Leaderboard

  1. João Cardoso (Kadoxu)

    João Cardoso (Kadoxu)

    .Membro Ausente


    • Points

      12

    • Content Count

      808


  2. Tozé Nunes

    Tozé Nunes

    Administrador


    • Points

      8

    • Content Count

      7,047


  3. José Pedro

    José Pedro

    Moderador GERAL


    • Points

      7

    • Content Count

      855


  4. ismael_figueira

    ismael_figueira

    Moderador GERAL


    • Points

      6

    • Content Count

      1,060


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 11/24/2020 in all areas

  1. 1 voto a favor do @C Mocho! É exatamente a falta de potássio que está a causar esse problema na staurogyne, além disso o CO2 caseiro (especialmente nesta altura mais fria do ano) não consegue produzir o efeito desejado comprometendo assim o equilíbrio desejado no ecossistema. A staurogyne é uma planta que me acostumei a utilizar desde cedo nas minhas montagens, apesar de resistente, é uma planta que me ajuda a perceber como vai o equilíbrio dentro do aquário, é sempre a primeira a dar sinal de alguma carência que possa existir, principalmente o potássio e o ferro. José faz como o C Mocho i
    4 points
  2. Sim, até o Parachromis crescer, apesar de certas variedades dos loisellei não serem das mais agressivas. Porém, há por aí muitos loisellei que na realidade até são friedrichsthalii (há umas correntes no ramo da taxonomia que defendem mesmo a revisão da actual classificação das espécies) e esses têm pior feitio. Mas todos os ciclídeos são peixes gregários em juvenis e a na maioria das espéciesdevem ser mantidos em casal em adultos.
    3 points
  3. Andava aqui com vontade de criar um biótopo para por os meus Betta antuta... Quer dizer, a fêmea que o macho não sobrvibeu no shipping e será substituido agora em breve. Para quem não conhece os Betta antuta pertencem ao complexo unimaculata, são incubadores bocais e são verdadeiros gigantes, podendo atingir facilmente os 14/15cms. Apesar de enormes, são altamente pacíficos, não comendo sequer a prole. Este é uma imagem meramente exemplificativa de um macho antuta. Encontrei um aquário de 80cms, que é o ideal para acomodar uma pequena colónia de antutas.
    3 points
  4. Cá em Portugal é proibido manter vivos em "aquários redondos" e ainda bem. A forma esférica serve de amplificador de todas as vibrações externas causando grande desconforto sonoro aos peixes além da distorção visual que baralha a sua percepção de onde se encontra. Não esquecer que na natureza os vivos estão em constante alerta por causa dos predadores. Quanto ao "filtro simples acoplado a um compressor de ar" é aquilo que chamamos de filtro de esponja, serve para oxigenar a agua e a esponja acoplada atrai a porcaria. Não é o melhor sistema de filtragem pelo que deves fazer trocas parciais de a
    2 points
  5. Vou citar o que você escreveu: “Aprendi que (...) deveria comprar aos poucos e estudando as suas compatibilidades”. Então, se aprendeu isso, porque não estudou as compatibilidades das espécies?! Lamento, mas o que se constata no seu relato é que tem vindo a cometer uma série de disparates e que continua a fazê-los. Deixe-me lá tentar ajudá-lo a clarificar por pontos o que é que na aquariofilia se deve entender por “compatibilidade”: 1) Comecemos por definir o tipo de meio ambiente que queremos criar, se é um aquário de água dura e alcalina, se a água vai ser macia e ácida, enfim, os parâmetros
    2 points
  6. Deves selecionar e estudar as espécies que pretendes manter e nunca comprar por impulso só porque os peixes são bonitos e queres manter tudo ao mesmo tempo. Tens aí espécies de duas áreas distintas, América central e América do Sul, se tiveres possibilidade separa os mesmos por área e tratas de fazer algo dentro de um estilo biótopo. Nunca esquecendo que os discus devem estar num grupo de no mínimo 5/6 indivíduos. Mais uma vez te digo, estuda bem antes de avançar com compras desnecessárias e evitas percas de fauna bem como de prazer neste belo hobby.
    2 points
  7. Comprei as esponjas mais grossas para o prefiltro. de facto parece sim. Mas só na foto, ao vivo não se assemelha nada. Obrigado. segue as fotos das últimas montagens caso queiram ver. e já agora a foto de uma semana de vida: Algum melt da Monte Carlo, das crypto’s, da eleocharis e da lotus. Tudo esperado mas parece controlado. Entretanto está tudo a crescer. Folhas novas em todas as plantas! Os troncos continuam a fungar o que me suja um pouco a agua mas logo p
    2 points
  8. De certeza já toda a gente viu o esquema ou sabe exatamente o que é a ciclagem do aquário, mas convém perceber o porquê de se fazer ciclagem e como é que aparecem os picos de Amónia. Então comecemos pelo principio. Um aquario acabado de montar está "morto" dum ponto de vista bacteriológico, ou seja, não temos bactérias, não temos amónia, não temos nada, temos água, plantas e peixes. Quando alimentamos parte da comida que damos aos peixes, pode não ser consumida e acaba no fundo a decompor-se. Dessa decomposição, resulta a Amónia, que ocorre em 2 formas: Amónia ionizada (NH4)
    2 points
  9. Ora boas pessoal, Tendo agora chegado o aquário aos seus três meses de maturidade, passo a colocar aqui algumas fotos do ponto de situação do aqua e de alguma da sua fauna. Até agora, após as ultimas alterações no lado direito do aquário, onde retirei a Guyana e a rotala SP green e troquei por crypto parva e rotala rotundifolia, devo dizer que está a ser uma alteração bem sucedida... apesar de ter tido imensos problemas em plantar a crypto parva e mantê-la bem plantada (julgo que os camarões tiveram algo a ver com isto). De notar, que também as partes do tap
    2 points
  10. Mal não faz... pode-te acelerar o ciclo do Azoto, talvez, não é muito explícito se são bactérias nitrificantes, ou decompositoras de matéria orgânica, ou tudo junto... Normalmente só faço TPA no fim do ciclo do Azoto, para reduzir os Nitratos antes de colocar peixes. Ciclo sem peixes, por favor! Podes deitar um bocadinho (pouco) de comida para peixes 1 ou 2 vezes por semana, para haver alguma coisa a produzir Amónia para o ciclo do Azoto e vais testanto Amónia e Nitritos 1 ou 2 vezes por semana para ver se sobem e depois baixam até zero. Com o tal bioBoost da Juwel n
    2 points
  11. Boas pessoal, Bem Flaips, fui ver o vídeo e olha que em nenhum lado é referido que as TPA's apenas removem nitratos, pelo contrário, é dito especificamente que as TPA's servem para corrigir qualquer desequilíbrio que esteja a acontecer no aquário, ou pode provocar um desequilíbrio na coluna de água, se tudo estiver bem e decidirmos mesmo assim realizar uma TPA. Já em relação à ciclagem que tens em curso Copy, tem paciência, se começaste a utilizar o seachem stability dá-lhe tempo para funcionar e para que a colónia de bacterias se estabeleça. No final, como não tens pla
    2 points
  12. Bem, isso é que foi pesquisar. Só não pesquisou o que foi mais correcto, mas pronto, é com os erros que a malta aprende e ter vindo aqui expor o problema já é uma vontade de aprender o que demonstra interesse. Vamos lá então: Descoloração do corpo. Em certas variedades de bettas domésticos está presente o gene "Marble", que se caracteriza exatamente por "provocar" descolorações ou mudanças de cor nos peixes, o que não significa que o peixe está doente. É um "efeito secundário" da presença desse gene. Peixes que nascem azuis, começam a ter manchas de outras cores no corpo
    2 points
  13. Grande misturada... os Bettas não são peixes comunitários e é sempre melhor manter em aquários mais pequenos e sem companhia. Escalares com peixes e camarões pequenos, mais tarde ou mais cedo acaba em petisco... Guppys com barbos geralmente resulta em caudas de Guppys mordiscadas. Para ver comportamentos mais naturais dos peixes, deve-se escolher só 2 ou 3 espécies e comprar cardumes maiores de cada uma. Já fez o ciclo do Azoto?
    2 points
  14. Oh Tozé, eu bem sei que não fazem moitas, o objectivo é ser mesmo algo mais despenteado com uns nenúfares a sair lá do meio. foto dos 4 dias:
    2 points
  15. Eu percebo perfeitamente! Ainda para mais num nano um termo à vista alem de ocupar área útil fica um mamarracho! Infelizmente os construtores de filtros com termos incorporados ainda não olharam para os nanos como olham para aquários maiores! Mas não são só vantagens, se o filtro avaria ou o termo avaria ficas sem.dpis elementos essenciais de uma só vez! Outra é o preço de um filtro com e sem termo incluido ser bem mais caro do que comprados em separado! E finalmente, cá em Portugal os termos são desnecessários quase metade do ano... eu retiro os meus termostatos por volta de inícios d
    1 point
  16. Esse valor é sobre o tamanho total do filtro, na verdade a parte dos cestos é de apenas 1,2 litros de acordo com o que a própria marca diz e 2 litros somando com a area das esponjas (pré-filtro) https://fluvalaquatics.com/us/product/107-performance-canister-filter-up-to-30-us-gal-130-l/
    1 point
  17. Diana está tudo dito. Estás bem aconselhada. Quando pensares em filtro, como já foi dito, pensa sempre num externo de copo ou um "hangout" (pesquisa no forúm) ;). Para agora podes começar assim, mas para essa litragem um bom filtro externo "hangout" servia perfeitamente. Pede ao pai natal. Força nisso
    1 point
  18. Já era um upgrade na litragem, passavas de 26 para 33 litros brutos! Há bocado não falei das tuas opções para filtragem, aqui vai, se optares por um 45x27x30 eu apostava antes num filtro com mais capacidade para albergar materiais filtrantes, a malta vai muito pela potencia da bomba de agua medida em litros/hora quando o mais importante é o volume do copo anexado à bomba! Quanto mais espaço para esponjas e matérias biológicas melhor a filtragem! Os dois que mencionaste apenas tem um litro! Já o modelo acima (Eheim classic 2213) tem o triplo de espaço! Na Oase não existe modelo acima eq
    1 point
  19. Vínicius, essa sujeira é o que normalmente aparece em troncos e algumas plantas em aquários acabados de montar. Normalmente acabam por desaparecer e os peixes comem essa "sujeira", mas uma TPA vai ajudar. O principal é tirar o betta dessa redoma para um aquario digno desse nome e digno desse peixe. Relativamente ao filtro.Eu nos meus, só uso filtros de esponja.
    1 point
  20. Não sei se rie, não sei se chore. Para quem andou a pesquisar muito, a pesquisa falhou redondamente. Misturar estas espécies de ciclídeos, é só um erro crasso. Como disse o Ismael, misturar Jumbos com o Discus é só absurdo e para quem comprou 60 barbos cereja porque o problema era um cardume e só compra 1 Discus, que é um peixe de cardume... Faz-me espécie. o Ideal será habituares-te a mencionar os peixes, pela nomenclarura mais usada, ou seja pelo seu nome científico, porque Ituí cavalo, nunca ouvi, agora Apteronotus albifrons, já me diz qualquer coisinha. Since
    1 point
  21. Agua em repouso por causa do cloro? Umas gotas de Seachem Prime faz isso instantaneamente e além de eliminar o cloro faz o mesmo à cloramina e metais pesados. Uma mangueira direto da torneira e para despejar agua na sanita facilita todo o trabalho. Casa bonita por acaso. Gosto do biombo 😁
    1 point
  22. Eu aconselho sempre filtro externo, biobox não é lá grande coisa...
    1 point
  23. Estás a fazer a pergunta errada... lojas de especialidade tanto existem em formato físico como online, aqui o importante é a parte "especialidade " e isso distingue-se sobretudo no aconselhamento! Lojas tipo petshops normalmente não tem funcionários com conhecimentos aprofundados sobre a aquariofilia! Depois de entrares numa loja especializada em aquariofilia vais sentir a diferença! E no final, se fores bem aconselhada vais poupar a médio/longo prazo pois como diz a sabedoria popular "o barato saí caro"! A não ser que saibas muito bem aquilo que desejas o ideal é sempre visitar uma
    1 point
  24. Como tinhas dito, podes comprar um molly sem problema!
    1 point
  25. Mais uma tesourada... Ainda não adicionei peixes e isto já está cheio de bicharada! Desde copépodes, a hidras e caracóis... Estou um bocado indeciso entre eliminar as Hidras antes de colocar os peixes ou deixá-las estar...
    1 point
  26. 1. Filtro adequado? -- O filtro não e dos melhores, o problema não é a filtragem, mas a manutenção. Por o filtro estar dentro de água, durante a manutenção, uma grande parte da porcaria vai-se libertar para a água do aquário. Com um filtro externo isto já não acontece. 1.1. Bomba: -- O ideal é apontar o fluxo para a superfície, para facilitar a oxigenação da água. A regulação da bomba depende dos peixes que vai aí colocar, mas diria para colocar no máximo 1.2.Cartucho/massa filtrante -- Quanto mais melhor, mas é melhor não investir mais dinheiro para coisas dess
    1 point
  27. O sulfato de cobre, o permanganato de potássio dão. Penso que o azul de metileno também funcione para remover o ictio, se a planta tiver. Mas terias de deixar ficar por algum tempo.
    1 point
  28. O Sulfato de Cobre acho que dá,se não deixar a planta muito tempo dentro do Sulfato,e logo de seguida passar por água corrente,quanto ao Permanganato esse sei que dá. Saudações
    1 point
  29. Para aqueles que eventualmente pudessem estar curiosos em relação ao painel de LEDs que estava a construir para a traseira deste aquário... esqueçam. A sério! A quantidade de LEDs necessários para balancear os de qualquer calha (a não ser que tenham um aquário com uma luz muito fraquinha) seria absurda. Construi a estrutura, arranjei maneira de a pendurar na traseira do tanque, apliquei os LEDs e o resultado foi quase igual a nada. Tirei fotografias com os tais LEDs ligados e desligados, e a diferença era mesmo muito reduzida. Continuo a acreditar que uma luz por trás de um vinil fosco, é
    1 point
  30. Vamos por partes... Aquários maiores são melhores para principiantes, porque são mais "permissivos" quando cometemos erros, por terem um volume de água maior. Na minha opinião, devia começar do zero. Se houver possibilidade para isso, comprar um aquário maior Investir num filtro externo, seja para este ou para um aquário maior Se o termostáto não mantém a temperatura da água nos meses frios, precisa de um termostato mais potente. Fazer o ciclo do Azoto 1ª fase - a Amónia (NH) sobe 2ª fase - os Nitritos (NO2) sobem e a Amónia começa
    1 point
  31. Não é preciso ver o vídeo para te explicar fácilmente que a informação está incorreta. Se não se removessem Nitritos quando retiras água do aquário, era impossível testar os níveis de Nitritos fora do aquário. Só são detetados Nitritos num tubo de ensaio, porque estes são removidos juntamente com a água do aquário para o tubo de ensaio... é tão simples quanto isso. Apesar de estares aqui, creio eu, com muito boas intenções a tentar ajudar os outros, tens que ter mais cuidado com o que escreves, porque andas a induzir as pessoas em erro com maus conselhos, que é o que andamos aqui tod
    1 point
  32. Há pois... não quero um primo solteiro! 🤣
    1 point
  33. -ganhei him de um criador de bettas 2 meses atrás -ele estava com a boca machucada e com um esfolado nas escamas -comprei um aquário de 8 litros, algumas pedrinhas e uma casinha em forma de iglu para ele se esconder. -Depois de um tempo ele começou a ter dificuldades para flutuar e ficava a maior parte do tempo no fundo do aquário. -Pensei que fosse por causa de uma infecção bacteriana ou fungica. -apliquei um remédio seguindo a bula em caso de suspeitas, mas ele não apresentou melhoras -Pesquisei sobre e achei que fosse por causa de uma intoxicação por amônia. -Ele começo
    1 point
  34. Bom dia tendo em conta que os bettas são eixes de águas ácidas, carregadas de matéria orgânica, o pH de 7,5 é alto sim. Devem ser mantidos em pH abaixo de 6,5 ou 6.
    1 point
  35. Boas Gracinda Álvaro Se estas a ainda a montar o aquário uma vez que vais ter que fazer o Ciclo do Azoto e este demora entre 28 a 30 dias,vais ter ainda muito tempo para os peixes,se queres ter duas ou três espécies de peixes,e se o aquário tiver altura de 50cm,podes sim ir para 6 Escalares,8 Rasboras ou 10,Barbos Torpedo 6 ou 8,Camarões tens os Amano (Caridina multidentata ) e para limpeza do fundo 6 corydoras ,é só uma opinião. Agora gostaria que disse-ses que filtro tens para esse aquário de 200 litros. Saudações
    1 point
  36. José Carlos, o specialized e o premium são basicamente a mesma combinação de nutrientes, mas o specialized tem nitratos e fosfatos, e o premium não tem esses nutrientes. O resto é o mesmo. O Potássio é o nutriente que é consumido em maior quantidade (com efeito, o maior é mesmo o carbono, mas vamos deixar esse de fora porque o adicionamos de outra forma). Algumas plantas consomem mais Potássio do que outras, mas toda consomem tanto ou mais potássio do que nitratos, muito mais do que fosfatos (não vamos por agora preocuparmo-nos com os outros nutrientes)... Se só estiveres a adicionar
    1 point
  37. E nem por um momento te passou pela cabeça que ao "arranjares" uma explicação para algo que não entendes, podes estar é a criar mal entendidos e gerar confusões no percurso de terceiros? Compreendo que estejas a agir de boa fé, mas antes de afirmares algo sobre um tema que não dominas, deverias investigar um pouco para depois poder ser efetivamente útil e pertinente. Não achas?
    1 point
  38. Acho que não precisas é de pôr 15 néons... Basta pores: 5 barbos torpedo 5 escalares 5 rasboras
    1 point
  39. Na ornimundo há disponível mas só liofilizado.
    1 point
  40. Um escalar com um betta também não vai dar bom resultado. Especialmente se o escalar for adulto. O escalar tem tanto de bonito como de agressivo. Enviado do meu Mi 9T Pro através do Tapatalk
    1 point
  41. Então o que tens a fazer é o seguinte: Arranja um aquário maior Faz o ciclo de azoto As plantas que tens podes coloca las no novo aquário O filtro deixa estar que está muito bem e é essencial, pois é o coração do aquário. Compra outro betta Faz trocas parcial de água semanalmente de cerca de 30% Alimenta o peixe com ração para bettas e podes experimentar também comida congelada, como por exemplo bloodwoms que os bettas gostam bastante.
    1 point
  42. Ora, como havia prometido, cá está uma fotografia do aquário já montado. Foi uma noite longa, a de ontem, e por mais incrível que pareça, a maior parte do tempo passei-o a raspar a tinta que estava no vidro posterior da montagem anterior. Só não vos vou dizer para nunca pintarem o fundo de um aquário porque, se a opção for o preto, continuo a defender que uma ou duas camadas de tinta acrílica tornam a coisa muito mais uniforme que uma película de vinil... mas já lá vamos. Fiquei muito agradado quando percebi que as pedras que comprei cabiam dentro das dimensões do meu tanque, na maneira q
    1 point
  43. Não há factores a favor ou contra sobre a cor dos móveis! Pode é haver gostos pessoais mas aí quem vai estar mais tempo a olhar para eles és tu 🙂 Como já te disseram aqui, depende do local em questão, se na mesma divisão tiveres móveis de madeira podes tentar conjugar isso. Ou se pelo contrário quiseres destacar o móvel do aquário da restante decoração opta por algo diferente! Para os peixes é igual, nunca vão poder apreciar as cores do móvel que escolheres:)
    1 point
  44. Eu penso mesmo que o branco está mais na moda, mas como eu sou um pouco antiquado prefiro o preto.
    1 point
  45. Não se metam a responder em tópicos inativos com 9 anos malta. Peçam às pessoas que precisam de ajuda para criarem um tópico novo.
    1 point
  46. Obrigado Álvaro. Obrigado António José. As valls têm barreiras de pedras e os troncos para tentar conter. E plantei-as atrás dos dois cepos, assim como as lotus. O objetivo é fazê-las aparecer assim:
    1 point
  47. Sim, podes tentar apanhar insetos e alguns vermes mas só em zonas de campo, caso contrário podem estar contaminados. Por exemplo, nunca apanhes em cidades ou perto de estradas por causa dos poluentes. Vai sempre apanha los no campo ou nalguma mata.
    1 point
  48. Sim, o azul de metileno é a substância ativa e funciona!
    1 point
  49. Assim uma montagem à 3 duques.....é mais ou menos isto que descrevo mas tendo em conta estas dimensões das rochas.
    1 point