Guinpin

Membro
  • Posts

    63
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Guinpin

  1. Guinpin

    Guinpin

  2. As conchas e algumas pedras são ricas em carbonato de cálcio que sobre a acção da água, libertam continuamente iões básicos para a água (OH-). São estes iões os responsáveis pela subida de ph da tua água do aquário, subida esta que pelos vistos não é estancada pela baixa dureza que tens. Se queres baixar o teu pH aconselhava-te a retirares as conchas e búzios que tens e se calhar também esse cascalho de cor branca que quase de certeza que também é responsável pela alteração do pH. Espero ter ajudado!
  3. Obrigado pelas dicas BrunoFerreira! Sou capaz de remover as ampularias do aqua e fazer o que me disseste para ver se as coisas se resolvem. Entretanto a minha tetra fantasma negro melhorou e já não está inchada, mas continuo a ter receio de ela não estar totalmente curada e ainda ser capaz de transmitir aos outros peixes. Acho que a vou submeter a mais uma dose de antibiótico. Por acaso não sabes conheces um outro bom antibiótico para ajudar a matar o "bicho"?
  4. Boas! Eu já coloco água de osmose no aqua. Se colocar o carvão activado, não puderei adicionar fertilizantes nem vitaminas porque o carvão absorve certo? Tenho um amigo meu que tem um filtro UV, achas que se o colocasse durante cerca de um mês resolvia a questão?Como se instala um aparelho desses? Esqueci-me de mencionar que também tenho uns quantos camarões no aqua, o sal não lhes fará mal? Obrigado!
  5. Boas pessoal! Preciso da vossa ajuda para ajudar a resolver um problema que há muito se arrasta nos meus aquários.. Há cerca de 3 anos tive um áqua com cerca de 30 l, onde de todas as vezes que me morriam peixes era com Hidropsia.. Ha cerca de 7 meses comprei um novo aqua maior e introduzi passado o periodo necessário peixes que tinha no meu aqua mais pequeno. Até aqui tudo bem. O problema surge quando desde à 2 meses atrás começam a morrer-me novamente peixes com esta doença. Primeiro foi uma raposa voadora, depois foi uma colisa fêmea, um cardinal e agora um tetra fantasma negro... Todos os peixes que tive com esta doença foram tratados primeiro com Myxazin, depois com Furanol e actualmente com Backtopur da Sera. Todos eles morreram apesar do tratamento. Tento perceber o que está mal no meu aqua para desencadear a doença mas não consigo encontrar nenhuma explicação para o facto, portanto agradecia imenso a vossa ajuda pois nestes casos a parte prática é essencial e se alguém me pode ajudar são vocês. Os parâmetros que tenho no meu aqua são: pH - 6,2 (na altura que o medi a iluminação já se tinha apagado à umas boas horas portanto tanto plantas como peixes como reactor de CO2 estavam a produzir CO2) Nitritos - entre 0,00 e 0,05 mg/l Nitratos - abaixo de 10 mg/l Dureza carbonada - 0,0 KH O aqua tem as seguintes espécies: 2 ramirezi (casal) 11 tetra cardinal 3 gourami pérola 2 escalares 1 pitbull 1 raposa voadora 4 tetra fantasma negro 4 danius uns quantos caracóis Tem o volume de 140l e todos os peixes são alimentados com comida de qualidade e variada (Sera, JBL, Amtra). Está densamente plantado e recebem todas as semanas um reforço vitamínico Atvitol da JBL. Entretanto fiz um tratamento com Paragon da Waterlife no aqua grande e aguardo pelo fim deste tratamento (última dose na próxima semana). Gostaria de saber o que fazer para evitar que esta doença se propague e se um filtro de UV resolveria a questão ou não. Por favor ajudem porque já não sei o que fazer para controlar esta doença! Fico a aguardar as vossas informações. Obrigado!
  6. Eu se estivesse na tua situação fazia o TPA de 30-35% agora, para baixar os valores mais perigosos que são os da amónia e os do nitrito.Amanhã fazia os testes novamente para ver como estava a situação e conforme os resultados assim se fazia um TPA de menor volume, se os valores estivessem um bocado mais baixos, mas ainda não 0. Por acaso não te esqueceste de nenhum peixe morto dentro do aqua? É que realmente com esse mês de ciclagem e tendo em conta que ainda por cima adicionaste água do teu aqua anterior e o próprio filtro, é estranho ainda teres esses valores... Testa a tua água da rede também, para ver se te está a agravar o problema, porque às vezes acontece. Os produtos que usei no inicio para estabilizar o meu pH, completam o kit de testes da Nutrafin, mas vendiam-nos convenientemente à parte. Chama-se pHAdjust para aumentares o ph e outro com o mesmo nome mas para baixares o ph. Adiciona o cycle à água do teu aqua após fazeres o TPA. Para baixares o ph, de facto o vinagre não será a melhor solução, porque para alterares o ph de 7,4 para 6,8 terias que adicionar uma quantidade brutal de vinagre.Além disso não é conveniente fazeres variar o ph por dia mais de 0,3 unidades creio. Não tens turfa para adicionares no filtro?Normalmente isso torna as águas mais ácidas. Creio que com a TPA eliminas o problema mais grave neste momento que são os niveis de amónia e nitritos. O ph poderás tratar amanha. Informa-te numa loja de aquariofilia, se têm destes produtos e lembra-te quando os tiveres as alterações de Ph tem de ser graduais, senão os peixes podem morrer devido ao elevado stress fisiológico!
  7. Boas mexas! Tens valores muito elevados para os produtos de decomposição biológica mais perigosos (amónia/amoníaco e nitritos). Ambos os valores deveriam ser 0, numa situação ideal. Também como já foi dito, o ph está muito alto para os tetras, neons e corydoras. Esses peixes preferem águas ligeiramente acídicas (ph entre os 6,8-6,5) e águas ditas moles (com baixo grau de dureza). Deves fazer uma muda de 30-35% da água do aqua para ver se esses valores descem. Quanto ao pH não tens nenhum produto para o fazer descer (tornar a água mais ácida)? Os tetras nariz de bêbedo são peixes muito sensíveis por isso vê se tratas disso o mais rapidamente possível. Se precisares de mais alguma coisa, posta!
  8. Pelo o que tenho conhecimento, as biobolas foram o passo seguinte dos anéis de cerâmica. A área de superficie total de uma biobola é largamente superior à área de superfície total de um anel de cerâmica. Tendo também a ver com a porosidade do material, diâmetro do poro etc. Todas estas características, permitem uma maior colonização por parte das bactérias nitrificantes e melhoram a capacidade de purificação da água. Isto é tudo em termos teóricos. Em termos práticos, tenho dois aquários a funcionar com materias de diferentes, um tem anéis de cerâmica e o outro tem as ditas biobolas. Nunca tive qualquer tipo de problema com os dois materiais, tanto que já cheguei mesmo a misturá-los para facilitar o arranque do filtro do meu aqua mais recente (a colónia dos anéis serviu para colonizar as biobolas). Acho que acaba tudo por ser uma questão, de quanto tempo se quer manter um filtro a funcionar sem ser preciso limpar, qual o volume do aqua, que tipo de biótopo se quer e que tipo e quantidade de peixes. Tudo isto influencia a carga biológica no geral, que as ditas colónias terão que saber lidar. Consoante isso, opta-se pelo mais equilibrado, não só em termos funcionais, como em termos económicos (as biobolas são bem mais caritas!) Esta é a minha opinião, mas também tinha interesse em saber as experiências e opiniões de outros aquariofilistas. Cumpts!!
  9. Eu também tenho dois escalares, antes 5 junto com tetras cardinal e tetras fantasma negro. Foram para lá quando os tetras eram maiores que eles, cresceram e não faziam mal a ninguém, exceptuando talvez uma vez que tentaram comer 5 danios que lá pus (já eram maiores nessa altura). Não sei se os confundiam com os camarões por causa da sua cor vermelha, mas lá lhes passou. No entanto, enquanto os escalares andam finos e já são grandes, os tetras passaram a não achar assim tanta piada e costumam andar mais recolhidos no aqua, apesar de eles não lhes fazerem mal, por instinto os meus tetras reagem assim...
  10. Então pelos vistos o teu aqua já tem o ciclo completo! Porreiro Os cuidados que deves ter quando limpas o filtro é não lavares com água da torneira, os anéis de cerâmica que é o local onde as colónias de bactérias se instalam. Se estiverem realmente sujos, mas é mesmo muito muito sujos é que os lavas com água do aquário, nada de água da torneira senão arruinas a tua colónia. Eu só mesmo muito raramente passo os anéis de cerâmica por água porque por vezes a sujidade, não é sujidade mas sim centenas de milhões de bactérias. A primeira esponja da fase de filtração, creio que é uma esponja azul mais dura (pelo menos no meu é assim e também é da eheim), podes lavar com água corrente se quiseres. A esponja branca fininha também podes lavar da mesma forma. Resumindo a única coisa que NÃO LAVAS COM ÁGUA DA TORNEIRA são os anéis de cerâmica. Cumpts!
  11. Boas starfighter! Os filtros de fundo deixaram de se usar há algum tempo, porque demoram muito tempo a amadurecer e entretanto foram substituídos por filtros mais eficientes como é o caso dos fitros exteriores ou mesmo os interiores, mas que tem um compartimento para adicionares os famosos anéis de cerâmica e o algodão. De qualquer das formas, parece-me que com um filtro exterior desses, não é necessário teres um filtro de fundo. Vê qual é o volume de débito do filtro Eheim que tens para ver se se adapta ao volume do teu aqua. Não deverias ter limpo o teu aqua, pois apesar de não o teres conseguido estabilizar, provavelmente com esse tempo já devereias ter uma boa colónia de bactérias, que precisava apenas de uma ajudinha para atingires o equilibrio. De qualquer das formas nas fases iniciais é preciso controlares bem os picos de amónia, porque é o produto resultante da urina dos peixes e da decomposição de material orgânico. Devido à sua elevada toxicidade, é normalmente aconselhado a iniciar o ciclo de estabilização sem peixes. O que se costuma fazer é adicionar um produto para acelerar a colonização de bactérias no filtro, como é o caso do Cycle da Nutrafin (a título de exemplo), durante esse tempo também adicionas um pouco de comida para "alimentares" as bactérias. Da decomposição da amónia resultam os nitritos, que também são tóxicos embora menos que a amónia. O último passo do ciclo é a passagem de nitritos a nitratos, o produto menos tóxico de todos, que num aqua estabilizado e com plantas é rápidamente assimilado por estas, como sendo um dos elementos essencias ao seu crescimento. Para o ciclo se completar leva cerca de um mês, embora existam pessoas que dizem que leva menos tempo com a adição dos tais produtos que aceleram a maturação do filtro. No entanto resume-se tudo a ires testando a qualidade da água, no ínicio para amónia e nitritos e numa fase mais tardia, quando já tiveres atingido a estabilidade, controlares os nitratos. Para o fazeres é aconselhável comprares testes específicos vendidos em lojas de animais. Estas análises num período inicial e principalmente no caso de já lá teres peixes, devem ser realizadas diariamente para te certificares que os níveis de amónia e nitritos não se tornam perigosos, quando isto acontecer deves mudar cerca de 20-25% da água do aqua. À medida que os níveis destes produtos estabilizam até serem praticamente zero, poderás passar a controlar apenas os nitratos. A partir daí, poderás fazer mudas de água semanais de cerca de 10% da água, ou mesmo de 15 em 15 dias se tiveres um aquário fortemente plantado, visto que as plantas "purificam" a água absorvendo os nitratos. Daí ser aconselhável manteres muitas plantas no teu aqua, não só por uma questão de saúde e de qualidade da água, mas por também constituirem de abrigo a muitos dos peixinhos que puderás ter. Quanto às espécies de plantas que podes introduzir, pode ser como já foi dito as Anúbias, musgo de Java, feto de Java, Ceratophyllum demersum, que sendo plantas resistentes e de rápido crescimento no caso da última ajudam a estabilizar o aqua. Mas se tiveres dúvidas na aquisição das plantas vai a este site www.tropica.com e lá puderás introduzir os parâmetros que pretendes ter no teu aqua (temp, ph, dureza da água, etc) e fazer a pesquisa a partir daí das plantas que mais se adequam às tuas necessidades e condições. As plantas tem apenas um pequeno senão, no caso de não teres iluminação, terás que arranjar porque plantas sem luz adequada, não funcionam Espero ter ajudado. Cumpts!
  12. O filtro deixou de funcionar sem tu lhe mexeres ou estavas a fazer a limpeza habitual?
  13. Qualquer tipo de vibração seja ele vinda de música alta, televisão ou funcionamento de filtros, se for continuada causa stress debilitante aos peixes. Não nos vamos esquecer que na água o som propaga-se muito melhor do que no ar e se esse factor de instabilidade se mantiver por muito tempo, mais tarde ou mais cedo os peixes vão ficar mais fragilizados na sua saúde. Todos nós sabemos que o stress crónico é prejudicial para a nossa saúde e o mesmo se aplica aos peixes, porque as alterações fisiológicas que se dão são semelhantes às nossas, por exemplo, o aumento do ritmo cardíaco e na frequência respiratória. Os peixes não têm propriamente ouvidos como os nossos, mas são muito mais sensíveis a alterações de pressões do que nós, porque possuem uns órgãos especiais na superfície da pele ao longo da sua espinha dorsal, que detecta essas alterações. Um som é uma vibração, e uma vibração são alterações consecutivas de pressões no ar à nossa volta. É desta forma que ele se propaga. Na minha opinião, o "som" em si não fará mal aos peixes se não for exageradamente alto e se estes não estiverem sujeitos a esses sons todos os dias! Também não nos devemos esquecer que as vibrações produzidas pelos sons altos fazem estremecer o que está à volta e se o aqua estiver muito perto da fonte, corre-se o risco de abalar a própria estrutura do aquário, o que não é lá muito conviniente se se tiver litros e litros de água no seu interior a fazer pressão
  14. Boas! Na minha opinião, tens aí dois machos! Os machos tem uma coloração amarela na barriga, enquanto nas fêmeas é um rosa que se distingue perfeitamente. Ambos tem as barbatanas dorsais longas, enquanto que as fêmeas tem-nas mais curtas. Eu tenho duas fêmeas no meu aqua e também andam sempre às turras uma com a outra e incluindo com o meu único macho. Uma vez vi o macho a cortejar uma fêmea e aquilo parecia mais uma luta "mano a mano" do que uma corte, exceptuando algumas subtilezas na forma como se aproximavam um do outro e pela forma como o macho se apresentava lateralmente à fêmea. Tenho aqui umas fotos das minhas fêmeas para veres as diferenças..apesar de não ser lá muito boa fotógrafa... As minhas fêmeas são mais redondinhas porque são a variante "Balão" no entanto a forma de distingui-los é igual. Espero ter ajudado. Cumpts Sara Pardal
  15. Boas Pessoal! Montei um novo aqua há três semanas e gostaria de adicionar daqui a mais uns tempos (mais umas 2 semanas) um cardume de tetra imperador e nariz de bêbado. A questão é que li num livro de aquariofilia, que na generalidade os tetras são animais bastante sensíveis que só devem ser colocados quando o aqua tem pelo menos seis meses de maturação. É verdade? Será que é melhor aguardar este tempo para os adicionar ao aqua? Já tive Tetra cardinal num outro aqua e deram-se fixe, mas esse já está montado há mais de 7 anos e portanto mais maduro que aquilo não há, por isso não tenho muita experiência em relação à situação que acima mencionei
  16. Boas pessoal! Obrigado pelos vossos conselhos. Vieram a confirmar as minhas suspeitas Espero que quando a famelga de Rams se mudar para a nova casa, se entendam finalmente e deem muitos ram´s piriris Vou ver se consigo postar fotos dos ditos!
  17. O meu aqua tem 100*40*50, 200 L brutos mais ou menos. Eu acho que há espaço para todos mas como não quero nenhuma guerra civil no aqua, decidi perguntar aos experts
  18. Boas Nunhez! E o que achas de A. agassizii, A. bitaeniata ou A. macmasteri (somente uma das espécies a adicionar)? Também dá? Cumprimentos!
  19. Boas ppl!! Tenho três Ramirezis no meu aqua, duas fêmeas e um macho, que me foi comprado por um amigo meu. A questão é que acho que ele é um macho ramirezi normal, enquanto que as minhas duas fêmeas são var. "Balão"..é possível cruzarem-se? No inicio pensei que só vinha magrinho da loja, mas já está no aqua há umas semanas e nada de ficar redondinho como as fêmeas.. Em termos gerais ambos são da mesma espécie Microgeophagus ramirezi, certo? Pelo que conheço de genética deve dar não é? Cumprimentos, Sara Pardal
  20. A iluminação será insuficiente consoante as espécies de plantas que aí tenhas...Existem plantas que gostam de iluminação fraca e que até agradecem por isso! Não desanimes em relação à iluminação porque também podes fazer coisas muito fixes com outro tipo de plantas. Só para teres um exemplo da lista de espécies que podes ter vai ao site www.tropica.com e faz um advanced search. Estipulas as condições que desejas ter no futuro no teu aqua, com a iluminação neste caso com um factor limitante, fazes search e VOILÁ tens uma lista com mais de 30 espécies disponiveis para o teu aqua! Foi o que fiz, com o meu porque também já andava desanimada por causa dessa cena da iluminação! Tenho um aqua igualzinho ao teu e realmente depois de tanto t$$$$$mpo dispendido parecia estar condenada a só umas Anubias... Actualmente tenho uma boa quantidade de plantas no meu aqua que estão a ficar fantásticas e a crescer. Se quiseres ver as fotos, estão na secção FOTOS E VIDEOS do fórum. Podes também aconselhar-te numa boa loja de aquariofilia, que te ajudará com toda a certeza. Também já reparei que tens algumas espécies que crescerão bem com a iluminação que actualmente possuis. Continua com o bom trabalho e não desanimes! Cumprimentos, Sara Pardal
  21. Boas pessoal! Tenho uma questão a colocar ai para os entendidos na matéria! Tenho um aqua com as dimensões 100*50*40 ao qual vou adicionar três ramirezis (duas fêmeas e um macho). Sei que são peixes normalmente pacificos, apesar de serem ciclideos e gostaria de saber se em termos comportamentais e de território é possível manter mais um casal de Apistogrammas, um dos mais pacificos possível. Li algures num livro que os territórios de Apistogrammas rondam os 30 a 50 cm de diâmetro. O que me dizem? Cumprimentos, Sara Pardal
  22. Boas! No meu ver parecem-me ser dois machos que aí tens. Ambos tem barbatanas dorsais longas, e barrigas amarelas. Não te esqueças que em termos de comportamento, machos dominantes terão cores muito garridas em relação aos subordinados, portanto é natural que em um deles as cores sejam muito mais esbatidas. Mesmo assim tenta postar umas fotos menos "activas" dos bichitos para o ppl confirmar melhor. Quando introduzi o meu macho ramirezi no aqua, onde já existiam duas fêmeas ramirezi, ele andava sempre desmaiado no inicio pelo facto de as fêmeas não o terem visto lá com muitos bons olhos. Agora já posso dizer que tenho um ramirezi brutalmente colorido no meu aqua. As cores modificam-se consoante o estado de espirito do animal. Espero ter ajudado. Cumprimentos, Sara Pardal
  23. Bem acho que vou passar a pescar os que vejo e deixar o resto seguir o seu curso. Até agora tem-se entretido com os restos de comida. Quando adicionar os peixes daqui a um tempo, provavelmente já serão uma mais valia, porque farão parte da equipe de limpeza.. Até lá vou tentar manter a população controlada (se é que é possível)... A folha de alface continua lá a boiar e ontem apanhei um desgraçado lá agarrado, por isso este método funciona parcialmente..acho que o ideal é ancorar a folha ao fundo para torná-la mais acessivel aos bichorocos esfomeados
  24. Boas pessoal! Tentei o método da folha de alface e...nada Os malditos dos bichos continuam todos pimpões a passear no aqua à descarada... atirei-lhes para lá comida para ver se passam a focar as suas atenções nos restos.. Pelos vistos estão a ter uma boa estadia porque até já deixaram ovos e tudo! Acho que vou continuar a tirar os que vejo por ali. Tem mais alguma sugestão para além do bótia porque não o posso lá colocar, senão desenraiza-me as plantas mais frágeis.