vitorhugof

Registo Particular de Lojista
  • Posts

    320
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

About vitorhugof

  • Birthday 03/13/1975

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Abrantes (Santarém)
  • Localização
    Distrito de Viseu

vitorhugof's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Ao contrário... Eu não venho celebrar nada, venho é lamentar que tu e alguns outros não tenham sido capazes de aprender nada.
  2. E não é que os vossos conselhos estavam certos ??? E o burro sou eu.
  3. Eheheh... Confesso que é raro responder num fórum a alguém que me manda estar calado, mas ao ler o teu post fizeste-me sorrir (não estou a ironizar) no bom sentido. Há muitas maneiras de entender a resposta de alguém, no entanto as pessoas que responderam neste tópico depois de mim entenderam a minha resposta da pior forma e não foram capazes de dela retirar qualquer coisa de útil, talvez porque não fui claro ou eventualmente porque não escrevi o que estavam á espera de ler. Pelo amor á Santa Tróica, mas vocês acham normal que se venha aqui receitar tantos fármacos e mezinhas como o fizeram neste tópico? Pelo que percebo, ficam é contentes se eu chegar aqui e disser também: trata com xpto!!! Para mim isso está errado. Não acredito que se possa aconselhar o que quer que seja se não estamos devidamente inteirados do problema, e dizer que o discu excreta branco não é informação suficiente para nada. Agora em relação ao teu problema em concreto, já pensas-te que os "filamentos" brancos que vês o peixe excretar podem (e quanto a mim não são) não ser parasitas?
  4. Já noutro post te tinham explicado o que se estaria a passar. Um destes dias devia ser lançado no mercado um livro contendo todos os mitos da aquariofilia, só neste tópico vi 3: - Purgar o sistema digestivo do peixe como tratamento para parasitas intestinais; - Qualquer coisa branca que o peixe excrete é um parasita; - Administra xxxZOL e depois com yyyTOL e a seguir com zzzPROFISSIONAL só porque sim; Não apurem a técnica de diagnóstico que não é preciso nada... Pobres peixes.
  5. Não tenho (ou tive) nada contra o uso do Metronidazol, pelo contrário, é um fármaco com imensas valências (que o Hugo Santos teve a imensa paciência de enumerar, e mais algumas noutras patologias). O que me insurjo é conta o uso do Flagyl em aquário e muito mais contra o mito corrente que é "Flagyl=Coca-cola=Cura para todos os males". Só um aparte para o Hugo: "...Assim, apenas serve para protozoários flagelados e heterokontes* (os mais comuns, spironucleus, hexamita giardia e *protoopalina no caso dos symphysodon..." Fiquei sem perceber se referes que os por ti enumerados são os mais comuns entre eles (e nesse caso estás correcto) ou se os que enumeras são os mais comuns em aquário e nesse caso estarias errado.
  6. Há anos que digo isto e é a 1ª vez vez que o vejo reflectido neste fórum...
  7. Que defines por "Otto"? A julgar pelo tamanho (7 cms) e pelo comportamento que descreves, não será de certeza nenhuma sub-espécie de Otocinclus.
  8. Artigo 8 Espécies invasoras e de risco ecológico 2 — É proibido o cultivo, a criação ou a detenção em local confinado e a utilização como planta ornamental ou animal de companhia"..."como forma de prevenir a possibilidade de introdução ou de repovoamento através de evadidos...."
  9. Tópico desenterrado... De qualquer forma deverão antes de mais, dar uma vista de olhos aqui.
  10. E vocês, vão ajudar a subir o rating de Portugal? Moody's Investors Service, Inc. 7 World Trade Center at 250 Greenwich Street New York, NY 10007 USA
  11. È caricato (e começa a ser já um hábito) vir aqui debitar conselhos com base em...NADA. Leiam, pesquisem... Está mais que documentado os efeitos negativos do Cloro nos peixes ornamentais (nas brânquias etc). Por outro lado corre a ideia de que "quanto menos químicos melhor", pois, até estaria correcto se na natureza houvesse cloro em doses massivas como há nas nossas torneiras.
  12. A comercializações de peixes ornamentais geneticamente manipulados é "proibida" na União Europeia. Proibida entre aspas pois apenas é permitida em algumas situações mas sob um complexos termos. Também interessa saber que apenas há registo de 2 "espécies de aquário" manipuladas geneticamente são elas Oryzias laciteps e Danio rerio. Não existe actualmente nenhuma destas espécies manipuladas em lojas na União Europeia. Poderão ter havido (e houveram) mas foram peixes importados antes da legislação em 2004. O que mostra as fotos do post são apuramento e peixes coloridos por várias técnicas ("tatuagem" e "tingimento"). Tais técnicas não podem ser executadas em Portugal e na maioria dos países da União Europeia, por serem processos dolorosos etc, no entanto não existe nenhuma lei que proíba a sua venda. Neste tema como na maioria deve é valer o bom senso do aquariofilista, negando a compra destes peixes.
  13. Isso era mais que razão para pegar na caçadeira e encher-lhes o c* de chumbo. Um dia entrei numa tasca e vi lá um azulejo pintado que dizia: Tens inveja do meu viver? Trabalha malandro. Abraço para a pessoa que ficou sem os peixes.