nariz de bêbados. Nannostomus são a companhia ideal, pacíficos, não atacam os alevins e são muito bonitos. A espécie... pois é assim desde que tenhas a primeira iras querer a segunda, depois a terceira, etc, etc... Não sei qual a tua experiência na aquariofilia, mas a espécie mais fácil de manter, ou que requer menos cuidados são os Ap. Cacatuoides. tat Os apistogrammas são peixes com muita personalidade. Pequenos mas com grande alma, alguns mais que outras mas todos têm um carácter forte. Por exemplo os apistos da zona do Peru são por norma mais agressivos que os restantes (exemplos: Panduro, Inka, Atahualpa). Quando o casal não está formado o macho persegue incansavelmente a fêmea até que esta o aceite. Em época de reprodução as corys irão sofrer bastantes ataques, os cardinais como são peixes mais rápidos conseguem fugir.
  6. Boas, Em várias montagens que tenho pesquisado sobre biótopos sul americanos reparei que algumas têm troncos suspensos, fazendo o efeito de raízes a entrar na água. O que a meu ver torna a reprodução do biótopo mais real. Alguem me sabe dizer como se fixam os troncos de modo a ficarem suspensos? É com ventosas? Silicone? Algum arame? Não tenho mesmo ideia, mas quero fazer algo do género. Obrigado.
  7. Boas Spaar, Excelente aquário. Do melhor a nível de biótopo. Já tenho dois aquários biótopo, montados para Apistogrammas, e se tivesse mais espaço montaria um terceiro. Isto dos Apistos torna-se viciante O meu macho Ap. Trifasciata também adora fazer essas escavações. Quanto à espécie apostaria nos Ap. Baenschi Inka, mas não sou um expert para poder afirma-lo. Caso seja essa a espécie só digo que é uma excelente escolha, ando atrás de um casal já à um certo tempo, espero que ainda este mês o consiga adquirir. Vi por aí uns neons, e deixo uma opinião pessoal...porque não substitui-los por peixes menos comuns como um cardume de nannostomus? Era a cereja no topo do bolo!! Mais uma vez parabéns pelo magnifico projecto. Mantêm-o actualizado.
  8. Está cada vez mais bonito, o contraste de cores é fantástico. A escolha dos Bochlkea fredcochui na minha opinião foi excelente. Tenho que fazer uma visita para o ver ao vivo, da ultima vez que ai fui tinha sido montado à cerca de 2 semanas e não tem nada a ver com o que está agora. Já agora qual o esquema de fertilizações que têm utilizado?
  9. É sempre bom ver que os Apistogrammas começam a ter outra aceitação, criando ambientes próprios para os manter. Quanto ao aquário acho que está bom, as únicas coisas que na minha opinião trocava era o fundo e o vaso de barro. O fundo, colocava um preto. Dava outro ambiente ao aquário, mais escuro, como os apistos gostam. O vaso de barro, trocava por um coco pois ficava mais natural. Tenta arranjar umas plantas flutuantes para "cortar" um pouco a luz. Boa sorte com este novo projecto. E depois quando receberes os "meninos" posta umas fotos deles.
  10. Esses Bettas são lindíssimos! Parabéns. Admito que não tenho grande entusiasmo por bettas, ando mais virado para apistogrammas, mas esses bettas não deixam ninguém indiferente. De tal maneira que até já ando a ponderar arranjar mais um aquário para ter um. Agora uma questão de quem está fora do assunto, é possível arranjar destes Bettas em Portugal ou têm que vir de fora? Boa sorte com os alevins. E vai postando a evolução
  11. De confiança! Já encomendei material diversas vezes e correu sempre tudo bem.
  12. Só agora é que reparei neste tópico... Gostei do layout mas sendo um biótopo devias ter utilizado plantas sul americanas. Por exemplo: Echinodorus, Sagittaria Subulata, Lotús... Segue o conselho do Ricardo e coloca folhas de Quercus (principalmente as de Carvalho que dão um excelente efeito). Vai actualizando e boa sorte com os Apistos.
  13. Adorei o hardscape! Excelente trabalho, está realmente muito muito muito bom! Aguardo pela plantação, e depois só falta mesmo ver os Peruensis a nada por aí, esses sim serão a cereja no topo do bolo