Paul

Membro
  • Posts

    1,472
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1
  • Country

    Portugal

Everything posted by Paul

  1. Só para não deixar este tópico sem resposta. Desde o post original, adicionei mais 6 corys de outro importador. Até hoje nenhuma ficou sem barbilhos, e as que estavam em mau estado têm vindo a crescer novos. Acabei por não alterar a areia (ainda bem porque gosto bastante dela, e não me estava mesmo a apetecer ter tanto trabalho), pelo que imagino que os problemas vinham do fraco estado de saude delas, e não da areia. Abraço a todos
  2. Viva Álvaro, De facto a marca publicita a areia dizendo que não fere as corydoras, mas há alguns relatos a dizer o contrário, e o meu caso parece ser parecido. Gostava de ter mais opiniões, de malta que use esta areia com corys. Talvez não seja muito comum este tipo de substrato. De qualquer modo estou já a ver outras marcas, para eventualmente mudar o fundo. Não estou é preparado mentalmente para fazer um rescape total a um aquário de 240L
  3. Bom dia, Mantive bótias palhaço durante muitos anos com JBL Sansibar dark, sem nenhum problema. Actualmente virei me para as corydoras (trilineatus +/- 2 cm) , que nunca tinha mantido, e noto que estão a perder os barbilhos. Desconfio do substrato. Gostaria de saber se alguém mantém corydoras com esse substrato, e se alguma vez teve problemas. Obrigado O aquário tem 240L, um JBLe901 + JBL1501 + 1L de Seachem Matrix, o fundo é aspirado regularmente, não tem algas nem acumulação de matéria orgânica.
  4. Obrigado João. O Esha200 é facil de arranjar, e há outras alternativas caso contrário. Não estou é a conseguir encontrar o PraziPro que chegue cá em tempo util, conheces algum medicamento equivalente? O Sterazin da Waterlife parece fazer mais ou menos a mesma coisa. Talvez não seja tão eficaz, mas como isto é uma profilaxia, e não um tratamento...
  5. Olá a todos. Estou prestes a receber peixes importados, e estou a pensar fazer um tratamento profilático num aquário de quarentena, antes de os introduzir no principal. Gostaria de saber, de quem já tem experiência com estes casos, quais os produtos que costumam utilizar. Presumo que Sera Baktopur ou equivalente seja o suficiente? Obrigado
  6. Não me parece que isso seja ictio (white spot). Os pontos brancos costumam ser bem mais pequenos e mais numerosos. Isso parece me ser outro tipo de parasita externo. Para todo o caso, acho que o tratamento com Sterazyn da Waterlife (ou equivalente) deve ser suficiente. Eu acho que já tive um tetra cardinal que andou anos com pontos como esses e não morreu disso.
  7. Bom , então sabem que eu estava a falar a verdade sobre os peixes... são fantásticos. ;) Vou pensar mais um bocadinho, sendo assim.
  8. Em termos de fauna, sugiro os Tetra Cobre (Hasemania nana). Super activos e acho que não muito vistos por aí. Uma luz azul (ou azulada) faz sobressair muito bem as pontas brancas das barbatanas. Um cardume de 20 é fantástico (é o que tenho no meu aquário :p)
  9. Tenho muito gosto em esclarecer É uma espécie que mantenho há cerca de 6 anos, e acho que dão uma vida fantástica ao aquário. Para já só tenho 5, mas espero um dia ter um cardume de 10 ou 12 peixes. Obviamente num aquário adequado a eles Abraço
  10. Olá a todos, Os bótias palhaço continuam a ser dos peixes mais incompreendidos do hobby. A maioria dos que se vêem nas lojas não têm sequer tamanho para serem vendidos, e os que se vêm no mercado estão muitas vezes doentes. Não são peixes tão frágeis como se pensa, infelizmente são vendidos como "solução milagrosa" para erradicar caracóis, e os fornecedores não têm escrúpulos em reproduzi-los intensivamente com apoio a tratamentos hormonais (actividade bastante comun em muitas das espécies mais vendidas). De modo a fazerem lucro, quanto mais rápido os venderem, melhor, daí se verem tantas lojas com exemplares mínusculos e doentes. Há pouca informação de jeito sobre esta espécie, muitas pessoas vêm-no como uma espécie banal, mas se conseguirmos ver além do preconceito, são talvez dos peixes mais interessantes do hobby. - Não são exterminadores de caracois. Entre um caracol e flocos ou pastilhas, o caracol fica para último. - São peixes de cardume. Mantidos sozinhos não duram muito tempo. Deixam de aparecer durante o dia quando forem maiores, e eventualmente morrem bem mais cedo do que deviam. 5 é o minimo - Sabiam que vivem mais de 20 anos? É um investimento a longo prazo, mas aposto que nas lojas nunca referem este pormenor. - Crescem até aos 30 cm. Crescem muito rapidamente nos primeiros 5 ou 6 anos, até aos 15 cm +/-. Como têm tempo, o crescimento abranda consideravelmente depois disso, mas crescem. São um peixe maciço em adulto e precisam de espaço. - O ictio é uma das doenças mais fáceis de tratar nesses peixes... Só se percebe que morram disso, se já estiverem muito fragilizados. Adquirir bótias palhaço não deve ser uma decisão a tomar de ânimo leve. É um investimento de muitos anos, e é necessário um aquário bem grande para manter 5 ou 6 peixes desses. Se estivermos empenhados, eles recompensam nos com alguns comportamentos muito giros de observar. Bem mais interessantes dos que grande parte das espécies do hobby. Eu deixei de ler posts onde se fala de bótias, custa muito ler uma e outra vez as mesmas barbaridades. Basta ler um pouco e pesquisar para se saber tudo o que é preciso. Neste tópico abri uma exceção porque me pareceu haver gente genuinamente interessada nos bichos Abraços
  11. Crescem até aos 30 cm e vivem mais de 15 anos... Devem ser mantidos num cardume de pelo menos 5. Tens aquário para 5 peixes de 30 cm?
  12. Eles fazem isso quando descansam. É mesmo deles. Não te preocupes que está tudo bem. Tenho 5, e todos eles fazem isso. É das coisas mais giras de se ter bótias palhaço.
  13. Paul

    SandStorm

    Olá Samanta! Nem sei como descobriste este tópico! .png' alt=':biggn:'> Já o desmontei há quase 1 ano! ihihihh! Devia ter fechado este tópico. Mas obrigado na mesma pelo elogio. De facto, a unica coisa que cresceu bem foi o feto e a egeria densa, que entretanto passaram para este que tenho agora. ah! e algas, essas também cresceram muito bem!!
  14. Para tratar o ictio deves aumentar a temperatura para os 30º e mante-la assim durante 20 dias. Junta 1 colher de sopa de sal por cada 40 L de água. Deverá ser o suficiente para conseguires tratar o peixe.
  15. Isso não me parece um Otto. É muito provavelmente um CAE (Comedor de algas chinês) E ainda bem, porque um oto para fazer o ciclo morre de certeza.
  16. Eu uso um cartão multibanco (usado de preferência). Até agora ainda não arranjei melhor solução para raspar as algas do vidro!
  17. Actualização, Quase nada, só pus um fundo preto! Aqui vão algumas fotos e mais um video. Abraços
  18. Acho que não percebeste, o que o GM disse, e fica claro pela figura que ele apresentou, é que as plantas NÃO precisam necessariamente que se imite o espectro de luz solar para elas fotossintetizarem em condições. Ele acabou de dizer que tanto faz qual o espectro, o que interessa são os fotões que chegam às plantas. O CO2 não é usado na fotossintese, serve como "tijolo" para a construção de massa vegetal. Como é que aproveitas as vantagens das plantas naturais se elas não crescerem? A tua afirmação não faz grande sentido.
  19. Não estás a ser coerente. As plantas podem ter todas as reservas do mundo, se não tiverem luz em condições (como estás a afirmar) elas não crescem... Isto é um Forum, pressupõe ser um local para discutir, criar opiniões e defende-las. É para isso que foi criado e é essa a definição de "forum". Acho que não fica bem vires afirmar coisas que não estás disposto a explicar. Por isso, gostaria de ler a tua opinião sobre o porque de a luz amarela não servir. Tens concerteza um ou mais argumentos para apoiar a tua afirmação. abraço
  20. Agora é a minha vez de não concordar contigo! Acho que tendo as plantas certas (de crescimento rápido, ou flutuantes por exemplo) as vantagens superam as desvantagens. Apesar de não se poder contar exclusivamente com as plantas para oxigenar a água (pode não ser suficiente), a vantagem relativamente ao consumo de N são elevadas. Acho que qualquer aquário beneficia em ter plantas de rápido crescimento, já que estas são grandes consumidoras de Nitratos (apesar de preferirem sempre a amónia aos Nitratos, mais uma vantagem)
  21. Eu acho que isso já estava resolvido. Pelo menos relativamente às TPA e à manutenção do filtro. O excesso de população é que é mais dificil de resolver pelo que percebi...
  22. Olá João. Usei durante muitos anos um muito simples, tipo tambor e que funcionava a pilhas. Do genero do primeiro que mostras. Por ser tão simples, era extremamente fiável. Este verão decidi investir neste: que custa cerca de 50 €. No meu caso fazia sentido ter um que me permitisse dar dois tipos de alimentação. Mantenho espécies de meia água e outra de fundo, que têm necessidades diferentes. Se for o teu caso, aconselho te a pelo menos considerar este. Se não for, acho que ficas muito bem servido com um deste género. Foi o que usei durante muitos anos sem problema nenhum.
  23. Realmente tens razão. A maioria do carvão activado não absorve de facto compostos azotados nem os liberta para a água quando saturado. Mea Culpa estava mal informado Sendo assim, Joana, reitero o que disse. Retira-o até ao fim do tratamento. Depois recoloca-o no final e durante uma ou duas semanas.