Sign in to follow this  
Alexandre Ferreira

Discussão sobre negócios invertebrados

Recommended Posts

 

 

 

 

Hugo ajuda-me a perceber o que é então quando um camarão que ainda é raro, que é vendido apenas por um criador cá a preço de red cherry e que lá fora onde os mercados são saturados e existem, não uma duzia de criadores mas sim várias centenas, este custem 3 ou 4 vezes mais? Lei da oferta e procura, não me parece? Falo dos Super Crytal Red vendidos a 2€.

 

Lá fora, nos mercados que falaste o poder de compra é maior, no Japão que já conheci um pequeno almoço custa 30€! Na Alemanha que conheço o mesmo pequeno almoço custa 10€, se quiseres falar dos ordenados em ambos os países podemos falar, há que comparar aquilo que é comparavel, naquilo em que consiste PRODUÇÃO NACIONAL!

Podes sempre criar uma marca tua e exportar...aí exportas ao preço que queres, ou que consigas... o que não é bem a mesma coisa!

Provavelmente encontrarás resistência para entrar num nicho de mercado onde impera um " Nacionalismo" que te porá algumas barreiras, esse tipo de abordagem é exactamente ao contrário de cá! Onde o que vem de fora é exacerbado e excelente, mesmo que façam meio mundo e que morram 50%...falamos de preço claro.

Quando perceberes isto, mudarás de alguma forma o teu entendimento.

É a lei da PROCURA E OFERTA e é mesmo para todos...

 

 

Esses 400% têm de pagar funcionarios, aluguer de loja e todas as despesas inerentes ao seu funcionamento e no fim ainda para o dono ganhar alguma coisa. Camarões ate podias ver em lojas como os discus o problema é que não os vez sequer... !!

Se não vês é porque não existe procura! Estás num cluster de mercado.

Não falarei de lucros, não me fica bem! ;) Mas então porque não consegues vender ás lojas ao preço que vendes a 3ºs por respeito ás mesmas???

 

Se os discus são cada vez menos em lojas é triste, pois lembro-me do que foram as belas exposições na ExpoBatalha e se assim for essas nunca mais voltaram a acontecer em Portugal. Se calhar agora não existem nem metade dos criadores de discus, pois só sobrevieram aqueles que deram o verdadeiro valor aos seus discus. Muitos deles tiveram de passar para outras vertentes incluindo para os camarões ;).

Isso, tal como estes peixes e tudo no universo, é circular e cíclico.

Com o tempo vão....e voltam!

:character0050:

 

 

 

É bem verdade!

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde.

 

Penso que por esta data todos estaremos de acordo que existe um problema de entendimento entre criadores. Temos de pensar em soluções que nos unam e que nos tornem mais fortes e competitivos, não pelos preços a que se vendem os camarões ou mercados, mas pelos ideais colectivos.

 

Quando falei em "tabelar os preços" foi apenas uma ideia que teria de ser opinada por todos e que de facto se mostrou ser uma ideia negativa.

 

Zelando pelo bom entendimento e pela união que nos distinguirá daqui para a frente das outras modalidades de aquariofilia, peço a todos que identifiquem soluções ou ideias, para que num futuro próximo as guerras estejam dissipadas e para que possamos finalmente dizer que Portugal é um país de criadores de camarões que são respeitados e que se respeitam.

 

Cumprimentos,

 

Alexandre Ferreira.

Edited by Alexandre Ferreira

Share this post


Link to post
Share on other sites

:Smile-PT: :Smile-PT: Muito Bem Alexandre, vamos lá então deixar os preços para o fim porque terá de vir sempre à baila e mostrar como aqui falas de primeiro dialogar entenderem-se e concertar esforços para alavancar o hobby.

 

Estou do teu lado e assim com essa atitude somos mais, venham de lá todos os amantes da invertebradofilia :naughty: :naughty: :naughty:

Share this post


Link to post
Share on other sites

:Smile-PT: :Smile-PT: Muito Bem Alexandre, vamos lá então deixar os preços para o fim porque terá de vir sempre à baila e mostrar como aqui falas de primeiro dialogar entenderem-se e concertar esforços para alavancar o hobby.

 

Estou do teu lado e assim com essa atitude somos mais, venham de lá todos os amantes da invertebradofilia :naughty: :naughty: :naughty:

 

 

Boas Paulo....

 

O espírito é mesmo esse. Juntos somos mais fortes . Com as diversas opiniões que aqui apareceram, tornou-se claro que existia um problema de entendimento entre criadores. Ao trabalharmos juntos vamos certamente tirar partido dessas mesmas divergências, pois diversas maneiras de pensar, significam maior diversidade de ideias para levar isto a bom porto.

 

Até posso ser criticado por ter começado a discussão no meu tópico (sem pensar), mas acho que valeu a pena. Não me importo que hajam criticas, diminuição de pontos de reputação, pessoas que me deixem de falar...

 

Se for para o bem dos camarões em Portugal, podem crer...EU ESTOU LÁ!

 

Cumprimentos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Boas Paulo....

 

O espírito é mesmo esse. Juntos somos mais fortes . Com as diversas opiniões que aqui apareceram, tornou-se claro que existia um problema de entendimento entre criadores. Ao trabalharmos juntos vamos certamente tirar partido dessas mesmas divergências, pois diversas maneiras de pensar, significam maior diversidade de ideias para levar isto a bom porto.

 

Até posso ser criticado por ter começado a discussão no meu tópico (sem pensar), mas acho que valeu a pena. Não me importo que hajam criticas, diminuição de pontos de reputação, pessoas que me deixem de falar...

 

Se for para o bem dos camarões em Portugal, podem crer...EU ESTOU LÁ!

 

Cumprimentos.

bowdown

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

 

O engraçado na aquariofilia é que sempre houve uma necessidade de adquirir conhecimento e evoluir a nossa aquariofilia. Para tal as lojas SEMPRE foram essenciais. Até que chegamos aos camarões e é um bem que pode ser gerado, mantido e vendido por qualquer um em sua casa! Claro que aos olhos de muitos isto é apetecível! O problema é que à frente de lojas está um responsável que supostamente tem alguns anos de experiência de mercado de aquariofilia, compreende o que é procura e oferta, entende o conceito de margens para suportar e margem para lucrar, entende que um mercado existe e tem certas obrigações para que o seu pequeno negócio possa sequer existir. Pergunta de 1milhão de euros: Quantos barateiros continuam abertos?? Lojas online? Quantas sobrevivem das +/-20 à 5 anos? O barato sai caro... até serviços e bens!

 

Já faz mais de 2 anos que se fala destes assuntos e a inconsciência de quem os faz, só alguém MUITO inconsciente é que mete um camarão com 1-2 anos de mercado ao mesmo preço que um Red Cherry com 10 de mercado... mas é assim que o Português pensa. Lembram-se da pergunta do milhão de euros? Quebrar uma linha crítica de raciocínio como esta, desrespeitar uma lei fundamental como a procura e oferta é simplesmente desrespeitar e mandar à fava toda a máquina de impostos, burocracias, contas, e afins que as lojas SÃO OBRIGADAS a cumprir. Farto-me de o dizer aos meus clientes: Somos a aquariofilia que praticamos. Se queremos trabalhar com camarões "incríveis e em registo de novidade" ao preço de camarão "Batidíssimo" nem sequer dá vontade de entrar na discussão. É óbvio as desvantagens. A única vantagem é monetária para as partes envolvidas. TUDO o resto, em pequena e GRANDE escala é só desvantagens.

 

 

Acredito que as coisas podem melhorar, mas temos a tendência crónica e histórica na aquariofilia para estragar tudo ao fim de um tempo... lembram-se dos Discus? Ciclídeos Africanos? Bom... basicamente o mercado em loja destas duas variantes da aquariofilia praticamente morreu...

 

Muita força para as vossas ideias, faço votos que resulte em algo bom para a aquariofilia... que neste campo está na lama e precisa urgentemente de se renovar.

Forte abraço!

  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu simplesmente acho que este hobbie está demasiado caro e continuo a dizer que ainda compro mais barato e mais qualidade sem ser nas lojas.

Aliás acho muito ridiculo as lojas venderem kits de aquarios em que o material não corresponde a litragem ou melhor serve, se quiser apenas meter 2 ou 3 peixes ou caracóis, porque existe milhares de casos em que as pessoas compram kits e depois tem que substituir quase o material todo.

não digo que as lojas são todas iguais mas a maior parte das que conheço só quer é vender, alguns funcionarios nem o nome dos peixes sabem

 

Enviado do meu INSYS C3-S350 através de Tapatalk

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

 

O engraçado na aquariofilia é que sempre houve uma necessidade de adquirir conhecimento e evoluir a nossa aquariofilia. Para tal as lojas SEMPRE foram essenciais. Até que chegamos aos camarões e é um bem que pode ser gerado, mantido e vendido por qualquer um em sua casa! Claro que aos olhos de muitos isto é apetecível! O problema é que à frente de lojas está um responsável que supostamente tem alguns anos de experiência de mercado de aquariofilia, compreende o que é procura e oferta, entende o conceito de margens para suportar e margem para lucrar, entende que um mercado existe e tem certas obrigações para que o seu pequeno negócio possa sequer existir. Pergunta de 1milhão de euros: Quantos barateiros continuam abertos?? Lojas online? Quantas sobrevivem das +/-20 à 5 anos? O barato sai caro... até serviços e bens!

 

Já faz mais de 2 anos que se fala destes assuntos e a inconsciência de quem os faz, só alguém MUITO inconsciente é que mete um camarão com 1-2 anos de mercado ao mesmo preço que um Red Cherry com 10 de mercado... mas é assim que o Português pensa. Lembram-se da pergunta do milhão de euros? Quebrar uma linha crítica de raciocínio como esta, desrespeitar uma lei fundamental como a procura e oferta é simplesmente desrespeitar e mandar à fava toda a máquina de impostos, burocracias, contas, e afins que as lojas SÃO OBRIGADAS a cumprir. Farto-me de o dizer aos meus clientes: Somos a aquariofilia que praticamos. Se queremos trabalhar com camarões "incríveis e em registo de novidade" ao preço de camarão "Batidíssimo" nem sequer dá vontade de entrar na discussão. É óbvio as desvantagens. A única vantagem é monetária para as partes envolvidas. TUDO o resto, em pequena e GRANDE escala é só desvantagens.

 

 

Acredito que as coisas podem melhorar, mas temos a tendência crónica e histórica na aquariofilia para estragar tudo ao fim de um tempo... lembram-se dos Discus? Ciclídeos Africanos? Bom... basicamente o mercado em loja destas duas variantes da aquariofilia praticamente morreu...

 

Muita força para as vossas ideias, faço votos que resulte em algo bom para a aquariofilia... que neste campo está na lama e precisa urgentemente de se renovar.

Forte abraço!

 

Olá Fernando

Compreendo o que queres dizer, mas não concordo a 100%.

Vou começar por fazer um parêntesis e separar o trigo do joio, naquilo em que são algumas lojas que se valorizaram de uma forma ou outra.

As lojas só foram essenciais até ao dia que surgiram outras formas de comprar, nos termos em que era a aquisição de um produto e o seu contributo para o "desenvolvimento" de algo, mesmo que esse "desenvolvimento" estivesse mais ou menos controlado por preços enormes que garantiam um lucro mais que suficiente para levar o barco da aquariofilia no mar que se queria navegar e condicionava o numero de adeptos á causa...

Eu não ando neste hobby à 5 ou 10...ando á mais de 20!

Naquilo em que foi o contributo didáctico ou intelectual, não vou sequer comentar a idade das trevas! Está á vista de todos a informação que se passa em determinados estabelecimentos.

Se não fosse a internet, os mircs, os forums a meio dos 90´s até aos dias de hoje, queria ver como andava o nosso hobby.

Friso, hoje há lojas com qualidade às quais também compro. Faço questão que existam!

Quanto á máquina fiscal....podia estar aqui a largar postas de pescada durante 3 parágrafos, quando na essência eu e OUTROS sofremos de uma "faca de dois legumes...".

A FACTURA...

A factura e a sua existência serviram para tudo....e para te asfixiar o preço!

Eu cheguei a ter de despachar discos a 500 escudos... para vê-los á venda a 5 contos! Irreal! (Para os que não se lembram 1EUR=200esc) :)

Depois veio a moda da importação de olhos em bico, porque quem criava eram menos e" vendiam caro".... depois morriam 90% das importações.

Existe e existiu de tudo, como saberás melhor que eu, mas o ADN continuará sempre.

A maquina fiscal....

Estaremos tão hipócritas que não saibamos do vazio legal que existiu e que persiste??? Queres criar camarões e passar factura? Só se for de prestação de serviços...

Sejamos sérios!

Deixei de querer criar como o fazia, sim tenho peixes, sim vende-se qualquer coisita...a quem? Aos amigos!

 

PS: Para mim Marisco...só no prato! ;)

 

Ahhh, um viva a todas as boas lojas que sobrevivem e que prestam um serviço de qualidade á aquariofilia.

 

cpts

Edited by Hugo Santos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu que sou novato nisto tudo e que não faço criação de nada, há um argumento que não compreendo, se há criadores nacionais a vender "barato" porque é que as lojas compram 5 ou 10x mais caro como aqui se diz...

Eu se tivesse loja comprava tudo e vendia ao preço que quisesse...

Ou seja, lei da procura e da oferta!

Não vejo porque limitar preço dos negócios dos privados, vai contra tudo o que faz sentido no mercado global!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho seguido com muita atenção tudo o que aqui tem sido debatido e gostava imenso que os criadores aqui envolvidos chegassem a um entendimento o mais rápido possível para que assim se possam evoluir para, em conjunto ou separados, poderem usar os vossos skills naquilo que a todos nos motiva - uma aquariofilia responsável que nos permita crescer e aumentar a qualidade e a quantidade de espécies de camarões. E, se possível, a preços que sejam acessíveis ao maior numero de adeptos ;)

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tanta literatura para concluirem que os preços praticados pelos hobbystas/criadores chegaram a valores baixos demais?! E qual o problema mesmo?... Está baixo demais? Lol. Existe uma lei transversal de procura e oferta, os preços de hoje só estão assim porque: a) quem vende sentiu mais procura e concorrência, tendo que baixar os preços para encontrar margem de mercado; b) porque quem procura, quer o mais rentável pelos €'s que têm no bolso, logo procura barato.

 

Mas alguém está preocupado ou defende a posição de um Continente quando este perdeu cota de mercado para outras marcas, que vendem com igual qualidade e a preços mais baratos? Sejamos realistas.

 

Quem cria para venda, tem o investimento, sim sem dúvida. Mas tem a responsabilidade de assumir o risco de entrar num mercado que como qualquer outro é volátil e renovável. Se o mercado muda (preços, preferência pela procura de outros produtos, etc) faz algum sentido culpar os consumidores, educando-os a não preferirem procurar a quem vende ao desbarato? Compete aos criadores adaptarem-se ás realidades que os consumidores procuram, não o inverso.

 

O mesmo se aplica a qualquer loja de aquariofilia, pois não são excepção á regra. Qualquer gestor ou empreendedor tem que possuir criatividade e saber "re-inventar-se" para preencher necessidades e procura no seu mercado. Se não o tiver, estará a mandar o seu investimento pelo cano abaixo. Não tenho pena rigorosamente nenhuma destes casos, sendo honesto.

 

Caricato no entanto é existir uma objecção ao hobby tão forte nesta matéria, quando a relação entre hobby/lojas nunca foi melhor! Quantos de nós passaram a ser clientes acérrimos de algumas lojas especificas, apenas porque são as melhores referenciadas aqui no fórum? Dispenso dizer nomes, pois não passa um dia em que todos nós colocamos produtos á venda em 2 mão ou publicitamos nos setups incontáveis casos destes. Essa propria forma de auto-promoção da marca/loja é na minha opinião a melhor e ela por si uma reinvenção da gestão de há uns anos atrás. Quantos lojistas empreendedores são membros aqui registados no fórum? E não é bom saberem por eles a qualidade e referência dos seus produtos? E quando nós (clientes e utilizadores do fórum) ficamos satisfeitos com a experiência e compra, não somos nós a melhor publicidade para a loja? Porque dissipamos a qualidade e satisfação no fórum? Como vêm, o hobby pode ser o melhor aliado de mercado. Dificilmente creio que as lojas que apostaram em seguir por perto os hobbystas (porque são eles que lhes pagam as contas) irão fechar enquanto existir esta forma de propagação. Acham que as lojas que asseguram uma sólida carteira de clientes não baixam os preços, se isso garantir que continuam a ter fluxo de clientes e cota de mercado? É preferivel vender 1€ mais barato e escoar stock que manter stock e insistir num preço que a procura não o paga... É uma lei básica. Quantas dessas lojas que fecharam ou estão para fechar não têm o stock apilhado? Mas será dificil perceber o "porquê"?....

 

Um investimento de capital é um risco continuado em qualquer mercado. Quem se adapta, prolifera. Quem não consegue, sai da corrida.

Edited by Renato.Vieira
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia,

 

Não tenho nada a ver com o que se passa entre vocês nem me vou meter nesta guerra. Apenas relato o que me sucedeu nas ultimas duas semanas.

 

E Falando como cliente.

 

Já comprei camarões em Lojas e paguei a 3 e 4 euros os CRS. Não me queixei. Achei caro mas não refilei. Só compro se quero, ninguém me obriga. Fui à loja à procura de CRS e atrás da compra dos CRS trouxe mais uma data de coisas. Esta deve ser a visão do Lojista. Até os pode lá ter com um margem bastante reduzida mas tem! Porque atrás da venda do camarão vende outras coisas. (comida etc.)

Agora se a loja tiver o camarão com um preço elevado.. provavelmente não vende nada.

 

E assim à dias decidi comprar mais camarões e fui lá à loja outra vez. Não fui ao OLX nem aos anuncios dos foruns. Fui á loja! Foi a minha primeira opção. E como não havia na loja (lá está o problema) foi quando então decidi procurar por outro lado. Mas lá está.. se houvesse na loja tinha comprado na loja. Por isso há mercado para os lojistas. Não há é preço.

 

Vocês que vendem é que não se entendem e é por isso que nas lojas não há camarões. Porque tambem disso já me apercebi.

 

E continuando na minha procura pelos ditos CRS, consultando fulano A, B e C. através do foruns e facebook etc e recebendo diversas propostas, cheguei à conclusão que existia uma concertação de preços neste mercado praticada por alguns membros conhecidos entre si.

 

Apercebendo-me do que me rodeava não tive outra alternativa senão publicitar que comprava os camarões mas a 2 euros. Fiz isso de livre consciência por entender ser o preço que eu tenho como justo e tambem porque existia concertação e arranjinhos entre pessoas na prática dos preços. Isto é desleal! Ora apercebendo-me disso concluí que não valia a pena falar com A, B ou C e expus a minha pretensão com o anuncio.
Pago a 2 euros. Quem quer quer quem não quer que fique com eles. E sei de bastantes pessoas que só não compram os CRS por tambem acharem que são caros.

 

Comprei uns quantos (não vou divulgar numeros) e tenho à mesma encomendados mais outros tantos na Loja. Por isso mercado existe. Quer para um lado quer para o outro. Compro na loja porque respeito o dono e tenho consideração. E por esse facto não me choca pagar 4 euros na loja porque tem uma porta aberta e paga impostos. O mesmo não acontece com quem tem camarões por excedente.

 

Para o cliente final o que pensa é: 20 camarões a 3 euritos são 60 biscas (12 contos)! É muita massa meus amigos.

E 20 camaroes no aquario mal se vêm! . Ó meus amigos.. se é excedente não é pedir 3 euros! Isso é negócio!

 

Quem me os vendeu apenas seguiu uma regra simples. Entre não facturar nada e facturar "X" o que é preferivel? Rentabilizar o que se tem ou não vender? Porque haveria este senhor vendedor de não os vender abaixo dos 3 euros?

Porque não pode tambem pela mesma lógica o senhor da loja os vender a preço de custo (2 euros) quando deixo lá 500 euros de compras de uma assentada?

É a lei da oferta e da procura e de mercado. Não tem que haver concertação nem para o privado nem para o lojista. E esse é que o mal.

 

Porque alguém quer concertar preços? Ora essa..

 

Nota final:

Já vendi algumas coisas que tinha em excesso que fui adquirindo ao longo dos anos e que já não dava uso. Mas acreditem que foi SEMPRE e sempre mais as coisas que ofereci (VIVOS) do que vendi (HARDSCAPE)! Sobretudo VIVOS . Nunca vendi nenhum vivo!. Sempre que tive excedente de peixes OFERECIA a quem quisesse e tivesse condiçoes para os ter. E isso faz uma grande diferença ente os que dizem que amam o hobbie e os que andam aqui por negócio.

 

Se têm excedentes de camarões e querem desenvolver ou que mais pessoas os tenham nos seus aquarios se calhar deviam pensar mais que oferecendo os excedentes estão a criar um nicho de mercado. Que mais tarde vai dar retorno. Esse é o caminho a seguir. "Dares o rebuçado à criança que ela volta á loja para comprar mais"

 

Não é a concertação.

 

Cumprimentos a todos.

Edited by PAFS
  • Downvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia,

 

Não tenho nada a ver com o que se passa entre vocês nem me vou meter nesta guerra. Apenas relato o que me sucedeu nas ultimas duas semanas.

 

E Falando como cliente.

 

Já comprei camarões em Lojas e paguei a 3 e 4 euros os CRS. Não me queixei. Achei caro mas não refilei. Só compro se quero, ninguém me obriga. Fui à loja à procura de CRS e atrás da compra dos CRS trouxe mais uma data de coisas. Esta deve ser a visão do Lojista. Até os pode lá ter com um margem bastante reduzida mas tem! Porque atrás da venda do camarão vende outras coisas. (comida etc.)

Agora se a loja tiver o camarão com um preço elevado.. provavelmente não vende nada.

 

E assim à dias decidi comprar mais camarões e fui lá à loja outra vez. Não fui ao OLX nem aos anuncios dos foruns. Fui á loja! Foi a minha primeira opção. E como não havia na loja (lá está o problema) foi quando então decidi procurar por outro lado. Mas lá está.. se houvesse na loja tinha comprado na loja. Por isso há mercado para os lojistas. Não há é preço.

 

Vocês que vendem é que não se entendem e é por isso que nas lojas não há camarões. Porque tambem disso já me apercebi.

 

E continuando na minha procura pelos ditos CRS, consultando fulano A, B e C. através do foruns e facebook etc e recebendo diversas propostas, cheguei à conclusão que existia uma concertação de preços neste mercado praticada por alguns membros conhecidos entre si.

 

Apercebendo-me do que me rodeava não tive outra alternativa senão publicitar que comprava os camarões mas a 2 euros. Fiz isso de livre consciência por entender ser o preço que eu tenho como justo e tambem porque existia concertação e arranjinhos entre pessoas na prática dos preços. Isto é desleal! Ora apercebendo-me disso concluí que não valia a pena falar com A, B ou C e expus a minha pretensão com o anuncio.

Pago a 2 euros. Quem quer quer quem não quer que fique com eles. E sei de bastantes pessoas que só não compram os CRS por tambem acharem que são caros.

 

Comprei uns quantos (não vou divulgar numeros) e tenho à mesma encomendados mais outros tantos na Loja. Por isso mercado existe. Quer para um lado quer para o outro. Compro na loja porque respeito o dono e tenho consideração. E por esse facto não me choca pagar 4 euros na loja porque tem uma porta aberta e paga impostos. O mesmo não acontece com quem tem camarões por excedente.

 

Para o cliente final o que pensa é: 20 camarões a 3 euritos são 60 biscas (12 contos)! É muita massa meus amigos.

E 20 camaroes no aquario mal se vêm! . Ó meus amigos.. se é excedente não é pedir 3 euros! Isso é negócio!

 

Quem me os vendeu apenas seguiu uma regra simples. Entre não facturar nada e facturar "X" o que é preferivel? Rentabilizar o que se tem ou não vender? Porque haveria este senhor vendedor de não os vender abaixo dos 3 euros?

Porque não pode tambem pela mesma lógica o senhor da loja os vender a preço de custo (2 euros) quando deixo lá 500 euros de compras de uma assentada?

É a lei da oferta e da procura e de mercado. Não tem que haver concertação nem para o privado nem para o lojista. E esse é que o mal.

 

Porque alguém quer concertar preços? Ora essa..

 

Nota final:

Já vendi algumas coisas que tinha em excesso que fui adquirindo ao longo dos anos e que já não dava uso. Mas acreditem que foi SEMPRE e sempre mais as coisas que ofereci (VIVOS) do que vendi (HARDSCAPE)! Sobretudo VIVOS . Nunca vendi nenhum vivo!. Sempre que tive excedente de peixes OFERECIA a quem quisesse e tivesse condiçoes para os ter. E isso faz uma grande diferença ente os que dizem que amam o hobbie e os que andam aqui por negócio.

 

Se têm excedentes de camarões e querem desenvolver ou que mais pessoas os tenham nos seus aquarios se calhar deviam pensar mais que oferecendo os excedentes estão a criar um nicho de mercado. Que mais tarde vai dar retorno. Esse é o caminho a seguir. "Dares o rebuçado à criança que ela volta á loja para comprar mais"

 

Não é a concertação.

 

Cumprimentos a todos.

 

O tópico já tem mais de um ano eheheh :)

 

Mas concordo com quase tudo o que dizes excepto uma coisa: A diferença entre dares o rebuçado que tens a mais é que neste caso estás a dar a fabrica de rebuçados para que a outra pessoa possa fazer negocio com eles, vejamos:

- Compras 30 Taiwan bee a 10€ cada para o teu aquário. Eles reproduzem-se bem mais do que pensavas e o espaço começa a ficar pequeno ou simplesmente queres renovar a tua colónia e decides dar 15 Taiwan Bee que são o teu excedente.

- A pessoa recebe os teus Taiwan bee fica com uma colónia de 5 e vende os outros 10 tal como vai vendendo excedentes.

- No fundo dos teus 300€ de investimento ofereceste 150€ em camarões a alguém e esse alguém transformou-os em 100€ e ficou com a máquina de fazer camarões.

 

Por um lado dar excedentes é bom mas nem tudo é tão simples como parece. Eu próprio já dei excedentes a um amigo e ele perguntou-me se podia fazer negocio com os excedentes dele mais tarde. No fundo eu paguei os camarões e mandei vir do estrangeiro e ele já ganhou mais dinheiro com eles do que eu :P

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tens razão.. tudo tem a ver com a conduta de cada um. São riscos da actividade. Mas nem toda a gente vai passar a criar camarões seguramente. La haverá um ou outro que se aventura mas não me parece que seja isso que irá estragar o poencial de quem já os cultiva à tanto tempo e que estao aqui no forum.

 

Mas lá está.. ao fim ao cabo vai dar no mesmo. "Business.."

 

Olha eu ainda ontem perguntei ao senhor da loja se já tinha recebido. Tanto compro de um lado como de outro.

Porque entendo que tem que ser assim. QUando precisamos das lojas elas estão lá. ;)

Ha que saber dar e receber.

 

Grande abraço

  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tens razão.. tudo tem a ver com a conduta de cada um. São riscos da actividade. Mas nem toda a gente vai passar a criar camarões seguramente. La haverá um ou outro que se aventura mas não me parece que seja isso que irá estragar o poencial de quem já os cultiva à tanto tempo e que estao aqui no forum.

 

Mas lá está.. ao fim ao cabo vai dar no mesmo. "Business.."

 

Olha eu ainda ontem perguntei ao senhor da loja se já tinha recebido. Tanto compro de um lado como de outro.

Porque entendo que tem que ser assim. QUando precisamos das lojas elas estão lá. ;)

Ha que saber dar e receber.

 

Grande abraço

 

Claro! :)

 

Depois tens é a outra situação, não teres lojas de animais com camarões de qualidade. Das poucas vezes que comprei em lojas numa delas comprei o que seria ''camarão laranja - neocaridina'' e no fundo eram Caridina propinqua que supostamente até precisam de água salgada/salobra para as larvas se desenvolverem por isso fico um pouco ''de pé atrás'' no que toca a comprar camarões em lojas.

 

Mas dito isto, gosto de passar pelas lojas e eventualmente lá compro umas carpas Kois, aquários e filtros. Penso que de uma maneira ou de outra as lojas acabam por ter a parte deles e se não for em vivos acaba por ser em material.

 

Abraço! :)

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá amigo Pedro,

Ontem fui á loja e tinha lá CRS mas eram muito pequerruchos. E o senhor disse para eu deixar estar e esperar mais um mês pelo menos.

Que quando ele achasse que estavam em condições me telefonava para os ir comprar se ainda quisesse.

 

Ele tem a venda garantida com esta atitude.

 

E pelo facto brioso dele aumentei o numero de vivos para reservar e acordamos um "FAIR price".. tipo "Nice price" :)

 

Assim se faz uma parceria ves?

 

Grande abraço


Quem lhe os vende ja pode ir pensando em vender mais e ele já pode ir encomendando mais ... mas lá está.. se quem lhe os vende só pensar em preço.. secalhar não vai longe. Todos ganhamos com outra atitude.

  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this