João Figueiras

.Membro Ausente
  • Content Count

    114
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

3 :)

7 Followers

About João Figueiras

  • Rank
    Membro Júnior
  • Birthday 10/09/1992

Contact Methods

  • Website URL
    http://barbatanas-blog.blogspot.com
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Faro (Faro)
  • Localização
    Faro

Recent Profile Visitors

2,349 profile views
  1. Por que nao alimento congelado??? Artemia recem eclodida (ou nauplios), sao muuuuito utilizados para alimentar larvas, os adultos sao alimentados com artemia adulta.
  2. Sim, podes. Não inteiramente verdade em apenas um macho. Bettas apenas se matam porque o aquário geralmente é pequeno, porque na Natureza apenas fazem aquelas demonstrações de barbatanas abertas e quando há luta, há também espaço para fugir. Mas é possível (falo por experiência), manter mais que um betta macho num aquário plantado e com esconderijos num aquário de +100L. Cumps.
  3. Precisamos de mais informações para te ajudar... Em que aquário estão? Quais as condições? Estão juntos? Se estiverem juntos, experimenta separá-los durante 1-2 semanas. P.s.: Sempre que tiveres dúvidas, explica ao máximo o que conseguires em relação ao problema e em que tipo de condições mantés os teus peixes. Cumps, João Figueiras.
  4. Boas! Obrigado a todos pelas sugestões. O retorno da água seria mesmo com uma bomba de retorno, mas pelos vossos comentários, o mais seguro será mesmo optar pelo overflow, já que furar o aquário está fora de questão. Vou ver o que consigo arranjar e quando tiver todo o equipamento necessário e a montagem iniciada, logo faço uma publicação para mostrar como estão a correr as coisas, Obrigado pela vossa ajuda . Cumps, João Figueiras.
  5. Boas! Eis a situação: Não quero furar o aquário e não tenho jeito nenhum para bricolage. Ora, estou a começar a planear todos os pormenores para montar o meu primeiro aquário de recife (EXCITAÇÃO TOTAL! ), e como tal, a sump é uma opção bastante viável, devido a todas as vantagens que acarreta (mais volume, esconder equipamento, etc etc), no entanto, o que me anda a chingar a cabeça é levar a água do aquário para a sump. O overflow é uma opção bastante apelativa, mas pelo que andei a ver, comprar um é ligeiramente caro, e para fazer um, vai sair asneira, se bem me conheço.... Então pensei "Porque não usar o meu filtro externo do aquário que passará a ser de água salgada (por enquanto é de água doce), para levar a água do aquário para a sump?" Em termos de vantagens, teria mais um espaço de filtração, já tenho o equipamento, portanto não teria de comprar e não tenho medo de fazer asneira quando necessitar de manutenção, pois sei funcionar com aquilo. Por outro lado, seria mais um gasto e teria de arranjar espaço no móvel para o colocar. Que me dizem, é viável? Cumps, João Figueiras.
  6. Boas! Esses peixes, na minha experiência não são nada esquisitos. Comida flocolada para peixes tropicais, comida viva ou caseira serve perfeitamente. Podes oferecer pastilhas para o fundo para as coridoras também. Abraço, João Figueiras.
  7. Boas! Podes oferecer alimento vivo, tal como larvas de mosquito, courgete cozido e também podes procurar diversas receitas que existem pela internet e salvo erro também há cá no fórum na área de vivíparos, que podes confecionar em casa. Abraço, João Figueiras.
  8. Pode ser isso que o rpereira disse, mas também pode ser que os ovos não tenham sido fertilizados.
  9. Boas! Experimenta retirar a fêmea do aquário e passado uns dias volta a colocá-la dentro da garrafa/pote. Ontem também vi num vídeo a explicar que alguns bettas só fazem ninho mesmo antes da reprodução. Experimenta ou separá-los ou soltar a fêmea no aquário, vê o que resulta melhor para ti. Depois diz como foi. Abraço.
  10. Fica atento se a fêmea não fica demasiado fraca. A mim aconteceu-me parecido, mas a fêmea ficou com as barbatanas rasgadas. Agora estou a deixá-la recuperar e depois tento outra vez, mas se não resultar vou comprar outra fêmea. Se tiveres mais algum macho ou fêmea, experimenta trocar por um do casal que queres reproduzir, às vezes, simplesmente não são compatíveis. Abraço.
  11. Boas pessoal! Este tópico começou a descambar sem necessidade. O membro com a dúvida já está encaminhado, não é necessário receber "reports" devido a conduta imprópria, somos todos adultos. É verdade que todos temos dias bons e outros menos bons, por isso antes que isto passa para insultos, vou fechar o tópico. Cumprimentos, João Figueiras.
  12. Boa tarde, Estou interessado no aquário que tem para venda, pode enviar-me fotos, sff? Cumprimentos, João Figueiras.

    1. rickmfc

      rickmfc

      Boas estou interessado no aquário. ainda o tem? cumps

    2. João Figueiras

      João Figueiras

      Eu não tenho aquário para venda... Cumps.

  13. Boas! Já está tudo dito praticamente. Mas atenção que um betta macho mais duas ou três fêmeas é um "nem pensar!". Provavelmente vai haver pessoal a dizer-te que já teve muitos peixes num aquário desse tamanho, mas como aquariofilos que somos, temos o dever de dar o melhor dos cuidados aos nossos animais e por isso, um betta aí é mais do que suficiente. Abraço.
  14. *Espécie E para fazer criação, o ideal será um aquário só para o casal. Não digo que não é possível ter lá mais peixes, porque o é e já o fiz. Mas se o objectivo é criar e vender, um casal é suficiente e é mais produtivo que dois casais, no caso dos kribensis, pois haveria competição constante e mais factores stressantes que podem levar os pais a comerem os ovos, pelo menos em casais jovens, como acontece com os escalares. Já foi dito tudo e o melhor conselho que te podem dar é ler! Lê, lê e volta a ler mais. Pondera os custos vs lucros, escolhe o que queres reproduzir e nunca entres de cabeça. Acho que é um erro absoluto alguém começar a ser aquariofilo para ganhar dinheiro, e é algo que me irrita. Para mim, há que ganhar o gosto pela aquariofilia e aprender BEM como cuidar de peixes. Já me ia esquecendo! Para os escalares, um cubo de 50x50x50 é suficiente (tal como discos, mas não sei se é possível em mais pequenos), filtro de esponja, aquecimento, um cone de desova e alimentá-los bem com comida viva e variada. Espero ter ajudado e lembra-te, com calma e paciência! Abraços, João Figueiras.