Infografia de Neocaridinas e Babaulti [work in progress]


Axebitten

Recommended Posts

Olá a todos!

Há algum tempo que tento encontrar uma infografia que ajude criadores e curiosos a identificarem a ordem de apuramentos de Neocaridinas Davidi e a ficarem com uma ideia geral dos vários apuramentos disponíveis actualmente no hobbie. Para Caridina Cantonensis existe muita informação muito esclarecedora e bem estruturada. No entanto para os Neos, que são tão ou mais comuns, não encontro nada de muito claro. É normal ficar confuso com as muitas novidades a surgirem a cada semana neste mundo dos apuramentos de camarões.
Assim sendo resolvi deitar mãos á obra e iniciar a criação de um quadro informacional neste sentido. Já que existem também cada vez mais pessoas a criar Caridina Babaulti e mesmo Neocaridinas Palmata, resolvi adicionar também algumas variantes destas espécies.

Pessoalmente o meu conhecimento das espécies e das origens dos seus apuramentos, são bastante limitados e gostaria de obter o vosso apoio para acrescentar e alterar informação e ajudar na estruturação também. A minha capacidade técnica é também praticamente inexistente portanto peço que não liguém á falta de qualidade dos desenhos icon_razz.gif

Tentei excluir algumas variantes menos conhecidas ou significantes, bem como as mais raras no mercado.

De seguida apresento um esboço inicial que tem ainda muito trabalho pela frente e sinceramente não sei se estará correcto. Se alguém poder deixar comentários construtivos ou sugerir alterações, sinta-se á vontade.

Um grande abraço a todos!

____

 

(Clicar para ver maior)

 

Neochart8_01.jpg

Edited by Axebitten
  • Upvote 5
Link to comment
Share on other sites

Acho esse gráfico um bocado confuso Axebitten , explica me melhor isso das setas estás a querer dizer que são esses que dão origem aos seguintes???

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Em que que te baseaste para chegar a este gráfico?

 

A ideia não é má, agora não sei se é mesmo essa a ordem ou até se existe mesmo uma ordem em certos casos, ou se são casos em que calha de aparecer um ou mais exemplares com coloraçao diferente e que depois alguem pega nesses e tenta criar uma colónia com essas características.


Secalhar não existem gráficos a demonstrar, porque não é linear como nos caridina... Até porque nos neocaridina dizem que se misturares, vais perder o gene e cada vez vão ser mais parecidos com a sua forma wild.


Pela lógica do gráfiico por exemplo o que chamas blue diamond deveria estar a seguir ao blue dream não? Não sei, é apenas uma questão...

Link to comment
Share on other sites

Se o esquema das setas significa o que dão origem não está de todo correcto.

é o mesmo que dizer que um crs c dá origem ao B que depois vai dar origem ao A ... depois ao S, e sabemos bem que não é isso que se passa, alias muitos dos que aqui são mencionados são apuramentos

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Em que que te baseaste para chegar a este gráfico?

 

A ideia não é má, agora não sei se é mesmo essa a ordem ou até se existe mesmo uma ordem em certos casos, ou se são casos em que calha de aparecer um ou mais exemplares com coloraçao diferente e que depois alguem pega nesses e tenta criar uma colónia com essas características.

Secalhar não existem gráficos a demonstrar, porque não é linear como nos caridina... Até porque nos neocaridina dizem que se misturares, vais perder o gene e cada vez vão ser mais parecidos com a sua forma wild.

Pela lógica do gráfiico por exemplo o que chamas blue diamond deveria estar a seguir ao blue dream não? Não sei, é apenas uma questão...

 

Esta informação foi tida com base nalguns dados recolhidos em foruns internacionais onde se confirmaram algumas "descendências" aqui referidas. Posso salientar já um erro a ser corrigido - o chocolate não deve descender do orange - mas pelo que percebi ninguém sabe muito bem porque o criador original manteve segredo. Seja como for depois corrijo.

 

No que diz respeito ao blue diamond, ele aparentemente não é um apuramento do blue dream, na verdade, pelo que percebi, tem origem a partir do chocolate. Há para aí um que tem a designação de Topaz Blue, mas não sei se é apuramento de Blue Dream ou outro nome para o Blue Diamond. Levantas boas questões - é um bocado por existirem duvidas desta natureza que lanço o convite ao debate.

 

Se o esquema das setas significa o que dão origem não está de todo correcto.

é o mesmo que dizer que um crs c dá origem ao B que depois vai dar origem ao A ... depois ao S, e sabemos bem que não é isso que se passa, alias muitos dos que aqui são mencionados são apuramentos

 

 

Respondendo á tua questão inicial: Sim, as setas simbolizam apuramento e selecção - de uma variante que resulta numa outra. Volto a repetir que não sou muito entendido mas acredito, pelo que vejo pela net, que muito acontece por selecção de caracteristicas (como a cor). A meu ver os yellow neon, não surgiram de wilds ou de qualquer outra variante mas de selecção de outros yellows (já bem apurados - nomeadamente yellow fire). Naturalmente que, como referido, nem sempre é linear, principalmente nos rili, tenho montes de duvidas. Fico a aguardar mais feedback.

Edited by Axebitten
Link to comment
Share on other sites

Boa iniciativa. Por acaso já há muito que me questionava como apareciam as diferentes variações dos neocaridinas e já tinha visto uns poucos gráficos que não eram muito esclarecedores. A mim também me parece que a maior parte delas serão inicialmente variações dos wilds e que depois foram consecutivamente apuradas pelos criadores. No entanto este trabalho do Axebitten é de louvar e não deves ter vergonha dos teus skills gráficos, são muito bons.

 

Que da discussão dos mais entendidos possa sair um gráfico mais completo possível.

  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

Boa iniciativa. Por acaso já há muito que me questionava como apareciam as diferentes variações dos neocaridinas e já tinha visto uns poucos gráficos que não eram muito esclarecedores. A mim também me parece que a maior parte delas serão inicialmente variações dos wilds e que depois foram consecutivamente apuradas pelos criadores. No entanto este trabalho do Axebitten é de louvar e não deves ter vergonha dos teus skills gráficos, são muito bons.

 

Que da discussão dos mais entendidos possa sair um gráfico mais completo possível.

 

Obrigado pelo comentário. Espero que este tópico sirva para discutir estas questões. Na pior das hipóteses talvez sirva para identificar algumas das variantes disponíveis, isso para mim, já faria valer a pena.

Link to comment
Share on other sites

Actualizei com umas alteraçóes:

 

- Estrutura alterada para facilitar a identificação das especies

- Separado o Green do grupo dos Yellows perante algumas informações que sugerem que descende directamente de wilds

- O Orange sakura foi desassociado do red sakura perante algumas informações que sugerem que descende de apuramento de cherrys paralelamente aos red sakura

- Subtraído o Painted Red. De forma a não confundir retirei esta variante visto as diferenças entre ele e o sakura "normal" não serem assim tão grandes. Fica como que englobado numa unica variante Sakura.

Link to comment
Share on other sites

O gráfico está muito bem feito.. acho que ficou mais explicito assim.

 

E já alguém colocou um aquário com duas ou tres cores exemplares de neocaridinas distintas?

 

Eu já andava a pensar nisso à algum tempo, penso que vou experimentar... a ver o que sai dali, se realmente é como dizem e se se perde o apuramento ou os descendentes nascem com cores diferentes... Conhecem algum caso prático?

Link to comment
Share on other sites

Três cores não tive mas já tive duas e o resultado foram camarões com muita perda de cor. Mas já tive camarões a sairem claramente verdes e azulados vindos sei lá de onde. por vezes surgem umas surpresas. Pode valer a pena experimentar...

Link to comment
Share on other sites

Vale sempre a pena, quanto mais não seja para tirar as teimas...

E já agora qual era a qualidade dos progenitores? e que cores eram?

 

Se não estou em erro eram chocolate e red sakuras, mas posso tar enganado, já foi há algum tempo e a mistura foi "acidental". Sei que no meu aquário dos choco, depois de nascerem os bebes, vi para lá um macho red todo contente :P

Edited by Axebitten
Link to comment
Share on other sites

Hum ok... eles também se for como está no teu gráfico e se os chocolate forem provenientes dos orange, que são provenientes dos reds , então na mistura dos dois podem ter regredido.. Se calhar a solução passa por cruzar outros que sejam de apuramentos mais "distantes"

Link to comment
Share on other sites

Se bem que o que sempre li coisas deste genero:

 

"The reason why creating hybrids is senseless is that shrimps do not breed like other organisms, where you can cross two species and combine the best characteristics. You cannot take a Yellow Shrimp and cross it with a Blue Pear Shrimp to create a "Green Shrimp." Unfortunately, selective breeding is the only way to create a colorful strain. In selective breeding a shrimps with interesting color strain should be taken from wild shrimps. Then desire color can breed out among generations"

Link to comment
Share on other sites

Se bem que o que sempre li coisas deste genero:

 

"The reason why creating hybrids is senseless is that shrimps do not breed like other organisms, where you can cross two species and combine the best characteristics. You cannot take a Yellow Shrimp and cross it with a Blue Pear Shrimp to create a "Green Shrimp." Unfortunately, selective breeding is the only way to create a colorful strain. In selective breeding a shrimps with interesting color strain should be taken from wild shrimps. Then desire color can breed out among generations"

 

 

Concordo em pleno com essa declaracao. Os camaroes nao sao tintas que se possam misturar para obter uma nova. Passa tudo por uma paciente e longa seleccao. No entanto, tal como em tudo na natureza, por vezes surge uma mutacao algures que resulta em algo novo.

Link to comment
Share on other sites

Boas

 

Eu também acho uma boa iniciativa,mas no entanto também tenho as minhas dúvidas.

 

Eu já fiz a experiência com red rilli x black sakura e os nascimentos foram red rillis com côr fraca e alguns sem côr (wild).

Fiz também com yellow x chocolate sakura e o resultado foi pequenos chocolate e wilds.

Fiz também com Blue Velvet x chocolate e o resultado foi pequenos chocolate e wilds.

 

Depois de ver estes resultados,acabei por desistir,pois tinha 3 aquários ocupados com estas espécies para experiência,mas precisava deles para outras (Caridinas).

Edited by David EC Costa

Abraço , David Costa
2v1qdkl.jpg
Bateria de Invertebrados ( 8 Aquários de Camarões ) Nano Reef ( Salgado )

Link to comment
Share on other sites

Boas David,

 

O que se pretende no tópico é isto, discussões e situações práticas.

 

Puseste só casais? Os machos eram quais? os red rili e chocolate?

Link to comment
Share on other sites

Sim André,meti só casais.

 

No cruzamento entre o Red Rilli e Black Sakura,a Fêmea era Black e o macho o Rilli.

No cruzamento entre o yellow e chocolate também a fêmea era chocolate e o macho yellow.

No Blue Velvet e chocolate a fêmea também era chocolate e o macho Blue.

 

Resumindo:As fêmeas em todos eram black/chocolate.

Abraço , David Costa
2v1qdkl.jpg
Bateria de Invertebrados ( 8 Aquários de Camarões ) Nano Reef ( Salgado )

Link to comment
Share on other sites

Boas João.

 

Bela iniciativa.

 

Penso que se a infografia for um pouco afinada com o conhecimento e pesquisa do pessoal ficará boa.

 

Posso partilhar o que sei pelo que li apenas, pois nunca me dei ao trabalho de cruzar cores de Neocaridinas, pois requer muitos aquários e não os torna estáveis. No entanto é complicado saber como muitas mutações e apuramentos surgiram pois como é obvio são segredos bem guardados na Asia, diz-se que foram a partir de wilds mas não se sabe.

Sempre ouvi dizer que os bloody marry são uma mutação/apuramento dos chocolate, inclusive ja falei com pessoal lá fora que lhes começaram a sair bloody marry de colónias de chocos, mas é claro depende da linhagem, nos meus chocolate nunca vi sairam de lá vermelhos nem avermelhados.

 

Os orange terem dado origem aos chocolate não é correcto porque o apuramento dos chocolate e dos pretos existe no mercado à mais tempo que os orange. Em 2010 não existiam ainda orange e já existiam chocolate e black.

 

A parte sobre o babaulti é que está totalmente errada, ambas as subespécies existem e coabitam no habitat natural (India) e não são selecção ou apuramento, são tal e qual como existem na natureza. Não se sabe ao certo que subespécies são ou se são mesmo todos babaulti..Muitos defendem por exemplo que os green não são babaulti mas sim ceylanica.

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Boas João.

 

Bela iniciativa.

 

Penso que se a infografia for um pouco afinada com o conhecimento e pesquisa do pessoal ficará boa.

 

Posso partilhar o que sei pelo que li apenas, pois nunca me dei ao trabalho de cruzar cores de Neocaridinas, pois requer muitos aquários e não os torna estáveis. No entanto é complicado saber como muitas mutações e apuramentos surgiram pois como é obvio são segredos bem guardados na Asia, diz-se que foram a partir de wilds mas não se sabe.

Sempre ouvi dizer que os bloody marry são uma mutação/apuramento dos chocolate, inclusive ja falei com pessoal lá fora que lhes começaram a sair bloody marry de colónias de chocos, mas é claro depende da linhagem, nos meus chocolate nunca vi sairam de lá vermelhos nem avermelhados.

 

Os orange terem dado origem aos chocolate não é correcto porque o apuramento dos chocolate e dos pretos existe no mercado à mais tempo que os orange. Em 2010 não existiam ainda orange e já existiam chocolate e black.

 

A parte sobre o babaulti é que está totalmente errada, ambas as subespécies existem e coabitam no habitat natural (India) e não são selecção ou apuramento, são tal e qual como existem na natureza. Não se sabe ao certo que subespécies são ou se são mesmo todos babaulti..Muitos defendem por exemplo que os green não são babaulti mas sim ceylanica.

 

 

Boas Fábio!

 

Obrigado pelo feedback. É muito bom ter pessoal veterano nos camarões a contribuir para o melhoramento desde esquema.

 

Relativamente á info que deste - validaste uma série de duvidas que eu próprio tinha. No que diz respeito aos bloody mary, realmente havia ali qualquer coisa que não batia bem, as cores tinham ganho uma saturação tão diferente relativamente aos Sakura, custava-me a crer que tivesse originado dos mesmos. Parece que o nosso amigo chocolate é mais relevante para estas novas variantes do que originalmente aparentava ;)

 

Durante estes próximos dias irei actualizar a infografia com estas informações.

 

Obrigado!

Link to comment
Share on other sites

Boas

 

Encontrei esta tabela na net

 

 

NeoTree_zpsf29c466f.png

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://scapeclub.org/forum/showthread.php?20467-Neocaridina-davidi-%28heteropoda%29-Family-Tree-Project

 

 

Edit: Alteração da tabela

Edited by Pedro A Santos
Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Se reparares a tabela de cima foi actualizada no dia 31, essa que colocaste foi feita no dia 30, calculo que a outra esteja mais correta depois se puderes atualiza.

 

Principalmente a parte dos Carbon Rili, não me parece que sejam originados a partir dos Blue Diamond, mas sim dos Black Sakura (já apanhei um Black Sakura descendente dos Carbon Rili)

 

Tenho carbon rili e nunca vi descendentes com cores parecidas à dos Blue Diamond. Mas já vi vídeos na net dos Blue Diamond e tinha lá 1 ou 2 Chocolate Sakura pelo meio, pelo que aparentemente são apuramento dos Chocolate Sakura, sendo que no cruzamento alguns regrediram (ou no vídeo colocaram lá chocolate sakura para tentar fazer confusão e para esconder o real apuramento) :P

 

É o que acontece nos Red Rili, por vezes alguns descendentes parecem Reds, e tenho alguns Red Sakura que foram descendentes dos meus Red Rili (regrediram). Com o tempo e com a seleção, cada vez há menos falhas nas próximas gerações. A minha colónia de Red Rilis já tem uns anos e cada vez menos me aparecem Reds lá no meio, porque separo antes que cheguem a adultos para evitar o cruzamento coms os Rilis.

Edited by Andre Correia
Link to comment
Share on other sites

Olá de novo!

 

Efectuei algumas alterações perante as dicas do Fábio, entre as quais destaco:

 

- Separado o Chocolate Sakura dos Orange

- Colocado o Bloody Mary como apuramento do Chocolate

- Apresentados os Babaulti como não descendendo de um camarão "Wild" mas existindo todos em paralelo.

- Colocado o anterior Babauti Wild como Brown sabendo que é muito comum a versão castanha "sp." deste camarão.

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Efectuado um conjunto de pequenas alterações subtis a nivel estético e adicionadas informações generalizadas para os camarões

Link to comment
Share on other sites

 

A parte sobre o babaulti é que está totalmente errada, ambas as subespécies existem e coabitam no habitat natural (India) e não são selecção ou apuramento, são tal e qual como existem na natureza. Não se sabe ao certo que subespécies são ou se são mesmo todos babaulti..Muitos defendem por exemplo que os green não são babaulti mas sim ceylanica.

 

 

Deixei os Babaulti assim porque costumam ser apresentados nos comercializadores como Caridina Babaulti - mesmo podendo não ser, como no referido caso do green. Seja como for, está melhorzito?

Edited by Axebitten
Link to comment
Share on other sites